Agora são: horas e minutos - Agradeço sua presença e volte sempre

Seguir

AUDIO

quarta-feira, 25 de julho de 2018

Pode ter existido vida na Lua, aponta estudo


UMA DAS FACES DA LUA (FOTO: DIVULGAÇÃO/NASA)
Há bilhões de anos, o satélite teve dois momentos em que possuía as condições necessárias para o surgimento de vida
Há bilhões de anos, pode ter existido vida na Lua. É o que aponta um estudo publicado no periódicoAstrobiology: segundo os cientistas, em dois períodos diferentes do passado, o satélite abrigou as condições essenciais para o surgimento de vida.
Conduzida pelos astrobiólogos Dirk Schulze-Makush, da Universidade Estadual de Washington, nos Estados Unidos, e Ian Crawford, da Universidade de Londres, no Reino Unido, a pesquisa mostra que as condições na superfície lunar há 4 milhões de anos eram suficientes para sustentar o surgimento de formas simples de vida. Eles sugerem ainda que o cenário voltou a se tornar ideal há 3,5 bilhões de anos com o ápice da atividade vulcânica lunar.
Isso porque, durante os dois períodos, a Lua estava expelindo uma grande quantidade de gases voláteis, incluindo vapor de água de seu interior. De acordo com o estudo, esses gases podem ter formado piscinas de água líquida na superfície lunar, bem como tornado a atmosfera densa o suficiente para sustentá-las por lá durante milhões de anos.
“Se a água líquida e uma atmosfera significante estavam presentes nos primeiros períodos da Lua, acreditamos que a superfície lunar teria sido habitável”, disse Schulze-Makuch em comunicado.
FONTE: REVISTA GALILEU
Postar um comentário