Agora são: horas e minutos - Agradeço sua presença e volte sempre

Janot pede ao STF que proíba PF de negociar delações

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, protocolou no Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quinta-feira uma ação direta de inconstitucionalidade argumentando que caibam exclusivamente ao Ministério Público as negociações de acordos de delação premiada. Dirigida ao presidente da corte, ministro Ricardo Lewandowski, a ação pede, na prática, que se proíba a Polícia Federal de pactuar acordos de colaboração sem a participação dos procuradores do MP.
A ação de Janot mira trechos da lei 12.850 de 2013 que legitimam a participação de delegados da PF nas tratativas. Segundo o chefe do Ministério Público Federal, os trechos são inconstitucionais e devem ser suspensos e anulados por contrariarem "o devido processo legal, o princípio da moralidade, o princípio acusatório, a titularidade da ação penal pública conferida ao Ministério Público pela Constituição, a exclusividade do exercício de funções do Ministério Público por membros legalmente investidos na carreira e a função constitucional da polícia, como órgão de segurança pública".
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Porquê tomar o Cloreto de Magnésio P.A.?

ÍNDIA - Cientistas Criam Cruza de Humano com Gorila, Nascendo Bebê Híbrido!!

Homem constrói rádio chamado ''espírito de Tesla'' adivinha o que acontece quando ele é ligado? Assustador...

Governo japonês está preocupado com os efeitos da vacina contra HPV, como infertilidade e paralisia

Você já percebeu seu olho pulsando? Saiba o motivo disso acontecer

Como começou essa história de transmitir informações sem fio

Este garoto prodígio de 15 anos desenha animais anatomicamente corretos e já ilustrou até uma enciclopédia

PAUL PANTONE: ELE CRIOU UMA MOTOR QUE FUNCIONA COM 80% DE ÁGUA E DIMINUI MAIS DE 50% A EMISSÃO DE GASES NOCIVOS...