NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Veja o vídeo: marinheiros americanos presos após entrarem em águas iranianas

 Membros da Marinha americana foram presos depois de entrarem em águas iranianas


Marinheiros americanos são detidos pela Guarda Revolucionária do Irã no Golfo Pérsico – IRIB / AP
WASHINGTON — O Irã libertou dez marinheiros americanos nesta quarta-feira depois de mantê-los presos durante a noite, num breve incidente que provocou nervosismo dias antes da implementação prevista de um acordo nuclear histórico entre Teerã e as potências mundiais. O secretário de Estado americano, John Kerry, agradeceu pela cooperação das autoridades iranianas.
— Quero expressar minha gratidão às autoridades iranianas pela sua cooperação para resolver rapidamente esta questão. A resolução pacífica e eficiente deste problema é uma prova do papel crucial exercido pela diplomacia para manter nosso país a salvo, seguro e forte — destacou Kerry.
Segundo a Guarda Revolucionária do Irã, os marinheiros foram soltos após a constatação de que eles tinham entrado em águas territoriais iranianas por engano. Os americanos foram detidos a bordo de dois barcos de patrulha da Marinha dos EUA no Golfo na terça-feira.
“As nossas investigações técnicas mostraram os dois barcos da Marinha dos EUA entrando em águas territoriais iranianas inadvertidamente”, disse um comunicado divulgado pela televisão estatal. “Eles foram libertados em águas internacionais depois de pediram desculpas”.
Segundo o comandante da Guarda Revolucionária do Irã, o general Ali Fadavi, os Estados Unidos pediram desculpas pelo incidente, o que não foi confirmado por Washington. Para resolver o impasse, Kerry entrou em contato com o chanceler iraniano, Javad Zarif.

Barco americano é aprendido pela Guarda Revolucionária do Irã – HO / AFP
Na noite de terça-feira, autoridades americanas disseram que Teerã lhes havia assegurado que a tripulação e as embarcações seriam devolvidas a salvo e com prontidão.
O chefe da Marinha da poderosa Guarda Revolucionária chegou a acusar as embarcações americanas de terem realizado ações pouco profissionais. Os nove homens e uma mulher ficaram retidos em uma base iraniana na ilha de Farsi, no Golfo Pérsico, depois de serem detidos nas proximidades.


A rápida soltura dos marinheiros americanos demonstra um avanço na delicada relação entre os países. Em 2007, em uma situação parecida, a Marinha da Guarda Revolucionária iraniana deteve 15 membros do serviço militar britânico por 13 dias, sob a justificativa de proteger as suas fronteiras marítimas. Um ano depois, a Marinha britânica divulgou um relatório dizendo que os seus navios estavam em uma área de fronteiras disputadas entre o Irã e o Iraque.


SUSPENSÃO DE SANÇÕES
O incidente naval vem em um momento delicado para Washington e Teerã. O processo para começar o levantamento das sanções impostas ao Irã devido a suas atividades nucleares é esperado para o fim desta semana. A Guarda Revolucionária está entre os atores mais radicais contrários o acordo nuclear.
 
Agência O Globo e RT
Naval Brasil
Via:  http://noticia-final.blogspot.com.br/2016/01/veja-o-video-marinheiros-americanos.html
NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO

Disso Você Sabia ? no Facebook