SEJA BEM VINDO - NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO
NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Descoberta de misteriosa floresta subaquática adverte sobre mudanças no clima da Terra

Uma misteriosa floresta subaquática, com cerca de 50 mil anos, adverte sobre o clima da Terra em rápida mudança. 
A descoberta começou com um rumor sobre um “excelente local” de pesca, fora da costa do Alabama, onde o peixe snapper (pargo) vermelho era abundante. 
Quando Ben Raines – um repórter ambiental do Mobile Press Register – ouviu sobre a localização, o rumor evoluiu para uma pesquisa no local.
Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch
A descoberta de uma misteriosa floresta subaquática adverte sobre o clima da Terra em rápida mudança 
Aparentemente, um dono de loja de mergulho local disse que o peixe estava se reunindo em torno de uma floresta subaquática que espreitava fora do sedimento a 60 pés (18 metros) abaixo da superfície da água. Raines passou meses persuadindo o homem a levá-lo para o local secreto 10 milhas offshore, um esforço que valeu a pena em 2011 assim que Raines teve seu primeiro vislumbre da floresta submersa.
“Foi como entrar em um mundo de fadas”, disse ele ao The Washington Post. “Você fica lá, e há esses ciprestes, e há troncos deitados no fundo, e você pode tocá-los e descascar as árvores. “Foi uma experiência de outro mundo onde você sabia que você estava neste lugar antigo”, acrescentou.
Mergulhadores examinam os remanescentes de uma antiga floresta ao largo da costa do Alabama que os cientistas acreditam que foi morta pelo repentino aumento das águas durante uma Era do Gelo. (Foto cortesia de Ben Raines)
Quão antigo exatamente? Essa foi a questão que Raines e pesquisadores da Louisiana State University e da Universidade do Sul do Mississippi estavam determinados a responder quando começaram a estudar os pedaços de madeira recolhidos do local usando datação por radiocarbono no Lawrence Livermore National Laboratory. 
A expectativa, segundo os pesquisadores, era de que as árvores acabariam por ter cerca de  10.000 anos de idade. Ninguém esperava descobrir que as árvores tivessem cerca de cinco vezes essa idade , disse Kristine DeLong, paleoclimatologista da Louisiana State University, ao The Washington Post.
De repente, DeLong disse, os pesquisadores perceberam que haviam tropeçado em algo extraordinário. O local não era apenas uma floresta, mas uma cápsula pré-histórica do (agora) litoral e sobre o seu clima durante um período de 1.000 anos, quando o nível do mar era muito menor e grande parte do continente estava escondido sob uma camada de gelo de uma milha de espessura. Em termos da idade da floresta de cipreste careca, os especialistas dizem que não há mais nada no mundo.
“Esse prazo de 10 a 12 mil anos é aquele sobre o qual os cientistas fazem muita pesquisa”, disse DeLong. “Mas não há muitos registros de 50 mil anos atrás, porque os lençóis de gelo o cobriram ou o nível do mar mudou tão dramaticamente que esses locais hoje estão debaixo d’água agora. Essa é uma das razões pelas quais estamos tão entusiasmados com esta descoberta”.
Esta imagem mostra o litoral do Golfo durante uma era de gelo há 60 mil anos atrás. Você pode ver a linha do antigo litoral, o litoral moderno e o local onde a floresta foi encontrada Mapas com cortesia do Deep Time Maps.

A busca para revelar os segredos científicos da floresta é capturada em um documentário recém-lançado dirigido por Raines e produzido pelo grupo multimídia. Este é o Alabama e a Alabama Coastal Foundation. Raines e sua equipe filmaram a floresta durante dezenas de visitas ao local nos últimos anos.
A floresta, que se estende ao equivalente a múltiplos quarteirões de uma cidade, está localizada no Golfo do México, mas fica a milhas no interior do antigo litoral. Essa estimativa é parcialmente baseada na análise do pólen e no fato de os ciprestes não tolerarem a exposição à água salgada. Os pesquisadores acreditam que a área foi um vale há cerca de 50 mil anos que fazia com que os rios a atravessassem, com vida selvagem e os pântanos.
Os cientistas acreditam que a floresta pode ter permanecido escondida se não fosse o furacão Ivan, que causou bilhões de dólares em danos depois que ele bateu na costa do Alabama e da Flórida em 2004. A tempestade produziu ondas maciças que podem ter escavado cerca de 10 pés (3 metros) de cobertura de sedimentos que cobriam a floresta. Antes de ser revelado, provavelmente pelo furacão, a floresta tinha que ser preservada, o que exigia uma série de circunstâncias.
Quando a floresta estava viva, pode ter sido parte de um pântano no qual o sedimento apresentava baixos níveis de oxigênio. Sem oxigênio, as bactérias são mais lentas para decompor o material orgânico. Se a floresta foi enterrada rapidamente em uma inundação, por exemplo, as árvores podem ter sido preservadas antes de terem a chance de apodrecer.
“Essas árvores foram basicamente sepultadas ou hermeticamente fechadas”, disse Raines. “Eles têm nove metros de sedimento sobre elas, e oxigênio é bloqueado. É semelhante aos da turfa na Irlanda, onde os cientistas encontraram corpos humanos preservados pelas condições ambientais únicas “.  “Este é o mesmo fenômeno, mas com árvores”, acrescentou.
Removido da água e aberto, a madeira de 50 mil anos de idade esta notavelmente bem preservada. (Foto cortesia de Ben Raines)
Quando os pedaços das árvores são removidos do oceano, observaram os pesquisadores, a antiga seiva – ainda pegajosa e perfumada – verte a partir da madeira. Grant Harley, um dendrocronologista que analisou a madeira coletada do local, disse à AL.com que ficou impressionado com a qualidade das amostras.
“Quando analisamos essas amostras através da serra de fita, você podia sentir o cheiro da resina exatamente como se estivesse cortando uma nova peça de madeira hoje. A mesma coisa quando lixamos. Eles cheiravam a madeira fresca. Muito bem conservado “, disse Harley. “Dado o fato de que essas amostras têm milhares de anos, eu fiquei muito espantado”.
Os pesquisadores disseram que um dos segredos mais interessantes revelados pela floresta não veio das árvores, mas do pólen encontrado em amostras de núcleo de sedimento que cercam as árvores. A análise do pólen revela que ele se parece mais a uma floresta costeira na moderna Carolina do Norte e Virgínia, onde o clima de inverno é muito mais frio.
“O medidor superior desse núcleo é apenas areia, como se afundasse os pés na praia”, disse Andy Reese, polenologista da Universidade do Sul do Mississippi, à AL.com . “Então, o próximo metro é areia e argila marinha. Então, de repente, ele transita para turfa. Essa é a coisa mais estranha que já vi em um núcleo oceânico como esse, apenas uma turfa perfeitamente preservada, que corre meio metro abaixo “. 
A turfa, como o AL.com observou, é um tipo de matéria orgânica que se encontra no fundo dos pântanos e dos brejos com lodo. A análise dos núcleos de sedimentos mostra que os pólens das árvores mudam para vários pólens de capim à medida que os níveis de água aumentam e a costa se arrastou para o interior, matando árvores no processo. Os núcleos forneceram aos pesquisadores uma janela para a mudança climática antiga durante um período em que eles suspeitam que os níveis do mar podem ter aumentado tão rapidamente quanto oito pés (2,40 metros) a cada 100 anos.
De certa forma, a floresta é uma prévia que ajuda os cientistas a entender o que podem esperar quando o planeta aquecer mais e mais.
“É uma mudança muito rápida em termos geológicos”, disse Martin Becker, paleontólogo da Universidade William Paterson, de Nova Jersey, que visitou o local, à AL.com. “Estamos olhando para 60 pés (18 metros) de água do mar onde uma floresta costumava existir … Estou olhando para um grande desenvolvimento, das casas e dos condomínios  das pessoas, etc., você sabe. A floresta está prevendo o futuro, e talvez um futuro muito desagradável”.
“Haverá muitas mudanças dramáticas no clima do planeta, muitas mudanças nas condições meteorológicas  na medida em que o TEMPO DA GRANDE COLHEITA se aproxima RAPIDAMENTE ao longo dos próximos anos. Você vai ver a velocidade do vento em tempestades ultrapassando 300 milhas (480 quilômetros) por hora, às vezes. Deverão acontecer fortes tsunamis e devastação generalizada NAS REGIÕES COSTEIRAS, e emissão de energia solar (CME-Ejeção de Massa Coronal do Sol)  que fará  importante fusão e derretimento das calotas de gelo nos polos, e subseqüente aumento drástico no nível do mar, deixando muitas áreas metropolitanas submersas em todo o planeta”. Saiba mais: http://thoth3126.com.br/
DESPERTAtu que dormese levanta-te dentre os   MORTOS, e Cristo te esclarecerá. Portanto, vede prudentemente como andais, não como NÉSCIOS, mas como SÁBIOS – Efésios 5:14,15
Mais informações:
  1. https://thoth3126.com.br/africa-o-misterioso-e-macabro-desastre-do-lago-nyos-que-matou-1-746-pessoas/
  2. http://thoth3126.com.br/eventos-incriveis-acontecendo-na-antartica/
  3. https://thoth3126.com.br/sons-misteriosos-de-trombetas-sao-ouvidos-por-todo-o-planeta/
  4. http://thoth3126.com.br/nazismo-vril-e-o-poder-feminino-na-natureza/
  5. https://thoth3126.com.br/sinkholes-surgem-por-todo-o-planeta/
  6. http://thoth3126.com.br/antartica-aberturas-e-base-nazista-neuschwabenland/
  7. https://thoth3126.com.br/tempestades-solares-ameacam-redes-de-distribuicao-eletrica/
  8. https://thoth3126.com.br/supervulcao-yellowstone-pode-destruir-os-eua/
  9. https://thoth3126.com.br/profecia-de-500-anos-se-realiza-na-italia-esta-proximo-o-fim-dos-tempos/
  10. https://thoth3126.com.br/costa-oeste-dos-eua-e-futuro-grande-terremoto/
  11. https://thoth3126.com.br/o-futuro-dos-eua-por-ned-dougherty/
  12. http://thoth3126.com.br/illuminati-1-revelacoes-de-um-membro-no-topo-da-elite/
  13. https://thoth3126.com.br/alternativa-3-um-sinistro-plano-da-elite/
  14. https://thoth3126.com.br/sinkholes-centenas-de-buracos-surgem-no-mar-morto-em-israel/
  15. https://thoth3126.com.br/base-subterranea-1-extraterrestre-humana-na-antartica-revelada/
  16. https://thoth3126.com.br/antarctica-iminente-o-anuncio-da-descoberta-de-ruinas-de-uma-antiga-civilizacao/
  17. https://thoth3126.com.br/dia-do-asteroide-um-alerta-sobre-rochas-espaciais-que-podem-destruir-a-terra/
  18. https://thoth3126.com.br/aumento-do-nivel-do-mar-triplicou-nas-ultimas-decadas/
  19. https://thoth3126.com.br/os-abrigos-para-o-fim-do-mundo-construidos-para-os-super-ricos/
  20. https://thoth3126.com.br/antartida-iceberg-gigantesco-esta-a-horas-dias-ou-semanas-de-se-romper/
Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

Siga este Blog

Postagem em destaque

Agora é real, NIBIRU está chegando, e já é visto a olho nu.

Olá amigos, desculpem a ausência. Estou muito mais ativo no meu mural Facebook, e também no nosso grupo do Facebook também, mas vamos lá...

NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO

POSTAGENS MAIS VISITADAS

Disso Você Sabia ? no Facebook