NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO

Siga este Blog

terça-feira, 15 de abril de 2014

Confirmada existência de hadrões exóticos




Por: Ciência Online


A existência de hadrões exóticos - um tipo de assunto que não se encaixa dentro do modelo tradicional da física de partículas - foi agora confirmada, dizem cientistas. [9 incríveis descobertas da física]



Hadrões são partículas subatómicas compostas por quarks e antiquarks (que têm a mesma massa que os seus homólogos quarks, mas com carga oposta), que interagem através da "força forte" que liga os protões juntos dentro dos núcleos dos átomos.

Os investigadores que trabalham no Large Hadron Collider (LHC) no CERN (Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear), na Suíça - onde o bosão de Higgs foi descoberto em 2012 - anunciou que tinha confirmado a existência de um novo tipo de hadrões, com um grau sem precedentes de certeza estatística. [3 fatos interessantes sobre o bosão de Higgs]

"Nós confirmamos a observação inequívoca de um estado muito exótico - algo que se parece com uma partícula composta por dois quarks e dois antiquarks", disse Tomasz Skwarnicki, físico da Universidade de Syracuse, em Nova York. A descoberta "pode ​​dar-nos uma nova forma de olhar para a interação da força-forte física", acrescentou.

O Modelo Padrão da física de partículas permite dois tipos de hadrões. Os bariões (como protões) são feitos de três quarks, e os mesões são feitos de um par quark-antiquark. Mas desde que o modelo padrão foi desenvolvido, os físicos previram a existência de outros tipos de hadrões compostos por diferentes combinações de quarks e antiquarks, que podem surgir do decaimento de mesões.

Em 2007, uma equipa de cientistas chamado de Colaboração Belle que estava usando um acelerador de partículas no Japão descobriu evidências de uma partícula exótica chamada Z (4430), que parecia ser composta por dois quarks e dois antiquarks.

Mas alguns cientistas pensaram que a sua análise era "ingénua" e não tinha uma boa prova, disse Skwarnicki. Alguns anos mais tarde, uma equipa conhecida como BaBar usou uma análise mais sofisticada que parecia explicar os dados sem hadrões exóticos.

"BaBar não provou que as medições e dados de interpretações de Belle estavam errados", disse Skwarnicki. "Eles achavam que, com base nos seus dados, não havia necessidade de postular a existência desta partícula".

Assim, a equipa original realizou uma análise ainda mais rigorosa dos dados e encontrou fortes evidências para a partícula. Agora, a equipa do LHC estudou mais dados de 25.000 eventos de decaimento de mesões selecionados a partir de dados de 180.000.000 de colisões protão-protão no LHC, o maior e mais poderoso acelerador de partículas do mundo.

Eles analisaram os dados usando tanto os métodos da equipa Belle como os métodos da equipa BaBar, e confirmaram que a partícula era real e um hadrão exótico. Sheldon Stone, do CERN, elogiou a conquista. "É ótimo finalmente provar a existência de algo que há muito tempo pensava existir". [Livescience]

Recomendado pelo editor:

http://www.ciencia-online.net/2014/04/confirmados-hadroes-exoticos.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+ciencia-online+%28Ci%C3%AAncia+Online%29

O escândalo Tamiflu será repetido, e as pessoas vão morrer, a menos que as empresas farmacêuticas divulguem dados

Tom Chivers  
London Telegraph

A gripe é realmente uma doença bastante desagradável. As pessoas dizem que tenho "a gripe", quando eles realmente só tem um frio, mas um verdadeiro surto de gripe bate para fora de seus pés por vários dias, e é uma das principais causas de morte no idoso;  um surto em 2011 matou cerca de 600 pessoas . Mas não se preocupe! Desde 2006, durante o susto da gripe aviária, o Governo passou £ 424.000.000 estocando um medicamento chamado Tamiflu.
Infelizmente para o Governo e para os idosos e para as pessoas que não querem passar uma semana na cama de dor e sudorese e vômitos,  parece que o Tamiflu não funciona muito bem .


A Biblioteca Cochrane, o grande centro de dados de epidemiologia e saúde pública, realizou uma grande meta-análise , um estudo que combina os dados de dezenas de ensaios menores, em Tamiflu e outro "inibidor da neuraminidase", Relenza. Revisões Cochrane são extremamente obras oficiais, uma espécie de padrão-ouro, se você vai perdoar o clichê. E, cinco anos depois do Reino Unido e dos EUA começou a gastar bilhões de dólares para comprar milhões e milhões de doses, a Biblioteca Cochrane relatou.
Em média, os sintomas da gripe durar sete dias. Com o tratamento com um inibidor da neuraminidase, que duram, em média, para 6,3 dias. Considere a primeira página realizada.

Petrobras é a empresa mais endividada do mundo e corre risco de falir nos próximos 2 anos




Publicado por Revolta Brasil em 15 abril
Petrobras é a empresa mais endividada do mundo e corre risco de falir nos próximos 2 anos
A Petrobras vem passando por graves problemas e corre risco até mesmo de falir, segundo especialistas.
Atualmente a empresa é a mais endividada do mundo, segundo dados do Bank of America Merril Lynch. Os dados mais recentes do endividamento da estatal foi divulgado pela própria Petrobras em agosto de 2013 e relata uma dívida líquida de R$ 176,280 bilhões. 
O jornal Financial Time fez uma matéria onde relata que o governo do Brasil, com seu intervencionismo na estatal está transformando a Petrobras numa bomba relógio que pode explodir a qualquer momento.
A consultoria norte-americana Macroaxis afirma que a possibilidade da empresa decretar falência nos próximos dois anos é de 32,4%.
Com a explosão de escândalos atrás de escândalos, só tem piorado a imagem da Petrobras para investidores em geral. Seu valor de mercado caiu 50% desde 2010 e a empresa enfrenta a pior crise de sua história. O valor atual da estatal é de R$ 179 bilhões, enquanto em 2010 era de R$ 380 bilhões. O comentarista Arnaldo Jabor disse que um dos problemas da estatal é o uso dela pelo governo para “tampar buracos” de outros setores. Segundo o jornalista o PT está destruindo a si mesmo, ao Brasil e a Petrobras.
Atualmente há uma batalha política para definir a abertura ou não de uma CPI para investigar os escândalos envolvendo a estatal, o foco principal é investigar a compra da refinaria de Pasadena nos EUA, que gerou prejuízo de mais de UU$ 1 bilhão para a empresa. O governo quer vetar de todas as formas ou, não conseguindo impedir, tentar ofuscar as investigações, colocando outros temas para serem investigados juntamente com a Petrobras, como o caso do superfaturamento dos metrôs, já a oposição tenta uma saída para conseguir que seja instaurada a CPI para investigar exclusivamente a Petrobras. O que resta é aguardar os próximos “capítulos dessa novela” que parece estar longe do fim e torcer para que a maior empresa brasileira não seja destruída até lá.

Redação
Revolta Brasil

Cuidado com o que coloca na Internet! Vejam onde estas jovens foram parar!


Na Holanda, agora há agora estradas que brilham no escuro

Há um trecho de um quarto de milha de estrada na Holanda que agora apresenta marcas rodoviárias que brilham no escuro. É um projeto piloto que, se for eficaz, pode reduzir drasticamente a nossa necessidade de iluminação pública.
Na Holanda, agora há agora estradas que brilham no escuro
O projeto é uma colaboração entre o artista Daan Roosegaarde e a empresa de engenharia civil Heijmans. A pintura contém um pó “luminescente” que se carrega durante o dia e, lentamente, libera um brilho verde etéreo à noite. Heijmans diz que é uma alternativa sustentável para lugares onde a iluminação convencional não está presente.
O trecho de 500 metros da auto-estrada está localizado a cerca de 100 km a sudeste de Amsterdã.
Na Holanda, agora há agora estradas que brilham no escuro
Heijmans quer expandir o projeto, mas ainda não garantiu novos contratos. Não há notícias ainda sobre a forma como a tinta mantém-se contra o uso e desgaste – o brilho dura até oito horas, uma vez que é alimentado ao longo do dia.
Mas é claro o interesse dos operadores rodoviários e governo local para empregar esses tipos de testes, considerando-se a redução de custos. No entanto, quando Roosegaarde falou com o Wired.co.uk há alguns meses atrás sobre seus campos eletrostáticos propostos que atraem a poluição atmosférica a serem implantados em Pequim, ele explicou que a burocracia tem sido um grande problema. Em outubro, Roosegaarde disse que o projeto estava pronto há meses, mas foi detido por causa de um pedido de licença e aprovações do governo local.

 [io9]

http://misteriosdomundo.com/na-holanda-agora-ha-agora-estradas-que-brilham-escuro

Ex-advogado do PT presidirá o Tribunal Superior Eleitoral durante as eleições

Questionado pelo repórter do Estadão, Dias Toffoli, o mesmo ministro que se empenhou em absolver a ala petista dos mensaleiros, mostrou destempero e falta de nexo nas respostas.


Dias Tofoli e1377294859500 Ex advogado do PT presidirá o Tribunal Superior Eleitoral durante as eleições
Há algum tempo o PT vem tentando – com sucesso – povoar órgãos superiores com seus aliados. Após fazê-lo no Superior Tribunal Federal, substituindo antigos ministros por outros que votariam a seu favor, o partido terá agora um importante reforço no Tribunal Superior Eleitoral, que será presidido por Dias Toffoli, antigo advogado do partido e atual ministro do STF.
Em função de sua ligação com o PT, naturalmente o ministro teria de enfrentar perguntas questionando a interferência disso em seu mandato. Em entrevista ao repórter do Estadão Roldão Arruda, no entanto, Toffoli não pareceu muito disposto a tolerar discordâncias, agredindo o direito que a imprensa tem de fazer perguntas, mesmo que embaraçosas, a fim de informar a população.
Repórter:
“Ministro, o senhor já foi advogado do PT e agora vai presidir o TSE. Há alguma incompatibilidade?”.
Toffoli:
“Você tem que perguntar isso para o Aécio Neves, o Eduardo Campos e a Marina Silva. Não para mim”.
Repórter:
“Por quê?”
Toffoli:
“Ora, o que está no substrato de sua pergunta é uma indecência. É preconceituosa e desrespeitosa. Você não tem legitimidade para me impugnar, nem a mídia. Vá fazer a pergunta para o Aécio, o Eduardo e a Marina, porque eles têm”.
Além de responder algo sem sentido, e com uma agressividade que só denota medo, o ministro revelou-se uma pessoa instável e parcial, algo pouco compatível com alguém que presidirá um tribunal. Mas essa hostilidade não é algo novo. Em agosto de 2012, Ricardo Noblat afirmou em seu blog que Toffoli o teria ofendido com palavrões em uma festa em Brasília.

Dias Toffoli talvez seja um dos maiores problemas criados pelo PT para o Brasil. Jovem, ainda interferirá nas decisões do STF, se a saúde e a consciência o permitir, por até 24 anos, consiga o partido algum novo êxito nas urnas ou não. Durante o Mensalão, chamou atenção seu despreparo para o cargo quando, por vezes, precisou receber instruções dos demais ministros sobre sua real função no julgamento.

Estranho ANEL NEGRO aparece nos céus do Reino Unido! [VÍDEO]

Especialistas em meteorologia estão confusos com um anel negro que apareceu no céu sobre Leamington Spa, Reino Unido, na sexta-feira (12/4) ao entardecer.
A estudante Georgina Heap estava jogando tênis com sua mãe, Jo Heap, quando olhou para o céu próximo do castelo de Warwick e viu um misterioso anel negro.
Ela filmou o anel com seu iPhone, mas até agora ninguém pôde explicar a origem do fenômeno.
O anel permaneceu no céu por aproximadamente três minutos antes de desaparecer completamente.
O círculo parecia como um grande anel de fumaça, mas o serviço de bombeiros e resgates de Warwickshire disse que não houve relatos de incêndio na hora do avistamento.
O Escritório do Serviço de Meteorologia disse que o anel não parecia ser relacionado ao clima.
Nick Pope, o especialista de OVNIs e ex-conselheiro governamental sobre fenômenos inexplicáveis, disse acreditar que o círculo pudesse ter sido ‘orgânico’. Ele disse: “É realmente uma imagem bizarra.  Parece ser um anel de fumaça, mas eu não sei dizer de onde veio.  Outra alternativa seria que fosse algum tipo de fenômeno meteorológico anormal.  Uma outra possibilidade é a de que o anel tenha sido formado por milhões de abelhas ou outros insetos, mas eu nunca ouvi falar de insetos se comportando desta forma antes. Assim, se esta for a explicação, trata-se realmente de um arquivo-X da vida real“.
A senhorita Heap, descreve o círculo como “a coisa mais estranha que já vi“.
Ela disse: “Ele estava flutuando lá, como uma nuvem e então desapareceu. Não eram pássaros também.  Éramos em 10 pessoas que pararam o que estavam fazendo para assistir“.
Veja abaixo o vídeo capturado no telefone celular da Georgina Heap:


Este tipo de avistamento é muito comum ao redor de vulcões, quando a pressão do gás dentro das caldeiras libera um anel de fumaça pelo topo do vulcão, assim como anéis de fumaça que alguns fumantes liberam pela boca. Contudo, pelo que me consta, essa região do Reino Unido não possui atividade vulcânica para tal, embora a região de Leamington Spa seja uma estação de águas. Certamente, este avistamento está longe de ser uma nave extraterrestre, mas não deixa de ser algo interessante.

Fontes: 

http://filosofiaimortal.blogspot.com.br/2014/04/estranho-anel-negro-aparece-nos-ceus-do.html

Brasil desvaloriza parto normal e sagra-se campeão mundial de cesáreas





Indústria das cesáreas
A situação vivida por muitas grávidas no Brasil hoje, especialmente entre as classes mais altas, é um processo que muitos especialistas vêm chamando de "a indústria da cesárea brasileira".
Com 52% dos partos feitos por cesarianas - enquanto o índice recomendado pela OMS é de 15% -, o Brasil é o país recordista desse tipo de parto no mundo.
Na rede privada, o índice sobe para 83%, chegando a mais de 90% em algumas maternidades. A intervenção deixou de ser um recurso para salvar vidas e passou, na prática, a ser regra.
Um caso extremo chamou a atenção há três semanas, quando a gaúcha Adelir Lemos de Goes, uma mãe de 29 anos de Torres (RS), foi obrigada por liminar da Justiça a ter seu bebê por cesárea. Ela foi levada à força ao hospital quando já estava em trabalho de parto, provocando debates acalorados sobre até onde a mãe o poder de decisão sobre o próprio parto.
O caso também levou centenas de pessoas a saírem às ruas, em cidades do Brasil e do exterior, para protestar na última sexta-feira. A manifestação foi batizada de "Somos Todas Adelir - Meu Corpo, Minhas Regras."
Mas por que e desde quando o Brasil começou a mergulhar nesta verdadeira epidemia de cesáreas? Falhas profundas na regulamentação do sistema de saúde do país e uma lógica perversa na gestão de profissionais e obstetras que, por questões financeiras, acabaram perdendo o hábito de fazer partos normais são algumas das causas, agravadas principalmente pela falta de informação que cerca o assunto.
Riscos das cesarianas
Uma pesquisa feita pela Fiocruz ("Trajetória das mulheres na definição pelo parto cesáreo") acompanhou 437 mães que deram à luz no Rio, na saúde suplementar. No início do pré-natal, 70% delas não tinham a cesárea como preferência. Mas 90% acabaram tendo seus filhos e filha assim - em 92% dos casos, a cirurgia foi realizada antes de a mulher entrar em trabalho de parto.
O levantamento dá a medida de que, em algum estágio dos nove meses de gestação, algo fez a mulher mudar de ideia. As pesquisas da Fiocruz mostram a "baixa informação recebida pelas mulheres em relação às vantagens e desvantagens dos diferentes tipos de parto e a baixa participação do médico como fonte desta informação".
Poucas mães e futuras mães sabem, por exemplo, que as cesáreas aumentam o risco de um bebê nascer prematuro (com menos de 37 semanas de gestação). Isso porque muitos partos são marcados para essa idade gestacional e, como há possibilidade de erro de até uma semana, o bebê pode ser ainda mais novo. A esmagadora maioria destas intervenções não é feita de forma emergencial, mas, sim, programada.
Além de ser a causa de mais da metade das mortes de crianças no país, a prematuridade pode trazer uma série de riscos para o bebê, especialmente doenças respiratórias e dificuldade de mamar. Eles também não se beneficiam do fato de entrar em contato com hormônios benéficos, liberados apenas em certos estágios do trabalho de parto.
No Brasil, 15 milhões dos bebês nascidos em 2010 eram prematuros, o equivalente a 11,7%, segundo uma pesquisa conjunta feita pelo governo e o Unicef. O índice, que coloca o Brasil na décima posição entre os países com mais prematuridade, é mais alto nas regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste - justamente as que têm mais cesarianas, o que pode indicar uma relação entre os dois fatores.
Além disso, a falta de informação no pré-natal faz com que não haja espaço para esclarecimentos de como a mulher pode lidar com a dor ou outros aspectos, como o que exatamente vai acontecer no parto e como se preparar.
"Muitas vezes , o médico não explica questões sexuais para a grávida, por exemplo", conta Etelvino Trindade, presidente da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo). "Então elas vão se informar com a vizinha, a avó, a prima... e elas sempre têm uma história sobre o parto normal, seja ela escabrosa ou apenas mentirosa. É bastante arraigada a noção de que o parto normal vai deixar a mulher 'larga' e, assim, sexualmente inadequada. A cesárea é uma alternativa a esse medo. Mas isso acontece porque há um tabu em se falar sobre esses temas e porque hoje o médico é muito técnico. É um curador, não um cuidador."
Vendendo cesáreas
Segundo especialistas, a "indústria da cesárea" começou a se formar há 40 anos. "A epidemia de cesarianas começa na década de 70, quando ela começou a ser vendida como solução (de cirurgia única) para a esterilização definitiva, a laqueadura das trompas", explica a obstetriz Ana Cristina Duarte, uma das principais vozes do movimento de humanização do parto no país.
O ginecologista Etelvino Trindade, presidente da Febrasgo, acrescenta outro fator ocorrido naquela época, decorrente da criação de instâncias do INPS (Instituto Nacional de Previdência Social), que passaram a determinar que um médico só recebia se participasse efetivamente do parto.
"Até então, o bebê nascia com a obstetriz e o obstetra supervisionava, entrava se houvesse alguma intercorrência, como acontece em países europeus até hoje", diz Trindade. "Mas as regras mudaram e ele passou a precisar estar sempre na sala de parto (para receber). E, assim, o quadro começou a mudar."
Já na década de 80, segundo Ana Cristina, acontece a dicotomização das taxas de cesárea diferenciadas no setor público e privado. "É nessa década que as taxas do setor público aumentam um pouco, porém a do setor privado salta para níveis alarmantes. Nas décadas seguintes, cada vez mais brasileiros têm aderido ao setor privado, fazendo as taxas globais brasileiras saltarem para os níveis atuais."
Braulio Zorzella, ginecologista defensor do parto normal e pesquisador da área, diz que "a grande vilã, o carro-chefe dos culpados, é a ANS" - a Agência Nacional de Saúde é a reguladora dos planos de saúde do Brasil.
Segundo ele, quando a agência hierarquizou os procedimentos, acabou chancelando uma tabela já em vigor que remunerava de maneira discutível o parto - regras mantidas até hoje. "Todos os valores foram sendo achatados e, em um determinado momento, não valia mais a pena para um médico fazer parto normal, financeiramente falando."

Pesquisadores descobrem como fazer etanol com apenas água e CO2

Cientistas da Universidade de Stanford descobriram uma maneira eficiente de produzir etanol líquido através de monóxido de carbono, com a esperança de que ele servirá como uma alternativa amigável ao ecossistema para o uso de milho e outros grãos para a produção de etanol.
scientists-at-stanford-university-have-discovered-an-efficient-way-to-produce-liquid-ethanol-from-carbon-monoxide-gas
Convencionalmente, instalações de fermentação de alta temperatura convertem quimicamente milho, cana de açúcar e outras plantas em combustível líquido, mas tal processo requer milhares de hectares de terras e grandes quantidades de fertilizantes e água.
“Nós descobrimos o primeiro catalisador de metal que pode produzir quantidades apreciáveis de etanol a partir de monóxido de carbono à temperatura ambiente e pressão – uma reação eletroquímica notoriamente difícil”, disse Matthew Kanan, um professor de química na Universidade de Stanford e coautor do estudo, que originalmente apareceu na revista Nature.
A técnica desenvolvida por Kanan e a estudante Christina Li não requer fermentação e poderia ajudar a resolver muitas das questões de terra e de uso da água em torno da produção de etanol.
“Nosso estudo demonstra a viabilidade da produção de etanol por eletrocatálise. Mas nós temos muito mais trabalho a fazer para construir um dispositivo que seja prático”, complementou Kanan.
A meta de Kanan é fazer uma versão em grande escala do processo, encontrando uma maneira de ‘puxar’ o monóxido de carbono a partir de recursos renováveis, em vez de combustíveis fósseis. Kanan espera utilizar o dióxido de carbono da atmosfera para produzir o monóxido de carbono, que iria para um catalisador de cobre, produzindo combustível líquido. O dióxido de carbono liberado durante a queima de combustíveis seria reutilizado para fazer mais monóxido de carbono, e, consequentemente, mais combustível.
“Antes do nosso estudo, pensava-se que nenhum catalisador poderia eficientemente reduzir o monóxido de carbono em um líquido. Nós temos uma solução para este problema que é feita de cobre, é barata e abundante. Nós esperamos que nossos resultados inspirem outras pessoas a trabalhar em nosso sistema ou desenvolver um novo catalisador que converta o monóxido de carbono em combustível”, concluiu Kanan. 

http://misteriosdomundo.com/pesquisadores-descobrem-como-fazer-etanol-com-apenas-agua-e-co2

Para cada 10 assassinatos cometidos no mundo, um deles ocorre no Brasil

Números foram divulgados através de relatório da ONU que contabiliza homicídios ocorridos no ano de 2012.


Nos últimos anos, o número de homicídios vem caindo nos grandes centros do Brasil. Rio de Janeiro e São Paulo tiveram declínio nessa taxa de 29% e 11% respectivamente. No Norte e Nordeste, no entanto, o problema só aumenta. Segundo relatório da ONU, a Paraíba registrou avanço de 150% no número de assassinatos nos últimos dois anos, enquanto a Bahia contabilizou um acréscimo de 75%. Totalizando, o Brasil registrou, em 2012, 50.108 assassinatos, o que representa 10% dos homicídios de todo o mundo.

homicidios1 Para cada 10 assassinatos cometidos no mundo, um deles ocorre no Brasil
Esses números só servem para reforçar a pesquisa feita pela ONG mexicana Conselho Cidadão para Segurança Pública e Justiça AC. De acordo com o estudo, das 16 cidades mais perigosas do mundo, oito são brasileiras. Maceió é a 5ª colocada, com 79,76 homicídios a cada 100 mil habitantes, seguida por Fortaleza (7ª), João Pessoa (9ª), Natal (12ª), Salvador (13ª), Vitória (14ª), São Luís (15ª) e Belém (16ª). Mais oito cidades do país fazem parte da lista completa, que conta com 50 municípios no total.
O relatório da ONU revela que o número de mulheres assassinadas por parceiros e familiares é significante, e tenta explicar a prevalência de violência letal no país.
O abuso de álcool e outras drogas, e a disponibilidade de armas de fogo, são apontadas no estudo como determinantes nos padrões e prevalência da violência letal. O relatório destaca que qualquer política pública na área de prevenção aos homicídios apenas irá funcionar se os governos conseguirem direcionar estas ações para as vítimas e agressores potenciais.
Por mais que a população tenda a de forma justa cobrar mais ênfase na gestão da saúde e educação, é no comando da segurança pública que um governo mostra sua competência. Porque, sempre que ele falha nos dois primeiros, a iniciativa privada, à sua maneira, busca encontrar alternativas. É quando nascem as escolas particulares e/ou religiosas, ONGs, seguros de vida e planos de saúde.
Contudo, quando o governo falha na fiscalização do cumprimento da lei, abre brechas para que parte da população se organize e, tantas vezes, cause problemas ainda maiores, como ocorre com as milícias cariocas ou guerras de gangues urbanas nas capitais nordestinas (muito bem representadas por duelos entre torcidas organizadas de futebol nas periferias).
A tese mais defendida pelo discurso governista é de que a violência brasileira nasce fruto de uma suposta falta de oportunidades promovida pela desigualdade social do país. No entanto, o mesmo discurso governista defende que o PT vem reduzindo este “abismo social”. Se os números entregam que a violência vem crescendo nos últimos anos principalmente onde os petistas dizem ter feito mais aquilo que chamam de “justiça social”, cai por terra a relação “causa x efeito” da “falta de oportunidade x aumento da violência”.
Tornou-se famosa em Nova Iorque a política republicana de “tolerância zero” com o crime. E ideais parecidos se mostraram bem aplicados por aqui em capitais como São Paulo, quando se proibiu o consumo de cigarro em ambientes fechados, o funcionamento de bares abertos após 1h da madrugada ou ainda a publicidade de rua combatida pelo “Cidade Limpa”. Contudo, o que a academia brasileira prega seria uma espécie de “tolerância máxima” com criminosos. É compreensível a preocupação, já que uma ditadura impôs aos brasileiros duas décadas de repressão estatal sem muito direito a defesa. Mas os crescentes números sobre insegurança no país entregam que em algum momento já se extrapolou o limite da tolerância com o erro. Não que a esquerda, quando no poder, se comova com isso. Não faltam notícias de projetos petistas que apontem, por exemplo, para uma menor fiscalização do cidade limpa ou a reserva de vaga em concurso para usuários de drogas ilícitas com direito a deputado petista querendo facilitar ainda mais o benefício:
Noutra emenda, o PT propôs retirar do texto a pré-condição da abstinência. A deputada Erika Kokay (PT-DF) indagou: “A abstinência é a medalha de ouro, mas por que vamos excluir a medalha de prata, ou seja, punindo [com a demissão] uma eventual recaída?”.
(grifos nossos)
Há um grave problema de segurança no país que a esquerda não consegue resolver porque simplesmente a lógica de sua ideologia não se sustenta. Em outubro, na hora do voto, é necessário o eleitor entender que há um culpado. E, por mais que os efeitos atinjam mais a base municipal, eles refletem uma intenção que vem lá de cima, da união. Parafraseando Dilma, é no município que o cidadão brasileiro é assassinado. Mas o município só tem acesso a 14% dos impostos recolhidos, diferentemente dos atuais 63% da presidência.

Tentando a 3ª GM? Jato russo atordoou navio de guerra dos EUA no Mar Negro por cerca de 90 Minutos!

Em meio a tensão na Ucrânia, um bombardeiro russo (Su-24) voou várias vezes próximo do destróier da Marinha dos EUA Donald Cook, que entrou nas águas do mar Negro em 12 de abril, relata o porta-voz do Pentágono.
Segundo ele, a aeronave fez, a uma baixa altitude, 12 voos sobre o Donald Cook, no momento, em que ele estava na parte norte do mar Negro. Atualmente, o destróier está no porto romeno de Constanta. "Essas ações provocativas e não profissionais de militares russos violam seus próprios estatutos e acordos entre as nossas forças armadas", disse o porta-voz.


Fonte: RT, Sempre Guerra, http://beforeitsnews.com e UND

http://www.libertar.in/2014/04/tentando-3-gm-jato-russo-atordoou-navio.html

NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO