NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO

terça-feira, 3 de novembro de 2015

Rússia derrubará qualquer avião que se aproximar do palácio presidencial sírio

A Força Aérea da Rússia ordenou que seus caças derrube qualquer avião estrangeiro que se aproxime do palácio do presidente sírio, Bashar al-Assad em Damasco, capital da Síria.
O diário libanês Addiyar, informou no domingo que o serviço de inteligência russo não descarta um caça da coligação internacional liderada pelos os EUA,  de assassinar o presidente sírio, atacando o palácio Al-Shaab, onde Al-Asad.
Consequentemente, a Força Aérea Russa designou Sukhoi-34 aviões, estacionados na base aérea de Latakia (noroeste) para garantir a segurança do palácio do presidente sírio, e evitar possível assassinato, diz o jornal libanês.
“Qualquer aviões dos EUA, jordaniano, britânicos, franceses, israelenses ou chegar o mais próximo à residência de Bashar al-Assad em Damasco, sem permissão deve ser imediatamente derrubado “, disse Addiyar, citando fontes confiáveis ​​na Rússia.
Ele também afirma que Moscou está considerando a instalação de um sistema de mísseis de curto alcance terra-ar para aumentar a segurança ao redor da residência de Al-Asad, em Damasco.
Na verdade, os grupos terroristas contam com o apoio de estrangeiros e atacaram com morteiros um dos palácios do presidente sírio em Damasco, embora eles causaram apenas danos materiais.
Caça russo lança mísseis contra posições terroristas na Síria.
Desde o último 30 de setembro  Rússia faz ataques aéreos  com aviões de combate e mísseis de cruzeiro à posições do grupo takfiri EIIL (Daesh, em árabe) e outras bandas extremistas, para ajudar o exército de Damasco a recuperar o controle de certas áreas atualmente detidas pela terroristas.
Somente na última outubro de aviação russa matou 28 líderes do grupo terrorista Al-Nusra da frente, ramo sírio da Al-Qaeda, e EIIL na Síria.
Cerca de 500 000 pessoas, de acordo com o Observatório Sírio para os Direitos Humanos oposição (OSDH), foram mortos desde o início da crise na Síria, em Março de 2011, quando grupos radicais, com o apoio de alguns países, incluindo Arábia Saudita ,  a Turquia  e  os Estados Unidos, começou sua ofensiva para derrubar o governo em Damasco.
mkh / NII /
Naval Brasil

Via: http://noticia-final.blogspot.com.br/2015/11/russia-derrubara-qualquer-aviao-que-se.html
NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO

Disso Você Sabia ? no Facebook