Siga este Blog

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

E-mails de Hillary revelam que A. Saudita reservou bomba nuclear no Paquistão

O novo lote de e-mails de ex-secretária de Estado e pré-candidato à Presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton, aponta o envolvimento da Arábia Saudita na compra de arsenal nuclear militar do Paquistão.
O Departamento de Estado dos EUA publicou um novo lote de e-mails enviados e recebidos Hillary Clinton, durante seu mandato como chefe da diplomacia (2009-2013) e para o qual ele tem sido fortemente criticado. 
Em um desses e-mails fevereiro 2010, seu amigo, confidente e conselheiro político Sidney Blumenthal, refere-se a uma conversa que teve com o então ministro das Relações Exteriores da Alemanha, Joschka Fischer.
Blumenthal relembra que Fischer adverte que “se o Irã constrói armas nucleares, a Arábia Saudita também (então) terá sua própria bomba” e disse que Riad agora tem sua própria bomba nuclear, uma vez que tem “investido nas armas nucleares do Paquistão, para numa eventualidade, em parte, tem a sua bomba de reserva. “
A popularidade de Hillary sofreu queda depois que foi revelado que um servidor privado usado para enviar e-business e pessoal, o que criou a possibilidade de pôr em perigo a confidencialidade de segredos de Estado. Dos 7.000 e-mails publicados na segunda-feira, 150 são considerados confidenciais.
O jornalista e ex-conselheiro político, Sidney Bluementhal
Em maio, o jornal britânico The Sunday Times, informou a decisão estratégica da Arábia Saudita com armas nucleares avançadas, aumentando os laços com seu aliado regional Paquistão.
Embora em março passado, o site  Business Insider dos EUAinformou que a Arábia Saudita iria procurar armas nucleares em um acordo secreto com o Paquistão.
O regime saudita financiou grande parte do programa nuclear do Paquistão durante as últimas três décadas, e aprovou a decisão de suas preocupações sobre o pacífico programa de energia nuclear do Irã  e após o Irã e o G5 + 1 (EUA., Reino Unido, França, Rússia e China, mais a Alemanha), chegou a um primeiro entendimento mútuo em abril.
Em 14 de julho concluiu as negociações nucleares em Viena, capital da Áustria. O texto do acordo procura remoção das sanções contra o Irã, em troca de algumas restrições sobre o programa de energia nuclear do país persa.
Hispantv \ Naval Brasil
Via: http://noticia-final.blogspot.com.br/2015/09/e-mails-de-hillary-revelam-que-saudita.html
NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO