Siga este Blog

terça-feira, 28 de julho de 2015

Edward Snowden, delator da NSA, confirma existência de ‘projetos negros’ dentro do governo do EUA

Em 2001, como parte do Disclosure Project do Dr. Steven Greer, o Sargento Clifford Stone delatou o que ele se referiu como Programas Especiais de Acesso não reconhecidos (sigla uSAPs em inglês), dentro do governo dos Estados Unidos.
Tais programas também são comumente referidos como ‘projetos negros’ e são de natureza ultra secreta.
Dizem que os uSAPs são altamente divididos e mesmo aquelas pessoas com as necessárias licenças de segurança podem somente acessar a informação “à medida que precisam saber”.  Estes uSAPs também são escondido da visão e conhecimento do público.
O Congresso dos EUA e o Presidente daquele pais não têm acesso à estas informações, porque eles não possuem as licenças de segurança necessárias e nem possuem a “necessidade de saber”.
Foto de um alegado objeto voador triangular, financiado por um dos projetos.
Então, em 2013, o delator da NSA, Edward Snowden, vazou documentos altamente secretos do governo, que provaram a existência de tais programas.  De acordo com o Washington Post, os documentos revelaram como US$ 52,6 bilhões foram investidos em tais operações no ano fiscal de 2013.

Leia também: Chefe da NSA diz que Snowden revelou até 200 mil documentos

Apesar destes documentos indicarem que bilhões de dólares são gastos nestas operações acobertadas a cada ano, outros sugerem que esta cifra na verdade esteja próxima de trilhões de dólares.
A maioria não é contabilizada e vai para projetos que, na capacidade oficial, não existem.
Segundo o ex Ministro da Defesa do Canadá, Paul Hellyer (a única autoridade G8 a falar sobre o assunto):
“É irônico que os Estados Unidos começariam uma guerra devastadora, alegadamente à procura de armamentos de destruição em massa, quando os desenvolvimentos mais preocupantes neste campo estão ocorrendo no nosso próprio quintal.  É irônico que os Estados Unidos lute guerras monstruosamente caras, supostamente para trazer a democracia a esses países, quando ele próprio não pode alegar ser uma democracia, quando trilhões, e eu quero dizer milhares de bilhões de dólares têm sido gastos em projetos que nem o Congresso, nem o Presidente sabe nada a respeito.”
Em 2001, o Secretário da Defesa, Donald Rumsfield, declarou na frente do Comitê de Apropriações do Congresso:
“Os sistemas financeiros do Departamento de Defesa são tão complicados, que podemos contabilizar por uns US$ 2,6 trilhões em transações que existem.”
Até agora, o Washington Post somente publicou um décimo das 178 páginas de documentos relacionados aos uSAPs.  Eles alegam que as autoridades estadunidenses que foram contactados antes da publicação da notícia mostraram um grau de preocupação sobre o “risco às fontes de inteligência e aos métodos“.
http://verdademundial.com.br/2015/07/edward-snowden-delator-da-nsa-confirma-existencia-de-projetos-negros-dentro-do-governo-do-eua/
NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO