NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO

Siga este Blog

terça-feira, 24 de março de 2015

BOMBARDEIRO RUSSO TU-95 INTERCEPTADO POR JATOS JAPONESES

Um bombardeiro russo Tu-95 foi interceptado ao largo da costa do Japão em duas ocasiões separadas em 20 de março, de acordo com o Ministério japonês da Defesa, que divulgou os detalhes do incidente nesta segunda-feira. O bombardeiro, também conhecido como "bear", seu nome em código OTAN, foi flagrado sobre o estreito da Coréia entre Coreia do Sul e Ilha japonesa de Kyushu, antes de ser interceptado por caças F-15J e escoltados para longe do estreito ocupado.
O mesmo bombardeiro seguiu então voando para o norte do Mar da China Oriental a partir do oeste para o norte do Japão antes de atravessar as Ilhas Curilas disputadas no mar de Okhotsk e de volta para o território russo.
Rússia, Coréia do Norte, Coréia do Sul e Japão, todos compartilham o mesmo litoral no Mar do Japão.
Enquanto a cobertura da mídia de atividade do bombardeiro russo tem se concentrado nas regiões do Báltico, o Japão tem visto um grande aumento na atividade da Rússia ao longo do último ano. De acordo com uma reportagem da Reuters, a Força Aérea japonesa interceptou aviões de guerra russos 369 vezes nos últimos três meses de 2014, quatro vezes mais do que há 10 anos. O país também tem recebido um número quase igual de jatos chineses nesse tempo.
No ritmo atual, a quantidade de precipitações pela força aérea japonesa deverá chegar a 944 para o ano em 31 de março, que vai ultrapassar o montante de 30 anos atrás, no auge da Guerra Fria.
"Com apenas três quartos dos dados disponíveis, ainda não podemos dizer se vai ser um ano recorde", disse um porta-voz da Força Aérea de Auto-Defesa do Japão, a repórteres.
Seis aviões de guerra russos também foram interceptado perto de águas territoriais da Letônia no sábado: dois An-26 de transporte de tropas, dois caças Su-27 e dois jatos Su-34 bombardeiros.
Atividade militar russo aumentou significativamente perto do espaço aéreo e águas territoriais da Letônia nas últimas semanas
Na semana passada, os jatos da OTAN, espanhóis e italianos interceptaram aviões russos no espaço aéreo internacional perto da Letônia, enquanto submarinos russos foram vistos na zona econômica exclusiva do país, a apenas 27 milhas a partir do início das águas territoriais da Letônia a 39 quilômetros de sua costa.

Via: http://sempreguerra.blogspot.com.br/2015/03/bombardeiro-russo-tu-95-interceptado.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed:+SempreGuerra+(Sempre+Guerra)
NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO