NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO
Seja Bem Vindo

Siga este Blog

quinta-feira, 30 de abril de 2015

TERREMOTO DE 6,8 GRAUS ATINGE PAPUA NOVA GUINÉ

Um terremoto de magnitude 6,8 graus, segundo dados preliminares, sacudiu nesta quinta-feira a ilha de Nova Bretanha Oriental, no nordeste de Papua Nova Guiné, sem que se tenha declarado alerta de tsunami ou informações sobre vítimas.

O serviço geológico dos Estados Unidos, que registra a atividade sísmica no mundo todo, localizou o epicentro a 60 quilômetros de profundidade e a 131 quilômetros de Kokopo, capital de Nova Bretanha Oriental.

A ilha de Nova Guiné, cuja metade ocidental pertence à Indonésia, fica sobre o Anel de Fogo do Pacífico, uma região de grande atividade sísmica e vulcânica que é sacudida ao ano por cerca de 7.000 tremores, a maioria moderados.

Um tremor de 7 graus aconteceu em 1998 no mar de Bismarck, no leste de Papua Nova Guiné, e originou uma onda gigante que arrasou dezenas de aldeias e matou mais de 2.200 pessoas.

Via: Exame
Via: http://www.libertar.in/2015/04/outro-terremoto-de-68-graus-atinge.html

Geólogo: “A Índia deslizou três metros por baixo do Nepal em questão de segundos”

Tradução: Caminho Alternativo

(30-04-2015) Uma parte da Índia deslizou até três metros sob a placa do Nepal em poucos segundos durante o devastador terremoto de intensidade 7,9 na escala de Richter que afetou essa zona do sub-continente, segundo afirmou um geólogo estadunidense.
“O terremoto do passado sábado afetou uma área entre 1.600 a 3.200 quilômetros quadrados, uma zona que vai desde a cidade de Katmandú até Pokhara numa direção e inclui quase todo a largura das montanhas do Himalaia na outra”, assinalou Colin Stark, professor associado de investigação no Observatório da Terra Lamont-Doherty da Universidade de Columbia (EUA). Assim o informa o rotativo indiano ‘The Economic Times‘.
Em poucos segundos uma parte da Índia se deslocou até três metros ao norte por baixo do Nepal“, afirmou Stark.
“A rocha (nós a chamamos ‘crosta’ ou, de maneira mais precisa, ‘litosfera’) debaixo de Bihar [estado da Índia] se deslocou por baixo do Nepal ao longo de uma zona compreendida entre Bharatpur, Hetauda ​e Janakpur [todas elas cidades do Nepal]”, aclarou.
Justamente no lugar onde ocorreu o terremoto (uns 80 quilômetros ao noroeste da capital nepalense, Katmandú) a placa litosférica índica choca com a placa euroasiática a uma velocidade de 45 milímetros ao ano em direção norte-noreste. Este movimento de placas tectônicas provoca que aumente a altura da cordilheira do Himalaia.
FonteRT
Via: https://caminhoalternativo.wordpress.com/2015/04/30/geologo-a-india-deslizou-tres-metros-por-baixo-do-nepal-em-questao-de-segundos/
NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO