SEJA BEM VINDO - NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO
NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO

sábado, 29 de março de 2014

O “sono profundo” do Sistema Perímetro que possibilita contra-ataque nuclear

Introdução do 15E601 “Perímetro“ em 1983

Adormecido em tempos de paz, sistema possibilita contra-ataque nuclear até mesmo em caso de destruição total dos pontos de comando e linhas de comunicação com a Força Estratégica de Mísseis (sigla em russo RVSN). Na Rússia recebeu o nome de “Perímetr”, mas ficou conhecido nos EUA como “Dead Hand” (“mão morta”, em tradução livre).

Silo de lançamentos e seus dispositivos/sensores e antena para recepção de sinal para disparo autônomo individual de cada silo/míssil.

O principal sistema de controle de mísseis estratégicos é o Kazbek, conhecido graças ao sistema portátil Cheguet (“maleta nuclear”). O Perímetr é um sistema alternativo de comando das forças nucleares da Rússia e está preparado para ser controlado automaticamente em caso de ataque nuclear maciço.

O desenvolvimento de um sistema de contra-ataque começou no auge da Guerra Fria, quando ficou claro que os meios de guerra eletrônica em constante evolução seriam, em um futuro próximo, capazes de bloquear os canais regulares de comando das forças nucleares estratégicas. Era preciso criar um método de backup de comunicação que garantisse o envio do comando aos dispositivos de lançamento.
Foi então que surgiu a ideia de usar um foguete de comando equipado com um poderoso dispositivo transmissor de rádio como meio de comunicação. Ao sobrevoar a União Soviética, esse míssil iria transmitir a ordem de lançamento dos mísseis não só aos pontos de comando da RVSN, mas também diretamente aos dispositivos de lançamento.

Em agosto de 1974, por ação de um decreto governamental, a empresa de projetos Iujnoe (KB Iujnoe), em Dnepropetrovsk, que criava mísseis balísticos intercontinentais, ficou encarregada da construção de tal sistema.

A base de trabalho era o míssil UR-100UTTH, conhecido na classificação da Otan como Spanker. Os testes de voo começaram em 1979 e o primeiro lançamento com transmissor foi realizado com sucesso em dezembro do mesmo ano. As provas confirmaram a interação de todos os componentes do sistema Perímetr, bem como a capacidade da ogiva de manter a trajetória pré-definida.


Em novembro de 1984, o míssil de comando lançado de Polotsk transmitiu a ordem ao dispositivo de lançamento no silo subterrâneo de mísseis balísticos RS-20 (SS -18 Satan), em Baikonur. O Satan foi lançado e, depois de trabalhadas todas as fases, foi registrado a queda da ogiva em um determinado quadrado no campo de teste Kura, em Kamtchatka.
Antena receptora do sinal do míssil de comando.

No ano seguinte, o Perímetr foi incorporado ao serviço do Exército. Desde então, foi modificado várias vezes e, atualmente, os modernos mísseis balísticos intercontinentais são usados como mísseis de comando.
Carregamento em silo de míssil ICBM 5 ª geração PT 2PM2 “Topol-M”

Quatro verificações

A base do sistema são os mísseis balísticos de comando. Eles não são lançados contra o agressor, mas antes sobrevoam várias regiões da Rússia e, em vez de cargas termonucleares, suas ogivas transportam poderosos emissores que enviam sinais de controle a todos os sistemas de mísseis de combate disponíveis, instalados em silos, aviões, submarinos e outros sistemas móveis com base em terra. O sistema é totalmente automatizado.


A decisão de lançar os mísseis de comando é feita por um sistema autônomo de controle – um complexo sistema de inteligência artificial que analisa os variados dados recebidos: a atividade sísmica e radioativa, a pressão atmosférica, a intensidade do tráfego de sinais de rádio das frequências de rádio militares, além de controlar a telemetria a partir dos postos de monitoramento das RVSN e os dados do sistema de alerta de mísseis.
Conjunto de sensores ao lado do silo

Ao detectar, por exemplo, várias fontes pontuais de radiação eletromagnética e ionizante, e depois de as comparar com os dados sobre abalos sísmicos daquelas mesmas coordenadas, o sistema identifica a possível existência de um ataque nuclear em grande escala. Nesse caso, o Perímetr pode iniciar uma retaliação, mesmo passando ao lado do Kazbek.

Outra variante é que, ao receber do Sistema de Aviso de Ataque de Mísseis (SAAM), a informação de um lançamento de mísseis efetuado em território fora das suas fronteiras, os dirigentes do país colocam o Perímetr em “modo de combate”. Se passado algum tempo não chegar a ordem de desligamento do sinal de alerta, o sistema dará início ao lançamento dos mísseis. Essa solução permite eliminar o fator humano e assegurar um contra-ataque, mesmo em caso de morte de todos os comandantes políticos e militares ou de destruição completa dos dados de lançamento.

Em tempos de paz, o Perímetr fica “adormecido”, sem deixar, no entanto, de analisar e processar as informações recebidas. Ao passar para o modo de combate ou ao receber o sinal de alarme do SAAM, do RVSN e de outros sistemas, ele ativa o monitoramento da rede de transmissores para detectar sinais de explosões nucleares.

A liderança da Federação Russa já por várias vezes assegurou aos Estados estrangeiros a inexistência de risco de lançamento acidental ou não autorizado de mísseis. Antes de executar o algoritmo de retaliação, o Perímetr deve cumprir quatro condições. Primeiramente, a existência comprovada de um ataque nuclear contra a Rússia. Em seguida checa a existência de comunicação com o Estado-Maior – em caso de ligação o sistema é desligado. Se o Estado-Maior não responder, o Perímetr envia um pedido para o Kazbek. Se o Kazbek também não responder, a inteligência artificial transmite o direito de tomar a decisão para qualquer pessoa que se encontre no bunker de comando. E só depois disso é que entra em ação.

Publicado originalmente pela Rossiyskaya Gazeta

Fonte: Gazeta Russa

http://noticia-final.blogspot.com.br/2014/03/o-sono-profundo-do-sistema-perimetro.html

Por que para o Wall Street Journal o governo fala a verdade, mas mente para os brasileiros?


Um dia desses recebi um e-mail me convidando para uma “manifestação” em jogos da copa do mundo, a ideia consistia em ligar todos os aparelhos elétricos em casa na hora dos jogos. No ponto de vista dos organizadores do inusitado protesto isso causaria um apagão nas cidades onde seriam realizadas as partidas. A princípio não acreditei que esse tipo de atitude causaria um blackout realmente. Como a maior parte dos brasileiros eu acreditava nas falácias do governo, de que ha energia sobrando. Pois é, isso é passado, agora não há duvida, esse tipo de protesto pode mesmo apagar o país inteiro. Dilma e Lobão estavam nos enganando, pra variar.
Ainda que o governo, pelo menos para os brasileiros, diga que independente de chuva ou sol sempre haverá energia, as coisas não vão tão bem assim. Quando se trata com os estrangeiros a conversa é outra. Parecem que eles merecem a verdade, nós não. Em entrevista ao Wall Street Journal o ministro das minas e energia, Edson Lobão, declarou que o governo deve incentivar a economia de energia durante a realização do jogos para evitar os apagões.
Já pensaram nisso. Que vergonha seria, em plena final de copa um apagão monumental na cidade do Rio de Janeiro?
Um país que não tem certeza que poderá dispor da energia para um jogo de futebol, não pode oferecer a futuros investidores a garantia de que terá a infra-estrutura necessária para garantir o crescimento da economia.
Essa semana a BOVESPA teve substancial alta e o dólar baixou. Sabem o motivo disso? A publicação do resultado da pesquisa que revela a queda do índice de aceitação da Presidente Dilma. Isso mostra que os investidores e empresários acreditam que Dilma Roussef mais atrapalha do que ajuda o país.
http://sociedademilitar.com.br/index.php/forcas-armadas/1041-por-que-para-o-wall-street-journal-o-governo-fala-a-verdade-mas-mente-para-os-brasileiros.html

Deputado quer criar cadeia cinco estrelas e dia em homenagem ao encarcerado

Publicado por Silvag1 em 29 março, as 17 : 07 PM Print
Deputado quer criar cadeia cinco estrelas e dia em homenagem ao encarcerado
PL 2230/2011 do deputado Domingos Dutra (PT-MA) institui o Estatuto Penitenciário Nacional e cria a cadeia cinco estrelas. Se aprovado, os presos terão direito a banho quente em locais frios, cela com calefação, academia de ginástica, material de higiene pessoal como desodorante, xampu, condicionador, hidratante de pele e camisinha.
O projeto do deputado também prevê médico residindo no presídio ou próximo. Entre os 119 artigos, chama a atenção o que mantém direitos políticos dos presos e acesso a jornais, rádio, e TV a cabo. O deputado também sugere a criação dia do encarcerado, 25 de junho. Se fosse aplicado hoje, nenhuma cadeia brasileira se enquadraria na lei.

Veja o que disse o deputado Bolsonaro no plenário da câmara sobre o projeto:


Edição
Revolta Brasil
http://www.revoltabrasil.com.br/politica/3029-deputado-quer-criar-cadeia-cinco-estrelas-e-dia-em-homenagem-ao-encarcerado-2.html

Gerador de energia livre em breve poderá ser vendido por inventores brasileiros

O que é a energia livre?

"Energia livre", também conhecida como ponto zero de energia, é a energia que é extraída de uma fonte ilimitada, sem o custo caro. Muitos geradores de energia livre são construídos com o objetivo de aproveitar a energia ilimitada armazenada no vácuo do espaço. Outros dispositivos de energia livre geram energia por absorção da energia de ondas eletromagnéticas.

Como é que um gerador de energia livre funciona? 

O vazio do espaço não é realmente vazio. Em vez disso, ele é preenchido com um infinito mar de energia sutil. Dentro de um metro cúbico de espaço livre, estima-se que existam 10-9 Joules (unidades de energia). Alguns cientistas acreditam que a energia armazenada em um metro cúbico de espaço livre é muito maior do que 10-9 Joules. De acordo com Richard Feynman, um físico teórico americano, "em um metro cúbico de espaço livre, há energia suficiente para ferver todas as águas de todos os oceanos da Terra". Se pudéssemos usar a tecnologia de energia livre para explorar esta energia ilimitada, nós não precisaríamos nos preocupar em não ter energia elétrica suficiente para residências e empresas de energia.

Conforme descrito no site Collective-Evolution.com:
O Efeito Casimir é um exemplo comprovado de energia livre que não pode ser desmascarado. O Efeito Casimir ilustra o ponto zero ou energia estado de vácuo, que prevê que duas placas de metal juntas atraem uma a outra devido a um desequilíbrio nas flutuações quânticas. Você pode ver uma demonstração visual deste conceito aqui. As implicações disso são profundas e têm sido escritas extensivamente dentro da física teórica por pesquisadores de todo o mundo. Hoje, nós estamos começando a ver que esses conceitos não são apenas teóricos, mas em vez disso muito práticos e muito simplesmente suprimidos. 
Vácuos geralmente são tidos como vazios, mas Hendrik Casimir acreditava que esses bolsões de nada, de fato contém flutuações de ondas eletromagnéticas. Ele sugeriu que duas placas de metal mantidas separadas em um vácuo poderiam prender as ondas, criando energia do vácuo que pode atrair ou repelir as placas. Conforme os limites de uma região se movem, a variação na energia do vácuo (energia de ponto zero) leva ao efeito Casimir. Uma pesquisa recente feita na Universidade de Harvard e Universidade Vrije, em Amsterdam e em outros países demonstraram que o efeito Casimir é correto.
A energia livre é realmente livre? 

Energia livre não é verdadeiramente livre, porque é preciso tempo e trabalho para construir máquinas de energia livre que possam bater no campo de ponto zero. Enquanto o tempo e o trabalho estiverem envolvidos, eles acabarão por levar a algum tipo de custo. A boa notícia é que um gerador de energia livre bem construído não deve custar mais do que algumas centenas de dólares e deve durar mais de 20 anos. Uma vez que você somar o custo e taxas diversas e dividi-las pela expectativa de vida do dispositivo de energia livre, ele não deve custar mais do que alguns centavos por dia para usar este dispositivo para alimentar a sua casa. É livre o suficiente para você?

Gerador de energia livre à venda 

Os inventores de energia livre estão planejando vender seus produtos para o público? Alguns entusiastas de energia livre acreditam que dois inventores brasileiros, Nilson Barbosa e Cleriston Leal, têm um dispositivo de energia livre funcionando e já estão vendendo para o púbico. Seu dispositivo é conhecido como o Gerador Captor de Elétrons da Terra. É pequeno o suficiente para carregar e a potência de entrada necessária para executá-lo é de cerca de 2 por cento da sua potência de saída.


Será que os geradores de energia livres serão autorizados para a venda em todo o mundo? 

O negócio de energia é uma indústria multitrilionária que é executada por alguns empresários muito gananciosos que têm fortes laços com certas facções poderosas do governo. Candidatos a conspiração de verdade gostam de se referir a eles como as Elites. Até que essas pessoas sejam removidas do poder, elas não vão desistir do monopólio do petróleo sem uma luta.

No passado, pessoas que tentaram fazer a energia livre disponível para o público foram subornados e ameaçados (financeiramente ou fisicamente) para silenciá-los. Alguns podem até ter sido mortos. Um cientista famoso que foi silenciado pelo cartel do petróleo, devido à sua tecnologia de energia livre foi Nikola Tesla.

Fonte: Energy FanaticsEnergia Universal

http://noticias-alternativas.blogspot.com.br/2014/03/gerador-de-energia-livre-em-breve.html

NASA planeja construir casas na lua com uma impressora 3D

Construir casas no espaço onde os astronautas possam viver é uma prioridade para a NASA, por isso a agência espacial compatível com a tecnologia de impressão 3D que poderia fazê-lo.

Depois de passar a fase de estudo de planetas e satélites utilizando sondas e aparelhos rovers, cientistas americanos agora pensar em como 'colonizar' alguns planetas do sistema solar.

As agências espaciais enviar seres humanos a Marte ea Lua, e da longa presença dessas equipes deveriam então precisa de um lugar para viver e trabalhar, dizem. 'Não é a primeira vez que discutimos a necessidade de construir bases para os viajantes espaciais.

Obviamente, o envio de materiais de construção, ferramentas e trabalhadores qualificados para outro planeta é uma tarefa improvável. Assim, os projetos que oferecem um orçamento mínimo e métodos de construção mais rápida e segura são valorizados, principalmente.

 
Neste sentido, a melhor idéia até agora Nasa tem sido o professor Behrokh Khoshnevis University of Southern California. O engenheiro combinado seus conhecimentos em tecnologia de impressão 3D com alguns truques de arquitetura e desenvolveu o método chamado de "elaboração de contorno '.

O projeto para desenvolver e complementar esta tecnologia é totalmente financiado pela NASA. Segundo a Scientific American, a impressora 3D para a construção de edifícios em trabalho menos de um dia, como uma impressora normal, mas que lembra um robô que tem um guindaste com tubo que vai concreto.

Lentamente, a máquina se move seguindo o esquema carregado para as camadas do sistema e forma do mesmo modo como uma impressora normal 3D. Ao longo do tempo a estrutura de uma casa é criado. Quanto construir um edifício na lua, em vez de os cartuchos de tinta especiais utilizados robô solo lunar.

A estrutura do edifício de acordo com o desenho irá ser definida antecipadamente no software do robô. Felizmente, 90% dos materiais necessários para a construção já está na lua, por isso vai ser fácil de transportar os restantes 10% a partir da Terra em uma nave espacial, de acordo com uma nota de imprensa da NASA.

Fonte: Brogilha

Piloto da Malásia do Vôo 370: Confirmado como um "ativo da CIA" para explosão do avião sobre o Oceano Indico

Um novo relatório elaborado pela deslumbrante Inteligência da Direção Principal de Estado-Maior General das Forças Armadas (GRU) que circula no Kremlin hoje não deixa dúvidas quanto às razões pelas quais o presidente Barack Obama alertou nesta semana que seu maior medo não era a Rússia, mas sim uma bomba nuclear sendo explodida no coração de Nova York, pois revela que o piloto do voo sumido da Malásia Airlines Flight 370, Capitão Zaharie Ahmad Shah [foto 2 left], foi de uma Agência Central de Inteligência (CIA) "ativo", cujo avião levava a "bomba mais suja conhecida por ter sido alguma vez construído."

De acordo com este relatório, e como havia informado anteriormente, o vôo 370 já estava sob a GRU "vigilância" depois de ter recebido uma "altamente suspeito" de carga que tinha sido atribuída a República no Oceano Índico de Seychelles, e onde ele tinha sido anteriormente a bordo do navio porta-contentores de bandeira americana Maersk Alabama MV.

O que primeiro levantou suspeitas sobre a GRU é que o MV Maersk Alabama estava dentro de 24 horas de off -loading "altamente suspeito" com carga com destino à Malásia Airlines Flight 370, os dois Seals da Marinha dos EUA altamente treinados designados para protegê-lo, Mark Daniel Kennedy, 43 anos, e Jeffrey Keith Reynolds, 44, foram encontrados mortos em "circunstâncias suspeitas".

Tanto Kennedy e Reynolds foram empregados pela empresa de segurança marítima com sede em Virgínia Beach, The Trident Group, que foi fundada pela Marinha dos EUA nas Operações Especiais de Pessoal (SEAL) e Officers Seniores Navais dos EUA de guerra de superfície e por muito tempo foi conhecido pelo GRU para proteger vital transferências de ambos os materiais nucleares e biológicas em todo o mundo.

A GRU , da mesma forma, havia informado que esta carga "altamente suspeita", depois de ter sido descarregada do MV Maersk Alabama, em 17 de fevereiro, foi então transferida para o Aeroporto Internacional de Seychelles, onde ela foi carregada em um voo do Emirados com destino ao Kuala Lumpur International Airport ( KLIA ) na Malásia, após a primeira paragem em Dubai.

Antes do vôo 370 entrar nas zonas de verificação marítima e aérea do Exército de Libertação Popular (PLA) no Mar do Sul da China conhecido como as Ilhas Spratly após a sua partida 08 de março de KLIA protegido, o GRU havia relatado anteriormente, "significativamente desviado" de seu curso de vôo e foi seguido por satélites e radares VKO voando em região do Oceano Índico e completando seu vôo quase 3.447 km ( 2.142 milhas ) ao atol Diego Garcia.

Crítica a nota sobre desvio do vôo 370 da Malásia, especialistas GRU disseram, foi que ocorreu durante o mesmo período de tempo que todas as comunicações de telefonia móvel operadas pela China Mobile nas lLhas Spratly estavam sendo detidas.

Quanto ao porquê de vôo 370 foi desviado para Diego Garcia, a GRU relatado inicialmente ficou "intrigado" sobre, ou seja, até 16 de março, quando ele relatou que cientistas de topo especializados em doença de ambos os EUA e China foram levados lá, e em 21 de março informaram que a carga "altamente suspeita" a bordo do avião havia sido transferida para a White Sands Missile Range, no Novo México, onde foi então destruído em um "enorme explosão ".

Importante notar, este novo relatório GRU diz, é que Diego Garcia tem sido um "alvo principal" para adversários dos EUA devido ser o local de onde as guerras contra o Iraque eo Afeganistão foram dirigidas, e seu ser a um dos mais temidos "locais negros" da CIA de tortura e abuso de prisioneiros.

A maioria dos "gravemente preocupante" sobre o Flight 370 , este novo relatório GRU diz, foi que o seu capitão, Zaharie Ahmad Shah, foi descoberto para ter em sua casa um simulador de vôo que contém o sistema Rescisão Flight ( STF) que permite que uma aeronave seja controlado remotamente, bem como as instruções para a aterragem em Diego Garcia .

As FTS , as notas GRU, é um sistema de segurança e teste de alcance totalmente redundante turn-key para controle remoto e terminação de vôo de veículos de teste no ar que consiste em um Sistema de Comando Transmissor (CTS) e controle personalizado, interface, e os subsistemas de monitoramento.

O sistema é totalmente programável e é flexível o suficiente para atender as novas exigências de faixas de teste modernas de hoje, seu fabricante, Sistema de Planejamento Corporation ( SPC ) afirma.

Crítica a nota sobre o fabricante SPC STF, este relatório diz, é que ele já foi liderado pelo misterioso americano "falcão de guerra" Dov Zakheim que muitos ainda acreditam que foi um dos cérebros por trás dos ataques de 11 de setembro, 2001 sobre os EUA, e que em um documento de posição de 2000 intitulado Reconstruindo as defesas da América, que chamou de "um novo Pearl Harbour".

Nota: Em um documento chamado "Reconstruindo as defesas da América: Estratégia, Forças e Recursos para um Novo Século", publicado pela do The American Enterprise "Projeto para um Novo Século Americano" (1), Sistema de Planejamento e Corporação( SPC ) executivo International, Dov Zakheim, pediu "algum evento catastrófico e catalisador - como um novo Pearl Harbor" ser necessário para promover o estado de espírito necessário para o público norte-americano para apoiar uma guerra no Oriente Médio, que estaria politicamente e culturalmente a remodelar a região.

Uma voz respeitada e estabelecida na comunidade de inteligência, seus pontos de vista foram aceitas, e Dov passou de sua posição em Planejamento de Sistemas da Corporation para tornar-se um membro da Controladoria do Pentágono, em Maio de 2001. Talvez não por coincidência, era uma subsidiária da SPC, Tridata corporation, que supervisionou a investigação após o ataque terrorista ao World Trade Center em 1993.

Quanto à cumplicidade do capitão Shah na destruição do vôo 370, o relatório continua, a GRU confirmara seu ser alvo de uma "armadilha de mel da CIA ", que destruiu seu casamento e deixou-o em " nenhum estado de espírito de estar voando."

Este relatório confirma ainda mais a GRU e na Malásia investigadores descobrindo de que o capitão Shah recebeu um telefonema de dois minutos pouco antes da decolagem do vôo 370 a partir deste " pote de mel da " CIA usando um número de telefone celular obtido sob uma identidade falsa.

Quanto ao curso do vôo 370 , uma vez que deixou KLIA, o GRU, diz, é "quase certeza" que o Capitão Shah desativados os sistemas de comunicação e "ativado" do STF permitindo Marinha os EUA para desviá-la para Diego Garcia, mas só depois de havia subido para cerca de 44 mil pés, onde "sem dúvida" todos os outros passageiros e tripulantes foram mortos por asfixia.

Após a "altamente suspeita" carga que o vôo 370 transportava foi descarregado em Diego Garcia, analistas GRU neste relatório dizem, o seu "mais provável" fim trágico ocorreu por volta de 3.218 km (2.000 milhas) fora de Diego Garcia, que faz parte do território britânico no Oceano Índico, onde foi deliberadamente destruído como evidenciado pelos mais de 300 objetos vistos nesta região por um satélite tailandês.

Quanto ao que exatamente a carga " altamente suspeita " a bordo de vôo 370 estava presente o relatório não diz, além de notar que, devido ao extraordinário, e mortal, comprimentos os EUA passaram por obter e, em seguida, destruí-lo muito provavelmente poderia ter sido a "bomba mais suja conhecida por ter sido alguma vez construído. "

Também ficou sem resposta neste relatório é que dentro dos EUA sr responsável por todos estes eventos, como o GRU diz que é "altamente improvável" que Obama esteve ainda "no laço" sobre ele.

Fonte: Sorcha Faal 

Documentário: "Nuvens de Veneno"

A nuvem se espraia pelas plantações. Em vez de molhar, seca. Ela não traz a chuva, traz o veneno.

O Brasil é um dos maiores produtores mundiais de soja, algodão, milho e também um dos maiores consumidores de fertilizantes químicos e agrotóxicos. 

Nuvens de veneno expõe as preocupações com as consequências do uso desses agroquímicos no ambiente, especialmente, na saúde do trabalhador.

Um documentário revelador que faz refletir sobre a forma que crescemos e sobre o tipo de desenvolvimento que queremos.

Veja o documentário:


Fontes: You Tube - Curiosidades Ocultas
Via: Revellati Online

10 coisas que poderão acabar com a vida na Terra (com video)

O nosso planeta passa constantemente por um número infindável de ameaças à existência de vida. Umas são esporádicas e catastróficas, enquanto outras são mais crónicas e lentas em termos temporais. [9 formas reais de como a Terra poderá acabar]

Desde supervulcões em Yellowstone até inteligência artificial que se volta contra os humanos - já para não mencionar a poluição, raios gama e nuvens de cometas, entre outras catástrofes potenciais - parece que estamos praticamente condenados. [As 10 melhores formas de destruir a Terra]
A ciência pode oferecer alguma garantia de sobrevivência? Infelizmente não. Veja o vídeo das 10 coisas que podem acabar com a vida na Terra elaborado por Alltime10s.
De entre os fatos mencionados, todos poderão acontecer, variando apenas a forma como os poderemos controlar.
De fato, situações como explosões de raios gama estariam completamente fora do nosso controle, apesar de que que teriam que ocorrer demasiado perto para nos afetar. [Espetacular explosão estelar reescreve o livro sobre explosões de raios gama (com vídeos)]
Por outro lado, o aquecimento global poderia afetar-nos de forma diferente se tivemos um melhor controle de forma a evitar o eventual colapso climático para o qual caminhamos.



http://www.ciencia-online.net/2014/03/video-10-coisas-para-acabar-vida-na-terra.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+ciencia-online+%28Ci%C3%AAncia+Online%29

Recomendado pelo editor:



Seres Luminosos captados com câmaras de segurança

Excelente Research Fernando Correa sobre esses corpos luminosos, 



https://www.youtube.com/watch?v=k5-D5jpjNcY

Para que data está marcada a Terceira Guerra Mundial?

Parece que já se sabe a data para o início da Terceira Guerra Mundial. Essa informação foi mantida em rigoroso sigilo da opinião pública mundial, mas todos os segredos tendem a ser revelados mais tarde ou mais cedo. 

Assim, o que espera a humanidade no futuro mais próximo e que fazer quando chegar a hora H?
Este é o tipo de postagens preocupadas que surge com frequência na Internet. Alimentadas com fatos, por vezes francamente distorcidos, sobre a situação na Ucrânia e sobre as ações da Rússia, as pessoas simplesmente não entendem o que se passa no mundo. Quando não se compreende – se inventa. A mídia não podia deixar de tecer especulações sobre o tema do início da Terceira Mundial. Para isso, tanto são usadas as antigas previsões de Nostradamus e de Vanga como uma interpretação incoerente dos atuais acontecimentos mundiais, por vezes mesmo com manipulação de fatos e falsificação da informação.
No segmento russo da Internet, por exemplo, neste momento são empoladas as previsões do famoso astrólogo russo Pavel Globa, que já em 2009 previu que a Terceira Mundial iria começar em março de 2014, durante uma redefinição global das fronteiras dos países e num ambiente de escalada de conflitos militares. A guerra, dizia Globa, deveria começar durante as Olimpíadas de Sochi, ou pouco depois do seu encerramento. Ele também previu que a Ucrânia seria dividida em várias partes. Talvez devêssemos acreditar realmente nas capacidades sobrenaturais de um cérebro humano capaz de prever os acontecimentos futuros com tanto detalhe.
Contudo, se voltarmos a analisar atentamente o texto original que foi usado para essa notícia, descobrimos que, apesar de o material estar datado de 2009, nele foi introduzida uma série de alterações após os acontecimentos na Ucrânia. Foram essas alterações que transformaram um artigo vulgar num artigo verdadeiramente sensacionalista que alastrou rapidamente pela imensidão da Internet. A pergunta é: porque caímos repetidamente nesse tipo de armadilhas?
A psicóloga Irina Lukyanova considera que isso se deve à nossa tendência interior para a autopreservação:
“Todos conhecemos o provérbio “um homem prevenido vale por dois”. Por isso, nós preferimos ter conhecimento antecipado dos perigos de forma a nos prepararmos. Temas como a guerra, mais ainda uma Terceira Mundial, não deixam de nos preocupar porque ela nos tocará a todos, tal como aconteceu com a Segunda Guerra Mundial que deixou uma memória muito viva até aos nossos dias. Podemos dizer que é esse medo profundo que motiva o nosso interesse profundo por esses temas”.
Nos últimos anos têm ganho uma invulgar popularidade temas como as previsões do fim do mundo e o fim da vida na Terra. Enquanto uns se mostram céticos em relação a todas essas crendices, outros estão sempre pesquisando notícias frescas em busca de mais uma confirmação que a Terceira Guerra Mundial está para breve.
A vidente búlgara Vanga, por exemplo, pensa que o mundo irá balançar à beira da catástrofe enquanto não se der a queda da Síria e é então que a guerra universal irá começar. Em 1978, quando foi feita essa profecia, muitos não a entenderam. Porém, e tendo em conta os últimos acontecimentos, podemos considerar que suas palavras fazem sentido.
A conhecida profetisa inglesa Joanna Southcott, que viveu no limiar entre os séculos XVIII e XIX, estava convencida que o Apocalipse irá chegar precisamente do Oriente: “Quando a Oriente começar a guerra, saibam que o fim está próximo!” Ela pronunciou essa sentença em 1809 e nessa altura poucos a entenderam. Contudo, muitas das suas previsões se realizaram: a Revolução Francesa, a chegada de Napoleão ao poder e, mais tarde, a sua queda.
A profetisa egípcia Joy Ayyad, pelo contrário, está convencida que não haverá nenhuma Terceira Guerra Mundial. Ela diz que segue atentamente todas as evoluções do mapa astral da Terra e pensa que a Terra não se encontra ameaçada por uma guerra que resulte em violência generalizada, mas que o mundo terá outro tipo de guerras, como as informativas e as econômicas. A batalha principal será porém pelas mentalidades.
Na Terceira Guerra Mundial não serão usadas armas de guerra, mas sim meios de comunicação social. Essa guerra já está em curso. Por isso é importante entender aquilo que lemos, vemos e ouvimos. É preciso saber analisar e conjugar os fatos e, nesse caso, já poderemos sair ilesos desse “massacre”.

Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/2014_03_28/Para-que-data-est-marcada-a-Terceira-Mundial-9322/

5.1 terremoto na Califórnia, na área de Los Angeles.



Terremoto
5.1 terremoto na Califórnia, na área de Los Angeles. O repórter dada pelo robô
O epicentro foi localizado a 13 quilômetros ao sul da metrópole
Terremoto29 de março de 2014 Um terremoto de magnitude 5,1 atingiu a Califórnia com epicentro na região de Los Angeles (La Habra) a 5.20 (hora italiana). Hipocentro a 2 km. Posteriormente houve novos choques. A mais forte uma magnitude de 4,8. Duas horas antes de um terremoto de 3,6 atingiu a mesma área. Epicenter acordo com o Instituto de Pesquisa Geológica dos Estados Unidos (USGS), o epicentro do terremoto foi registrado perto de La Hambra, cerca de 45 km ao sudeste do centro da cidade Los Angeles. O terremoto, registrado a uma profundidade mínima (1,9 km), foi sentido em toda a metrópole californiana, também acionando alarmes de carro, em alguns trimestres. O choque vem depois de outro tremor de magnitude 4,4 que foi gravado em 17 de março sempre em Los Angeles, com epicentro a menos de 10 km do bairro de Westwood, perto de Hollywood. A data de notícias "algoritmo" Em uma atualização do "Los Angeles Times" sobre os detalhes dos estados de choque, que publicam a notícia era "um algoritmo". "Esta informação - diz - vem do serviço de notificação terremoto USGS e esta publicação foi criada por um algoritmo escrito pelo autor." Apenas o "Los Angeles Times", cerca de dez dias atrás, ele havia publicado a notícia de um terremoto graças a um 'robô repórter'. O jornalista e programador Ken Schwencke, de fato, conseguiu criar um algoritmo que gera automaticamente um pequeno artigo só é registrado um terremoto.

- See more at: http://www.rainews.it/dl/rainews/articoli/Scossa-di-terremoto-in-California-nella-zona-di-Los-Angeles-1af8115f-33b3-4f63-bc62-7c7d887f6687.html#sthash.wwuLlVot.dpuf

http://issoeofim.blogspot.com.br/2014/03/51-terremoto-na-california-na-area-de.html

Siga este Blog

Postagem em destaque

Agora é real, NIBIRU está chegando, e já é visto a olho nu.

Olá amigos, desculpem a ausência. Estou muito mais ativo no meu mural Facebook, e também no nosso grupo do Facebook também, mas vamos lá...

NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO

POSTAGENS MAIS VISITADAS

Disso Você Sabia ? no Facebook