NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO

terça-feira, 3 de novembro de 2015

Alemanha cria uma máquina que podería revolucionar o uso da energia

(02-11-2015) Um grupo de investigadores alemães está à espera da aprovação regulatória para colocar em marcha o maior dispositivo de fusão nuclear, o W7-X.
É o primeiro exemplo de um novo tipo de reator estelar projetado com o uso de um super-computador, que poderia mudar o curso da área da energia de fusão.
Durante muitos anos os cientistas sonharam com uma fonte de energia limpa, inesgotável em forma da fusão nuclear. Este sonho em breve pode tornar-se realidade graças aos esforços do Instituto Max Planck de Física do Plasma (Alemanha) que no ano passado construiu a maior máquina de fusão nuclear do mundo, o reator estelar W7-X, informa a revista Science.
Depois de mais de um ano de testes, os engenheiros do referido instituto estão prontos para iniciar a máquina que custa US$ 1.1 bilhão, o que pode acontecer antes do fim deste mês, agrega a fonte.
Em comparação, o tokamak, um aparelho que gera grandes quantidades de energia obtendo a fusão de partículas de plasma, têm um uso mais amplo que o reator estelar. Existem mais de três dúzias de tokamaks operativos em todo o mundo, e mais de 200 foram construídos ao longo da história. São mais fáceis de montar e demostraram que podem realizar o trabalho de um reator nuclear melhor que o reator estelar.
A diferença do W7-X é que é mais seguro e eficaz em conter plasma durante longos períodos, o que poderia ajudar aos cientistas a proporcionar uma fonte inesgotável de energia.
Embora o projeto do tokamak seja ideal para conter plasma, apresenta alguns riscos de segurança, por exemplo, se a corrente falhar ou houver uma interrupção magnética. Estas alterações podem desencadear forças magnéticas suficientemente poderosas para danificar o reator.
Os cientistas do Instituto Max Planck afirmam que o W7-X é uma opção mais prática que pode superar os problemas de segurança do tokamak.
Se o W7-X igualar ou superar o rendimento de um tokamak de tamanho similar, os investigadores teriam que reavaliar o curso futuro da área da energia de fusão.
Fontehispantv.com
Caminho Alternativo

http://noticia-final.blogspot.com.br/2015/11/alemanha-cria-uma-maquina-que-poderia.html
NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO

Disso Você Sabia ? no Facebook