Siga este Blog

sexta-feira, 11 de março de 2016

Justiça bloqueia bens e quebra sigilo do presidente do PT paulista

A Justiça decretou bloqueio de bens e a quebra do sigilo bancário e fiscal do presidente do PT paulista Emídio Pereira de Souza em ação de improbidade. Segundo a ação, o petista firmou convênio sem licitação com o Instituto Cidad, em 2010, no valor de 1,5 milhão de reais, quando exercia o mandato de prefeito do município de Osasco, na Grande São Paulo. A decisão é do juiz José Tadeu Picolo Zanoni, segundo o qual a promotoria aponta "fatos graves que, realmente, justificam a concessão das medidas".
NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO