Siga este Blog

domingo, 13 de março de 2016

Argentina: Macri anunciou a entrega da informação do Estado ao Facebook

Tradução: Caminho Alternativo

(17-02-2016) O governo nacional planeja incorporar ao Estado uma plataforma do Facebook desenvolvida para a gestão empresarial. Argentina se converteria no primeiro país do mundo em usar esta tecnologia corporativa em suas oficinas públicas.
O presidente Mauricio Macri anunciou que o governo começará a usar a plataforma Facebook At Work (FAW), depois de se reunir em Davos com Sheryl Sandberg, a segunda diretora mais importante da companhia. o Ministério de Modernização da Nação lançará um plano piloto. Esta plataforma está desenvolvida exclusivamente para o trabalho em grupo em âmbitos laborais.
Desde a empresa explicaram que FAW está pensada “para que as pessoas possam se manter conectadas com seus companheiros, compartilhar informação e trabalhar colaborativamente com maior rapidez e de uma forma mais simples”. O subsecretário de Governo Digital do ‎Ministério de Modernização da Nação, Daniel Abadie, informou que “os dados se guardam na infraestrutura do Facebook”. Esta decisão constitui um fato inédito já que pela primeira vez as oficinas públicas de um Estado utilizarão esta plataforma corporativa.

Uma empresa privada terá acesso à informação pública


Segundo informou, o teste piloto será gratuito e terá uma duração máxima de um ano. Este teste piloto primeiro será na Secretaria de Gestão e Inovação Pública e logo se expandirá a outras áreas do Ministério de Modernização.
A respeito, o subsecretário de Governo Digital do ‎Ministério de Modernização da Nação, Daniel Abadie,‎ alegou: “Queremos explorar soluções que potenciem o trabalho em equipe e as estruturas horizontais. Um dos objetivos que nos pede o ministro de Modernização, Andrés Ibarra e o presidente é melhorar a forma em que nos vinculamos e interagimos no Estado”.
Com o argumento de melhorar a gestão e a comunicação interna, os funcionários públicos começarão a usar esta rede social projetada “para ajudar a criar espaços de trabalho mais produtivos e conectados” em seus computadores e celulares.
Fontepausa.com.ar
Artigo relacionado



Depois de contrair mais dívida criminosa com a banca judaica JP Morgan dos Rothschild e Rockefellerposicionar CEO’s de multinacionais e bancos sionistas no governo, Macri vai colocar a NSA, CIA e o Mossad no controle de toda a informação do Estado argentino. A vigilância aos cidadãos será total, feita diretamente pelo Estado sob controle privado.



Como avisado em outros artigos, a Argentina já está totalmente privatizada e nas mãos do sionismo internacional.
O que ainda está na agenda:
O que está sendo feito com Macri na Argentina será feito com o Brasil e para isto está em curso um golpe de estado.
V
NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO