Siga este Blog

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Com recessão, desemprego e dolar nas alturas, governo já planeja novo corte de 15 bilhões

É, brasileiro! A coisa parece estar mais feia do que pensamos e totalmente diferente do pregado pela propaganda do fabuloso mundo petista.
Depois dos quase R$ 80 bilhões de gastos cortados este ano pelo governo, no chamado arroxo fiscal, em que os mais importantes serviços, como saúde e educação foram alguns dos mais afetados, agora, vendo que não foi suficiente, o governo sinaliza um novo e grandioso corte na casa dos R$ 15 bilhões. O que estava ruim, vai piorar.
Com a arrecadação em queda por uma economia debilitada e gastos em nível elevado, o governo enfrenta grande dificuldade em cumprir o alvo fiscal no ano. Em 12 meses encerrados em maio, o setor público registrou déficit primário de 0,68 por cento do PIB.
O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, sinalizou nesta terça-feira que o governo fará novos cortes de gastos e disse que uma eventual mudança na meta de superávit primário deste ano não representaria o fim do ajuste fiscal.
E segundo apurou a Reuters através de uma fonte da equipe econômica, o governo estuda novo bloqueio adicional de gasto entre 8 bilhões e 15 bilhões de reais e continuar arroxando as contas. (Com: Reuters)

NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO