SEJA BEM VINDO - NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO
NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO

quinta-feira, 14 de abril de 2016

Chile: Pilotos relatam avistamentos de OVNIs / UFOs na FIDAE

Relatos de testemunhas fizeram parte do seminário organizado pelo Comité de Estudios de Fenomenos Aereos Anomalos (CEFAA) da Força Aérea Chilena, durante uma reunião internacional de aeronáutica.
Pilotos profissionais deram testemunhos impressionantes sobre as manobras de objetos voadores não identificados (OVNIs) no Peru e Argentina, como parte de um seminário organizado pela CEFAA da Força Aérea Chilena (FaCH), um tipo de Blue Book chileno que compila informações históricas destes avistamentos elusivos.
Dentre os casos discutidos estava um por Oscar Santa Maria, Comandante (Ref.) da Força Aérea Peruana (FAP), que contou sobre um encontro com um misterioso objeto voador, inclusive atirando no objeto.

O ex-oficial disse ter recebido ordem para interceptar e abater um estranho veículo voador na vizinhança da Base La Joya da Força Aérea, no sul do Peru, em 11 de abril de 1980, devido à preocupação de que ele poderia ser um drone de espionagem.  Chegando próximo do objeto, o piloto abriu fogo com as armas de seu caça bombardeiro Sukhoi SU-22.
“O objeto – que deveria ter explodido ou sido danificado – não mostrou nenhum dano aparente e, ao invés disso, subiu em alta velocidade“, explicou ele.
Santa Maria calculou que o OVNI subiu à uma altitude de 11.000 metros, à uma velocidade de 900 km/h.
“O objeto, que estava parado, subiu rapidamente e me deixou para trás”, ele descreveu numa declaração ao canal de TV 24 horas.
Um outro encontro encontro foi descrito pelo Capitão Jorge Polanco, um aviador civil que observou um objeto misterioso medindo 30 metros em diâmetro, há 21 anos, enquanto pilotava um Boeing 727.
“Primeiramente vimos o objeto próximo ao aeroporto.  Pedi à torre para identificar se era um avião de linha, porque estávamos em curso de colisão”, disse ele. “A torre respondeu que não havia nenhuma aeronave naquele setor. Então o OVNI veio e ficou à nossa direita, a pouco mais de 30 metros da asa do Boeing 727.”
O piloto descreveu o OVNI como sendo “uma tigela de sopa invertida, medindo 30 metros em diâmetro, de construção sólida, com luzes verdes intensas que ficavam mais fracas às vezes.  Uma luz alaranjada ficava na parte superior, num ritmo que sugeria ser algo vivo, algo que podia respirar”.
(Nota: A FIDAE Feira Internacional do AR e Espaço ocorreu de 03/3/2016 a 04/03/2016, no Aeroporto Arturo Merino Benitez, na cidade de Santiago de Chile.
Fonte das informaçõespublimetro.cl
Via: http://noticia-final.blogspot.com.br/2016/04/chile-pilotos-relatam-avistamentos-de.html

Abin confirma ameaça de terrorismo nas Olimpíadas no Brasil

“Brasil, vocês são nosso próximo alvo. Podemos atacar esse país de merda.” Esse foi o aviso feito em novembro de 2015 por Maxime Hauchard, 22 anos, em sua conta no Twitter, uma semana depois dos atentados que deixaram 129 mortos na França no ano passado. Segundo a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) o perfil pertence a um terrorista francês que aparece em vídeos do grupo terrorista Estado Islâmico, mas atualmente está com a conta suspensa na rede social.

Dilma Rousseff sancionou a lei que permite o uso da fosfoetanolamina sintética

Com a sanção de Dilma Rousseff, pacientes com câncer poderão ter acesso a fosfoetanolamina sintética e obter uma forma de tratamento sem os efeitos dos quimioterápicos. Paralelamente, o mafioso cartel farmacêutico acionou o botão de pânico e aumentou sua campanha difamatória na mídia contra o composto.

A lei permite a produção, manufatura, importação, distribuição, prescrição, dispensação, posse ou uso da fosfoetanolamina sintética, independentemente de registro sanitário, em caráter excepcional, enquanto estiverem em curso estudos clínicos acerca dessa substância. Além disso, “a produção, manufatura, importação, distribuição, prescrição e dispensação da fosfoetanolamina sintética somente são permitidas para agentes regularmente autorizados e licenciados pela autoridade sanitária competente”.

Imediatamente, após a sanção desta lei, a mídia sionista corporativa começou o bombardeio contra a fosfoetanolamina, usando mentiras e desinformação com a intenção de colocar a população contra a substância. Ou seja, que os pacientes com câncer, inclusive quem não possui a doença, se posicione contra a sua própria saúde.
O ataque não se limita à fosfoetanolamina, agora usam esta sanção para atacar politicamente Dilma Rousseff e promover o impeachment. Assim publica o sionista R7:

A decisão de sancionar a íntegra do texto que passou, em votação relâmpago, pelo Congresso em março traz um caráter político e não técnico ao ato de Dilma. Segundo o Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, informou na terça-feira (12), a Casa Civil recomendou à presidente liberar o uso da fosfoetanolamina sintética antes do registro na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) na tentativa de evitar qualquer ameaça de desgaste, e de perda de votos, às vésperas da votação do impeachment.
A sanção, portanto, não levou em consideração pareceres técnicos preparados pelos ministérios do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Saúde, Ciência, Tecnologia e Inovação e também pela Anvisa e Advocacia-Geral da União. Todos sugeriam que a presidente vetasse integralmente o projeto. O principal argumento desses pareceres é que o composto poderia representar uma ameaça à saúde dos pacientes, abalar a imagem do controle sanitário do Brasil e, consequentemente, a imagem de produtos vendidos.

Há anos que a Anvisa vêm impedindo os testes clínicos com a fosfo e usa justamente este ponto para barrar a continuidade do projeto. Não se aprova porque “não têm testes clínicos”, mas não se têm os testes porque a Anvisa o impede. Recentemente o MCTI anunciou teste in vitro e se descobriu que era uma fraude, justamente para criar um relatório que pudesse ser usado pela mídia para desqualificar a fosfoetanolamina e seus pesquisadores.
A Anvisa não passa de uma fachada do lobby sionista farmacêutico e o MCTI foi denunciado pelo Dr. Chierice e sua equipe de fraudar os testes. Portanto, os dois órgãos que deveriam defender os interesses da população, estão comprometidos com a bilionária industria do câncer.



Este tipo de matéria publicada pela mídia corporativa é a conhecida tática de convencer a opinião pública através do medo, contando com a ignorância do leitor e sua limitada fonte de informação(Globo, Folha, Estadão, R7, etc). Quem possui acesso à internet e pesquisa em diversas fontes alternativas e independentes já está informado do que é realmente a fosfoetanolamina sintética e os interesses financeiros por trás desta campanha de demonização do composto.
A imoralidade e corrupção tomou conta do país e a mídia é parte do problema. Divulgam que salvar vidas é “tentativa de Dilma Rousseff não perder votos”. O que o R7GloboUOLFolha, etc, não dizem ao público é que alguns políticos que aprovaram esta lei na Câmara e no Senado, são da oposição e estão no movimento golpista contra a presidente.
Portanto, quem votou à favor da lei de liberação da fosfoetanolamina na Câmara com intenções políticas são os que hoje promovem o golpe de estado.
Mas já se imagina o motivo da adesão, aprovaram com a intenção conseguir votos nas próximas eleições. Além disto, se lembraram que o câncer pode ocorrer em qualquer pessoa, seja pobre ou rico. Inclusive, alguns desse grupo, possuem parentes com câncer e sabem que o custo com quimioterápicos é altíssimo e não cura a doença. Pelo contrário, ajuda a matar o doente.
Agora é o momento de Dilma Rousseff ordenar o fechamento imediato da Anvisa e colocar seus funcionários no banco dos réus, por atentar contra a saúde pública. É necessário saber se os que estão no boicote contra o composto recebem propina do lobby farmacêutico em contas secretas no exterior. Porque geralmente é assim que os corruptos recebem a propina. Um exemplo é Eduardo Cunha, réu por possuir contas secretas no exterior, envolvido com a Operação Lava jato e mais recentemente com offshores no escândalo dos Panamá Papers.
Se investigarem os funcionários da Anvisa, descobrirão contas secretas no exterior para receber dólares do lobby farmacêutico?
Enquanto a Anvisa e MCTI boicotam os testes com a fosfoetanolamina, aprovam a liberação do cigarro, bebida alcoólica, incensos, herbicidas, larvicidas e transgênicos, tudo comprovadamente causador de câncer. Por trás de todo esse lixo cancerígeno está a Monsanto, Cargill, Syngenta, Basf, industria do tabaco, industria etílica e as multinacionais dos “alimentos”. Evidentemente, aqui deve existir altíssimo nível de corrupção.
Os laboratórios farmacêuticos e as multinacionais, cujos produtos provocam o câncer, possuem os mesmos acionistas. Causam o câncer na população para depois lucrar com os quimioterápicos.
A nova lei sancionada já está sendo utilizada como munição para mudar o regime no Brasil e a população precisa reagir. Caso ocorra o golpe de estado, o lobby farmacêutico vai ordenar a suarevogação.
Artigos relacionados

Siga este Blog

Postagem em destaque

Agora é real, NIBIRU está chegando, e já é visto a olho nu.

Olá amigos, desculpem a ausência. Estou muito mais ativo no meu mural Facebook, e também no nosso grupo do Facebook também, mas vamos lá...

NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO

POSTAGENS MAIS VISITADAS

Disso Você Sabia ? no Facebook