NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Fiesp critica Levy por “não se preocupar” com mais de 1,5 milhão de desempregados no Brasil

A Fiesp – Federação das Industrias do Estado de São Paulo, apesar de ser presidida por Paulo Skaf, que é filiado ao PMDB, do qual o Vice-Presidente da República, Michel Temer, faz parte, não poupou críticas ao trabalho do governo através do Ministro da Fazenda Joaquim Levy, que, segundo a nota divulgada na ultima quarta (26), não tem se importando muito com o desemprego generalizado no país.
“Levy não vê problema em terminar o ano com 1,5 milhão de empregos a menos”
A nota fala das ações do governo Chinês para tratar os problemas enfrentados por aquele país para combater a turbulência na economia, e usa a China como base para criticar as medidas tomadas (ou não) pelo governo brasileiro, que vê o desemprego aumentar a passos largos sem uma medida contundente.
“No Brasil, vimos o oposto. Enquanto o PIB deverá encolher 3% no ano, a política econômica se baseia em aumento da taxa de juros, redução do crédito e aumento de impostos, ou seja, ações que tendem a ampliar os efeitos negativos da crise. Não há nenhum estímulo à retomada da economia”, diz a nota, assinada pelo presidente da Fiesp, Paulo Skaf. (Com informações (ABR)
NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO

Disso Você Sabia ? no Facebook