Siga este Blog

domingo, 29 de novembro de 2015

Governador de Alagoas quer investir o mínimo em educação só em 2034

À frente do Estado que carrega o triste título de campeão do analfabetismo no país, o governador de Alagoas, Renan Filho (PMDB), quer empurrar para 2034 o início do cumprimento da regra constitucional que o obriga a investir 25% dos impostos recolhidos em educação. Segundo proposta do governo enviada no último dia 6 para o Tribunal de Contas do Estado, o investimento deste ano não ultrapassaria os 20,25% na manutenção e no desenvolvimento do ensino.
Alagoas tem a pior educação pública do país, segundo os dados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica de 2013. Enquanto o Brasil tem uma média de analfabetismo de 8,3%, a parcela da população alagoana com mais de 15 anos que não sabe ler ou escrever chega a 22%.
NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO