NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO

Siga este Blog

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

7 problemas nas unhas, o que eles dizem sobre sua saúde e como solucioná-los

Nossas unhas podem dizer muita coisa em relação à nossa saúde e aparência.

Elas são feitas de queratina, com bastante proteína e servem para proteger a pele sensível da ponta dos dedos.
Unhas saudáveis são lisas, não se quebram facilmente e têm uma tonalidade meio rosada.
No entanto, se não recebem nutrientes o bastante, tendem a ficar quebradiças e sem cor.

Podemos obter uma aparência agradável quando pintamos ou aplicamos unhas postiças, mas tudo isso não passa de uma beleza superficial, além de prejudicar ainda mais a saúde das unhas.

Mas pode comemorar!
Uma boa dieta, suplementos e vitaminas podem mudar a dura realidade das unhas frágeis.

Vamos por parte!
Se seu problema for:
1. Unhas quebradiças ou com divisões – os dermatologistas afirmam que ingerir 2.000 mcg de biotina ou comer couve-flor, lentilhas e amendoim – que são ricos em biotina - já é um grande passo para curar o problema.
Se você desejar hidratar as unhas na parte externa, procure lavar os pratos com luvas – evitando contato com detergente e água.

Além disso, aplique duas vezes ao dia óleo natural, como o de amêndoas.
No entanto, se o objetivo é hidratar a parte de dentro, com 1.000 mg de óleo de peixe por dia você conseguirá o que deseja – pois ele tem ácido eicosapentaenoico (EPA) e ácido docosa-hexanoico (DHA).
2. Unhas macias ou curvadas – pode apostar que é falta de ferro.
Se confirmar (por exames), converse com seu médico para lhe prescrever uma suplementação com esse mineral.
3. "Rugas" nas unhas – as unhas começam a ter marcas com o passar do tempo.
Por isso, quanto mais idade tiver, mais você deve evitar produtos químico.
Para suavizar as "rugas" nas unhas, use algumas gotas de óleo de amêndoa. 
4. Traumas por batidas: unhas podem sofrer traumas por terem batido em alguma coisa, o que afeta seu crescimento natural. 
Para resolver o problema, coma bastante proteína, recomenda-se 55g diariamente.  
Ingira também alimentos ricos em vitamina A.
5. Unhas amarelas  - provavelmente é falta de vitamina E ou a falta de tempo para as unhas respirarem entre uma cor de esmalte e outra.
Tome 400 UI de vitamina E duas vezes ao dia, coma amêndoas, avelãs, amendoim, batata-doce e óleo de gérmen de trigo.

6. Manchas brancas – deficiência de zinco.
Consuma 50 mg de zinco diariamente, pode ser através da carne vermelha, sementes de gergelim, de girassol, de abóbora ou ervilhas. 
O zinco também elimina as manchas provocadas por traumas. 
Ele é tão eficiente que as unhas vão ser restauradas rapidamente.
6. Unhas com fungo - este é um grande problema!
Quando suas unhas ficam expostas ao calor e umidade podem gerar bactérias, principalmente nas unhas dos pés. Consequência disso são unhas amarelas, esverdeadas ou com aparência suja.
Solução: clique <AQUI> 

Fonte: 

Os benefícios de andar descalço 5 minutos todos os dias

Nos primórdios da humanidade, os homens andavam descalço. Era um tempo que não havia sapatos, sandálias e meias.
Mas mesmo hoje muitas pessoas conservam o hábito de andar descalço. Sem saber, elas estão fazendo um poderoso tratamento natural.
Diversos estudos científicos mostraram que os elétrons da terra são capazes de melhorar a saúde, aliviando dores de algumas enfermidades, reduz o estresse, melhora a função do coração, regula a glicose e melhora a imunidade.
Andar descalço é importante, acima de tudo, porque nossas extremidades têm pontos que estão ligados a órgãos vitais do nosso corpo. Assim andar sem os nossos sapatos ajuda a estimular esses pontos e transmite energia positiva para nossos órgãos.
Esse conceito de fluxo de energia não é novo para a humanidade e pode ser encontrado nas milenares medicinas chinesa e indiana. Os chineses chamam esta energia vital de “chi”, enquanto os indianos chamam de “prana”. Eles acreditam que o estímulo de determinados pontos em nosso corpo pode afetar nossa saúde de uma forma positiva, favorecendo o fluxo de energia. A energia flui através do sistema de meridianos, que é semelhante à forma como o sangue flui através da corrente sanguínea.
Quando a energia flui, seu corpo se recarrega. Mas, se algum ponto do sistema de meridianos estiver bloqueado, o órgão ligado a ele ficará enfraquecido, pois não recebe energia. Se isso acontecer continuamente, seu corpo desenvolverá uma doença relacionada a esse órgão.
Afora a questão energética, caminhar descalço desenvolve a força nos músculos dos pés, pernas e quadris. E promove a circulação sanguínea, relaxa as veias e impede infecções.
Entre os benefícios de andar descalço, está o fortalecimento dos pés, e isso ajuda a adquirir a posição adequada enquanto se caminha. A consequência é uma melhora na forma de andar, com mais agilidade e equilíbrio. Se você decidir andar descalço, tente fazer isso todos os dias durante pelo menos cinco minutos e, se possível, aumente o tempo gradualmente.
Caminhe na grama, na praia ou mesmo dentro de casa. Uma sugestão é fazer isso assim que você acordar de manhã, para começar o dia com muita energia e reconectado com a natureza e a inteligência natural do seu corpo.
Via: http://verdademundial.com.br/2015/09/os-beneficios-de-andar-descalco-5-minutos-todos-os-dias/

Quem confia no Brasil de Dilma?

Agência de avaliação de risco Standard Poor’s cortou a nota de crédito do país, o que deve agravar a crise econômica do país. Acompanhe também o comentário internacional de Caio Blinder, direto de Nova York, no ‘Giro Veja’, com Silvio Navarro.

NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO