Translate

Trabalhamos para divulgar notícias SOBRE: POLITICA, CURIOSIDADES, SAÚDE, ASTRONOMIA, UFOLOGIA, GUERRA, MISTÉRIOS E MUITO MAIS.Precisamos de sua ajuda, clique nas propagandas expostas no Blog, para manter nosso site no ar.

terça-feira, 28 de julho de 2015

Estátua de Satanás inaugurada em Detroit gera contestação - Simbólico de adoração ao Anti-Cristo ?

Dezenas de pessoas protestaram durante a cerimônia da estátua de Satanás em Detroit (EUA) de abertura. Enquanto outros manifestaram a sua alegria com um sonoro "Viva Satanás!" 
Quando a estátua foi apresentada.
Satânico Templo, um grupo religioso americano que lutam para a separação de igreja e estado, mantida em segredo o local e os detalhes da cerimônia até o último momento seguinte ameaças que iria queimar ou explodir o local, o portal informou The Raw story .
Os manifestantes se reuniram no sábado no centro da cidade, no local originalmente planejado para a escultura de Baphomet.
"A última coisa que queremos em Detroit é uma festa de bem vindo ao mal", disse Dave Bullock, um pastor batista local, citado pela Reuters.
"Eu vim aqui para parar com isto na cidade de Detroit. Não vamos nos render nossas satanistas da cidade. É um espírito violento está se infiltrando este lugar. Mas expulsar", disse ao Detroit Free Press que o clérigo Corletta Vaughn, a Catedral o Espírito Santo.
A concepção e construção da estátua de um peso de meia tonelada custou aos seus promotores mais de US $ 100.000.
O tamanho seria instalado perto do Capitólio do estado em Oklahoma City, para contrastar com o monumento aos Dez Mandamentos .
No entanto, o Supremo Tribunal de Oklahoma anulou a colocação qualquer representação religiosa.
Acredita-se que estes são os sinais que não estamos longe de um fim, com um novo recomeço, pois o homem perdeu toda a sua Fé em Deus e tenta se agarrar com o MAL.
Que DEUS tenha piedade destes homens, pois eles não sabe o que fazem.

http://illuminatielitemaldita.blogspot.com.br/2015/07/estatua-de-satanas-inaugurada-em.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed:+IlluminatiAEliteMaldita+(ILLUMINATI:+A+ELITE+MALDITA)&utm_content=Netvibes

ISRAEL CONVOCA RESERVISTAS PARA GRANDE EXERCÍCIO MILITAR!

Iniciativa terá presença de milhares de reservistas e uma simulação da mobilização de outros milhares.
A Força de Defesa de Israel (IDF, na sigla em inglês) convocou centenas de milhares de reservistas para um dos maiores exercícios militares da história do país, informou um porta-voz da IDF nesta segunda-feira.
De acordo com a IDF, o principal objetivo do exercício é conferir a capacidade terrestre, aérea e naval do país, assim como testar as unidades de resgate e cyberdefesa em sua capacidade de deixar a rotina de tempos de paz para encarar situações emergenciais.
O exercício envolve vários cenários de possíveis ataques de Líbano, Síria e Faixa de Gaza, além de cyberataques e incidentes com edifícios desabando e causando um grande número de mortes de civis.
Israel está sob ameaça em mais de uma frente, incluindo o Hezbollah, o Hamas e o Estado Islâmico.
FONTE
http://br.sputniknews.com/defesa/20150727/1683914.html

http://sempreguerra.blogspot.com.br/2015/07/israel-convoca-reservistas-para-grande.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed:+SempreGuerra+(Sempre+Guerra)&utm_content=Netvibes

Seria a Estrela de Scholz, Nibiru/Planeta X/Hercólubus?

Uma estrela invasora passou pelo nosso Sistema Solar há apenas 70 mil anos, de acordo com astrônomos. Nenhuma outra estrela chegou tão perto de nosso sistema. Os pesquisadores, de uma equipe internacional, dizem que ela chegou a ficar cinco vezes mais perto que nosso vizinho mais próximo, a estrela anã Próxima Centauri.
O objeto, uma anã vermelha conhecida como estrela Scholz, passou pela área externa do Sistema Solar, uma região conhecida como Nuvem Oort.
A estrela Scholz não passou sozinha pelo Sistema Solar, ela veio acompanhada por um objeto conhecido como uma anã marrom – um corpo celeste que não tem a massa necessária para gerar fusão em seus núcleos.
Observações da trajetória da estrela sugerem que há 70 mil anos esta invasora passou a 0,8 ano-luz do Sol. A nossa vizinha mais próxima, a Proxima Centauri, está a 4,2 anos-luz, por exemplo.
A descoberta foi publicada na revista especializada Astrophysical Journal Letters.
Na pesquisa, os astrônomos liderados por Eric Mamajek, da Universidade de Rochester, Estados Unidos, afirmaram que têm 98% de certeza de que a estrela Scholz viajou pelo que é conhecido como “Nuvem Oort Externa”, uma região no limite do Sistema Solar com trilhões de cometas.
Esta região é como uma “casca” esférica em volta do Sistema Solar e pode se estender até 100 mil Unidades Astronômicas, ou UA (uma UA é a distância entre a Terra e o Sol). Para determinar a trajetória da estrela, os pesquisadores precisavam de duas informações: a mudança na distância do Sol para a estrela (sua velocidade radial) e o movimento da estrela pelo céu (velocidade tangencial).
A estrela Scholz atualmente está a 20 anos-luz de distância, ou seja, um sistema razoavelmente próximo. Mas, a Scholz demonstrou um movimento tangencial muito lento para uma estrela tão próxima.
Isto indica que ela estaria se distanciando de nosso sistema ou estaria vindo em nossa direção para um encontro próximo com o Sistema Solar no futuro.
As medidas da velocidade radial confirmaram que o sistema estelar binário está, na verdade, se distanciando de nosso sistema. Ao rastrear seus movimentos no passado, os cientistas descobriram a passagem próxima do Sol há 70 mil anos.
‘Insignificante': Uma estrela passando pela Nuvem Oort poderia causar problemas gravitacionais nas órbitas dos cometas daquela região, arremessando-os para trajetórias dentro do nosso Sistema Solar.
Comparação do Sistema Solar com a Nuvem de Oort, e a passagem da Estrela de Scholz há 70 mil anos.
Comparação do Sistema Solar com a Nuvem de Oort, e a passagem da Estrela de Scholz há 70 mil anos.
Mas, Eric Mamajek acredita que os efeitos da estrela Scholz em nossa vizinhança cósmica foram “insignificantes”.
“Existem trilhões de cometas na nuven Oort e há chance de alguns desses terem sido perturbados por este objeto. Mas, até agora, parece que esta estrela não desencadeou uma ‘chuva de cometas’ mais importante”, afirmou o cientista à BBC News.
A estrela Scholz passou relativamente perto, mas o sistema binário (a estrela anã vermelha e sua companheira, a anã marrom) tem pouca massa e estava passando em alta velocidade. Estes fatores combinados contribuíram para que o efeito da passagem da Scholz pela Nuvem Oort fosse pequeno.
Apesar de esta ter sido a passagem mais próxima já detectada de uma estrela rimeira proximidade inédita da passagem desta estrela, Mamajek acredita não ser incomum que estrelas se aproximem de nosso Sol. Ele afirma que uma estrela provavelmente passa nas proximidades da Nuvem Oort aproximadamente a cada 100 mil anos.
Mas ele sugere que uma passagem tão próxima como esta, ou mais próxima ainda, é, de alguma forma, mais rara. Segundo Mamajek, as simulações matemáticas mostram que um evento como o que envolveu a estrela Scholz ocorre, em média, a cada 9 milhões de anos.
“Então, é uma coincidência que nós tenhamos conseguido descobrir uma que passou tão perto nesses últimos 100 mil anos”, disse.
Vla: http://verdademundial.com.br/2015/07/seria-a-estrela-de-scholz-nibiruplaneta-xhercolubus/

Brasil formaliza fim do acordo com a Ucrânia para lançamento de foguetes

Base de Alcântara
Fracasso do programa deixa um prejuízo de R$ 1 bilhão para os dois governos.
Dinheiro-pelo-raloO Brasil formalizou, na segunda-feira (27), o fim do acordo com a Ucrânia para o lançamento de foguetes e satélites. O fracasso do programa deixa um prejuízo de R$ 1 bilhão para os dois governos.
O acordo de cooperação Brasil-Ucrânia previa o lançamento comercial de satélites de uma base que seria construída em Alcântara, no norte do Maranhão.
Os foguetes construídos na Ucrânia viriam de navio, mas o cais nunca saiu do papel. Uma empresa binacional chegou a ser criada em 2006, aAlcântara Cyclone Space. O primeiro lançamento levaria pro espaço um satélite de coleta de dados ambientais.
Brasil e Ucrânia investiram R$ 1 bilhão no Cyclone 4. O foguete deveria ter sido lançado em novembro de 2013. O fim do acordo adia, mais uma vez, o sonho brasileiro de pôr em órbita um satélite, de uma base no Maranhão.
A parceria com os ucranianos daria novo impulso ao programa espacial brasileiro, após a explosão do VLS, em 2003, quando 21 técnicos morreram no centro de lançamento de Alcântara.
O fim do acordo foi publicado nesta segunda-feira (27) no Diário Oficial da União, pelo motivo de desequilíbrio na equação tecnológico-comercial. Mas a parceria já vinha dando sinais de que não seria concluída.
As obras de infraestrutura foram abandonadas. O material que deveria ter sido usado na construção virou uma montanha de entulhos.
Cy4_7
O Brasil procura acordos comerciais para lançamento de satélites com todos os países, buscamos esse com a Ucrânia e vamos continuar buscando estamos buscando com os Estados Unidos, com a Europa, com a China, com a Rússia. E, o Brasil procura fazer esses acordos com todos os países que tenham tecnologia espacial“, diz Aldo Rebelo, ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação.
O governo da Ucrânia declarou que lamentou a decisão e que considera que, no Brasil, houve falta de vontade política e impossibilidade de cumprir as obrigações financeiras.
FONTE: FAB/notimp – Tradução e edição: CAVOK
http://noticia-final.blogspot.com.br/2015/07/brasil-formaliza-fim-do-acordo-com.html

Foi preso hoje no Rio o almirante Othon Luiz Pinheiro da Silva, considerado o ‘pai’ do Programa Nuclear da Marinha

SÃO PAULO  –  Preso hoje no Rio durante a 16ª fase da Operação Lava-Jato, a “Radioatividade”, o presidente licenciado da Eletronuclear Othon Luiz Pinheiro da Silva é oficial de carreira da Marinha. Chegou ao posto de vice-almirante no corpo de engenheiros e técnicos navais.
Ele também atuou no Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen) de 1982 a 1994.
O nome de Othon foi envolvido nas investigações pelo ex-presidente da Camargo Corrêa Construções e Participações Dalton Avancini, que fez delação premiada. Segundo Avancini, haveria uma “promessa de propina” para Othon na obra da Usina de Angra 3.
O empreendimento está paralisado desde o fim do ano passado, porque as empresas responsáveis alegam ter havido redução de repasses pelo governo. A construção da Usina de Angra 3 foi reiniciada em 2009 durante a gestão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
A vencedora das obras de construção da usina foi a Andrade Gutierrez em concorrência realizada em 1983 durante o governo do general João Batista Figueiredo (1979-1985). A construção foi interrompida em abril de 1986.
A retomada da obra em 2009 foi realizada sem uma nova licitação. Houve atualização dos valores com os prestadores de serviço.
Os dois consórcios vencedores da obra de Angra 3 são integrados por empresas suspeitas de formação de cartel e de corrupção na Petrobras. Um deles é o Angra 3 formado por Queiroz Galvão, EBE e Techint Engenharia S.A – responsáveis por serviços de montagens eletromecânicas. O outro consórcio é o UNA 3, responsável pela execução de montagens dos sistemas convencionais da usina e composto por Andrade Gutierrez, Construtora Norberto Odebrecht, Camargo Corrêa e UTC.
Valor Econômico
STM: se condenado, Othon Pinheiro pode perder patente, salário e cumprir pena em penitenciária
PRESO NA LAVA JATO, PRESIDENTE LICENCIADO DA ELETRONUCLEAR PODE ENFRENTAR DOIS TRIBUNAIS
ClippingNEWS-PAO Superior Tribunal Militar (STM) se pronunciou na tarde desta terça-feira (28/7) sobre a prisão do vice-Almirante reformado da Marinha e presidente licenciado da Eletronuclear, Othon Luiz Pinheiro da Silva, durante a 16a. fase da Operação Lava Jato, denominada Radioatividade. Segundo o órgão, Othon responderá a ação na Justiça Federal, se condenado, pode ser julgado novamente no STM, correndo o risco de perder a patente, os benefícios salariais e ainda ter que cumprir a pena em penitenciária.
Othon, detido pela Polícia Federal na manhã desta terça (28), é presidente licenciado da Eletronuclear e acusado pelo procurador federal Athayde Ribeiro Costa de recebeu R$ 4,5 milhões em propina provindas de contratos de obras da Usina Angra 3, no Rio de Janeiro. No parecer do STM, o crime em que Othon é suspeito não está na esfera militar e, por isso, ele vai responder a ação na justiça criminal comum. O órgão se baseia no artigo nono do Código Penal Militar, que tipifica os desvios de condutas cometidos por militares, para estabelecer se as penalidades terão a intervenção do Tribunal.
O Almirante, no entanto, terá direito a prisão especial, de acordo com o STM. “O juiz deve oficiar ao comando da Marinha sobre a prisão do militar. Depois o comandante da Marinha deverá indicar onde o Almirante deverá ficar preso, à disposição da Justiça Comum”, esclarece o STM, citando como fonte o artigo 242 do CPPM. O Código Penal Militar especifica ainda que se a pena for por mais de dois anos, é cumprida em penitenciária militar, mas se a condenação não chegar a este período, o detido deve ficar em um quartel da Força, no caso de Othon, uma unidade da Marinha.
O presidente licenciado da Eletronuclear pode ainda enfrentar um novo julgamento no STM se for condenado na Justiça Federal, no âmbito da Lava Jato. Deste vez, o que pode estar em jogo será a sua patente. Segundo o órgão, Othon corre o risco de perder o seu posto de Almirante e, consequentemente, o seu salário como militar. Se condenado pela segunda vez, Othon, já sem a blindagem de oficial, deve ser transferido para uma penitenciária designada pela Justiça Federal.
FONTE: Jornal do Brasil
Poder Naval
Via: http://noticia-final.blogspot.com.br/2015/07/foi-preso-hoje-no-rio-o-almirante-othon.html

Edward Snowden, delator da NSA, confirma existência de ‘projetos negros’ dentro do governo do EUA

Em 2001, como parte do Disclosure Project do Dr. Steven Greer, o Sargento Clifford Stone delatou o que ele se referiu como Programas Especiais de Acesso não reconhecidos (sigla uSAPs em inglês), dentro do governo dos Estados Unidos.
Tais programas também são comumente referidos como ‘projetos negros’ e são de natureza ultra secreta.
Dizem que os uSAPs são altamente divididos e mesmo aquelas pessoas com as necessárias licenças de segurança podem somente acessar a informação “à medida que precisam saber”.  Estes uSAPs também são escondido da visão e conhecimento do público.
O Congresso dos EUA e o Presidente daquele pais não têm acesso à estas informações, porque eles não possuem as licenças de segurança necessárias e nem possuem a “necessidade de saber”.
Foto de um alegado objeto voador triangular, financiado por um dos projetos.
Então, em 2013, o delator da NSA, Edward Snowden, vazou documentos altamente secretos do governo, que provaram a existência de tais programas.  De acordo com o Washington Post, os documentos revelaram como US$ 52,6 bilhões foram investidos em tais operações no ano fiscal de 2013.

Leia também: Chefe da NSA diz que Snowden revelou até 200 mil documentos

Apesar destes documentos indicarem que bilhões de dólares são gastos nestas operações acobertadas a cada ano, outros sugerem que esta cifra na verdade esteja próxima de trilhões de dólares.
A maioria não é contabilizada e vai para projetos que, na capacidade oficial, não existem.
Segundo o ex Ministro da Defesa do Canadá, Paul Hellyer (a única autoridade G8 a falar sobre o assunto):
“É irônico que os Estados Unidos começariam uma guerra devastadora, alegadamente à procura de armamentos de destruição em massa, quando os desenvolvimentos mais preocupantes neste campo estão ocorrendo no nosso próprio quintal.  É irônico que os Estados Unidos lute guerras monstruosamente caras, supostamente para trazer a democracia a esses países, quando ele próprio não pode alegar ser uma democracia, quando trilhões, e eu quero dizer milhares de bilhões de dólares têm sido gastos em projetos que nem o Congresso, nem o Presidente sabe nada a respeito.”
Em 2001, o Secretário da Defesa, Donald Rumsfield, declarou na frente do Comitê de Apropriações do Congresso:
“Os sistemas financeiros do Departamento de Defesa são tão complicados, que podemos contabilizar por uns US$ 2,6 trilhões em transações que existem.”
Até agora, o Washington Post somente publicou um décimo das 178 páginas de documentos relacionados aos uSAPs.  Eles alegam que as autoridades estadunidenses que foram contactados antes da publicação da notícia mostraram um grau de preocupação sobre o “risco às fontes de inteligência e aos métodos“.
http://verdademundial.com.br/2015/07/edward-snowden-delator-da-nsa-confirma-existencia-de-projetos-negros-dentro-do-governo-do-eua/
voltar ao topo, inicio