NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO

Siga este Blog

sábado, 13 de dezembro de 2014

Cientistas prevêem extinção da humanidade até 2040 (Parte 1e2)


"Os novos dados científicos preveem que o processo de extinção da humanidade já começou, é irreversível, e estará terminado por volta de 2040."
Entrevista a Guy McPherson, Professor Emérito de Recursos Naturais, Ecologia e Biologia Evolutiva da Universidade do Arizona. (07.04.2014).

Imprensa Russa Revela que a Queda do MH17 na Ucrânia foi um Complô para Assassinar Putin

Ainda não esclareceram as circunstâncias em torno do voo MH-17 sobre a Ucrânia, o qual acabou com a vida de 298 pessoas e  isso dá origem a todo tipo de explicações a respeito.
Agora, um jornal russo afirma que a queda do MH-17, foi um atentado falho da força aérea da Ucrânia para assassinar Vladimir Putin, supostamente atuando sob as ordens de um oligarca multimilionário, um argumento  que levantou rumores na época e que volta a ganhar força.
Um jornal russo e um programa de televisão afirmam que o oligarca ucraniano Ihor Kolomoyskyi acreditava que Putin voltaria pela mesma rota que o MH-17 em seu jato privado, e ordenou que assassinassem o presidente russo através de seus contato com o exército ucraniano, razão pela qual, um avião de combate das forças aéreas ucranianas disparou contra o MH-17 por engano.
O oligarca ucraniano Ihor Kolomoyskyi
Estas afirmações se basearam no fato de que, após o desastre do MH-17, o piloto do avião de combate Sukhoi Su-25 que supostamente derrubou o MH17 fugiu para Dubai e o mesmo aconteceu com a controladora de tráfego aéreo que estava a cargo de controlar o voo, segundo informam o programa de televisão Moment-Istini "momento da verdade", e o jornal Komsomolskaya Pravda.
De acordo com estes meios de comunicação, foram perdidas as pistas de ambas as pessoas, que continuam com o paradeiro desconhecido.
Sukhoi Su-25
As investigações destes meios de comunicação que o oligarca Ihor Kolomoyskyi, inimigo declarado de Putin, recebeu informação da inteligência de que o avião do presidente do Kremlin ia sobrevoar a região e aterrizar em Rostov-on-Don, e ordenou que avião fosse derrubado.
Esta cidade russa é próxima do lugar do acidente, mas segundo se afirma, o plano de voo de Putin mudou no último minuto e o avião decidiu aterrizar em Moscou.
Putin estava voltando de uma viagem a América Latina no dia em que o MH-17 caiu na região da Ucrânia controlada pelos rebeldes separatistas pró-Moscou.
Estes meios de comunicação alegam que a cabine do avião da Malaysia Airlines foi atingido por um disparo de canhão de 30mm de um avião Su-25, que supostamente era pilotado pelo tenente coronel Dmitro Yakatsuts do esquadrão de elite 299 da força aérea da Ucrânia.
Os relatórios alegam que o tenente coronel Dmitro Yakatsuts está desaparecido desde então, após viajar para Dubai.
Também afirmam que a controladora de tráfego aéreo Anna Petrenko, residente de Dnepropetrovsk, esteve a cargo do voo da Malaysia Airlines no momento do acidente, e que também desapareceu na mesma localização.
A imprensa russa afirma que Anna Petrenko, a controladora de tráfego aéreo a cargo do voo MH17 da Malaysia Airlines no momento do acidente "fugiu" para Dubai com o piloto do exército ucraniano que derrubou o MH17, sob ordens do multimilionário ucraniano.
"Ninguém os está procurando". É o primeiro caso do mundo em que uma controladora aéreo que estava a cargo do avião acidentado é enviada urgentemente em férias. nem sequer foi interrogada", reclama o apresentador do programa de TV russo que colocou no ar a reportagem, Andrey Karaulov.
Andrey Karaulov
De acordo com estes meios de comunicação russos, foram encontrados os restos das cápsulas de 30mm nos corpos dos pilotos e as evidências do ataque contra a aeronave são visíveis no nariz da fuselagem do Boeing derrubado.
Aparentemente, as silhuetas do avião Ilyushin em que viajava Putin e do Boeing eram similares e isso poderia ter contribuído com a confusão.
Um especialista militar, chamado Aleksandr Shirokorad, alegou que o Boeing foi atingido duas vezes, primeiro por um foguete disparado pelo Su-25 e em seguida por um míssil terra-ar do exército ucraniano.
"É um ato criminoso, o maior crime militar do século 21", disse o apresentador de televisão Andrey Karaulov a respeito.
Tudo isto pode ser parte de uma manobra de propaganda do Kremlin, evidentemente. Mas também pode ter a sua parte de verdade.
No momento, a única certeza é que não se conhecem as circunstâncias exatas que cercam a queda do voo MH17 da Malaysia Airlines e infelizmente, é muito provável que as conclusões finais das "investigações" a respeito não tenham nada a ver com a verdade.
Blog Anti Nova Ordem Mundial

Via: http://noticia-final.blogspot.com.br/2014/12/imprensa-russa-revela-que-queda-do-mh17.html
Measure
Measure

Especialista afirma que civiliações de Marte foram aniquiladas e o mesmo poderá acontecer na Terra

Segundo o site mysteryplanet.com.ar, o físico Dr. John Brandenburg, apresentou sua teoria de que uma civilização antiga de Marte teria sido exterminada da face daquele planeta por um ataque nuclear de outra raça extraterrestre.  De acordo com a teoria do Dr. Brandenburg, os antigos marcianos, conhecidos como ‘cidonianos’ e ‘utopianos’ foram massacrados no ataque – e a evidência deste genocídio pode ser vista até hoje.
Já em 2011, o cientista havia postulado que a cor avermelhada de Marte poderia ter ocorrido devido à uma explosão termonuclear natural: “A superfície marciana está coberta por uma fina camada de substâncias radioativas, inclusive urânio, tório e potássio radioativos – e este padrão irradia desde um ponto focal de Marte“, declarou ele.  “Uma explosão nuclear pode ter enviado todos estes dejetos ao redor do planeta“.
Deste então, Brandenburg avançou com sua teoria ao ponto de ter descartado o fato da explosão ter sido natural.  Em seu lugar, ele propões que o impacto foi premeditado por uma raça alienígena inteligente.  A conclusão de seu último estudo disse que os isótopos nucleares na atmosfera se assemelham aos de uma bomba de hidrogênio, “talvez lançada do espaço, num ataque nuclear a Marte“.  Isto estaria respaldado pelos dados sobre a alta concentração de Xenon-129 na atmosfera marciana, e pelo urânio e tório na superfície, amostrados pela naveMars Odissey da NASA.
Anteriormente, os cientistas apontaram que a presença destes elementos não era surpreendente devido ao fato destes serem elementos naturais que se encontram por todas as partes.  Mesmo assim, o Dr. Brandenburg discorda com tais argumentos e assegura que eles sejam remanescentes de pelo menos duas explosões nucleares sobre a superfície.
Dois pontos aproximados na superfície de Marte onde o Dr. Brandenburg alega ocorreu as explosões nucleares.
A teoria do cientistas está baseada no fato de Marte já ter tido um clima parecido com o da Terra, com vida animal e vegetal, e com uma civilização inteligente tão avançada como a dos antigos egípcios daqui da Terra.
Um dos pontos onde o cientista acha que ocorreu a explosão foi na regiãoCydonia Mensa, onde se encontrariam uma série de estruturas piramidais, junto com a famosa Face de Marte.  De acordo com o Dr. Brandenburg esta seria uma construção feia por uma civilização ancestral marciana.
A outra região seria a de Galaxias Chaos. “As últimas imagens das sondas orbitais e robôs em Marte mostram fortes evidências de objetos arqueológicos com erosão“, destacou.  O Dr. Brandenburg sustem que sua teoria poderia explicar o Paradoxo de Fermi, que é a contradição entre as estimativas da possibilidade de civilizações extraterrestres inteligentes no Universo, contra a ausência de evidência de tais civilizações.  Além disso, o cientista crê que devemos nos preparar para uma missão tripulada até Marte, a fim de averiguar o que realmente ocorreu por lá no passado. “Providencialmente, estamos alertados já sobre este possível aspecto do cosmos.
Não se pode negar que, deixando os preconceito antropocêntricos ortodoxos de lado, a teoria de Brandenburg parece muito interessante.  As antigas escrituras hindus nos falam sobre batalhas nucleares entre os “deuses” num remoto passado e, além disso, foram encontradas evidências no nosso próprio planeta que sugerem a presença deste tipo de ocorrência no passado.
Via: http://ovnihoje.com/2014/12/13/especialista-afirma-que-civiliacoes-de-marte-foram-aniquiladas-e-o-mesmo-podera-acontecer-na-terra/
Colaboração: Rogério Maniezzo
Measure
Measure

Cientistas encontram possível sinal de existência de matéria escura

Estranho sinal de raio-x não pode ser explicado por nenhuma partícula conhecida

Um pico estranho verificado nos dados coletados pelo telescópio XMM-Newton, da ESA (Agência Espacial Europeia, na sigla em inglês), e que não pode ser explicado por nenhuma partícula ou átomo conhecido pode ser a primeira detecção de um sinal da existência da chamada matéria escura -- substância que não pode ser diretamente observada porque não absorve ou emite luz. Até agora, os cientistas eram capazes apenas de deduzir a sua existência pelos efeitos que causa na gravidade da matéria visível. Esse é hoje um dos maiores mistérios da física moderna e estima-se que esse material componha 80% de todo o universo, ou 26,8% de sua densidade.

Assinada por uma equipe de pesquisadores internacionais do Laboratório de Física das Partículas e Cosmologia da EPLF e da Universidade de Leiden, na Holanda, a descoberta será publicada na próxima semana na Physical Review Letters. Apesar de a matéria escura nunca ter sido detectada ou medida, o novo estudo oferece uma evidência intangível da sua existência.

Liderada pelos cientistas da EPFL Oleg Ruchayskiy e Alexey Boyarsky, também professores da Universidade de Leiden, a equipe de pesquisadores se debruçou sobre os milhares de dados coletados pelo telescópio da ESA e detectou um pico estranho nas emissões de raio-x vindas de dois pontos diferentes do universo: as galáxias de Andrômeda e Perseus. O sinal não corresponde aos gerados pelas partículas e átomos conhecidos e é improvável que seja resultado de algum erro nos instrumentos de medição. Por isso, os cientistas acreditam, esperançosamente, que pode ter sido produzido por uma partícula de matéria escura.

O sinal aparece muito fraco no espectro do raio-x em uma emissão de fóton atípica que não poderia ser atribuída a qualquer forma conhecida da matéria. Além disso, a "distribuição do sinal dentro da galáxia corresponde exatamente ao que nós estávamos esperando com a matéria escura, isto é, concentrada e intensa no centro de objetos e mais fraca e difusa nas bordas", explicou Ruchayskiy. Para comprovar, o professor Alexey Boyarsky afirmou que a Via Láctea também foi analisada. "Nós procuramos dados da nossa própria galáxia, a Via Láctea, e fizemos as mesmas observações", disse em comunicado à imprensa.

Os pesquisadores acreditam que o sinal poderia ter vindo da destruição de uma partícula hipotética conhecida como neutrino estéril

Se a descoberta for confirmada, serão abertos novos caminhos nas pesquisas de física de partículas. Além disso, os cientistas afirmam que ela pode inaugurar uma nova era na astronomia moderna. "A confirmação pode levar à construção de novos telescópios especialmente desenhados para o estudo de sinais de partículas de matéria escura. Nós saberemos para onde olhar e assim traçar estruturas escuras no espaço capazes de reconstruir o processo de formação do universo", afirmou Boyarsky.


FONTE: http://noticias.uol.com.br/
Via: http://ufos-wilson.blogspot.com.br/2014/12/cientistas-encontram-possivel-sinal-de.html
Measure
Measure

Guerra: EUA testam nova arma de laser no golfo Pérsico

Postado Por: Marcos Paulo Goes
Laser EUA
A Marinha norte-americana efetuou testes bem sucedidos de uma nova arma de laser, informa uma fonte da Marinha. A arma dispara um feixe de infravermelho de alta intensidade que pode destruir o alvo, mas também pode ser lançada em baixa intensidade, como um método de notificação ou paralisar sistemas inimigos. O mais interessante é que armas como esta antes vistas só em filmes de grandes produções e ficção científica agora estão em nossa realidade e prontas para agir. E como todos nós sabemos, não será pelo bem da espécie mas sim contra. Outro ponto interessante é que esta nova Guerra fria que está acontecendo é vista por meio destas notícias que estão aparecendo diariamente em que os Paises começam a mostrar novas tecnologias como se quisessem amedrontar o inimigo. Mas e até que ponto isso é real? Lembram dos tanques infláveis dos americanos na Segunda Guerra Mundial? Estariam eles reproduzindo suas ideias? Confiram o vídeo abaixo:
Via: Voz da Rússia e Verdade Mundial
http://www.libertar.in/2014/12/guerra-eua-testam-nova-arma-de-laser-no.html

Measure
Measure

Você sabia? Engenharia Olfativa: Como te controlam através do olfato

É conhecido como o cheiro afeta poderosamente a maneira como pensamos e processamos a informação.

Numerosos estudos tem demonstrado que os cheiros desencadeiam todos os tipos de mudanças cognitivas nos seres humanos e que podem ser utilizados pelas empresas ou pelo governo para influenciar as populações e inclusive dominar aquelas pessoas que não se encaixam nos moldes de comportamento e pensamento comumente aceitos.

Um estudo de 2011 publicado na revista Sensors, explica como a exposição intencional a determinados cheiros influem no funcionamento do cérebro, produzindo alterações no estado de ânimo, pensamentos e a capacidade de compreensão.

Como os medicamentos, os cheiros contêm propriedades farmacológicas únicas que penetram na corrente sanguínea através da inalação, transpassando a barreira sangue-cérebro e desencadeando mudanças cognitivas.

Milhares, senão milhões de aromas sintéticos estão sendo utilizados atualmente pelas empresas com a finalidade de manipular o público na hora de comprar seus produtos.
Por exemplo, durante a época do Natal, nos centros comerciais, é frequentemente o uso de essências de cidra de maça e de aromas de pinho para atrair os clientes e conseguir que comprem mais produtos.

Outros produtos de cuidado pessoal, de ambientes, sabões para roupas e muitos outros produtos de consumo também contêm aromas formulados e desenvolvidos especificamente para conseguir que os clientes voltem a comprá-los.

Nestes exemplos anteriormente expostos, os cheiros são utilizados para atrais os compradores com a finalidade de ampliar os benefícios empresariais.
Mas, existe a possibilidade de utilizar os cheiros como armas, para inibir o pensamento crítico das massas ou deprimir o estado de ânimo de uma pessoa?

A engenharia olfativa está sendo utilizada para este tipo de propósito nefasto, algo que a maioria das pessoas nem sequer é capaz de perceber.

Os feromônios, por exemplo, são disparadores químicos liberados de forma natural pelos insetos, animais e pessoas, os quais podem ser utilizados para alterar aspectos como a fome ou o desejo sexual.

Se utilizados como armas, os feromônios podem ser liberados com a finalidade de atrair um grupo de pessoas a um lugar específico para realizar uma emboscada, por exemplo, ou criar o caos em lugar determinado.

Do ponto de vista cognitivo, certos cheiros manufaturados tem demonstrado induzir emoções negativas. O maus odores, os quais podem incluir muitos odores sintéticos desenvolvidos para imitar aos verdadeiros, podem afetar o rendimento mental em tarefas como a leitura ou matemática. Outros cheiros podem induzir a fadiga ou a turvar a mente, o que conduz a um estado de sedação e em alguns casos indiferença.

"Os odores estão sendo manipulados para alterar o estado cognitivo, os comportamento e os estados de ânimo", diz o artigo publicado pela revista Sensors.

"A qualidade da memória, trabalhos de memorização, memorizar palavras, a maioria espacial, a memória de trabalho numérico, todos eles podem ser afetados pelos cheiros, e a velocidade na hora de lembrar de fatos ou imagens podem ser influenciados pela introdução de determinados cheiros".
As fragrâncias naturais, como por exemplo óleo essenciais, por outro lado, podem ser utilizados para contrariar os efeitos prejudiciais da engenharia olfativa.

Dependendo do tipo e a combinação, os óleos essenciais tem demonstrado afetar positivamente aspectos como a memória, percepção do cheiro, capacidade em tomar decisões, estado de alerta e os níveis de energia.

O aroma de lavanda, por exemplo, tem se demonstrado eficaz na hora de reduzir o estresse e a ansiedade e também pode ajudar a promover um estado de relaxamento antes de dormir. O aroma da hortelã-pimenta e o alecrim, por outro lado, são frequentemente utilizados para aumentar os níveis de energia e melhorar o estado de alerta.

"Se conclui que as propriedades farmacológicas dos cheiros podem induzir mudanças na cognição", explica o estudo, acrescentando que "os cheiros podem ser utilizados como chaves contextuais para a cognição, comportamento e o estado de ânimo".

Fontes:
El Robot Pescador: Ingeniería olfativa: Cómo las corporaciones te controlan a través del olfato
NCBI: Cognitive Facilitation Following Intentional Odor Exposure
Natural News: Olfactory engineering - How corporations control your thoughts, moods and actions through smell
Via: anovaordemmundial.com
http://www.libertar.in/2014/12/voce-sabia-engenharia-olfativa-como-te.html
Measure
Measure
NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO