NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO

Siga este Blog

segunda-feira, 21 de abril de 2014

Estranho OVNI em período de terremoto no México

Postado por: Ton Müller 21 de abril de 2014
Uma intrigante filmagem de um objeto voador não identificado (OVNI) foi feita no último dia 16 de abril, no México. A captura foi feita na Capital Federal (Cidade do México) em San Juan Ixtacala. O mais interessante na filmagem é que o objeto parece possuir luzes, que em um determinado momento são apagadas, o seu formato é muito inusitado, ora se assemelha ao casco de uma tartaruga, ora parece ter um formato insetoide. Outro ponto relevante neste avistamento é que ele foi gravado um pouco antes de ocorrer um terremoto de 7.2 pontos, em uma escala que vai até 9.0, na capital mexicana.
As imagens foram apresentadas pelo pesquisador Emanuel Huza e mostram um objeto aparente (e inicialmente) em forma de disco. Depois de alguns segundos parece mudar de aparência, o UFO para e muda de direção, ele vai no rumo daqueles que estavam observando. O objeto, em seguida, parece parar, girar sobre si mesmo, fazer algumas mudanças e, em seguida, novamente partir em alta velocidade.


Fonte: http://www.etseetc.com/

http://www.verdademundial.org/2014/04/estranho-ovni-em-periodo-de-terremoto.html



Uma indicação deste blog (Disso Você  Sabia ?) leia abaixo click na imagem


Psicografia de Solari Parravicini Profecias sobre alienígenas

- Continue Lendo - Click na Imagem

O mistério do carro fantasma na Rússia DESVENDADO!

O E-farsas explica a verdade por trás do carro fantasma que apareceu na Rússia!
Gilmar Lopes mostra o curioso vídeo do carro que aparece misteriosamente no meio de um cruzamento no centro de Moscou! Será que esse vídeo é verdadeiro ou falso!


Para saber mais: http://www.e-farsas.com/misterio-video-carro-fantasma-na-russia-desvendado.html

Jornalista critica governo e manda recado aos brasileiros ” O Brasil acabou, arrume as malas e vá embora”

Publicado por Revolta Brasil em 21 abril
Jornalista critica governo e manda recado aos brasileiros ” O Brasil acabou, arrume as malas e vá embora”
Jornalista critica governo petista, que vem estruturando a máquina estatal em prol de seus próprios interesses, para Paulo Eduardo Martins, depois da farra do mensalão e os absurdos apresentados no julgamento e ao fim terminado praticamente em pizza, “ninguém para o PT”
O jornalista fala do aparelhamento da mais alta corte nacional para atender e agir conforme o poder petista.

“(…) Quem tem alguma esperança, quem gosta de liberdade…quem nao quer ser massacrado por quem ocupa o poder, arrume as malas e vá embora…não há quem pare o PT depois desse julgamento” – alerta o jornalista.


Fonte: http://www.revoltabrasil.com.br/midia/3290-jornalista-critica-governo-e-manda-recado-aos-brasileiros-o-brasil-acabou-arrume-as-malas-e-va-embora.html

“Novo rumo” de Obama visando isolamento da Rússia

O presidente dos EUA, Barack Obama, decidiu suspender contatos com Vladimir Putin. Tal será um ato de vingança pelo fracasso da sua política externa na vertente ucraniana.
O líder norte-americano empreenderá esforços para o isolamento internacional da Rússia, conclui o periódico The New York Times. Semelhantes apelos têm ressoado no Senado, no meio da ala de senadores conservadores e radicais. Um dos “falcões”, Bob Corcker, exigiu que fossem impostas sanções contra as empresas energéticas russas e os maiores bancos da Rússia. Que consequências terá mais uma espiral do programa americano clássico de dissuasão?

Bob Corcker tinha proposto fornecer armas ao regime de Kiev. Agora ele quer que a Rússia seja punida por “meios finaneiros”. Levando em conta o impacto de tais sanções sobre as empresas europeias, sugeriu a que os europeus próprios venham “tomar medidas adequadas”. Na sua ótica, eles devem ceder perante as ambições norte-americanas, fazendo um harakiri econômico através de suspensão das relações comerciais com a Rússia. A política russa, no seu entender, vem ridicularizando os EUA. Será possível falar a sério de um isolamento no século XXI? Felizmente, o mundo mudou, afirma o politólogo Maksim Bratersky:

“Se nos tempos antigos, as proibições impostas pelo Ocidente eram uma regra, agora existe um mundo enorme que excede limites do Ocidente. Trata-se da China, América do Sul e da África. Se bem que as proibições do Ocidente digam respeito ao acesso da Rússia para os mercados financeiros e tecnologias. Isto será feito para diminuir lucros e afetar a situação financeira das companhias russas, privando-as de tecnologias”.

Os EUA têm aplicado a política de contenção em relação à Rússia. A sua ideia básica se assenta no conceito, adotado ainda no período da guerra fria: permitir à URSS um acesso para a arena internacional e depois, quando necessário, “aplicar castigos pela desobediência”.

“Historicamente, a política dos EUA em relação à URSS e depois à Rússia tinha dois componentes: o envolvimento e a contenção. Em proporções diferentes. Agora haverá mais contenção em detrimento de envolvimento”, disse Maksim Bratersky.

Mas hoje em dia, tal método não pode ser muito eficiente, por mais que a administração americana queira tirar desforra pelos fracassos da sua política externa. Na opinião do perito, a política de Obama na vertente russa sofreu um fiasco:

“Obama não consegue êxitos na política externa. Ele tem tido pouca sorte em tudo. A política de envolvimento pressupõe que à Rússia caiba algum “lugar ao sol” no mundo que os EUA pretendem edificar. Mas esse fator parece ter sido esquecido. A que poderá levar isto? A um período de esfriamento mais ou menos prolongado. Graças a Deus, os presidentes também se alternam no poder”.

No futuro próximo, os EUA irão concentrar-se na preparação para as novas presidenciais. Obama não logrou cumprir nenhum dos objetivos traçados, internos ou externos. Será sucedido, pelo visto, por um presidente de ânimos conservadores. E a sua administração será marcada por um maior isolamento, ou seja, uma maior atenção na solução de problemas internos.

Voz da Rússia
http://noticia-final.blogspot.com.br/2014/04/novo-rumo-de-obama-visando-isolamento.html

USP desenvolve aparelho que detecta dengue em 20 minutos

Um aparelho portátil e de baixo custo, desenvolvido por pesquisadores do Instituto de Física de São Carlos da USP (Universidade de São Paulo), é capaz diagnosticar com precisão os pacientes com o vírus da dengue em apenas 20 minutos, já a partir dos primeiros sintomas.

A novidade está sendo possível porque um estudo mostrou alta concentração da proteína NS1, produzida pelo vírus. Atualmente, o exame para detectar a doença só pode ser feito no sexto dia, o que faz com que ela seja confundida com outras infecções e nem sempre tratada da forma adequada. A demora no diagnóstico pode levar, especialmente nos casos de reincidência, à morte.

"O teste convencional não pode ser feito nos primeiros dias, porque ele mede a concentração de anticorpos. (O paciente) tem que ter quadro avançado de dengue. O novo aparelho detecta a proteína já nos primeiros dias", disse o professor Francisco Guimarães, responsável pelo estudo. O dispositivo, similar ao que é utilizado na medição de glicemia, funciona da seguinte forma: o anticorpo que reage à proteína NS1 é cultivado na gema do ovo.

Em seguida, ele é colocado em alta concentração sobre uma membrana metálica, a qual em contato com o sangue infectado, reage eletricamente.

Guimarães destaca que o uso de ovos de galinha para produzir os anticorpos foi uma das formas encontradas para baratear o custo do produto. "A gente gerou fora do corpo humano, sem usar animal, e isso faz com que o preço fique muito baixo. Apesar de o corpo ter milhões de proteínas, só aquela do vírus da dengue se liga ao anticorpo", explicou.

O aparelho deve custar entre R$ 100 e R$ 200. "A ideia é que todo posto de saúde, mesmo em lugares mais remotos, possam fazer o teste rápido, sem que o sangue tenha que ser levado para grandes centros. Evita-se a demora no resultado, pois é um teste direto".

O professor espera que, em no máximo dois anos, o dispositivo esteja disponível para venda. "Fizemos o protótipo, mas ele tem que passar ainda pela etapa de desenvolvimento do produto, de validação pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), de produção e só então a etapa de venda. Esse é o prazo mais otimista", avaliou.

A próxima fase da pesquisa é desenvolver biossensores que identifiquem o tipo de vírus da dengue. "Se o paciente pegou o tipo 1 e na cidade está alastrando o tipo 3, a chance dele ter hemorrágica é grande, pois é preciso ser infectado por vírus distintos. Por isso a importância de identificar o tipo".

-- Folha Online

http://noticia-final.blogspot.com.br/2014/04/usp-desenvolve-aparelho-que-detecta.html

Como Su-24 russo paralisou destroier americano

Na semana passada, na Internet russa foi discutido ativamente um comunicado de como um bombardeiro da frente russo Su-24 equipado com um o sistema de neutralização radioeletrônicade última geração havia paralisado no mar Negro o mais sofisticado sistema americano de combate Aegis a bordo do destróier Donald Cook.

O destróier participava das manobras americano-romenas que tiveram como missão demonstrar a força, diz Pavel Zolotarev, perito em assuntos políticos:

“Em 10 de abril, o Donald Cook armado de mísseis cruzeiro Tomahawk entrou em águas neutras do mar Negro. Os exercícios tiveram por fim intimidar e demonstrar a força em resposta à posição da Rússia na Ucrânia e na Crimeia. Destaque-se que a entrada de navios militares americanos neste espaço aquático contraria a convenção sobre o caráter e os prazos de permanência no mar Negro de vasos de guerra dos países não banhados por este mar.

A Rússia, por seu lado, enviou um avião desarmado Su-24, para sobrevoar o destróier americano. Contudo, este avião, como consideram peritos, foi equipado com um sistema russo de luta radioeletrônicade última geração. Segundo esta versão, o Aegis ainda de longe teria interceptado a aproximação do avião dando alerta de combate.

Tudo decorria como de habitude, tendo os radares da nave calculado a distância até o alvo. Mas de repente todos os telas se apagaram. O Aegis deixou de funcionar e os mísseis não receberam a indicação do alvo. Entretanto, o SU-24 sobrevoou a coberta do destróier, fez uma viragem de combate e imitou um ataque de mísseis. Depois fez uma volta e repetiu durante 12 vezes consecutivos a manobra.

Pelo visto, todas as tentativas de reanimar o Aegis e indicar o alvo ao sistema de defesa antiaérea fracassaram. A reação da Rússia à pressão militar dos EUA foi terrivelmente tranquila, considera Pavel Zolotarev:

“A demonstração foi bastante original. Um bombardeiro sem armas, mas equipado com um sistema de neutralização radioeletrônicade radares do inimigo deu certo atuando contra o destróier com o sistema mais sofisticado de DAA e de DAM a bordo. Mas este sistema de baseamento móvel, neste caso marítimo, tem um defeito considerável – as possibilidades de acompanhar os alvos, que funcionam bem quando há vários navios e é possível coordenar-se entre si. Mas neste caso havia só um destróier. Ao que tudo indica, o algoritmo de trabalho dos radares da nave no sistema Aegis não funcionou sob a ação do sistema de neutralização radioeletrônicaa bordo do Su-24. Por isso foi provocada não apenas uma reação de nervos ao próprio fato do sobrevoo, praticado largamente só no período da Guerra Fria. Houve a seguir mais uma reação ao fato de o sistema mais sofisticado, em primeiro lugar a sua parte informativa, de radares, não ter funcionado em plena medida. Por isso, a parte americana reagiu tão nervosamente”.

Após o incidente, como escreve a mídia estrangeira, o Donald Cook entrou com urgência num porto da Romênia, onde 27 tripulantes do navio solicitaram demissão escrevendo nos pedidos, como se diz, que não pretendem arriscar suas vidas. Tal é confirmado indiretamente por uma declaração do Pentágono, em que se afirma que esse ato tem desmoralizado a tripulação do destróier americano.

Quais podem ser as consequências militares do incidente no Mar Negro, provocado pelos Estados Unidos? Comenta Pavel Zolotarev:

“A meu ver, os americanos irão refletir sobre o aperfeiçoamento do sistema Aegis. Este é o puro lado militar. Mas é pouco provável que politicamente sejam dados quaisquer passos por uma ou outra parte. Essas ações são suficientes. Entretanto, este é um momento desagradável para os americanos. Em geral, o sistema de DAM, que estão desenvolvendo, absorve meios colossais e é necessário provar cada vez que eles devem ser canalizados do orçamento. Ao mesmo tempo, a componente terrestre do sistema de DAM – contra-mísseis em poços – foi testado em condições ideais, mostrando uma baixa eficácia. Este fato é escondido minuciosamente pelo Pentágono. O mais sofisticado sistema Aegis de estacionamento marítimo também revelou neste caso seus defeitos”.

O sistema com que o Su-24 havia chocado o destróier americano Donald Cook tem o nome convencional de Khibiny, como se chama um maciço montanhês na península de Kola, na região polar da Rússia.

O Khibiny é um sistema de neutralização radioeletrônicade última geração com que serão equipados todos os aviões prometedores russos. Há pouco o sistema foi testado em exercícios num polígono na Buriátia. Pelo visto, os testes foram bem-sucedidos, se em breve foi decidido testar o sistema em condições próximas do combate.

Voz da Rússia
http://noticia-final.blogspot.com.br/2014/04/como-su-24-russo-paralisou-destroier.html

Apoio a superporto no Uruguai pode tirar cargas de terminais brasileiros - Brasil apoia projeto de terminal que pode contar com recursos do BNDES e de fundo do Mercosul


RIO E BRASÍLIA — O Brasil está em vias de entrar em uma polêmica no Mercosul ao apoiar um superporto no Uruguai que poderá roubar cargas dos terminais brasileiros. O apoio brasileiro, repetindo um financiamento a Cuba, deve ser forte: cerca de US$ 1 bilhão do BNDES, recursos do Orçamento, via Fundo de Convergência Estrutural do Mercosul (Focem), e conhecimento técnico, segundo fontes que acompanham a negociação. As conversas entre Brasil e Uruguai para a construção de um porto de águas profundas estão a pleno valor. Maior oferta de frequências marítimas, fretes mais baratos, tempo de deslocamento menor e, principalmente, possibilidade de alcance do mercado asiático pelo Estreito de Magalhães (na extremo sul do continente), em condições de concorrência com o Canal do Panamá, atraem o Brasil. Operadores portuários brasileiros, no entanto, temem uma concorrência com um porto mais moderno, mais capacitado e menos burocrático (e caro) que os nacionais, principalmente no Sul do Brasil.


“CARRO FANTASMA” aparece na RÚSSIA [VÍDEO]

Surgiu na semana passada, na internet, um vídeo no mínimo intrigante. Um carro aparece ‘do nada’ no meio de uma estrada, na Rússia, e quase colide com um outro carro.
De acordo com o Daily Mirror, as imagens foram captadas por uma câmara de filmar colocada no para-brisas de um dos veículos que circulavam na mesma estrada.
Mostram um BMW a virar à esquerda numa interseção bastante movimentada e, de repente, quase colide com um carro que não se consegue perceber de onde surge.
A mesma publicação avança que existem rumores de que as imagens possam ter sido manipuladas ou que o carro ‘fantasma’ pode ter acelerado de repente.
Veja o vídeo que foi publicado no YouTube:



http://filosofiaimortal.blogspot.com.br/2014/04/carro-fantasma-aparece-na-russia-video.html

RESSURGIMENTO DO NAZISMO: Na Ucrânia panfleto convoca judeus a se registrarem na cidade de Donetsk

SÃO PAULO  -  Um panfleto distribuído em Donetsk, na Ucrânia, convocando todos os judeus com mais de 16 anos a se registrarem causou polêmica e fez com que o próprio secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, se pronunciasse sobre o que classificou de “grotesco”.
O texto exige que os judeus forneçam uma lista detalhada de todos os bens que possuem ou poderiam ter sua cidadania revogada, serem deportados ou ter seus bens confiscados.
Para Kerry, eles foram intimados a se registrarem junto às autoridades, o que classificou de intolerável.
“Nos últimos dois dias, os avisos foram enviados para judeus em uma cidade, indicando que eles tinham que se identificar como judeus ou sofreriam as consequências. Isso não é apenas intolerável, é grotesco”, afirmou.
Escrito em russo e com um símbolo nacional do país e da República Popular de Donetsk, o documento pede que todos os judeus que vivem na cidade se apresentem.
“Queridos cidadãos ucranianos de origem judaica. Graças ao fato de que os líderes da comunidade apoiaram Bendery Junta (uma referência a Stepan Bandera, nacionalista ucraniano que liderou um movimento pela independência da Ucrânia na Segunda Guerra Mundial) e se opõem ao governo interino de Donetsk, pró-russo, decidimos que todos os descendentes de judeus, com mais de 16 anos e que vivem neste território, terão que comparecer à Administração Regional de Donetsk para serem registrados.”, informa o texto.
O panfleto detalha, ainda, os tipos de documentos que os cidadãos teriam de fornecer. E informa que ainda deveriam pagar uma taxa de inscrição de US$ 50. “Identidade e passaporte são necessários, bem como documentos religiosos que comprovem o judaísmo e outros de todos os bens, incluindo veículos.”
Em entrevista ao jornal Ynetnews, Alex Tenzer, morador de Kiev e um dos diretores da Associação Nacional de Imigrantes da Antiga União Soviética em Israel, a liderança judaica-ucraniana apoia o novo governo da Ucrânia, mas é difícil dizer se o folheto é válido ou simplesmente uma provocação.

Ativista pró-Rússia faz guarda em frente a uma bandeira da chamada ‘República Popular de Donetsk’
Foto: GENYA SAVILOV / AFP
“De qualquer forma, é antissemita e me faz lembrar o tipo de material distribuído pelos nazistas na Segunda Guerra Mundial.”
Nesta quinta-feira, 17, cerca de 2 mil pessoas se manifestaram por uma Ucrânia unida em Donetsk, região onde ativistas pró-russos ocuparam prédios públicos e depósitos de armas. As autoridades municipais negaram o direito à realização do evento no centro da cidade e a manifestação precisou ser realizada em um parque afastado. No mês passado, um manifestante foi morto durante confrontos com ativistas pró-russos após um protesto.
“Eu vim para mostrar que queremos uma Ucrânia unida, que não queremos o separatismo. Muitas pessoas apoiam a ideia de uma Ucrânia unida, mas têm medo de se expressar. Demonstrar patriotismo é muito perigoso” declarou Andrii, de 36 anos.
No palco, cinco sacerdotes, ortodoxos e greco-católicos (uniatas) recitaram o Pai Nosso, entoado pela multidão. “Na situação em que estamos, só Deus pode nos ajudar”, disse à multidão o padre Vassyl.


FONTE:
http://www.valor.com.br/internacional/3521014/ucrania-panfleto-convoca-judeus-se-registrarem-na-cidade-de-donetsk#ixzz2zY0MDp83

http://illuminatielitemaldita.blogspot.com.br/2014/04/ressurgimento-do-nazismo-na-ucrania.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed:+IlluminatiAEliteMaldita+(ILLUMINATI:+A+ELITE+MALDITA)

Ao contrário de Chernobyl, Fukushima nunca foi trazida sob controle, e a radiação se espalha por todo o mundo

© Foto: Flickr.com / hige-daruma ひげ だるま mulher atraente versão / cc-by


Um gerente da usina nuclear de Fukushima aleijado, Akira Ono, admitiu que os manipuladores de desastre nuclear não está no controle total do processo de limpeza. O anúncio de Ono adicionado às preocupações incessantes que operadora da usina Tokyo Electric Power Co foi deixando de enfrentar os inúmeros problemas na estação. Na semana passada, a planta vi outro erro quando 203 toneladas de água altamente contaminada foram bombeados para dentro do prédio errado. A Voz da Rússia pediu Joseph Mangano , epidemiologista e diretor executivo da Radiação e grupo de pesquisa do Projeto de Saúde Pública, sobre os riscos de a precipitação de Fukushima.

Mais cedo, a Tepco afirmou que o tratamento de água contaminada seria concluída até março de 2015. Agora operador da planta faz projeções mais modestas e descreve o prazo anterior como uma "meta difícil". O governo japonês tem prestado TEPCO com recursos e equipamentos, mas a empresa ainda permanece sob o fogo para a forma como está a lidar com as consequências do desastre nuclear de 2011.

Um gerente da usina nuclear de Fukushima aleijado, Akira Ono, admitiu que os manipuladores de desastre nuclear não está no controle total do processo de limpeza. E, na verdade, parece que temos ouvido isso muitas vezes agora ao longo dos anos. É este o nada eo que você faz essa afirmação vem de Akira Ono? Isso, talvez, mostrar que os japoneses estão agora a ser mais franco sobre a situação na mão?

Essa é a nova peça que a verdade está começando a sair. Mas as pessoas têm conhecido desde o início que esta não só foi um grande desastre, mas que nunca foi trazido sob controle, em comparação com Chernobyl, que foi o outro grande acidente nuclear, que foi trazida de controle - foi enterrado e colocado sob um sarcófago dentro de vários meses. Isto é diferente. Isso é mais de três anos depois. Radiação ainda está vazando para o ar e ele ainda está vazando para o Oceano Pacífico e não em pequenas quantidades, mas em muito, muito grandes quantidades.

Temos ouvido sobre o quão ruim é isso e como isso está ficando no Oceano Pacifi, e como ela vai contaminar os oceanos e os peixes, e os riscos para os moradores e pessoas que realmente não vivem mesmo perto local do desastre de Fukushima. Mas será que eles poderiam ter feito muito mais do que eles fizeram? Essa é a pergunta que realmente parece ser pertinente, porque nós ouvimos muito sobre isso e nós ouvimos a comunidade internacional dizendo que ele está sendo mal tratado. Mas ninguém tem realmente se envolvido nele. O que mais poderia ter sido feito?

Essa é uma ótima pergunta. E eu honestamente não tenho uma resposta. Talvez TEPCO eo governo japonês ter feito tudo o que podiam. Acho que o ponto chave aqui é que reatores nucleares são capazes de terríveis desastres, terrível como este, que não podem ser controlados. E a verdadeira parte triste é que as pessoas sofrem, as pessoas ficam doentes, as pessoas morrem quando são expostos a esses produtos químicos muito perigosos.

Quantos mais usinas nucleares que temos em sites que têm alta atividade sísmica?

Muitos. Eu não sei o número exato, mas mesmo que seja um só, que é demais.

Que países é que eles estão? Eu só estou querendo saber, talvez o mundo tenha aprendido alguma coisa com o desastre TAPCO Fukushima.

Eu estou mais familiarizado com os EUA. E, certamente, desde 2011 em Fukushima, tem havido um relatório público sobre o número de usinas nucleares dos EUA que estão localizados em uma dobra sísmica ou estão em risco de um terremoto. E eu esqueci o número exato. Existem 63 plantas em os EUA com 100 reatores. E pelo menos uma dúzia são em dobras.

São aqueles mais seguro do que a planta TEPCO foi?

Não!

Assim, é praticamente a mesma situação. Só que não havia tsunami nos sites que estamos a falar, não havia terremoto ainda.

Certo! Se há uma grande chance de um terremoto e um tsunami ou uma chance baixa, ainda é uma possibilidade e que faz isso muito perigoso.

Falando sobre a comunidade internacional, parece que não muito foi aprendido em qualquer caso. Nós não vimos uma grande diminuição do número de plantas ou plantas nem perto. Eu acho que a Alemanha estava fazendo alguma coisa. E sobre a real limpeza de o que sobrou do desastre TEPCO? Existe alguma coisa que a comunidade internacional pode fazer para ajudar o Japão e vai Japão aceitar isso?

Eu acho que é uma questão mais de um engenheiro ou um especialista em política. Nossa experiência é a saúde. E eu acho que é algo que tem sido amplamente ignorado pelo governo japonês e da indústria. Nossa organização é o único que está publicando artigos em revistas médicas sobre as doenças e taxa de mortalidade após Fukushima.

Já publicou quatro deles. Em os EUA, é muito difícil obter bons dados do Japão. Descobrimos que, na costa oeste, que foi o mais atingido, as taxas de bebês nascidos com glândulas tireóide defeituosas aumentou cerca de 17 por cento. E descobrimos que a mortalidade infantil também aumentou em os EUA.

Além disso, existe um estudo em curso no Japão pela Universidade Médica de Fukushima. E eles testaram glândula tireóide, que são muito sensíveis à radiação de cerca de 250 000 crianças da região.Até agora, eles descobriram duas coisas. Um deles, eles descobriram que 46 por cento, quase metade eo número de crescimento, dessas crianças quer ter um cisto ou um outro tipo de crescimento em sua glândula tireóide, não canceroso, mas pré-cancerosas. E eles também encontraram 75 crianças com câncer de tireóide, o que é muito raro. Em uma população como a que seria de esperar cerca de 2-3 casos.

Tem tudo o resto foi descartada? É este definitivamente ligada a Fukushima?

Naturalmente, teremos de olhar para outros fatores potenciais, tais como assistência médica, da pobreza. Mas essas coisas não mudam no curto prazo. Essas coisas não mudam nove meses antes, nove meses depois. Mas houve uma grande mudança - a chegada de quantidades substanciais de precipitação do Japão. E você sabe que as crianças são muito mais sensíveis à radiação do que os adultos.

Estudando crianças é apenas o começo. Se as crianças podem ter sido prejudicados, isso significa que os adultos podem ter sido prejudicados. A doença não aparece muito rápido, às vezes leva anos ou mesmo décadas. Em 2009, um livro pelos cientistas russos liderados por Alexei Yablokov estima que nos primeiros 20 anos após Chernobyl houve 1 milhão de mortes eo número ainda está subindo. Isto é o que vai acontecer no caso de Fukushima.

No entanto, aqui estão algumas diferenças com Chernobyl. Número um, em Chernobyl houve um reator que derreteu. No Japão, havia núcleos de três reatores "que derretidos. Número dois, Chernobyl foi uma nova fábrica e só operou Eu acho que dois ou três anos. Em Fukushima estes reatores estão em funcionamento há mais de 30 anos e os resíduos de alto nível foi afetado pela crise. E a outra diferença é que, uma vez mais, Chernobyl foi enterrado dentro de dois ou três meses. Neste caso, é de três anos depois e ele ainda não está sob controle e as emissões continuam e, eventualmente, eles estão vindo de todo o mundo.

Em março de 2011, um forte terremoto e tsunami bateu a usina nuclear de Fukushima, causando o colapso de três reatores.

O dia após o desastre que atingiu o Japão, a usina começou a libertar quantidades substanciais de materiais radioativos. O acidente de Fukushima que se acredita ser a maior desde 1986 Chernobyl desastre. Ele foi classificado nível 7 na Escala Internacional de Eventos Nucleares.

Alguns 160.000 pessoas foram deslocadas devido ao acidente nuclear. 15.884 pessoas morreram em decorrência do terremoto e tsunami. Nenhuma fatalidade de exposição à radiação imediatos foram relatados.

Em agosto de 2013, a operadora TEPCO da usina descobriu que cerca de 300 toneladas de água altamente radioativa vazou de um tanque no chão.

Os vazamentos radioativos continuam a ser um dos problemas mais prementes e seriamente afligem todo o processo de limpeza.

Há algumas semanas, os moradores de um pequeno distrito cerca de 12 quilômetros da usina de Fukushima foram autorizados a voltar para casa pela primeira vez desde o desastre nuclear.

FONTE: 

http://illuminatielitemaldita.blogspot.com.br/2014/04/ao-contrario-de-chernobyl-fukushima.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed:+IlluminatiAEliteMaldita+(ILLUMINATI:+A+ELITE+MALDITA)

Roma: Fundação em 21 de abril de 753 a.C.

Posted by  on April 21, 2014
roma-loba-spqr-romulo-remo
Fundação de Roma em 21 de abril de 753 a.C. Não está definitivamente provado, mas supõe-se que a cidade de Roma tenha sido criada no dia 21 de abril de 753 antes de Cristo. Uma face (a negra) da mesma moeda cuja contraparte é BRASILIA, também criada no MESMO DIA…separadas por 2.713 anos…
“E veio um dos sete anjos que tinham as sete taças, e falou comigo, dizendo-me: Vem, mostrar-te-ei a condenação da grande prostituta que está assentadasobre muitas águas;” Apocalipse 17:1
Edição e imagens:  Thoth3126@gmail.com
A resposta mitológica à criação de Roma surgiu quando a cidade já havia virado império mundial. Conta a lenda que Eneias, filho do rei de Troia e da deusa Vênus-Afrodite, fugiu de sua cidade durante uma batalha. Acompanhado de alguns homens, seguiu para a península itálica, onde seu filho Ascânio iniciou um povoamento chamado Alba Longa.
Arco_de_SeptimiusSeverus-roma
O FÓRUM Romano, o centro político, econômico, cultural e religioso da cidade durante a República e, mais tarde, durante o Império, está agora em ruínas. Foro Romano. Da esquerda, em primeiro plano: as três colunas do templo de Vespasiano e Tito, o arco de Sétimo Severo, e o Templo de Saturno.
Dois descendentes de Eneias – Numitor e Amúlio – apareceriam mais tarde em relatos sobre a criação de Roma. A lenda continua: ao morrer, Sílvio Procas, duodécimo rei de Alba Longa, teria deixado dois filhos. O mais moço, Amúlio, apoderou-se do trono, preterindo Numitor, seu irmão mais velho. Para garantir o reinado de seus descendentes, matou Lauso, filho de Numitor e obrigou sua sobrinha, Reia Sílvia, a jurar castidade.
Contudo, Marte, o deus da guerra, tornou Reia Sílvia mãe dos gêmeos Rômulo e Remo. Quando Amúlio soube disso, condenou Reia Sílvia à morte e ordenou que os dois recém-nascidos fossem lançados numa cesta ao rio Tibre. Arrastadas pela correnteza, as crianças teriam sido encontrados por uma loba, na base do monte Palatino, que passou a amamentá-los.
Nos rastros da loba, pastores da vizinhança encontraram os gêmeos e se encarregaram de criá-los. Rômulo e Remo foram levados à presença do solitário Numitor, que reconheceu seus netos e lhes contou a desonra. Num ato de vingança, eles tomaram o palácio de Alba Longa, mataram o rei Amúlio e entronizaram novamente o avô Numitor.
roma-setecolinas-a
Aqui o sentido, que tem sabedoria. As sete cabeças são sete montes, sobre os quais a mulher (Roma, a prostituta) está assentada“. Apocalipse 17:9
Em sinal de gratidão, receberam a autorização para fundar uma cidade no local em que haviam sido abandonados. Por vontade dos deuses, o povoado, logo cercado de muralhas, se chamou Roma. Remo zombou do fosso de defesa aberto ao logo da muralha e foi morto pelo furioso Rômulo. Ambicioso em seus projetos, este começou a povoar a cidade com pastores, bandidos, escravos fugitivos e aventureiros. 
Roma é um nome etrusco. Pelos cálculos do historiador romano Marcos Terêncio Varro (116 a.C. – 27 a.C.), levando em conta a lenda de Rômulo e Remo e a mitologia grega, 753 a.C. foi o ano da fundação de Roma. Alguns arqueólogos estimam, porém, que a cidade foi fundada no ano 600 a.C. Não se descarta também a hipótese de que Roma resultou da fusão de pequenos povoados latinos e sabinos do Palatino numa comunidade urbana.
Certo é que o nome “Roma” veio dos etruscos, um povo de origem desconhecida que desapareceu na história, deixando rastros enigmáticos de sua cultura, religião e legislação no Império Romano. Os arqueólogos também encontraram marcas dos etruscos nas técnicas de urbanismo e canalização. Pouco a pouco, os romanos conseguiram se livrar do domínio etrusco, expandindo sua influência primeiro em toda a península itálica, conquistando um a um todos os demais povos para finalmente, no ano de 286 a.C.  chegar o momento da história em que a cidade estado de ROMA  consolida o seu domínio da Península Itálica  inteira derrotando a coligação de tribos do Sâmnio, os samnitas
Roma-Italia-400aC
Península italiana em 400 a.C. e a área de influência dos seus principais povos.
Em seguida derrota o Exército de Pirro, do Épiro (hoje a Albânia) para então começar a sua expansão em guerras de conquista em direção a todas as terras e culturas banhadas pelo Mar Mediterrâneo chegando até à Mesopotâmia (hoje o Iraque), para mais tarde, iniciar a sua expansão em direção ao norte da África, na Europa Central e Ocidental, na Grécia e Ásia Menor e nas Ilhas Britânicas, como mostra o mapa a seguir.
Antes,  em 509 a.C., a monarquia foi derrubada e instaurou-se a República. De 200 a.C. até o ano 476 d.C, Roma atravessou seis séculos de contínua expansão territorial, formando um império ainda mais vasto do que o de Alexandre, o Grande.
Tomada pelos germanos, em 476, Roma entrou para a história como símbolo de poder e “civilização”, de tragédia e glória – a “cidade eterna“ . Ainda hoje, qualquer escavação ou simples canteiro de obras na região de Roma revela novos detalhes do passado da cidade.
A história de Roma abrange mais de dois mil e quinhentos anos, desde a sua fundação lendária em 753 a.C. Roma é uma das mais antigas cidades continuamente ocupadas na Europa e é conhecida como “A Cidade Eterna”(n.t. Mas que esta com os seus dias contados…), uma ideia  expressa por poetas escritores da Roma Antiga.
Animação da evolução territorial do Estado romano de acordo com a PASSAGEM DO TEMPO, desde 510 a.C. até 480 d.C. 
No mundo antigo, foi sucessivamente a capital do Reino de Roma, da República Romana e do Império Romano e é considerada um dos berços da civilização ocidentalDesde o século I, a cidade é a sede do papado e da religião católica e no século VIII a cidade tornou-se a capital dos Estados Pontifícios, que duraram até 1870. Em 1871, Roma se tornou a capital do Reino da Itália e em 1946 da República Italiana.
E na sua testa estava escrito o nome: Mistério, a grande babilônia, a mãe das prostituições e abominações da terraE vi que a mulher estava embriagada do sangue dos santos, e do sangue das testemunhas de Cristo. Apocalipse 17:5-6
Após a Idade Média, Roma foi governada pelos papas Alexandre VI e Leão X, que transformaram a cidade em um dos principais centros do Renascimento italiano, juntamente com Florença. A versão atual da Basílica de São Pedro foi construída e a Capela Sistina foi pintada porMichelangelo. Artistas famosos e arquitetos, como BramanteBernini e Rafael, residiu por algum tempo em Roma, contribuindo para a sua arquitetura renascentista e barroca.
Roma é considerada uma cidade global. Em 2007, ela foi a 11ª cidade mais visitada do mundo, a terceira mais visitada da União Europeia e a atração turística mais popular na Itália. A cidade tem uma das melhores “marcas” da Europa, tanto em reputação quanto em patrimônio. O seu centro histórico é classificado pela UNESCO como Patrimônio Mundial. Monumentos e museus tais como os Museus Vaticanos e o Coliseu estão entre os destinos turísticos mais visitados do mundo, sendo que ambos os locais recebem milhões de turistas por ano.
roma-coliseu
O Coliseu de Roma. O “Pão e Circo” ainda é o que mais interessa as massas ignorantes, desde os tempos da Roma imperial…
“Depois ouvi um santo que falava; e disse outro santo àquele que falava: Até quando durará a visão do sacrifício contínuo, e da transgressão assoladora, para que sejam entregues o santuário e o exército, a fim de serem pisados? E ele me disse: Até duas mil e trezentas tardes e manhãs; e o santuário será purificado”.  Daniel 8:13-14.
Nos dias de hoje já estamos no início do tempo que marca o final do período de 2.300 anos dito ao profeta Daniel, em sua visão, que consta em seu livro na Bíblia, capítulo oito, versículo treze e catorze referente às duas mil e trezentas manhãs e tardes (um período de 2.300 anos) até que o “Santuário” seja purificadoDaniel, 8: 13 e 14
Esse período se iniciou em 286 a.C. {286 + 2014 = 2.300 anos (manhãs e tardes)}, é o momento da história em que a cidade estado de ROMA  consolida o seu domínio de toda a Península Itálica  derrotando a coligação de tribos do Sâmnio, os samnitas e então começa a sua expansão e guerras de conquista em direção a todas as terras e culturas banhadas pelo Mar Mediterrâneo, desdeo norte da África, a Bretanha,Península Ibérica até à Mesopotâmia (hoje o Iraque), conforme também foi profetizado em todo o Capítulo 8 do livro de Daniel.
O momento que a nossa atual civilização planetária vive AINDA é fruto do expansionismo do Império romano (desde o seu principio criado e conduzido pelaIrmandade das Trevas), que formou as nações europeias à ferro e fogo com a ajuda da Igreja católica, (que mais tarde substituiu o império romanoe que depois povoou o “Novo Mundo”, as Américas do Norte, Central e do Sul e partes da Ásia.
roma-incendio
O fim de Roma e da civilização ocidental esta muito próximo…
Toda a estrutura da nossa atual sociedade dita “moderna”,  a começar pela jurídica, com advogados, juízes, “FÓRUM” (o Direito “Romano”), dos três poderes, o executivo (Prefeituras, estados e países), legislativa (Senado e Câmara) é a continuidade da estrutura corrupta de poder implantada desde o surgimento da cidade estado imperial de ROMA, continuado após o seu fim pela igreja católica e que termina em breve com a destruição completa da cidade de Roma e do Vaticano.
É um sistema falso, patriarcal e corrupto até as suas mais profundas raízes e é mantido pela preguiça, ignorância e indigência mental dos indivíduos que ao longo desse tempo o aceitaram como a única realidade possível e que desde os tempos da Roma Imperial só querem “PAO E CIRCO” e tem suas vidas manipuladas com base em um sistema de controle aperfeiçoado nos últimos duzentos e quarenta anos.
Manipuladas e controladas desde este tempo, quando foi criada a Sociedade dos Illuminati, em Frankfurt, em 1773, quando Mayer Amschel Bauer (um alemão Khazar que mais tarde mudou o sobrenome para ROTHSCHILDreuniu doze de seus mais influentes amigos, e os convenceu de que se eles colocassem todos os seus recursos materiais juntos, eles poderiam governar o planeta inteiro (surge assim o núcleo principal e controlador do GRUPO ILLUMINATI que DESDE A SUA FUNDAÇÃO  É  composto por  TREZE FAMÍLIAS).
Mas o fim DESTE ATUAL SISTEMA DE CONTROLE e manipulação da consciência planetária está muito próximo, restam apenas mais 48 meses (Abril de 2018) e então o reinado de Roma, da igreja católica, do judaísmo - Jerusalém - e do islamismo – Meca – (ou seja o fim das religiões) e seus parceiros Illuminati termina em completo colapso. O maior expoente e HERDEIRO FINAL dos tempos do Império Romano atualmente é os EUA e a UE-União Europeia junto com o Vaticano em primeiro plano.
Nabucodonosor-estátua
Os EUA e suas forças armadas, os seus exércitos, hoje são as  “modernas legiões” de soldados romanos, se infiltrando e dominando os quatro cantos do planeta, com dezenas de bases militares em países estrangeiros, o país com a maior força militar, sua marinha de guerra com seis frotas navais (uma para cada oceano) e onze porta aviões (alguns nucleares), e que apenas um sozinho (USS Enterprise, o maior navio do mundo, com oito reatores nucleares) tem capacidade de destruir um país de tamanho médio e matar toda a sua população usando suas armas atômicas. 
Muito mais poderia ser dito, mas fiquemos nisso. Devemos ter consciência de que a batalha entre “os Filhos da Luz” contra a Irmandade das Trevas se intensificará radical e exponencialmente a partir deste ano de 2014, quando se intensifica (vide crises na Ucrânia, Rússia, Crimeia, Coreia do Norte, Venezuela, fortes terremotos, excesso de frio e calor, secas, etc…) o ciclo final de depuração e cura do planeta inteiro.
Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá. Portanto, vede prudentemente como andais, não como NÉSCIOS, mas como sábios   Efésios 5: 14 e 15
Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

Brasilia: Fundação em 21 de abril de 1960

Posted by  on April 21, 2014
BRASIL, o EGITO, Juscelino Kubitscheck,  Akhenatone BRASILIA 
A fundação de Brasília, no inicio dos anos sessenta, no século passado, após duas grandes guerras mundiais, trouxe uma mensagem positiva e pacífica para a Humanidade.  
A mensagem de Brasília é tão forte e atual que, em data de 7 de Dezembro de 1987, a Unesco a reconheceu como Patrimônio Cultural da Humanidade, é a primeira cidade moderna do mundo a receber tal título!  Inaugurada em 21 de abril de 1960, pelo então presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira, Brasília é a terceira capital do Brasil, após Salvador e o Rio de Janeiro. A transferência dos principais órgãos da administração federal para a nova capital foi progressiva, com a mudança das sedes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário federais. O surgimento de Brasilia marcou o princípio do período final de nossa civilização e o começo de uma nova era, quando uma nova raça humana, mais evoluída, surgirá no Planalto central brasileiro… mas esta é outra história.
No século XIV a.C., na XVIII Dinastia, no reinado do Faraó Akhenaton, anteriormente conhecido por Amenhotep IV (Amenóphis IV, em grego), o primeiro monoteísmo da história foi implantado no Egito, o culto a Aton (o Disco Solar) para,depois de cumprir com seu propósito, poucos anos mais tarde desaparecer nas névoas do tempo.
O Olho “Esquerdo” de Hórus, (Filho de ÍSIS e OSÍRIS) símbolo da escola iniciática FEMININA no antigo Egito.
Akhenaton, o Faraó que foi um verdadeiro Príncipe da Paz, deixou-nos um importante legado espiritual, plenamente válido e precioso para a Humanidade no século XXI, que já enfrenta sérios problemas de ordem planetária. Talvez os seus ensinamentos possibilitem aos seres humanos o resgate das suas Raízes Solares, espirituais e físicas, auxiliando cada um de nós a encontrar o seu verdadeiro lugar no Universo, objetivo principal de nossa existência neste planeta. 
E este é um personagem que merece um esforço maior de nossa parte no sentido de estudarmos com mais profundidade quem “realmente” foi o Faraó Akhenaton/Amenhotep IV. Seja curioso (a) e pesquise a respeito… Akhenaton criou um hino dedicado ao único deus em que ele acreditava, chamado de
O Hino a ATON
 
Tu és belíssimo sobre o horizonte, Ó radioso Aton, fonte de Vida!
Quando te ergues no oriente do céu, teu esplendor abraça todas as terras.
Tu és belo, tu és grande, radiante és tu.
Teus raios envolvem todas as terras que criaste,
Todas as terras se unem pelos raios de teu amor.
Tão longe estás, mas seus raios tocam o chão;
Tão alto estás, mas teus pés se movem sobre o pó.
Tu és vida, por ti é que vivemos,
Os olhos voltados para tua glória, até a hora em que, imenso, te recolhes…
Criaste as estações para renascer todas as tuas obras.
Criaste o distante céu, para nele ascender.
A Terra está nas tuas mãos, como aos homens criaste.
Se tu nasceres eles vivem, se te pões eles morrem.
Tu és propriamente a duração da vida, e vive-se unicamente através de ti!
Acima: O Disco solar representando ATON, segurando a cruz Ansata (o Sagrado ANKH dos egípcios) nas mãos de Aton, o DOADOR DA VIDA.
Akhenaton declarou-se o seu único sacerdote e profeta, escrevendo um hino no qual proclamava a grandeza do SOL como criador de todas as coisas, e a igualdade entre todos os homens. A semelhança desse hino com o Salmo 104, do Antigo Testamento, faz pensar que ambas as religiões compartilharam as suas idéias sobre o monoteísmo em um momento de sincretismo.
 Esquerda: Um busto de Akhenaton, Amenhotep IV, o patrocinador, entre outras coisas, da Ordem RosaCruz. 
Hino a Aton foi encontrado escrito nas paredes de vários túmulos de funcionários de Akhenaton, na nova capital fundada pelo faraó na atual Tell el-Amarna, antiga Akhetaton. A cópia mais completa foi descoberta no túmulo de Ay, funcionário de Akhenaton e sucessor de Tutankhamon como rei. Assim como o disco solar, o templo dedicado a ATON era aberto, com um grande pátio onde recebia os raios solares.
A fundação de Brasília, no dia 21 de abril de 1960, não significou apenas a construção de mais uma cidade planejada. Todo o projeto do plano-piloto continha um significado profundamente místico e cuja origem era claramente egípcia. O Presidente Juscelino Kubitschek é considerado por alguns místicos, esotéricos e ocultistas como um “faraó do século XX”, que projetou seu sonho grandioso na construção de Brasília, atendendo a um anseio profundamente enraizado em sua alma. Para esses místicos, ele seria a reencarnação do próprio Faraó Akhenaton…
Direita: A bela Nefertite, a esposa ( e “irmã”) de Akhenaton.  Quanto à hipotética reencarnação, o mais correto seria imaginarmos que Juscelino Kubitschek foi “impregnado” pela atmosfera mística de Akhetaton. Isso, anos mais tarde, foi determinante para a fundação de Brasília. Inegável que Brasília é, portanto, uma nova Akhetatona cidade sagrada de Aton, o deus Sol. A Cidade do ( significado do nome Akhetaton) Horizonte de Aton, ou seja, do nascer e pôr-do-sol, do Deus vivo e presente na vida de todas as pessoas.
Tell el-Amarna é o nome atual em árabe de uma antiga cidade construída por Akhenatonpara funcionar como a nova capital do Antigo Egito durante o reinado do faraó  Akhenaton (também conhecido como Amenhotep IV ou Amenófis IV), que naqueles tempos era chamada de Akhetaton (“O Horizonte de Aton”) em homenagem a ATON, a principal divindade adorada pelo faraó. Está situada na margem oriental (Leste) do rio Nilo na província egípcia de Al Minya, a cerca de 312 quilómetros a sul da cidade do Cairo.
As ruínas da cidade de Akhetaton, hoje Tell el Amarna, o projeto de um pássaro com as asas abertas, voltado para o Leste, para o local do nascimento da LUZ, do SOL, de ATON exatamente como Brasilia, também voltada para o Leste, onde surge o Sol e com traçado semelhante a um pássaro de asas abertas, como o traçado de Akhetaton.
Abaixo e à esquerda: O projeto/desenho de Brasilia (desenho de um pássaro voltado para o leste, para o nascer do sol, como a cidade de Akhenaton.) também reproduz o símbolo máximo que representa a Alma humana, um pássaro, como a Fênix mitológica que renasce das cinzas.
Os brasileiros, em geral, desconhecem o verdadeiro significado (inclusive da sua própria existência pessoal) místico que envolve a construção de nossa Capital Federal, Brasilia. Existiriam mistérios e segredos, véus a serem desvelados? Quais teriam sido os fatores determinantes para a construção de Brasília?
O “pássaro de Brasilia”, voltado para o nascer do Sol, o Leste, projeto semelhante ao de Akhetaton.
Brasília, através de sua bela arquitetura, é um livro aberto para todos nós. Mas somente aqueles que conseguirem entender o que existe oculto nas entrelinhas, onde estão as mensagens ocultas, encontrarão um grande e inestimável tesouro. 
Descobrirão, também, que um dos mais significativos acontecimentos históricos do século XX, embora nem todos pensem dessa forma, foi a construção, em pleno Planalto Central, da nova Capital do Brasil: Brasília.
A fundação de Brasília, na década de 1960, após duas grandes guerras mundiais, trouxe uma mensagem positiva e pacífica para a Humanidade. A mensagem de Brasília é tão forte que, em data de 7 de Dezembro de 1987, a Unesco a reconheceu como Patrimônio Cultural da Humanidade, é a primeira cidade moderna do mundo a receber tal título!
Por volta de 1930, Juscelino, quando ainda era um jovem estudante, viajou pelo Mediterrâneo e visitou a cidade deTell El-Amarna, a Akhetaton. Essa visita definiria parte da história de nosso País. Ali, em meio às areias quentes do deserto, surgiu a semente da cidade que, um dia, seria chamada de Brasília.
Levado pela admiração que tinha por esse autocrata visionário,  Akhenaton, cuja existência quase lendária eu surpreendera através das minhas leituras em Diamantina, aproveitei minha estada no Egito para fazer uma excursão até o local, onde existira Tell El-Amarna/Akhetaton.” 
À direita: J.K. em capa da revista norte americana TIME, significativamente COM UM SOL, no canto superior direito, sendo saudado por um indígena (raça vermelha), de fevereiro de 1956.
“…vi os alicerces da que havia sido a capital do Médio Império do Egito. A cidade media oito quilômetros de comprimento por dois de largura. À margem leste do Nilo, jardins verdejantes haviam sido plantados e, atrás deles, subindo a encosta da rocha, erguera-se o palácio do Faraó, ladeado pelo grande templo”. 
“…tudo ruínas! O grande sonho do Faraó-Herege convertido num imenso montão de pedras, semi-enterrado na areia!”  (Palavras de Juscelino em Meu Caminho para Brasília, JK, p.111)
São explicações que poucos compreenderam até agora, pois, para entendê-las, é necessário conhecer a fascinante história do próprio Faraó Akhenaton. Conhecer os fatos ocorridos no Egito há mais de três milênios. Da história da XVIII Dinastia!… Sem entendermos a história e a mensagem de Akhenaton, certas decisões de Juscelino Kubitschek ficarão envolvidas em profundo mistério.
O livro “Brasília Secreta” da egiptóloga Iara Kerns e do empresário Ernani Figueras Pimentel, publicado pela Editora Pórtico, mostra claramente essas intrigantes relações entre Akhenaton e Juscelino, bem como entre Akhetaton (a cidade sagrada) e Brasília.
“Segundo especialistas esotéricos, Juscelino e Brasília vieram nos dias atuais para iniciar um período final de consolidação da história humana, o final de um grande ciclo, ao que Akhenaton e a cidade de Akhetaton deram o início. Tanto Juscelino quanto Akhenaton construíram para o futuro, apesar de os outros faraós terem construído para os mortos, na própria visão de Juscelino.” Mas Brasilia hoje é o nosso presente e em breve assumira o seu papel no final do ciclo dessa civilização, que foi aberto por Akhenaton, há quase quatro mil anos.
 Livro Brasilia Secreta
São João Melchior Bosco, em italiano Giovanni Melchior Bosco, mais conhecido como “Dom Bosco”, nasceu em 1815, na Itália, e faleceu em 1888. Ordenado pela Igreja Católica, foi canonizado em 1934.
Em 30 de agosto de 1883, Dom Bosco teve uma visão profética a respeito de uma cidade que seria construída entre os paralelos 15º e 20º, que muitos entendem como sendo Brasília: “…entre os paralelos 15º e 20º graus, havia uma enseada bastante extensa e bastante larga, partindo de um ponto onde se formava um lago…”
Nessa terra, conforme a visão de Dom Bosco, surgiria uma grande civilização, na qual jorraria leite e mel. Essas palavras proféticas influenciaram a decisão final quanto ao local onde seria instalada a nova Capital Federal do Brasil.  Mas há quem diga que a proposta de construir Brasília no interior do País teria partido de José Bonifácio de Andrada e Silva, que, em carta à Corte, em Lisboa, sugere: “Criar uma cidade central no interior do Brasil, para assento da Regência que poderá ser em 15° de latitude, em sítio sadio, ameno, fértil, e junto a algum rio navegável…”  Em 1822, a idéia de José Bonifácio de Andrada e Silva é aprovada pelos deputados brasileiros e o nome “Brasília” é sugerido por ele próprio, anonimamente um ano mais tarde.
 Imagem dos dois eixos (reprodução da letra grega Chi=X equivalente ao CH, a letra inicial da palavra Cristo) de Brasilia tirada pelo fotógrafo Mário Fontenelle a bordo de um monomotor. Brasília, 1957. (Foto de Mario Fontenelle, Arquivo Público do Distrito Federal).
Juscelino decidiu realizar, no dia 4 de abril de 1955, o seu primeiro comício como candidato à Presidência da República, na ainda pequena cidade goiana de Jataí. Nessa ocasião, foi inquirido por um popular.
Uma pergunta que entrou para a História… A pergunta foi direta: era sua intenção cumprir a Constituição de 1891 e transferir a Capital do Brasil para o interior do País? Sua resposta foi dada de imediato. Em poucas palavras, o destino do Brasil e de Brasilia foi traçado…
“Cumprirei em toda a sua profundidade a Constituição e as leis. A Constituição consagra a transferência. É necessário que alguém ouse iniciar o empreendimento – e eu o farei!”
Esse foi um momento histórico para o País, pois a promessa foi cumprida à risca e no curtíssimo prazo de quatro anos. O autor da pergunta, que também passou a fazer parte da história de Brasília, foi um jovem, Antônio Soares Neto, que ficou conhecido como “Toniquinho JK”. Antônio Soares Neto, o “Toniquinho JK”, advogado. Foi agraciado com o título de “Cidadão Honorário de Brasília”.
Em diferentes ângulos, a cidade de Brasilia.
A homenagem a “Toniquinho JK” foi justa, pois a sua pergunta teve o dom de despertar Juscelino Kubitschek para aquela que seria a grande obra de sua vida. Coincidência ou não, também quatro anos foram necessários para que Akhenaton mudasse o governo da cidade de Tebas para Akhetaton, que também foi planejada e construída em tempo recorde.
Hoje existe, em uma praça na cidade de Jataí, um memorial a Juscelino, em homenagem a esse fato histórico e decisivo para o surgimento de Brasília. Para alguns, se Juscelino é o “pai” de Brasília, Jataí, como resultado da pergunta de “Toniquinho JK”, seria a sua “mãe”.
O que Juscelino não contou para quem aplaudiu as suas palavras, naquele memorável comício em Jataí, realizado numa oficina mecânica e cuja platéia não passava de 500 pessoas, … é que ele tentaria ressuscitar a milenar Tell El-Amarna, a Cidade Sagrada do Faraó Akhenaton, e implantá-la em pleno coração do Brasil!  Brasília, a nova “Capital do Sol, de ATON”, teria a Luz brilhando no firmamento e no coração das pessoas. A “Mensagem Solar” seria transmitida através de sua ousada arquitetura. Sua posse, no cargo de Presidente da República, ocorreu em data de 31/01/1956. Começava a “era de Akhenaton” em solo brasileiro.
Prédio da CEB em Brasilia, uma pirâmide truncada (sem o topo) perfeita.
Com o início da “era de Akhenaton”, estariam à disposição dos brasileiros os fundamentos e princípios da religião Solar, que teve o seu apogeu na Cidade Sagrada de Akhetaton. Um chamamento para os Filhos do Sol!  A construção de Brasília, fruto da visita de Juscelino às ruínas de Tell El-Amarna, marcou, de forma consciente ou não, o início desse notável período de nossa história.
Juscelino, com certeza, foi o instrumento adequado para dar início a um projeto que começa a se tornar mais e mais compreensível nos dias atuais. Com a eleição de Juscelino Kubitschek à Presidência da República, o arquiteto Oscar Niemeyer foi convidado para projetar a nova Capital do País. Niemeyer aceitou desenhar os edifícios governamentais, mas sugeriu um concurso nacional para traçar os planos urbanísticos de Brasília, que foi vencido por Lúcio Costa.
Outra Pirâmide em Brasilia, esta com sete lados, na sede da Legião da Boa Vontade-LBV.
Entre os edifícios de Brasília desenhados por Niemeyer estão: o Congresso Nacional, os Palácios da Alvorada, da Justiça e do Planalto, a Catedral, a Universidade de Brasília, o Teatro Nacional e o Memorial JK. O arquiteto Lúcio Costa nasceu em Toulon, França, em 27 de fevereiro de 1902, filho de brasileiros em serviço no exterior. Após retornar ao Brasil, em 1917, estudou pintura e arquitetura na Escola Nacional de Belas Artes no Rio de Janeiro, diplomando-se em 1924.
Cristal do topo e do centro da Pirâmide da LBV em Brasilia.
Em 1957, venceu o concurso nacional para a elaboração do Plano Piloto de Brasília, tendo em mente uma cidade que seria, intencionalmente, uma obra de arte. Os primeiros esboços de Lúcio Costa. O Plano Piloto de Brasília deveria partir de uma cruz – o “sinal da Cruz”. Segundo historiadores, essa cruz deveria corresponder a um ato de posse da terra.
Conforme havia prometido, Juscelino Kubitschek diz à Nação em data de 21 de abril de 1960: Neste dia – 21 de abril – consagrado ao alferes Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, ao centésimo trigésimo oitavo ano da independência e septuagésimo primeiro da República, declaro, sob a proteção de Deus, inaugurada a cidade de Brasília, Capital dos Estados Unidos do Brasil.
A simplicidade dos esboços de Brasilia feitos por Lucio Costa e que venceu o concurso do projeto.
Todas essas pessoas, Juscelino Kubitschek, Dom Bosco, José Bonifácio, Tiradentes, Lúcio Costa, Oscar Niemeyer e aquele jovem de Jataí, Antônio Soares Neto (Toniquinho JK), foram instrumentos para a realização do grandioso sonho: a criação de uma Capital do Sol, Brasília.
Uma Capital dedicada ao Sol, solar… É isto que, na verdade, a Capital do Brasil representa. Tudo nela foi projetado em função das Tradições Solares do Antigo Egito.  A primeira fonte a ser examinada é Ísis, esposa do deus Osíris. Ísis foi a mais amada de todas as divindades femininas do Egito.
Além disso, no plano arquetipal, é de um simbolismo poderoso. Das asas de Ísis poderia ter surgido a inspiração para as duas asas de Brasília, cujo eixo está alinhado com o nascer (leste) e pôr-do-sol (oeste). O eixo central de Brasília é uma linha que divide a América do Sul em duas partes iguais.
  Carlos Alves denominou o desenho de Brasília como o “Grande Pássaro da Paz”. O eixo de Brasília seria a “Linha de força para o rumo no vôo do Grande Pássaro”. “A figura do ‘Grande Pássaro‘ ou mesmo Nave, como muitos mencionam, é moldada pela geometria do Lago Paranoá. A silhueta do lago é o forno, uma espécie de útero que cria e dá forma à Nave. O ninho criador.”
Abaixo à esquerda, imagem  da Grande (Padroeira) e Mãe do Egito, a ÍSIS NEGRA, a Grande Mãe (da Luz e de todos os sóis) Cósmica e Mãe de Hórus (ÍSIS, é o principio gerador- o Santo Graal – feminino  da divindade e também era adorada pelos Cavaleiros Templários). 
Ao seu lado imagem de  uma estátua de UMA MULHER também NEGRA, da Padroeira e Protetora do Brasil,  N. Senhora Aparecida.
Notar em ÍSIS a figura do triângulo com base para cima e o vértice para baixo formado pelas mãos de ÍSIS: o Símbolo do Triângulo equilátero feminino da energia da Deusa, com ponto central de LUZ (energia que vela pelas terras brasileiras) E DA GERAÇÃO DA LUX, A ENERGIA QUE É A MATRIX da luz, do universo e do nosso planeta Terra. 
ÍSIS (em egípcio: Auset): foi uma deusa da mitologia egípcia, cuja adoração se estendeu por todas as partes do mundo greco-romano. Foi cultuada como modelo da mãe e da esposa ideais, protetora da natureza e da magia e a  FONTE REAL DO PODER DO FARAÓ. Era a amiga dos escravos, pescadores, dos artesãos, dos oprimidos, assim como a que escutava as preces dos opulentos, das donzelas, aristocratas e governantes. Ísis é a deusa da maternidade e da fertilidade.
Brasilia, a Fênix, o pássaro de asas abertas em voo que simboliza a Alma imortal em evolução dos seres humanos.
Carlos AlvesGrande Pássaro da Paz”, “ÍSIS Alada, a Grande Mãe ou o seu filho, Hórus, o “Deus-Falcão”, são diferentes denominações para um mesmo desenho no coração do Brasil.
Esta seria uma poderosa mensagem de paz e esperança não só para os brasileiros, mas para toda a Humanidade, pois o Grande Pássaro da Paz circunda, com seu vôo, a Terra.
O simbolismo de Brasília revela muitas facetas enigmáticas. Mas uma é clara e evidente: o Solstício de Verão do hemisfério Sul, a grande Festa Solar.“O Solstício de Verão (SV) ocorre nas proximidades do Natal, entre os dias 21 e 22 de dezembro. O hemisfério sul recebe uma grande insolação (dia mais longo do ano) nesse dia do ano e é o começo da estação do verão.”
No Solstício de Verão, no Hemisfério Sul, o Sol posiciona-se exatamente sobre o trópico de Capricórnio. A arquitetura do Congresso Nacional com seus dois pratos mostra em um a captação da energia telúrica da mãe Terra/Gaia e no outro a captação da energia cósmica e SOLAR de Aton (VER FOTO DO CONGRESSO E SEUS DOIS “PRATOS” abaixo). A rampa é uma forte herança dos palácios egípcios. O que vemos aqui é uma simbologia esotérica, claramente reconhecível por qualquer pesquisador.
O Templo de Deir Al-Bahari.
O Templo mortuário de Deir Al-Bahari, da Rainha Hatshepsut, em Tebas, a cidade de Amon, hoje conhecida como Luxor. As suas rampas e colunas frontais teriam servido de modelo para a fachada do Congresso Nacional?
O Sol nasce entre os dois edifícios a cada aniversário da cidade, em 21 de abril, mostrando um exato alinhamento astronômico no sentido Leste/Oeste do Eixo Monumental que foi calculado minuciosamente. Mas o Sol se põe, diariamente, no lado oposto, atrás do Memorial de Juscelino. O alinhamento com o Sol e estrelas era essencial na construção das pirâmides e catedrais da Idade Média, assim como é encontrado em todas as construções sagradas do mundo antigo, em todas as culturas. Não foi diferente em Brasília.
O Congresso Nacional em Brasilia e suas duas torres que lembram o formato da “letra H” (símbolo do elemento Hidrogênio…), os dois “pratos”, um captando a energia cósmica e o outro a energia telúrica, duas forças que em breve atuarão com muito maior intensidade no país.
Outra fonte de inspiração: o Templo de Luxor, Karnak. Os dois obeliscos teriam inspirado os arquitetos para construir as duas torres do Congresso Nacional? Alameda no Templo de Luxor. As estátuas guardiãs (pequenas esfinges) teriam servido de modelo para o posicionamento dos ministérios ao longo do Eixo Monumental e com o Congresso Nacional, com o “Templo do Sol e da Lua”, ao fundo? 
 As Esfinges de Luxor 
A arquitetura do Teatro Nacional, idealizado por Oscar Niemeyer, mostra, com clareza, as formas de uma pirâmide truncada. 
Teatro Nacional de Brasilia, uma Pirâmide Truncada
Palácio da Alvorada, que poderia ser chamado de “Palácio do Sol Nascente”, é a residência oficial do Presidente da República. 
A residência do presidente do Brasil o Palácio da Alvorada
Tantos significados de natureza mística e esotérica só podem nos levar à uma outra conclusão: Lúcio Costa e Oscar Niemeyer teriam de saber perfeitamente a verdadeira motivação de Juscelino. Foi, em realidade, um sonho compartilhado entre as Almas desses três personagens da história de Brasília.
Hoje, podemos perceber que o sonho faraônico de Juscelino Kubitschek concretizou-se. Até mesmo uma pirâmide mortuária foi construída para acolher seus restos mortais – a sua “múmia”. Seu túmulo, na mais pura tradição faraônica, fica acima do solo, inteiramente talhado em pedra.
Praça dos TRÊS PODERES, no começo do Eixo Monumental, sentido Leste/Oeste, bem ao fundo a Torre de TV
 Para concluir, a seguir vê-se um segmento de uma espiral do ADN humano, a base da vida material. Um dos mais recentes símbolos de Brasilia é uma nova ponte, a Ponte J.K. que inclusive já foi eleita como a mais bela ponte do planeta e que também é carregada de simbolismo de uma nova era, de um renascimento da raça humana, do surgimento de uma RAÇA DOURADA, dos Filhos do Sol, da LUZ, solar por natureza, por tantos profetizada nos últimos milênios e que deverá surgir justamente no planalto Central do Brasil cuja cidade principal é Brasilia.
 Segmento da hélice do DNA humano,
Esse novo símbolo de Brasilia, essa ponte nada mais é do que uma cópia de um segmento do ADN humano, “com suas fundações dentro da água”, e no útero da Mãe Terra/Gaia que vai gerar esta nova raça.
Se olharmos esta ponte utilizando imagens do Google Earth veremos que ela esta posicionada exatamente no bico de um pássaro gigantesco desenhado pelo solo da cidade às margens do Lago Paranoá, mais um outro simbolismo…
A seguir, a Ponte J.K. e seus Três segmentos de ADN, imersos na “ÁGUA”. O último símbolo do surgimento de uma nova raça humana, a sétima raça raiz, a raça dourada, solar, dos Filhos da Luz, da Grande Mãe Cósmica ÍSIS, que surge no Brasil, centrada no Planalto Central e região Centro Oeste, sendo Brasilia uma cidade predestinada a ser um farol para a humanidade, assim que estiver liberta de um bando de corruptos que teimam em resistir à evolução e em breve serão “removidos”. 
ALGUMAS PROFECIAS SOBRE A PREDESTINAÇÃO do BRASIL:
Uma Profecia Tibetana feita à +/- 1200 anos
“Quando o pássaro de ferro voar e os cavalos correrem sobre rodas, os tibetanos serão espalhados como formigas através do mundo e o Dharma (A Lei Divina) chegará à terra do Homem Vermelho.”(os índios sul-americanos e do Brasil, a raça vermelha)
Padma Sambhava, mestre indiano do Século VIII, que levou o budismo ao Tibet, fundador do primeiro mosteiro tibetano.
A visão de João Belchior Bosco (DOM BOSCO) que nasceu ao norte da Itália, em 1815. Em 1841 é ordenado sacerdote, iniciando-se uma bela careira, tendo sido ele o fundador da Ordem dos Salesianos. Faleceu em Turim aos 72 anos de idade. Em 1934 é canonizado pelo Papa Pio XI. Vários foram os sonhos proféticos de Dom Bosco, que por diversas vezes previu a morte de personalidades. Em 1883 Dom Bosco teve um sonho profético, devidamente registrado em suas anotações. Neste, ele viajava por toda a América do Sul. Mas o principal desta profecia é o que seria referente ao planalto central brasileiro:
… “Eu enxergava nas vísceras das montanhas e nas profundas da planície. Tinha, sob os olhos, as riquezas incomparáveis dessas regiões, as quais, um dia, serão descobertas. Eu via numerosos minérios de metais preciosos, jazidas inesgotáveis de carvão de pedra, de depósitos de petróleo tão abundantes, como jamais se acharam noutros lugares. Mas não era tudo. Entre os graus 15° e 20°, existia um seio de terra bastante largo e longo, que partia de um ponto onde se formava um lago (Lago Paranoá em BRASILIA). E então uma voz me disse, repetidamente: ‘Quando vierem escavar os minerais ocultos no meio destes montes, surgirá aqui a Terra da Promissão, fluente de leite e mel. Será uma riqueza inconcebível’.”
Observa-se que entre os graus 15° e 20°, na América do Sul, há pequenos trechos de terra do Peru e do Chile, algo da Bolívia e grande extensão de terra brasileira, onde se encontra Brasília e o LAGO PARANOÁ. A tradução acima desta profecia foi de Monteiro Lobato.
Profecia do Maha Chohan do RAIO AZUL,  El Morya Khan (um Mestre Ascencionado)
Os peregrinos que buscam o caminho e a iluminação espiritual serão doravante conduzidos para a América do Sul, como foram anteriormente para o Oriente.
Profecia proferida em 1957 por El Moria Khan, um dos Mestres Espirituais da Grande Fraternidade Branca, que orientou H.P.Blavatski, Fundadora do moderno Movimento Teosófico.
Profecia do 13º Dalai Lama Tibetano:
“No Ano do Tigre e da Terra (1950) a religião e a administração secular do Tibete serão atacadas pelas forças da Fênix Vermelha (O Tibet foi invadido pela China comunista em 1950). O 14º  Dalai Lama e o Panchen Lama serão vencidos pelos invasores. As terras e as propriedades dos mosteiros lamaístas serão distribuídas. Os nobres e as altas personalidades do estado terão suas terras e seus bens confiscados e serão obrigados a servir às forças invasoras. Contudo a grande luz espiritual que há séculos brilha sobre o Tibete não se apagará. Ela aumentará, difundir-se-á e resplancederá nas Terras da América do Sul e principalmente nas Terras de O Fu Sang ( o BRASIL), onde será iniciado um novo ciclo de progresso com a nova sétima raça dourada.”  
A profecia foi feita e registrada antes de 1924, ano do falecimento do dito Dalai Lama .
SOBRE O ATUAL SISTEMA POLÍTICO EXISTENTE:
Estes líderes corruptos cairãoVocês terão uma liderança políica nova se desenvolvendo lentamentechegando até vocês por toda a Terra, onde há uma nova energia de consideração com o público. ”Isto é muito para pedir na política, Kryon.” 
Mas observem isto. Este é apenas o início desta última fase. Assim muitas coisas estão chegando. O próximo está relacionado a isto, pois um país enfermo não pode sustentar uma liderança de elevada consciência. Há muita oportunidade para o poder e a ganância“-  KRYON.
- Cavaleiros da Cruz Solar até os portões do inferno lutará este homem para do universo conservar a ordem ?
- Certamente. É um Cavaleiro da Cruz Solar !
- Pode ele usar um emblema sobre o coração a nos contar a todos que venceu a provação ?
- Ele tem o direito. É um Cavaleiro da Cruz Solar !
- Será seu cálculo preciso para pilotar sua nave rumo ao paraíso ?
- Um anjo escoltará seu vôo. É um Cavaleiro da Cruz Solar ! 
(O que vivifica o Espírito não tem homem como autor.) 
 
Mais informações em
http://thoth3126.com.br/brasil-portugal-e-os-cavaleiros-templarios/
http://thoth3126.com.br/uma-visao-pessoal/
http://thoth3126.com.br/brasil-512-anos-de-misterios/
http://thoth3126.com.br/brasil-o-territorio-sagrado-para-a-deusa-e-seus-filhos/
http://thoth3126.com.br/brasil-e-o-mapa-de-piri-reis/
http://thoth3126.com.br/terra-de-ofir-o-rei-salomao-no-brasil/
Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.
NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO