Siga este Blog

sexta-feira, 3 de julho de 2015

Maioridade Penal - A Hipocrisia do PT e das Esquerdas Levando o PSDB Junto

Assista ao comentário do Pr. Silas Malafaia sobre a Maioridade Penal

Rússia reforça a Frota do Mar Negro com aviões modernizados

As unidades de aviação da Frota do Mar Negro da Rússia da Defesa Aérea e da Aviação Naval receberam caças e aviões de combate modernizados inclusive caças-bombardeiros multifunção Su-34 e Su-30M2, helicópteros de ataque Mi-28 e helicópteros de guerra eletrônica Mi-8MTPR.
As unidades de aviação da Frota do Mar Negro da Força Aérea da Rússia, da  Defesa Aérea e Naval receberam 10 aviões e helicópteros novos e modernizados, informou o serviço de imprensa militar da Rússia.
Caça-bombardeiro multifunção Su-34
Caça-bombardeiro multifunção Su-34
Entre o novo material bélico estão os caças bimotor Sukhoi Su-34 de dois assentos. Baseado em Sukhoi Su-27 Flanker o Su-34 foi projetado principalmente para levar a guerra tática contra os alvos terrestres e maritimos.  
Os caças-bombardeiros multifunção Su-30M2 foram projetados para obter superioridade aérea para derrubar aeronaves tripuladas ou não tripuladas (drones) com os mísseis ar-ar de médio e curto alcance atingindo os alvos de superfície e terrestres com todos os tipos de armas. 
Caça-bombardeiro multifunção Su-30M2
Caça-bombardeiro multifunção Su-30M2
As principais características do Su-30M2 incluem um sistema de controle de arma smodificado com capacidades avançadas de derrubar os alvos terrestres e marítimos; um novo cockpit com monitores coloridos com ecrãs de cristais líquidos (LCDs); os sistemas de navegação e comunicação melhorados; um sistema de defesa a bordo moderno; uma ampla gama de armas tipo ar-ar e ar-terra.
Reforçado fuselagem e trem de aterrissagem garantem que o avião pode operar com tanques cheios e a carga máxima com peso de descolagem até 38 toneladas. O sistema de controle de armas de Su-30M2 prevê a detecção, seguimento e destruição de alvos aéreos, terrestres e marítimos com armas do avião em todas as condições meteorológicas. 
Helicóptero de ataque Mi-28
Helicóptero de ataque Mi-28
O Mi-28 é um helicóptero de ataque antiblindado para todas as condições meteorológicas, dia e noite de dois assentos.
Helicópteros de guerra eletrônica Mi-8MTPR são projetados para ser capazes de detectar e suprimir os sistemas de comando e controlo eletrônicos, bem como os radares de mísseis terra-ar e ar-ar. 
Helicópteros Mi-8 MTPR
Helicópteros Mi-8 MTPR
Todas as aeronaves foram testados pelos serviços técnicos.
Mais de 50 aeronaves novos e modernizados serão transferidos para as unidades da aviação do distrito militar do sul em um futuro próximo.

Via: http://noticia-final.blogspot.com.br/2015/07/russia-reforca-frota-do-mar-negro-com.html

DELAÇÃO DE RICARDO PESSOA DA UTC CHEGA EM DILMA E MINISTROS - RUBENS BUENO

Líder do PPS diz que declaração de Ricardo Pessoa é grave e adianta que oposição cobrará

TENSÃO NO EQUADOR: EM MEIO A PROTESTOS, PRESIDENTE ACUSA OPOSIÇÃO DE TENTAR TOMAR O PODER!

Pela quarta semana consecutiva, o Equador registra uma onda de protestos pró e contra o governo de Rafael Corrêa e o presidente acusa a oposição de tentar "tomar a Carondelet", a sede do governo. Fato ocorre a 48hrs antes da visita do Papa Francisco ao país.
As manifestações ocorrem a menos de três dias da visita do papa Francisco ao país e foram originadas por causa de um projeto de lei que previa uma taxação de 75% das grandes fortunas e heranças no país. Mesmo que o líder equatoriano tenha desistido da ideia, os protestos não cessaram.
"Lamentavelmente temos claros indícios de que os golpistas tentam tomar a Carondelet. Querem, com base na violência, derrubar um governo que tem um imenso apoio nacional e internacional", postou Correa em seu Twitter.
Citando nominalmente os opositores que "querem dar o golpe", o mandatário disse que o governo não será derrotado e que o "passado não voltará". Ele se referia aos oito presidentes que estiveram no poder nos últimos 13 anos e que foram derrubados por golpes ou por maciças manifestações populares.
O Ministério do Interior afirmou em nota que essas ações públicas têm como objetivo "fazer com que o papa Francisco cancele a viagem" ao Equador, a partir do dia 5 de julho.
Já uma das líderes da oposição, Lourdes Tibán, informou que os movimentos têm como objetivo ter um país repleto de "paz e liberdade" - não apenas durante a visita do Pontífice. Em alguns dos cartazes dos manifestantes, era possível ver pedidos de renúncia de Correa e a frase "desta vez, nem o Papa te salva".
FONTE:

http://sempreguerra.blogspot.com.br/2015/07/tensao-no-equador-em-meio-protestos.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed:+SempreGuerra+(Sempre+Guerra)

BANDEIRA DO BRASIL É HASTEADA EM ÁREA SEPARATISTA DA UCRÂNIA. VEJA O VÍDEO!

Uma bandeira do Brasil foi hasteada em um prédio parcialmente destruído no leste da Ucrânia, região sob conflito entre o governo e rebeldes que querem a independência da região. Um vídeo da bandeira hasteada no edifício foi compartilhado nesta semana pelo brasileiro Rafael Marques Lusvarghi em seu perfil no Facebook. Rafael, que desde setembro do ano passado luta na guerra da Ucrânia, diz ter erguido a bandeira no local
Rafael combate ao lado de outros estrangeiros, inclusive mais brasileiros, junto ao exército dos rebeldes que lutam pela separação do leste ucraniano. Eles ficam alojados em um quartel de Slaviansk, cidade a 100km de Donetsk, uma das cidades reduto dos separatistas e palco de combates com o exército ucraniano.
“Um francês, um russo e eu hasteamos a bandeira brasileira. Fomos até o prédio dos bombeiros (as ruínas dele), a 600 metros das posições ucranianas, do outro lado da pista. Subi e, enquanto a posicionava, eles me deram cobertura”, relatou ao G1 pela rede social.
A bandeira havia sido presente de um black bloc, durante as manifestações contra a Copa do Mundo em São Paulo. “Recebi [a bandeira] de presente de um black bloc, no segundo dia de protestos contra a Copa, por ter confrontado a PM no dia 12 [de junho] - foi o protesto em que depredaram os bancos e uma loja de carro em São Paulo, um dia antes da minha detenção. Essa bandeira ele tinha arrancado de um banco e iria queimar, imagino, mas ao me ver e reconhecer, me ofereceu de presente. Ele sendo black bloc, claro, não sei quem é, mas sou grato”, diz.
Rafael, que é ex-policial militar, ficou 45 dias preso em São Paulo, acusado de atos violentos durante a Copa do Mundo. A Justiça de São Paulo o absolveu na semana passada das acusações de incitação ao crime, associação criminosa, resistência, desobediência e porte de material explosivo. A decisão cabe recurso.
Rafael explica por que decidiu expor a bandeira brasileira na área de confronto da Ucrânia: “para nos apresentarmos ao inimigo, para saberem quem eram seus adversários. Uma questão de cavalheirismo e, claro, uma homenagem ao Brasil, meu país, que amo muito”. O combatente deixa claro que o ato não busca o envolvimento político do país. “Isso não implica de forma alguma em um envolvimento do nosso país. É uma dedicatória, da mesma forma que um atleta olímpico carrega a bandeira da sua nação”.
Desde o início da guerra na Ucrânia, abril de 2014, mais de 6 mil pessoas morreram no leste do país, de acordo com a ONU. A Ucrânia e outros países do Ocidente acusam a Rússia de enviar tropas e apoio aos rebeldes, o que o presidente russo, Vladimir Putin, nega.
Voluntários
O grupo de combate comandado por Rafael conta com voluntários estrangeiros: 5 brasileiros, um espanhol, 3 franceses e um norte-americano. Ele faz parte do Exército Regular da República Popular de Donetsk – autoproclamada pelos rebeldes após uma consulta pública à população local que foi considerada ilegítima pelas autoridades em Kiev e pela maioria da comunidade internacional. É o governo da região que oferece documentação, atendimento médico, alimentação e alojamento. Outros 12 brasileiros já passaram pelo grupo.
Em maio, Rafael postou outro vídeo em que ele e mais dois brasileiros explicam como os voluntários devem fazer para chegar até eles. Segundo ensinam, primeiro é preciso desembarcar em Moscou, onde haverá uma pessoa esperando os "recrutas". De lá, pega-se um trem até a cidade de Rostov, na fronteira entre Rússia e Ucrânia. De Rostov, os voluntários seguem para Donetsk de ônibus. Os que não sabem falar inglês terão a ajuda de um tradutor, segundo contam.
“Recebo muitas mensagens de brasileiros querendo se alistar, mas eu encerrei de vez o voluntariado na minha unidade. Meus melhores homens estão indo lutar na Síria em breve, e isso cria dificuldades porque perco membros que já falam o russo bem, e especialistas, então estou substituindo quem sai por russos locais”, conta.
Funções do grupo
A principal tarefa do grupo é observar a movimentação do exército ucraniano e reportar ao comando do batalhão. Mas o brasileiro conta que às vezes acaba exercendo a função de atirador de precisão ou de suporte, e que gosta de se arriscar em outros serviços, como defesa em caso de avanço das tropas ucranianas, “pelo moral que isso gera entre os outros militares”.
“Esta semana mesmo explodimos uma torre de transmissão inimiga que também trazia eletricidade para nós. Foi engraçado, muitos ficaram furiosos comigo. Foi de iniciativa própria minha”, conta. “Mas no fim eles perderam a torre e já temos eletricidade de novo. Um blackoutzinho não faz mal a ninguém, não é mesmo?”.
FONTE:
http://g1.globo.com/mundo/noticia/2015/07/bandeira-do-brasil-e-hasteada-em-area-rebelde-no-leste-da-ucrania.html

Via: http://sempreguerra.blogspot.com.br/2015/07/bandeira-do-brasil-e-hasteada-em-area.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed:+SempreGuerra+(Sempre+Guerra)

Crise se agrava, Temer cogita deixar articulação e PT se pergunta: como recompor o governo?

Lauro Jardim, do Radar on-line, diz que Lula e seus interlocutores se questionam sobre a capacidade de Dilma de atrair apoio para o seu governo. Felipe Moura Brasil comenta os discursos feitos na FLIP, apelidada por ele como FLEP, Festa Literária da Esquerda em Paraty. E o historiador Marco Antonio Villa e o diretor de redação de VEJA.com Carlos Graieb falam sobre as estratégias de Lula, que tenta salvar a própria pele.

http://veja.abril.com.br/multimidia/video/crise-se-agrava-temer-cogita-deixar-articulacao-e-pt-se-pergunta-como-recompor-o-governo

Sem aumento, gastos com pessoal do Judiciário já chegam a R$ 84,6 milhões por dia

Nesta semana, o Senado Federal aprovou o projeto que estabelece reajuste escalonado para os servidores do Poder Judiciário. O texto prevê que o aumento – entre 53% a 78,56% – será concedido de acordo com a função exercida por cada servidor. Sem o aumento, a conta para pagar salários e encargo sociais do Judiciário já é alta: R$ 84,6 milhões por dia.

Polêmica sobre golpes na votação da "menoridade" penal escancara impasse entre os três poderes

Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

A grave crise institucional brasileira, que caminha para um impasse político de consequências imprevisíveis, ganhou um reforço com a confusão armada em torno da votação da polêmica redução da maioridade penal. Petistas do Legislativo ameaçaram recorrer ao órgão máximo do Judiciário contra atos do presidente da Câmara. Eduardo Cunha recomendou que Michel Temer, o vice-Presidente, deixe a articulação do governo. E o ministro Marco Aurélio, mesmo sem ser oficialmente acionado, resolveu proclamar que a Câmara estaria votando de maneira inconstitucional. No meio deste conflituoso caos, a impopular Presidenta Dilmandioca - a cada dia mais frita.

Alegando que não havia espaço para contestações à forma como conduziu a tramitação da proposta de redução da maioridade penal e lembrando de precedentes regimentais de decisões nos tempos em que o petista Arlindo Chinaglia presidiu a Câmara em 2007, Eduardo Cunha segui na toada de sempre de arrasar com o PT e o governo do qual é "aliado": "Não é à toa que o governo está indo para 9% de popularidade. Está no mesmo tamanho de quem apoia a manutenção da idade penal. O líder do governo e o governo desarticulados aqui nessa Casa, a articulação política está, cada hora, indo por um caminho equivocado".

Eduardo Cunha defendeu que o vice-Presidente da República tire o time da articulação com o Congresso: "Michel Temer, que entrou para tentar melhorar essa articulação política, está claramente sendo sabotado por parte do PT e acho até que, a continuar desse jeito, o Michel deveria deixar a articulação política. Do jeito que está indo aqui, o governo se misturando com o PT no mesmo mal, o PMDB deve ficar longe dessa articulação política porque isso não está fazendo bem para o PMDB. E, ao mesmo tempo, o governo como se comporta na Casa, não está fazendo bem a ele".

O deputado petista Alessandro Molon (RJ) piou feito mandioca congelada na frigideira quente do inferno político, criticando o inimigo Cunha: " Se o presidente diz que o regimento permite esse expediente em relação às aglutinativas, isso de fazer e refazer emendas até que o texto seja aprovado como ele quer, a Constituição não permite. A lógica do artigo 60 da Constituição é limitar o poder de agenda que o presidente tem. Ele tem o poder de pautas, mas não de decidir o que será aprovado. Vamos mostrar ao Supremo que esse comportamento do presidente Eduardo Cunha, de refazer as votações que perde até conseguir ser vitorioso, é uma ameaça, uma afronta à democracia. Mostrar que o alerta que fizemos está se tornando um hábito".

Botando mais lenha na briga infernal, o ministro Marco Aurélio Mello - que mora no mesmo condomínio que Cunha no Rio de Janeiro -, já se posicionou contra as decisões do vizinho que manipula o Legislativo conforme os interesses pragmáticos de seu grupo. Marco Aurélio antecipou-se na "razão" às reclamações da petelândia: "O texto constitucional é muito claro. Matéria rejeitada, declarada prejudicada, só pode ser apresentada em sessão legislativa seguinte. Nessas 48 horas nós não tivemos duas sessões. Eu tenho muito receio daqueles que se sentem bem intencionados. De bem intencionados o Brasil está cheio. Precisamos, sim, de homens que tenham respeito ao arcabouço jurídico constitucional".

Desdenhando de opiniões semelhantes, Eduardo Cunha reclamou que o líder do governo, José Guimarães (PT-CE), cometeu o erro de encaminhar uma proposta contra a redução da maioridade quando a maioria dos partidos da base aliada eram favoráveis à medida. Não dando bola para o fato de o PT recorrer ao STF, Cunha voltou a pregar a razão de seus atos, ironizando o comportamento petista:

"O PT tem esse hábito de querer judicializar os processos. Entraram contra a terceirização, contra o financiamento e não obtiveram êxito. Quando tomei decisões nas MPs do ajuste fiscal ou nas desonerações, eles não reclamaram. Só reclamam quando vai na pauta ideológica deles. Não tenho dúvida que não tomei, nem tomarei decisões contra o regimento. É choro de quem não tem voto, que está entrando na agenda que não é da sociedade”.

A briga entre figurões dos três poderes, a partir de uma crise política que parece não ter fim, e muito em função de interesses e opiniões pessoais de quem controla os grupos hegemônicos, é um dos mais graves e perigosos ingredientes do impasse institucional que tende a se agravar no Brasil. A provável saída de Dilma Rousseff, que vem sendo armada nos bastidores, deve agravar o problema que evidencia a incompetência da tradicional classe política para governar o País.

Enquanto o resto do mundo avança, o Brasil retroage. A Elite Moral precisa acordar e conquistar a hegemonia política para propor e implantar soluções objetivas que consigam mudar a atual estrutura criminosa, decadente, falida e improdutiva do Estado Brasileiro. Do contrário, vamos aprofundar no caos, com alto risco de uma confusão social tamanha que possa nos levar a mais violência, radicalismo e até a uma secessão.

