Translate

Trabalhamos para divulgar notícias SOBRE: POLITICA, CURIOSIDADES, SAÚDE, ASTRONOMIA, UFOLOGIA, GUERRA, MISTÉRIOS E MUITO MAIS.Precisamos de sua ajuda, clique nas propagandas expostas no Blog, para manter nosso site no ar.

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

O Lobby contra a fosfoetanolamina sintética ganhou mais um aliado, a Academia Brasileira de Ciências

Apos de ser revelado o Lobby contra a fosfoetanolamina sintética promovido pela Rede Globo, Anvisa e banqueiros internacionais, o mais novo membro para combater esta substância é a Academia Brasileira de Ciências(ABC).
Em comunicado publicado no dia 03/11/2015 esta organização, que não parece representar a Ciência, declarou este absurdo:
Para a entidade, como a substância não tem sequer sua segurança inteiramente mapeada, nem indicação para uma doença para a qual não existe tratamento disponível, não há justificativa para acelerar o seu desenvolvimento.
Isto é totalmente falso, a fostoetanolamina é uma substância segura, existente no próprio corpo e utilizada há mais de 50 anos no exterior e em suplementos alimentares.
A vida de milhões de pessoas ameaçadas com o câncer não é uma justificativa para acelerar o desenvolvimento dos estudos com a fosfoetanolamina?
A ABC está literalmente dizendo que parem de fazer as pesquisas e testes com este composto e que deixem que milhões de pessoas morram de câncer. Uma declaração como esta pode perfeitamente ser interpretada como uma declaração eugenista, típica de genocidas como os da Fundação Rockefeller, que promovem a redução populacional global.
A Academia de Ciências não só mente sobre o composto como “contraindica o seu uso em humanos”, mesmo com as provas demonstrando que a fosfo é segura e que já foi estudada há muito tempo. Deixa em evidência que está totalmente contra o desenvolvimento das pesquisas e se coloca ao lado dos milionários produtos do cartel farmacêutico sionista.
Então aqui temos um artigo publicado pela British Journal Cancer, reproduzido pela Nature, onde a fosfoetanolamina é testada em mestástase pulmonar in vivo ein vitro e outro publicado pela US National Library of Medicine National Institutes of Health.
Apresentação: Mostramos recentemente que a fosfoetanolamina sintética reduz o crescimento do tumor e inibe a metástase pulmonar in vivo. Aqui, nós investigamos os seus efeitos anti-leucemia utilizando leucemia promielocítica aguda (APL) como um modelo.
Resultados: A fosfoetanolamina sintética citotóxica induz a apoptose através da via mitocondrial in vitro linhas celulares de leucemia. efeitos antiproliferativos in vivo a s exposições no modelo de reduzindo o número de CD117 -1 células mielóides imaturas na , baço e fígado. A fosfoetanolamina sintética impede a expansão dos clones malignos CD117 , 1 . Além disso, a s induz a apoptose células imaturas no baço fígado, um efeito notável.
Apresentação: Os fosfolípidos antineoplásicos (ALPS) representam uma classe promissora de drogas com um novo modo de ação submetido a rotação rápida na membrana celular de tumores, interfere com a transdução do sinal de lípidos, induz a morte celular. O objetivo deste estudo foi investigar a fosfoetanolamina sintética (Pho-s) como um novo agente anticancerígeno.
Resultados: Estes resultados sugerem que s potencial candidato a droga anticâncer.
Para acessar a outras publicações científicas clique neste link.
Continuando a leitura da notícia, encontramos outra afirmação da ABC que já foi desmentida pelo Dr. Chierice no Senado.
Não existe um tipo único de câncer, mas uma enorme gama de doenças médicas caracterizadas pelo crescimento exagerado e descoordenado de células cancerosas (câncer). Para cada caso particular de câncer, há a necessidade da demonstração da eficácia clínica
Esta é mais uma mentira. O Dr. Chierice explicou na Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado realizada no dia 29/10/2015 que dos mais de “100 tipos” de câncer, só existe um tipo de célula cancerígena, que é a anaeróbica. Portanto, o que a fosfoetanolamina faz é marcar estas células para que o próprio organismo as identifique e promova a apoptose(morte celular) destas células, conforme os estudos publicados mais acima. Sendo assim, a fosfoetanolamina permite que qualquer tipo de câncer seja combatido.
O que as drogas da BigPharma faz é atacar a TODAS as células, ataca as cancerígenas e as sadias, promovendo o debilitamento do sistema imunológico do paciente. Ou seja, não só não garante a cura da doença como ajuda a matar o paciente. Sem falar nos terríveis efeitos colaterais como queda de cabelo e náuseas.
Qualquer estudante do 2º Grau de Química ou Biologia é capaz de entender o simples conceito do funcionamento da fosfoetanolamina. Se acham que o Dr. Chierice está mentindo, então provem com documentos que ele está errado, ele mesmo fez este desafio no Senado. Alguém acha que ele iria arriscar 47 anos de pesquisa, 500 trabalhos publicados e 80 teses defendidas em algo que não tivesse certeza? O Dr. Chierice mostrou as suas cartas, agora os cretinos que protegem o cartel sionista farmacêutico que mostrem as suas. Vamos ver quem está mentido.
O que não se sabe ainda é como o organismo começa a multiplicação dessas células e nesta notícia publicada por RT em 01/11/2015, os cientistas dizem que a resposta pode estar no DNA não mapeado pela ciência.
Os idiotas chamam a maior parte do DNA não mapeado de “DNA lixo”. Esse é o nível dos “cientistas” do establisment. Quando não entendem algo ou é incoveniente a sua revelação, rotulam como algo negativo, para que outra pessoa não se anima a investigar.
O mito dos “100 tipos de câncer diferentes” deve ter sido criado pelo cartel farmacêutico, para fabricar uma variedade de produtos e lucrar com diversos “medicamentos” para “diferentes tipos de câncer”, a preços variados e cada vez mais custosos. O que poderia existir são 100 formas diferentes que os genes disparam o mecanismo de produção celular cancerígena. Mas o tratamento é um só, identificando as células cancerígenas e permitindo que o próprio sistema imunológico as elimine.
Mais à frente, a ABC alega o seguinte em seu comunicado:
No caso da fosfoetanolamina, a maioria das etapas descritas e indispensáveis necessárias para que a molécula se torne um medicamento com provas cientificas de eficácia e segurança não foram conduzidas
Mais uma mentira. O Dr. Meneguelo, assim como o Dr. Durvanei Augusto Maria, bioquímico do Instituto Butantan, mostraram que possuem as evidências. Os testes clínicos em humanos foram realizados no Hospital Amaral Carvalho de Jaú, sob as regras do Ministério da Saúde, com autorizações e documentos.
Em seguida, a matéria coloca uma série de 6 tópicos declarados pelos “acadêmicos” da ABC:
1) Não há garantia da segurança da produção e estabilidade química entre os vários lotes;
E o que estão esperando para começar os testes necessários e comprovar esta afirmação? Ficar tagarelando que “não existe” não vai ajudar as pessoas que estão com os dias contados para morrer de câncer. Façam algo!
2) Não há evidências disponíveis que demonstrem a segurança (toxicologia) e a eficácia da molécula em estudos pré-clínicos;
Falso! O Dr. Chierice revelou que testes foram realizados no Hospital Amaral Carvalho e as evidências estão com o Hospital. Por que nenhuma equipe de reportagem de TV ou jornal até agora não foi lá investigar o que aconteceu com os testes clínicos? As evidências estão com o Hospital, exijam que as apresente.
3) Não existem estudos clínicos demonstrando detalhes da farmacocinética da substância (que define a frequência que a mesma deverá ser utilizada em seres humanos). Tais estudos clínicos só podem ser realizados após a conclusão dos estudos não clínicos;
Novamente a ABC tenta enterrar tudo que foi divulgado da fosfoetanolamina com mentiras, pois existem estudos publicados e o Dr. Chierice declarou que os resultados dos testes estão com o Hospital Amaral Carvalho. Que isto seja investigado.
4) Não existem estudos clínicos demonstrando a segurança toxicológica do uso da molécula em seres humanos;
Falso! Como citado antes, o Hospital Amaral Carvalho chegou à etapa dos testes clínicos em humanos seguindo as regras do Ministério da Saúde, mas nunca divulgou os resultados. Além disso, há mais de 20 anos que centenas de pessoas usam a fosfoetanolamina sintética para tratar o câncer e nenhum dos pacientes relatou algum problema. Pelo contrário, os relatos são todos positivos. Além disso, está comprovado que é uma substância segura e é utilizada nos EUA como suplemento alimentar.
5) Não existem estudos clínicos demonstrando a eficácia da molécula e, em especial, a eficácia comparativa da molécula em relação a outros tratamentos já existentes;
Já que querem ignorar o que o Dr. Chierice e o resto de sua equipe disseram no Senado, por que não promovem a campanha pedindo os testes clínicos? Do que estão com medo? A que se deve tanta propaganda negativa contra uma substância que existe no próprio corpo humano?
6) Finalmente, não há o desenvolvimento da molécula para uma doença específica para a qual não existe tratamento; não há justificativa para o desenvolvimento acelerado da mesma, em especial tendo em vista a ausência de estudos de segurança pré-clínica e clínica.
Burocracia misturada com mentiras não cola no mundo da internet. Pode ser que tenha efeito quando divulgada na sionista Rede Globo, mas para aqueles que possuem internet a propaganda não funciona. A resposta está na internet e é fácil obter as informações necessárias para saber a verdade.
Neste link é possível consultar os estudos realizados com a fosfoetanolamina sintética. E quando se pesquisa sobre esta substância na internet aparece esta informação:
E finalmente o comunicado finaliza com o seguinte:
O texto conclui que a molécula está “em fase ainda muito preliminar de desenvolvimento e que está muito distante de poder ser recomendada para uso como medicamento em seres humanos.”
Como pode estar “distante para ser recomendada” se é uma substância que existe no próprio corpo e que já usada em suplementos em todo o mundo? Se duvidam das pesquisas realizadas pelo Dr. Chierice durante mais de 25 anos, é só fazer os testes clínicos. Do que estão com medo?
Vemos que todo este discurso da ABC beneficia somente ao cartel dos grandes laboratórios. Lendo o comunicado se percebe que não estão interessados em defender os doentes. Começam o texto baseando seus argumentos na sionista e criminosa FDA(Food and Drug Administration), que nada mais é do que umafachada dos grandes laboratórios sob controle da banca sionista Rothschild/Rockefeller.
Enquanto isso, os transgênicos da Monsanto, Cargill, Syngenta e Basf continuam envenenando(provocando o câncer) e matando populações em todo o mundo. Sem falar na industria do tabaco, refrigerantes e toda a porcaria cancerígena produzida pelas multinacionais dos “alimentos”.
Propaganda
Esse químico, vulgarmente conhecido como  glifosato, tornou-se dominante na Argentina e nos EUA, desde  que a Monsanto lançou sua linha de culturas geneticamente modificadas concebidos para suportar a aplicação pesada do herbicida, em meados da década de 1990.
Na época, as culturas “Roundup Ready” da Monsanto foram apregoadas como revolucionárias: por que as culturas poderiam tolerar o glifosato, disse a empresa, os agricultores acabariam usando menos herbicida. De qualquer forma,  o glifosato foi considerado uma alternativa muito mais segura do que outros herbicidas químicos no mercado.
Após algumas décadas, quanta diferença! Como um grande número de ervas daninhas, para as quais o glifosato deveria combater, desenvolveram sua própria resistência química ao produto, muitos agricultores foram forçados a despejar quantidades cada vez maiores do herbicida em seus campos para combater uma epidemia crescente de “super- ervas daninhas”.
Quanto ao  impacto supostamente benigno do glifosato sobre a saúde humana, a declaração recente da OMS de que o produto químico é provavelmente cancerígeno só tem acrescentado ao que os críticos dizem que é a crescente evidência de que o uso excessivo do glifosato está causando estragos nas vidas daqueles que vivem e trabalham em comunidades agrícolas.
Em 2013, uma investigação feita pela Associação de Imprensa descobriu  taxas de câncer na província de Santa Fé da Argentina, o centro da indústria de soja do país, de duas a quatro vezes superior à média nacional, enquanto as taxas de defeitos congênitos em outras regiões de cultivo foram  quatro vezes mais elevados. Como um pediatra e ativista de saúde pública mencionou “As mudanças na forma como a agricultura é produzida, francamente, contribuiu para uma mudança no perfil das doenças. Passamos de uma população muito saudável para uma com  alto índice de câncer, defeitos de nascença e doenças raramente vistas antes. ”
Fesprosa emitiu uma declaração dizendo que o glifosato “não só provoca câncer, ele também está associado com o aumento de abortos espontâneos, defeitos congênitos, doenças de pele e doenças respiratórias e neurológicas
Enquanto a Monsanto é banida em diversos países da Europa e inclusive na Rússia, a Argentina e Brasil possuem vastas plantações cancerígenas desta demoníaca corporação.
Tanto a Mosanto como outras multinacionais que provocam o câncer possuem Lobby nos governos sulamericanos, financiam campanha de políticos e assim conseguem criar leis que favorecem os seus interesses financeiros e eugenésicos. Devido à este Lobby, 90% da população argentina está contaminada pelo cancerígeno glifosato da sionista Monsanto.
Acaso ninguém percebeu que a industria farmacêutica e as multinacionais dos agrotóxicos possuem os mesmos acionistas(banqueiros) e que lucram nas duas pontas? Primeiro lucram e dominam a produção dos “alimentos” com substâncias cancerígenas, depois lucram novamente com os quimioterápicos e radioterapia.
Estas valiosas informações, a Anvisa e Academia de Ciências ignoram e não passam para a população. Por que será?

Este chocante promocional de At & T procure criar consciência sobre o uso de telefones celulares ao conduzir, pois uma só olhar o celular pode destruir vidas... O que você acha?



Queda de avião russo agora identificado como "evento político" com ordens de Putin para Prontidão de Guerra Nuclear

Um relatório do Serviço de Inteligência Externa (SVR)muito curioso circula no Kremlin hoje afirmando que presidente do Comitê de Investigação da Federação Russa (ICRF), Alexander Bastrykin, abriu um único processo criminal a proceder nos termos do artigo 263, parte 3, do artigo 238 do do Código Penal sobre o fato de derrubada pelo Estado Islâmico do vôo 9268 en route do Egito para St. Petersburg e rotulou ainda mais esta catástrofe como um "evento político".
De acordo com este relatório, Presidente Bastrykin comunicou essas ordens ao Conselho da Federação de Segurança (FSC) do Cairo hoje, onde ele está reunido com vários funcionários internacionais interessados russos, egípcios, e outros, sobre a matança sem sentido de 244 inocentes a bordo do vôo 9268, e onde o governo do Obama fornecia prova "simultânea" que seus satélites também haviam detectado o disparo de um míssil em direção a essa aeronave e qual havíamos relatado anteriormente no nosso um relatório de novembro intitulado  Abate avião russo pelo Estado Islâmico "será vingado" adverte a Rússia.
Embora funcionários de Obama "anônimos" disseram aos seus bajuladores da imprensa americana que só isso que seus satélites detectaram um flash "calor" no vôo vez 9268 que  foi destruído, e diretor norte-americano da Inteligência Nacional, James Clapper afirmou que era possível que o Estado Islâmico foi responsável, este relatório continua, as versões classificadas desta informação prestada à Federação por eles  que mostram a "verdade devastadora" do que ocorreu.
E o mais horrível sobre as informações fornecidas à Federação pelos americanos, este relatório diz, é a assistência "aparente" da Agência Central de Inteligência (CIA) na derrubada do vôo 9268.
Alimentando as preocupações do RVM de cumplicidade da CIA com o Estado Islâmico no abate de Voo 9268, notas deste relatório, foi o aviso aos aviadores (NOTAM) de alerta emitido em 9 de Setembro dizendo que aviões britânicos  a sobrevoar a área onde este desastre ocorreu para não voar abaixo de 25.000 pés e aviões dos EUA não voar abaixo de 26.000 pés.
Ao traçar a origem deste  aviso de  9 setembro as companhias aéreas britânicas e americanas sobre o Sinai do Egito para, este relatório continua, analistas de inteligência SVR rastreados dos EUA Defense Internet Service NOTAM, que por sua vez tinha emitido com base em informações da CIA tinham recebido do Iêmen .
Embora continuando a seguir a "árvore de informações" relacionadas com este aviso  de 09 de setembro, este relatório diz, SVR "analistas de solo" descobriram uma base operacional da CIA na capital do Iêmen ,Sanaa,  em que foi descoberto um  altamente sofisticado radar de aeronaves e equipamentos de comunicações, cuja finalidade de uso é cportanto ainda desconhecido. [Nota: a especulação neste relatório sugere que este equipamento tem a capacidade de alterar / mascarar um caminho de aviões por radar e altitude fazendo com que pareça estar voando com  maior ou menor do que realmente é]
Após a descoberta desta base  da CIA, este relatório continua, SVR "analistas em terra" que operam no Iêmen afetaram a "prisão / detenção" dos dois cidadãos americanos encontrados na posse deste equipamento no prazo de 3 horas após a destruição do Vôo 9268 e que imediatamente alegara que trabalhava para as Nações Unidas, mas que a ONU declarou que não procede.
Importante notar, analistas de RVS neste estatal relatório, é que, com a destruição do Vôo 9268 agora a ser classificado como um "evento político", suas ramificações se estendem muito além das "considerações normais" e agora estão em um nível daqueles eventos que afetam gravemente o segurança nacional de toda a Federação.
E quão grave essa situação realmente é, este relatório conclui, foi evidenciado pelo presidente Putin hoje cedo, quando depois de receber o relatório do Presidente Bastrykin ele ordenou que o Conselho de Segurança da Federação para avaliar a prontidão da Rússia para sobreviver a ataques nucleares, químicos ou desastre biológico e disse-lhes para estocar equipamentos de proteção, se necessário.
  WhatDoesItMean.com

http://noticia-final.blogspot.com.br/2015/11/queda-de-aviao-russo-agora-identificado.html

China usou militares disfarçados de pescadores para provocar destroyer americano no Mar do Sul da China

WASHINGTON – Quando o destróier norte-americano Lassen passou perto de uma ilha artificial recém-construída em Subi Reef no Mar do Sul da China Ilhas Spratly 27 outubro, ele já estava sendo escoltado por vários navios de guerra da Marinha chinesa. O navio dos EUA representou um desafio à tentativa da China de criar a terra e declará-la e as zonas circundantes território soberano.
Os navios de guerra chineses, informou uma fonte da Marinha dos EUA, comportou-se profissionalmente durante o trânsito do Lassen. “Eles se aproximaram do Lassen, mas ficou a uma distância segura.”
Mas vários navios menores, descritos pela fonte como navios mercantes ou navios de pesca, foram mais provocantes, cruzando e fazendo manobras em torno do destroyer, ao mesmo tempo em que mantinham distância.
Uma traineira chinesa tripulada por milícia marítima tente interferir com o navio de inteligência 
dos EUA Impecável durante um confronto março 2009 no Mar do Sul da China. Vários países 
experimentaram incidentes similares com navios de pesca tripulado-milícia.(Foto: US Navy)
“Havia navios mercantes chineses presentes que não eram tão recatada como a Marinha chinesa”, a fonte da Marinha dos EUA disse outubro 30. “Um saiu de sua ancoragem na ilha e atravessou o arco do destroyer, mas a uma distância segura, e o Lassen não alterou o curso como navio mercante circulou ao redor. ”
Os navios de pesca acrescentou tráfego marítimo na área imediata, disse a fonte. Mas o ofício extras parecem ter estado presente, a fonte observou, “porque antecipou trânsito da Lassen”.
China tem sido conhecida por utilizar navios civis como ferramentas do governo, muitas vezes para perseguir navios estrangeiros, e vários analistas têm examinado os incidentes atuais e recentes para determinar quem está a bordo desses navios misteriosos.
Andrew Erickson, professor associado os EUA Naval War College e bem conhecida autoridade em assuntos navais e marítimas chinesas, é quase certeza que ele sabe. Ele suspeita que a milícia naval chinesa, obriga que ele apelidado de “homenzinhos azuis” – uma referência aos “homenzinhos verdes”, utilizados pela Rússia na Crimeia e da Ucrânia, para insultar forças militares em uma região sem identificação clara.
Uma pista, Erickson observou, é que normalmente não há que muitos navios de pesca ao redor Subi Reef.
“Os números reais dos navios de pesca regularmente presentes nos Spratly parecem relativamente baixo”, observou. “Se você olhar para ele de forma racional, é bastante claro que os operadores dessas barcos de pesca foram milícia marítima, especialmente para ter feito essa manobra” em torno de proa do destruidor.
“A China está tentando usar estes controlados pelo governo fora do radar para obter o bônus, sem o ônus para apoiar as suas reivindicações no Mar da China Meridional”, disse Erickson. “É um fenômeno pouco conhecido ou entendido em os EUA.
“Enquanto homenzinhos verdes da Rússia na Crimeia são amplamente conhecidos, a insuficiente atenção tem sido dada à homenzinhos azuis da China no Mar da China Meridional”, disse ele. “É tão diferente do que os EUA faz. As pessoas não estão familiarizados com eles, é difícil para percebe-los. ”
Pelo menos uma meia dúzia de nações estão disputando reivindicações territoriais no oeste do Pacífico, incluindo a China, Filipinas, Vietnã, Coréia do Norte e do Sul e Japão. A região mais volátil no momento é o Mar da China do Sul, uma região repleta de recifes semi-submersos ou submersas que poderiam ser a chave para acessar as fontes de energia, incluindo petróleo e gás natural.
Como as disputas tornaram-se mais vivas, algumas nações, incluindo a China, têm vindo a empregar guardas costeiras e navios civis em vez de unidades navais em situações potencialmente de confronto.
“Como a China está tentando mostrar oposição à liberdade de operações de navegação no Mar da China do Sul”, disse Erickson, “precisamos estar mais sintonizados com os tipos de navios e tipos de pessoal podem estar lá para criar um quadro mais complexo e até mesmo para empurrar para trás. ”
Erickson e seus associados descobriram que a milícia se envolve em vários incidentes, incluindo confrontos em março de 2009, quando vários navios de pesca chineses assediado o navio de inteligência dos EUA Impecável no Mar do Sul da China.
“Nós traçamos milícia marítima chinesa para envolvimento direto no incidente Impeccable”, disse Erickson, “e no HYSY 981 incidente plataforma de petróleo com o Vietname [quando numerosos navios vietnamitas foram abalroado pelos chineses, com pelo menos um naufrágio, em um período de três impasse em 2014 -e-um-metade-mês], e, potencialmente, com pressão chinesa sobre o esforço de reabastecimento filipina de Segunda Thomas Shoal “em março de 2014, onde as Filipinas têm estacionado um navio naval fundamentada em um banco de areia disputado.
Erickson observou que no momento do envolvimento Impecável milícia incidente não foi amplamente discutida, mas agora foi confirmado por imagens e provas escritas.Agora, “nós estamos tentando chegar à frente da curva, para que possamos realmente descobrir quem são esses arrastões pertencem a que foram vistos perto USS Lassen. Eu acho que é altamente improvável que isso foi uma coincidência. Se você ler a doutrina marítima chinesa … isso é certo fora do manual de técnicas típicas que utilizam, e são projetados para. ”
Relatórios do incidente Lassen, observou Erickson, são “evidência empírica combinando-se muito de perto o que os escritos chineses sobre a milícia marítima dizer o seu projetado para ser capaz de fazer, incluindo as actividades de obstrução.”
A milícia a bordo dos navios são muitas vezes claramente identificável.
“Eles têm uniformes – muitos, se não todos eles têm uniformes. Temos muitas fotografias deles com seus uniformes “, disse ele. O PLA Diário, uma publicação Exército Popular de Libertação, mesmo fala sobre isso.
“” Colocar em camuflagem [uniformes], que se qualifiquem como soldados “, Erickson citado. “” Tirando a camuflagem, eles se tornam cumpridores da lei pescadores ‘”
“Assim, a China está tentando tê-lo de duas maneiras aqui”, observou ele. “Além de engano e confusão, EUA e aliados regras de engajamento pode ser muito restritiva em relação aos pescadores.
“A China está tentando usar essas forças da milícia marítimas para colocá-lo em uma posição que nos frustra na nossa capacidade de responder.”
Erickson e seus associados têm tentado determinar quem está controlando as milícias.
“A milícia, frequentemente, extraídas dos trabalhadores locais ou dos militares desmobilizados, são organizados em uma maneira um tanto complexo, relatando inicialmente para locais das Forças Armadas Departamentos do Povo (PAFD). Quando ativado, porém, eles poderiam reportar-se diretamente às autoridades navais “, disse Erickson.
“Em tempos de paz as suas responsabilidades incluem o apoio da Marinha e da Guarda Costeira da China. Eles sempre responder às Exército Popular de Libertação através do PAFD. Mas eles também relatam a qualquer agência estão a apoiar no momento “.
Embora existam dezenas de milícia, várias unidades se destacam como elementos de linha de frente, Erickson observou.
“A maioria dos milícia marítima são menos elite, fazer transporte mais mundano, tripulação, reparação, patrulhamento costeiro, e resposta de emergência. Mas há uma pequena elite que é melhor equipado, treinado e equipado. Eles são desenvolvidos para apoiar os tipos mais avançados de missões. Que incluem, teoricamente, algumas capacidades de guerra. ”
Que a milícia são uma entidade para si mesmos, além da Guarda Marinha e Costeira, é só recentemente se tornando aparente.
“Este não é um tipo de força entendemos bem o suficiente”, disse Erickson. “Eles poderiam concebivelmente atingir algumas vantagens através de elementos de surpresa e confusão. Então, mesmo se sabemos quem eles são eo que eles estão fazendo, poderemos ter grande dificuldade de lidar com eles por causa das nossas regras de engajamento. China poderia sair do seu caminho para mis-retratar alguns destes pessoal como pescadores patrióticos aleatórios, como dos residentes ‘vocais dessas “ilhas” nas Spratly. Eles são muito bons em que tipo de guerra de propaganda. ”
Uma maior consciência da milícia e suas técnicas, Erickson disse, poderia enfraquecer a sua eficácia.
“Estas forças têm sua maior poder quando eles são menos conhecidos, menos que o previsto. O mais que podemos chamá-los para prever a sua presença e as ações com antecedência, mais o poder que podemos tirar a partir delas. Estes são forças com recursos bastante limitados globais. E se eles estão expostos como milícia que responder à cadeia de comando PLA pode ser visto sob uma luz diferente “.
Erickson está tentando obter a palavra para fora sobre a milícia, e publicou um pedaço Internet na segunda-feira amarrar essas forças para o trânsito da Lassen.
Os EUA ea China, em um esforço para reduzir a possibilidade de violência, concordou no início deste ano a um acordo, o Código para não planejadas Encounters at Sea (CUES). Mas o acordo abrange apenas a Marinha chinesa, não seus outros serviços marítimos.
Erickson observou que, embora as relações entre os EUA e as marinhas chinesas pode ser cordial e profissional, a Guarda Costeira e as milícias não estão sujeitos às mesmas restrições.
“Há um problema potencial no qual Marinha da China é a Marinha dos EUA para aprender mais sobre os nossos melhores práticas, falando a conversa de um bom policial-abraços de urso, enquanto os maus policiais – A Guarda Costeira e da milícia marítima – estão fazendo o trabalho sujo no Mar da China Oriental e Mar da China Meridional.
“Nossa abordagem para as forças marítimas da China e nossa interação com eles é incompleta”, disse Erickson, “desde que duas das três forças marítimas estão correndo por aí fazendo coisas que consideramos muito negativa.”
Naval Brasil

http://noticia-final.blogspot.com.br/2015/11/china-usou-militares-disfarcados-de.html

Urgente: Tempestade solar atinge a Suécia e fecha aeroportos do país

A intensa tempestade geomagnética que atinge a Terra há mais de 48 horas fez com que diversos aeroportos da Suécia suspendessem as operações de decolagem. Neste momento a tormenta atinge o nível KP=5 e deve durar pelo menos mais 24 horas.
De acordo com autoridades suecas, a tormenta está atingindo fortemente os países do extremo norte da Europa e interferindo de forma significativa nos radares de controle aéreo.

Desenhos Secretos de Michael Jackson Revelam Referências a Controle Mental

Michael Jackson deixou para trás uma grande quantidade de desenhos - e seus simbolismos são muito reveladores. Eles fornecem uma visão rara nas lutas interiores e, mais importante, estão cheias de imagens e gatilhos relacionados ao controle mental Monarca.
A história de Michael Jackson é uma história de tudo o que está errado na indústria do entretenimento. Empurrado para isso desde novo, Jackson tornou-se literalmente um escravo da indústria da música. Enquanto no auge do estrelato, MJ lentamente metamorfoseou-se em uma pessoa completamente diferente. Apesar de suas mudanças físicas serem as mais óbvias, ele também mostrou sinais de abuso psicológico pesado. Ele foi submetido a programação Monarca durante uma fase crucial da sua vida? Novos indícios parecem sugerir essa direção.
Uma coleção de desenhos nunca visto feitos por Michael Jackson estão agora à venda por um homem da Flórida que lhes pertence e seu simbolismo é bastante revelador. Eles são completamente a par da temática MK apresentado neste blog, tais como as pinturas feitas por sobrevivente Monarca, Kim Noble (veja o artigo sobre ela aqui). Aqui estão os desenhos:
Este desenho descreve um rosto sorridente que está ligado a vários fios. Os fios são conectados com o que parecem ser caixas de comutação. Será esta uma referência a tortura de eletrochoque? Além disso, parece haver pequenos chifres que crescem em sua cabeça
Um relógio estranho em que apenas o número 7 é visível. MJ parecia estar obcecado com esse número em particular - o que não é uma obsessão incomum de escravos MK
Esta ilustração descreve o rosto de MJ e do número sete acima dela. A metade inferior do rosto está deformado como se estivesse sido machucado com corrente elétrica. É este uma outra referência a eletrochoque a tortura?
Esta imagem mostra uma visão sobre um raio-x de um corpo. De acordo com algumas fontes "no campo da arte-terapia isso pode indicar uma possível desconexão entre a mente, o corpo e a realidade". Em outras palavras, esta imagem pode representar MJ se dissociando seu corpo e realidade - o objetivo da programação Monarca
Esta imagem descreve três pessoas - um homem, uma mulher e uma criança. As três pessoas no entanto têm o mesmo rosto (e a mesmo a expressão facial), que pode sugerir o desdobramento da personalidade núcleo em opostos dualistas (masculino e feminino) e uma nova persona de emergência (a criança)
A cara de palhaço assustador desenhado em uma superfície vermelha (reminiscente de sangue, raiva e violência) de fundo. Combinado com o rosto perturbador, as palavras "eu realmente amo você" parece ser insincero, como se viesse de um manipulador MK
O conceito de espelhamento, dualidade e uma persona criança aparecem novamente
Esta é uma imagem tipicamente MKULTRA . É tudo sobre o conceito de dualidade e da separação da personalidade. A partir dos guarda-chuvas que enfrentam de maneiras opostas, os rostos se espelham exibindo emoções opostas e o padrão de xadrez no fundo, é a pista mais clara insinuando que MJ foi submetido ao controle mental. Além disso, partes de seu corpo aparecem "anexadas", que é como escravos MK são programados para sentir
Essa pintura de Kim Noble - um sobrevivente MK - muitas vezes apresentam os temas da dualidade, a divisão da persona núcleo no trauma
A capa de "Blood on the Dance Floor" de MJ é extremamente simbólica. De pé sobre um piso quadriculado maçônico padrão, MJ está vestindo vermelho - a cor do sacrifício. O nome "Blood on the Dancefloor" é uma referência ao sacrifício de sangue no chão maçônico ritualístico
Embora grande parte da vida de Michael Jackson ainda é um mistério, estes desenhos incrivelmente significativos adicionam um pedaço do quebra-cabeça. Eles contêm muitos dos temas centrais do controle mental Monarca e são permeados com conceitos que os escravos MK são obcecados.
Via: http://olharparaofim.blogspot.com.br/2015/11/desenhos-secretos-de-michael-jackson.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed:+Olharparaofim+(olharparaofim)
voltar ao topo, inicio