Agora são: horas e minutos - Agradeço sua presença e volte sempre

Petrolão: engenheiro relata pressão para fraudar licitação

Luiz Antônio Kalil Horta afirma ter sido pressionado por subordinados do ex-gerente de serviços da estatal Pedro Barusco

Ex-gerente de serviços da Petrobras, Pedro Barusco admitiu ter recebido US$ 97 milhões em propinas
Ex-gerente de serviços da Petrobras, Pedro Barusco admitiu ter recebido US$ 97 milhões em propinas (Vanderlei Almeida/AFP)
Em depoimento à Polícia Federal em um dos inquéritos da Lava Jato, oo relata o engenheiro eletricista da Petrobras Luiz Antônio Kalil Horta relatou ter sido pressionado por subordinados do ex-gerente de serviços da estatal Pedro Barusco para negociar licitações muito acima do valor estipulado. Ele afirmou que chegou a ser deslocado da comissão de licitações da Refinaria de Paulínia (Replan), no interior de São Paulo, após cancelar certames com preço maior que o previsto. Barusco admitiu ter recebido 97 milhões de dólares em propinas na estatal.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Porquê tomar o Cloreto de Magnésio P.A.?

ÍNDIA - Cientistas Criam Cruza de Humano com Gorila, Nascendo Bebê Híbrido!!

Homem constrói rádio chamado ''espírito de Tesla'' adivinha o que acontece quando ele é ligado? Assustador...

Governo japonês está preocupado com os efeitos da vacina contra HPV, como infertilidade e paralisia

Você já percebeu seu olho pulsando? Saiba o motivo disso acontecer

Como começou essa história de transmitir informações sem fio

Este garoto prodígio de 15 anos desenha animais anatomicamente corretos e já ilustrou até uma enciclopédia

PAUL PANTONE: ELE CRIOU UMA MOTOR QUE FUNCIONA COM 80% DE ÁGUA E DIMINUI MAIS DE 50% A EMISSÃO DE GASES NOCIVOS...