Leia, abaixo: Manifesto de Apoio à Redução da Maioridade Penal


Bonitinho, mas ordinário


O protesto do deputado Jean Willys é bonitinho, porém completamente ordinário.

A mesma esquerda que joga para a jovem plateia marginal não faz a mesma gritaria na hora em que o governo (da mesma ideologia esquerdista) promove imensos cortes na Educação, em nome no levyano esforço fiscal - cujo objetivo real é economizar recursos para pagar os juros da impagável dívida com os banqueiros nacionais e internacionais.

Novamente, em tom emocional, o Brasil discute a o problema por uma ótica simplista. O foco devia ser a um choque de Educação, Cultura e Esportes para impedir o ingresso da garotada pobre no mundo da marginalidade.

Logicamente, diminuir a maioridade vai botar algum medinho na bandidagem.

Mas a turma de 12, 13, 14 e 15 anos tende a ficar com o passe mais valorizado na hora de barbarizar...

Eis o problema que a mera proclamação da lei não soluciona.

Polêmicas inúteis

Do jornalista e professor Fabrizio Albuja um Pensamento do dia adequado ao comportamento opinativo nas redes sociais:

"Na internet você tem que ter opinião 8 ou 80... se por acaso sua opinião for 36 ou 58, você não presta!".

Ou seja:o radicalismo em vigor vai dividir ainda mais os cidadãos, dificultando ou inviabilizando discussões democráticas que apontem soluções concretas e viáveis para os graves problemas brasileiros.

Cadê a grana?

"Cadê o dinheiro da Petrobras, Dilma? Terrorista! Vai cair, hein! Terrorista que rouba a população tem mais é que ser morto. Cadê o dinheiro da Petrobras? Comunistas de m... Seus pilantras. Petistas vagabundos. Enquanto a população está passando fome, vocês estão viajando com o nosso dinheiro. Seus m... Seus bostas, comunistas. Assassina!"

Foi assim que um manifestante causou constrangimento a Dilma Rousseff (que fingiu nem ser com ela) durante visita, quarta-feira, à Universidade de Stanford, nos Estados Unidos da América.

Semduvidamente, a viagem será inesquecível para a Mulher Sapiens...

Rentistas em pânico

Em meio a investigações nos EUA e na Europa envolvendo grandes instituições financeiras acusadas de manipular o mercado global de moedas, a superintendência-geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) abriu processo administrativo para investigar suposto cartel na manipulação de taxas de câmbio envolvendo o real e moedas estrangeiras.

As instituições investigadas são Banco Standard de Investimentos, Banco Tokyo-Mitsubishi UFJ, Barclays, Citigroup, Credit Suisse, Deutsche Bank, HSBC, JP Morgan Chase, Merril Lynch, Morgan Stanley, Nomura, Royal Bank of Canada, Royal Bank of Scotland, Standard Chartered e UBS, além de 30 pessoas físicas.

Os acusados serão notificados para apresentar defesa no prazo de 30 dias sobre práticas anticompetitivas  que teriam durado, pelo menos, de 2007 a 2013.

Suspeita forte

O Cade quer apurar a manipulação de índices de referência de mercado de câmbio, tais como o do Banco Central do Brasil (PTAX), do WM/Reuters e do Banco Central Europeu.

Esses índices são usados como parâmetro em negócios entre empresas multinacionais, instituições financeiras e investidores que avaliam contratos e ativos mundialmente.

O Cade suspeita que os investigados teriam feito um cartel para fixar níveis de preços; coordenar compra e venda de moedas e propostas de preços para clientes; além de dificultar e impedir a atuação de outros operadores no mercado de câmbio envolvendo a moeda brasileira.

Vai ou não preso?


Do advogado Roberto Podval ao justificar as 40 páginas de um  pedido de habeas corpus preventivo em favor de José Dirceu de Oliveira e Silva, no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, sediado em Porto Alegre, mas que cuida dos processos da Operação lava Jato:

"Sou advogado e não político. Minha visão é pragmática com relação à Justiça. Há um risco de prisão, ainda que ilegal e injusta. A gente está vivendo um momento muito preocupante no país. O preço de se fazer Justiça não pode ser esse. É importante acabar ou diminuir com a corrupção. Agora, para fazer Justiça é preciso ter tranquilidade. Ninguém faz Justiça com açodamento".

A situação pior é de quem vai precisar de habeas corpus se Dirceu for realmente preso e resolver soltar o verbo sobre tudo que realmente sabe... 

Pioneira da TV

Faleceu a primeira cantora a se apresentar na extinta TV Tupi.

Wilma Bentivegna, que completaria 86 anos no próximo dia 17, tornou-se nacionalmente conhecida ao gravar "Hino ao amor", em 1959.

O enterro está programado para esta sexta-feira, no Cemitério São João Batista de Suzano (SP), onde estão enterrados seus pais.

Costeando o alambrado



Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 3 de Julho de 2015.

Seu celular poderá lhe dizer que você está grávida

Redação do Diário da Saúde
Exames no celular
Um sensor feito com uma fibra óptica conectada a um celular pode ser usado em uma grande variedade de exames, incluindo testes biomoleculares para detectar gravidez ou fazer o monitoramento do diabetes.
O protótipo ainda é tosco e sem o aprimoramento necessário para um uso real, mas os pesquisadores da Universidade de Hanover (Alemanha) afirmam que a montagem foi apenas para demonstração da funcionalidade do sensor e para testes de sua aplicação.
As leituras do sensor são interpretadas por um aplicativo rodando no smartphone, que fornece os resultados em tempo real.
O dispositivo tem capacidade de monitorar e analisar vários tipos de fluidos corporais, incluindo sangue, urina, saliva e suor, e até mesmo o ar exalado pela respiração.
A equipe propõe que as leituras do sensor sejam combinadas com o sinal de GPS do celular, podendo facilitar o rastreamento de doenças e o surgimento de surtos de gripe, por exemplo, além de guiar o usuário para a farmácia ou hospital mais próximo.
Sensor óptico
Seu celular poderá lhe dizer que você está grávida
O protótipo ainda é rudimentar, mas os resultados são similares aos de equipamentos grandes e caros. [Imagem: Kort Bremer/Hanover Centre for Optical Technologies]
O sensor utiliza um fenômeno óptico chamada ressonância de plásmons de superfície - que ocorre quando a luz faz com que elétrons na superfície de uma película metálica fina movimentem-se em ondas - para detectar a composição de um líquido ou a presença de determinadas biomoléculas ou gases em quantidades traço.
"Nós temos tudo o que é necessário para desenvolver microlaboratórios pequenos e robustos para smartphones. Assim, os sensores de ressonância de plásmons de superfície poderão se tornar onipresentes," disse Kort Bremer, criador da tecnologia.
Nos experimentos, a sensibilidade do aparelho foi testada utilizando várias concentrações de glicerol, e a equipe confirmou que seus resultados são similares aos dos equipamentos atuais, a uma fração do tamanho e do custo.

Fonte:

Mais lidas na semana:

Quais doenças você pode evitar por meio da vacinação?

Você diz que sabe o que não sabe - e acredita no que diz

Pacientes com implantes cardíacos devem manter distância dos celulares

Acredite ou não, você é parcial e tem seus preconceitos

Resveratrol converte gordura ruim em gordura boa

À Justiça Eleitoral, Youssef lança suspeita sobre campanha de Dilma

O doleiro Alberto Youssef voltou a lançar suspeitas sobre o dinheiro que abasteceu a campanha da presidente Dilma Rousseff à reeleição no ano passado. Em depoimento prestado à Justiça Eleitoral, um dos principais delatores do esquema do petrolão afirmou que foi procurado por um homem, identificado por ele apenas como "Felipe", integrante da cúpula de campanha do PT. Como revelou VEJA em outubro do ano passado, o emissário queria os serviços de Youssef para repatriar 20 milhões de reais que seriam usados no caixa eleitoral. O depoimento do doleiro à Justiça Eleitoral foi prestado em 9 de junho e tornado público em reportagem desta sexta-feira do jornal Folha de S. Paulo.
NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO