NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO
Seja Bem Vindo

Siga este Blog

quinta-feira, 27 de março de 2014

100 mil soldados na fronteira com a Ucrânia e navios de guerra russos estão estacionados, a guerra é inevitável?


Navios de guerra russos estão estacionados na Crimeia (Foto: AFP)
Rússia mobiliza 100 mil soldados na fronteira com a Ucrânia 

Tropas não estão só na Crimeia, diz Conselho de Segurança ucraniano. 

'A cada dia esperamos um grande ataque contra o território ucraniano'. 

A Rússia mobilizou quase 100.000 soldados ao longo de sua fronteira com a Ucrânia, afirmou nesta quinta-feira (27) o presidente do Conselho de Segurança Nacional ucraniano. saiba mais EUA e Europa estão unidos para impor sanções à Rússia, diz Obama UE e EUA adotam sanções contra envolvidos no referendo da Crimeia Entenda o que muda na Crimeia após referendo aprovar adesão à Rússia O número é superior ao estimado na quarta-feira (26) pelos Estados Unidos. "Cerca de 100.000 soldados estão estacionados na fronteira ucraniana. Eles estão prontos para atacar há várias semanas", declarou Andriy Parubiy. "As tropas russas não estão presentes apenas na Crimeia, elas estão ao longo de toda a fronteira", insistiu Parubiy. "A cada dia esperamos um grande ataque contra o território da Ucrânia e estamos nos preparando", disse. Pentágono acompanha De acordo com o Pentágono, mais de 20 mil soldados russos, equipados com o necessário para uma operação militar, estão posicionados ao longo da fronteira russo-ucraniana. A Rússia negou no domingo tal informação. No entanto, o secretário de Defesa americano, Chuck Hagel, declarou na quarta-feira que Moscou continua concentrando tropas na fronteira ucraniana. "A realidade é que eles continuam a reforçar suas tropas", afirmou Hagel, a quem seu colega russo Sergue Cho gu garantiu que as tropas russas não ultrapassarão a fronteira. Segundo a autoridade ucraniana, a operação russa tem por objetivo assumir o controle da província ucraniana da Crimeia. No início do mês, a Rússia anexou a península ucracaniana da Crimeia, após a população demonstrar em um referendo que apoiava desmembramento da Ucrânia. Estados Unidos e Europa impuseram uma série de sanções contra o governo russo e as autoridades ucranianas que apoiaram a anexação. Conselho de Segurança A Ucrânia pediu a Assembleia Geral das Nações Unidas que vote uma resolução que defenda a integridade territorial e denuncie a anexação russa da Crimeia, com o objetivo de dissuadir a Rússia de continuar 'com sua agressão'. A Ucrânia recorreu à Assembleia Geral, órgão em que podem votar os 193 países membros da ONU, depois do veto de Moscou nesta questão no Conselho de Segurança em 15 de março passado, um dia antes do referendo em que a Crimeia decidiu aderir à Federação Russa. Ucrânia e as potências ocidentais declararam ilegal o referendo. Ao contrário do Conselho de Segurança, as resoluções da Assembleia Geral não são vinculantes, por isso a votação é mais simbólica. criemia (Foto: AFP) Navios de guerra russos estão estacionados na Crimeia

 (Foto: AFP)
Copiado de: http://g1.globo.com/mundo/noticia/2014/03/russia-mobiliza-100-mil-soldados-na-fronteira-com-ucrania.html
Via: http://jsomokovitz.blogspot.com.br/2014/03/100-mil-soldados-na-fronteira-com.html

Jornal dos EUA diz que Brasil não conseguirá fazer Copa e Olimpíadas

Publicado por Silvag1 
Jornal dos EUA diz que Brasil não conseguirá fazer Copa e Olimpíadas
A menos de três meses para a Copa do Mundo e a pouco mais de dois anos para a primeira edição dos Jogos Olímpicos na América do Sul, o jornal americano The Boston Globe publicou um artigo questionando a capacidade do Brasil de conseguir organizar os dois maiores eventos do mundo.
“Os críticos que disseram que o Comitê Olímpico Internacional (COI) tomou uma decisão errada quando deu a edição dos Jogos de 2016 ao Rio de Janeiro parecem ter tido uma premonição. Com os Jogos a menos de dois anos e meio, os organizadores ainda não comeãram a construção do segundo maior pólo de competições, em Deodoro e ainda trabalham em peças centrais como a Vila Olímpica”, inicia o artigo do jornal.
John Powers, autor do texto, é veterano na cobertura de Jogos Olímpicos e já foi agraciado com um Prêmio Pulitzer, em 1983, pelo seu trabalho.
Na reportagem, o jornalista inclui uma fala de Gilbert Felli, diretor-executivo do COI para os Jogos, que esteve no Rio para a sexta visita da comissão de coordenação na semana passada. “Em algum momento eles terão que decidir quem está fazendo o que”, afirmou.
“A Copa já havia sido concedida ao Brasil quando o COI fez sua escolha, em 2009, indicando o Rio ao invés de Tóquio (a sede de 2020), Madrir e Chicago”, lembra.
“Os senhores dos anéis deveriam saber que o país não seria capaz de lidar com os dois eventos em um tempo tão curto. Agora é tarde demais para um plano B. O primeiro evento-teste, da vela, está agendado para agosto na Baía de Guanabara, que competidores têm comparado a um esgoto”, critica o jornalista americano.
As críticas se alongam por vários parágrafos e a matéria pode ser conferida na íntegra (em inglês) neste link.
No final, John afirma que se o complexo de Deodoro não ficar pronto a tempo, o COI poderá ter que mudar sete esportes para Ipanema e ironiza: “Mountain bike de praia, alguém?”

Fonte: Esporte Alternativo
V ia:  

Fluoretação da água é relacionada com baixo QI em crianças

A exposição ao flúor pode causar a diminuição da inteligência das crianças revela um estudo publicado no Environmental Health Perspectives, uma publicação do Instituto Nacional das Ciência Ambientais e Saúde. Nos Estados 70% dos sistemas públicos de abastecimento adicionam flúor à água.
 
Conforme Paul Connett, Ph.D., diretor do Fluoride Action Network, "este é o 24º estudo que encontrou essa conexão, mas este é mais evidente porque o autor controlou as variáveis sobre baixo QI e flúor na água acrescentando teste da presença de flúor no sangue e baixo QI. Isto deixa muito claro a relação causa-efeito entre exposição ao flúor e danos ao cérebro em crianças”.
 
"O que é também impactante é o que o nível de flúor nas comunidades com baixo QI é bem mais baixo do que os valores estabelecidos como seguro para a água potável pelo órgão ambiental (EPA) que são de 4 ppm e ainda distantes do que é utilizado pelos programas de fluoretação (0.7 – 1.2 ppm)," disse Connett.
 
Neste estudo 512 crianças entre 8-13 anos em duas comunidades chinesas foram pesquisadas e testadas – Wamaio, com uma média de 2.47 mg/L de flúor na água e Xinhuai média de 0.36 mg/L. In Wamiao, a concentração de flúor no serum foi 0.081± 0.019 mg/L, e a média do QI foi 92.02 ± 13.00; in Xinhuaia concentração de flúor foi 0.041 ± 0.009 mg/L e a média do QI foi 100.41 ± 13.21.
 
O autor descartou a exposição ao ferro ou ao iodo como possíveis causas do baixo QI. Também foram excluídas crianças que tivessem história de doença no cérebro ou que consumissem chá prensado, conhecido por conter altos índices de flúor. Nenhuma das comunidades foi exposta à poluição por flúor oriunda da queima de carvão ou outras fontes industriais.

Cerca de 28% foram consideradas na faixa de normal ou muito inteligentes onde foram encontradas baixos teores de flúor e apenas 8% nas que mostravam índices mais elevados de flúor. Destas 15% foram classificadas com indícios de retardo mental e naquelas, 6% ficaram nesta faixa.
 
Além deste foram realizados outros 23 estudos sobre QI e a associação com o flúor que podem ser encontradas no site: http://fluoridealert.org.
 
Connett acrescenta que o resultado é que enquanto o impacto sobre IQ é intensamente pesquisado em todo o mundo, praticamente nenhum trabalho tem sido realizado nos Estados Unidos e nos países onde a fluoretação é utilizada e ironiza: “As agências de saúde parecem mais preocupadas em proteger os programas de fluoretação do que preservar o cérebro das crianças”.
 
Fontes: Revista tae - Combater a N.o.m 

Senador irá protocolar no próximo dia 27 pedido de impeachment contra a presidente Dilma

Publicado por  
Senador irá protocolar no próximo dia 27 pedido de impeachment contra a presidente Dilma
O senador Mário Couto (PSDB-PA) decidiu, nesta quarta-feira (26), apresentar pedido de impeachment da presidente Dilma Russeff.
De acordo com o parlamentar, Dilma é responsável pelo prejuízo bilionário da Petrobras gerado pela compra da refinaria de Pasadena, no Texas (EUA), em 2006.
O requerimento deve ser protocolado na Câmara dos Deputados na próxima quinta-feira (27),. Segundo informações da assessoria do senador, ele recebeu orientação técnica da equipe jurídica de seu gabinete e está certo de que o pedido é válido.
Durante pronunciamento no plenário do Senado nesta quarta, Couto afirmou que a presidente Dilma confessou saber que o relatório técnico que autorizava a compra da refinaria era falho e, por isso, deve responder pelo prejuízo da estatal.
Leia também:
Em crítica, jornalista diz que não usam o Exército para construir estradas porque não dá para superfaturar
PF apura fraude de R$10 bilhões em refinaria superfaturada que será a mais cara da história do Brasil
Senador Mário Couto bate forte e diz que congresso só não promove impeachment de Dilma se não quiser. Assista
— A nossa presidente sabia. Ela que não venha fazer a mesma coisa do [ex-presidente] Lula, que nunca sabe e nunca viu! A nossa presidente sabia! Ela declarou isto por escrito, que sabia. Aliás, brasileiro, você não deve mais aguentar o tanto de corrupção que passa e que se tem neste País. É trágico, Brasil!




A compra da refinaria de Pasadena custou à Petrobras US$ 1,18 bilhão, quase 30 vezes mais que o valor pago pela empresa belga Astra para adquirí-la um ano antes.
No início da semana passada, a presidente Dilma Rousseff, presidente do Conselho de Administração da Petrobras na época da compra, disse, em nota à imprensa, que a transação foi autorizada mediante parecer “técnica e juridicamente falho”, dando início às pressões contra a estatal.
 Processo de impeachment
No pedido de abertura do processo de impeachment, o senador tucano acusa Dilma de crime de responsabilidade, alegando que a presidente era, na época em que a compra da refinaria foi autorizada, ministra da Casa Civil e chefe do setor energético brasileiro.
O texto do requerimento afirma ainda que a Petrobras comprou a refinaria “de forma extremamente absurda e atentatória à boa fé contra o patrimônio brasileiro”.
O senador também acusa Dilma de não ter tomado nenhuma providência para investigar o contrato quando teve conhecimento dos erros, nem como conselheira administrativa da Petrobras, nem agora como presidente da República.
Depois de o pedido ser protocolado na Câmara, um comissão será formado para examinar o requerimento de impeachment. ESSE colegiado é que vai decidir se aceita ou arquiva o pedido de abertura de processo.

Fonte: Carolina Martinhs – R7 com vídeo do canal do senador Mário Couto no you tube

 Via:

http://www.revoltabrasil.com.br/politica/2967-senador-ira-protocolar-no-proximo-dia-26-pedido-de-impeachment-contra-a-presidente-dilma.html

Mão Morta: o apocalíptico sistema de destruição russo

Postado por: Ton Müller em verdade mundial.

Originalmente construído há 25 anos, o sistema chamado Mão Morta foi criado para garantir uma retaliação nuclear caso a Rússia fosse atacada pelos EUA. Caso isto acontecesse, o sistema seria acionado por uma elaborada rede de sensores posicionados ao redor da Rússia, que por sua vez desencadearia o lançamento de todas as ogivas nucleares do país, incluindo Mísseis Balísticos Russos Intercontinentais (ICBM) em silos terrestres, submarinos nucleares e bombardeiros no mundo inteiro.
Antes que a Mão Morta fosse criada, muitos estrategistas militares russos temiam que submarinos nucleares balísticos dos EUA atacassem primeiro. Se os submarinos se movessem furtivamente dentro das águas territoriais da Rússia, eles poderiam atacar com muito pouco aviso prévio. Isso tornaria possível para os americanos destruírem toda a liderança soviética sem provocar uma retaliação por parte da liderança militar da URSS. Para combater essa fraqueza percebida, os soviéticos criaram a Mão Morta para garantir que eles mantivessem uma segunda capacidade de ataque, independentemente do primeiro resultado de ataque dos EUA.

Um dos muitos sistemas com que a Mão Morta conta é um interessante sistema de comunicação reserva conhecido como “Perímetro”, que consiste de uma rede de foguetes que são usados ​​para transmitir comandos de lançamento diretamente para os lançadores de mísseis estratégicos. Uma vez que o Perímetro recebesse comandos para prosseguir, os foguetes seriam lançados e começariam a transmitir ordens de lançamento para os locais de lançamento de mísseis continuamente por até 50 minutos. Isso garantiu que, mesmo que as redes de comunicação fossem desativadas, comandos de lançamento ainda podiam ser enviados para os regimentos de mísseis estratégicos no campo e um ataque nuclear poderia prosseguir.


No típico raciocínio da Guerra Fria, a Mão Morta era apenas mais um nível de aniquilação empilhado em cima da ideia já aterrorizante de auto-destruição mútua. No entanto, a parte mais assustadora da Mão Morta é o fato de que ela não necessita de intervenção humana. Se um evento, como um asteróide, acionasse seus detectores de qualquer forma que se assemelhasse a um ataque nuclear, a Mão Morta seria mais do que capaz de iniciar o processo de aniquilação nuclear por conta própria. Segundo relatos, ela tentaria entrar em contato com os líderes políticos e militares, e se eles não pudessem ser contatados dentro de um determinado período de tempo, o sistema poderia decidir seu próprio tempo de retaliação.


Mas a Rússia teve o bom senso de colocar a intervenção humana em algum lugar dentro deste processo tempos depois. Um bunker subterrâneo profundo abrigava três oficiais de serviço russos que decidiam se deviam ou não começar o apocalipse. Se fosse determinado que um ataque real tinha ocorrido e a liderança de Moscou tinha sido destruída ou estava inacessível, eles eram incumbidos de decidir se deviam ou não iniciar o Perímetro e lançar todos os seus mísseis restantes.


Fonte: http://misteriosdomundo.com/


http://www.verdademundial.org/2014/03/mao-morta-o-apocaliptico-sistema-de.html

Top 10 fobias incomuns

As fobias são geralmente o resultado de uma combinação de eventos externos (ou seja, eventos traumáticos) e predisposições internas (ou seja, hereditariedade ou genética).

As pessoas afetadas com fobias podem experimentar um medo irracional de algo, acompanhado por respiração rápida, batimentos cardíacos irregulares, falta de ar, sudorese e náusea.
Surpreendentemente, muitas destas chamadas fobias bizarras estão total ou levemente presentes e não diagnosticadas entre nós. [Top 10 fobias: Fatos assustadores]
Conheça aqui algumas das mais bizarras e incomuns fobias que causam transtorno às pessoas que padecem de medo irracional e terrível. [A fobia bizarra que você nunca ouviu: Medo de buracos]

1. Aliumfobia - Medo de alho

Aliumfobia é um medo intenso e irracional de alho. As pessoas com esta fobia evitam consumir alho a todo o custo e estremecem até mesmo com a visão ou o cheiro dele.
Na mitologia, os vampiros são relatados como tendo aliumfobia. Em Drácula de Bram Stoker, o professor Abraham Van Helsing infunde o seu quarto com o alho para afastar os maus espíritos. [Vampiros: a verdadeira história]
Sprays de alho podem ser utilizados como repelentes eficazes. Há evidências de que gases e odores exalados por uma pessoa que tenha consumido muito de alho podem afugentar os mosquitos.

2. Didascaleinofobia - Medo de ir à escola

A didascaleinofobia é caracterizada por uma aversão à escola e afecta 5 por cento da população. A causa pode ser rastreada até às dificuldades de aprendizagem (como dislexia ou TDAH), uma incapacidade de lidar com a pressão académica ou eventos traumáticos (como bullying). [A dor do bullying dura até à idade adulta]
Os professores devem ser treinados para cuidar e aconselhar os alunos e dar-lhes tempo e atenção especiais. É espantoso como muitos de nós cresceu e enfrentou esta fobia sem qualquer tipo de tratamento ou aconselhamento.

3. Socerafobia - Medo de sogros

A socerafobia é caracterizada pela constante apreensão, ansiedade ou medo relativamente à ideia de interagir com um dos sogros. A penterafobia é o medo de uma sogra.
A principal causa deste medo reside na imaginação muitas vezes exagerada de similaridades entre a pessoa e a sogra, que muitas vezes se torna irreal. Um número surpreendentemente grande de homens e mulheres recém-casados ​​procuram terapia para superar esta fobia.

4. Pogonofobia - Medo de barbas

Pogonofobia é derivada da palavra grega "pogono" que significa "pertencente a barba" e "fobia" que significa "medo". Algumas pessoas atribuem emoções negativas às barbas, considerando-as desgrenhadas, sem higiene e/ou bárbaras.
Algumas mulheres têm recusado sair com alguns homens solteiros devido a esta fobia e até mesmo consideram homens com pêlos faciais como pessoas suspeitas de serem desporvidas de individualidade e desafio. [Mulher com barba provocada por doença diz sentir-se sexy]

5. Eufobia - Medo de ouvir boas notícias

Sabemos que todo o mundo gosta de ouvir uma boa notícia e teme as más, mas esta fobia é uma revelação chocante - pessoas que sofrem de eufobia evitam boas notícias de qualquer tipo! A razão por trás disso pode ser uma apreensão de um pedaço enganoso ou evasivo de notícias desagradáveis ​​à espreita por trás da chamada "boa notícia".
Uma pessoa que sofre de eufobia envolve-se com percepções negativas ou pessimistas intencionalmente. A terapia comportamental pode ajudar estas pessoas a desenvolver a confiança e otimismo.

6. Hipopotomonstrosesquipedaliofobia / Sesquipedalofobia - Medo de palavras longas

O nome em si provocará a fobia ao leitor sofredor. A palavra deriva a sua origem a partir da raiz da palavra "sesquipedalian", que significa "palavra por muito tempo". As palavras "hipopótamo" e "monstros" foram simplesmente adicionadas para intensificar o terror.
Experiências terríveis com vocabulário e ortografia durante a infância e a dificuldade de memorizar ou mentalmente processar palavras multisilábicas são algumas das causas desta fobia. Nas tecno sociedades dependente de hoje, muitas pessoas que desistiram de o hábito da leitura pode desenvolver parcialmente esta fobia.

7. Caliginefobia / Venustrafobia - Medo de mulheres bonitas

Algumas pessoas podem sofrer de um medo incessante, com ansiedade, mal-estar e até depressão quando entram em contato com mulheres bonitas. Isso pode decorrer de um incidente traumático no passado ao enfrentar uma bela mulher.
Também pode decorrer de baixa auto-estima e/ou baixa auto-imagem, ou até de um complexo de inferioridade. Esta fobia também está ligada à televisão e aos filmes que apresentam as mulheres atraentes e podem afetar o desempenho do indivíduo na vida e distraí-lo de seu trabalho.

8. Hexakosioihexekontahexafobia - Medo do número 666

O número 666 ou "seiscentos e sessenta e seis" é mencionado como o "número da besta" na Bíblia, mais propriamente no livro do Apocalipse. Pessoas associadas a este número foram deixados para enfrentar consequências terríveis, no mesmo livro.
Na literatura, ficção e música, o mal do número 666 deixou uma marca indelével. Muitos thrillers góticos, sobrenaturais e sinistros endossaram esta ideia. O temor supersticioso do "número do diabo" tem causado desconforto a muitas pessoas quando se cruzam com ele.
A Rodovia 666 nos EUA é apelidada de "estrada do diabo", tendo sido rebaptizada em 2003 como "Highway 491". Algumas pessoas têm experimentado desconforto quando morava numa casa tendo este número.

9. Vestiofobia - Medo de usar roupas

A vestiofobia é uma aversão ao sentimento de roupas no seu corpo. As pessoas com esta fobia preferem vestir roupas extremamente soltas ou às vezes não usar sequer roupa alguma. Incidentes traumáticos de serem picados por insetos (como aranhas e vespas) escondidos nas dobras das roupas estão relacionados com a fobia.
De igual forma, por vezes, o facto de se vestir roupas pesadas por um tempo prolongado pode desencadear tal fobia. Os sintomas variam entre uma sensação de asfixia e estrangulamento, náusea, tremores e pânico.

10. Pneumatifobia - Medo de espíritos

Pneumatifobia é um medo irracional do sobrenatural, que muitos de nós tem de alguma forma. Esta fobia pode ser sub-classificada em espectrofobia (medo de espectros), fasmofobia (medo de fantasmas), semonofobia (medo de demónios), satanofobia (medo de Satanás), hadefobia (medo do inferno) e wiccafobia (medo de bruxas). [São os fantasmas reais? A ciência diz que não]
Os sintomas incluem paranóia, ataques de pânico, náuseas, sudorese, colapso mental e uma sensação de ser perseguido por espíritos. Histórias de fantasmas, vampiros, demónios, lobisomens e outras aparições popularizados pela literatura, mitologia e televisão pode agravar esta fobia.

 [Oddee]

http://www.ciencia-online.net/2014/03/top-10-fobias-incomuns.html

Ucrânia será dividida e repartida entre vizinhos?

Posted by  on March 27, 2014
Ucrania-Berehynia-deusa-mãe
A Ucrânia será dividida?
Enquanto o chamado governo ucraniano arrasta a população para a histeria antirrussa e o Maidan continua sendo não um local geográfico (uma praça) no centro de Kiev mas um estado psicológico dos ucranianos, os vizinhos do país começam a pensar em dividi-la e repartir os seus pedaços entre si.
Na imprensa internacional aparecem cada vez mais declarações de políticos que consideram perfeitamente possível o surgimento rápido no lugar da atual Ucrânia de vários territórios independentes. …
Todo o reino dividido contra si mesmo é devastado; e toda a cidade, ou casa, dividida contra si mesma não subsistirá“.  Mateus 12:25
Edição e imagens:  Thoth3126@gmail.com
A Voz da Rússia – Ilia Kharlamov –  24 de março de 2014 -  17:01 horas 
… E isto tem uma explicação bastante simples: quanto mais fraco um Estado, tanto mais há quem queira se enriquecer à sua custa. Um dos primeiros a exprimir tal ideia, em entrevista à rádio polonesa, foi o ex-embaixador polonês na URSS e depois na Rússia e na Ucrânia, Stanislaw Ciosek.
Ucrania-Kiev_Independence_Square_cropped
Maidan Nezalezhnosti (ucraniano: Майдан Незалежності [maɪ̯dan nezal'ɛʒnosci], literalmente:Praça da Independência ) é a praça central de Kiev, a capital da Ucrânia . Uma das principais praças da cidade, está localizada na Rua Khreshchatyk com Shevchenko Raion. Em primeiro plano e posição central o obelisco com a estátua de Berehynia, a deusa protetora de Kiev.
Ele disse que a Ucrânia pode ser dividida em três partes. Esta ideia não pode ser chamada de fresca, mas nas últimas semanas ela de repente voltou a ser relevante. Assim, a Hungria insiste em criar na Transcarpátia uma região especial onde hoje vive principalmente população húngara.
A Romênia reivindica parte da área fronteiriça da Ucrânia. A propósito, o parlamento romeno já adotou uma declaração na qual a Bucovina do Norte e alguns distritos da região de Odessa são proclamados “território romeno”.
UCRANIA-1654
Mas é a Polônia que tem as principais pretensões em relação à Ucrânia. Os nacionalistas não se cansam de exigir do governo em Varsóvia medidas concretas para o retorno das “periferias do leste”, como a região de Lviv é chamada. O representante do Parlamento Europeu Marek Siwiec disse num jornal: A Polônia tem a obrigação de apoiar de todas as formas a ideia da divisão da Ucrânia e fazer tudo para que ela aconteça o mais rápido possível.”
E eis o que o editor-chefe da publicação Geopolítica, Leonid Savin, disse sobre as perspectivas de um estado ucraniano unido:
“Além das áreas mencionadas, há ainda a região de Polesie, onde vive uma população mista de ucranianos e bielorrussos. Entre os nacionalistas bielorrussos também existe a opinião de que historicamente essas terras são da Bielorrússia. Há também o Sudeste da Ucrânia, onde vivem pessoas etnicamente russas. Se o atual governo da Ucrânia continuar a exercer a mesma política destrutiva, a divisão é possível. Vemos que o exército ucraniano está mostrando a sua incapacidade total apesar das declarações sobre a defesa da Crimeia e a disposição de resistir, como eles dizem, às forças de ocupação.”
UCRANIA-1686-formação
O cenário iugoslavo na Ucrânia, infelizmente, é bastante provável, embora indesejável para todos os membros responsáveis da comunidade internacional sem nenhuma exceção. Neste momento difícil, as autoridades autoproclamadas de Kiev devem mostrar a máxima sabedoria e resistência para não permitir a forças destrutivas dentro do país e àqueles que voltaram suas atenções para suas regiões de levarem vantagem.
No entanto, eles estão fazendo tudo exatamente ao contrário, como se seguindo um cenário definido de perda final da soberania da Ucrânia. Primeiro de tudo, com suas iniciativas nacionalistas, antirrussas, e simplesmente desprovidas de elementar bom senso eles tornam ainda mais profunda a divisão entre o Leste e o Oeste do país (Donetsk).
Ucrania-Berehynia-deusa-mãe
Há uma sensação de que dentro em breve, pelos esforços do (des)governo autoproclamado, será superada a linha vermelha depois da qual a vida das duas partes do país num único estado será dificultada ao máximo, se não impossível de todo.
O analista político Vladimir Pantin acredita que a divisão sociopolítica na Ucrânia irá certamente mobilizar aqueles que estão dispostos a ficar com os “melhores pedaços”:
“A história da FORMAÇÃO do país é muito complicada. Várias áreas pertenciam à Polônia, Áustria-Hungria e outros Estados. Na história sempre podem ser encontradas razões para a divisão da Ucrânia, mas isso pode levar a consequências imprevisíveis e perigosas. Embora a divisão que vemos lá sempre tivesse sido provocada, e se provocará tais tentativas.”
UCRANIA-1795-formação
Várias agências e especialistas estrangeiros já estão discutindo quase que os detalhes de uma possível ocupação da Ucrânia, chamando-a de um Estado completamente falho.
O Partido Liberal Democrático da Rússia tão pouco ficou de lado desse tema. Assim, o seu líder Vladimir Zhirinovsky, avançou com mais uma iniciativa original enviando uma carta ao Ministério das Relações Exteriores polonês.
Nela apela-se a concentrar esforços na realização de um referendo sobre a adesão à Polónia das regiões ocidentais da Ucrânia: Volyn, Lviv (Lvov), Ivano-Frankivsk (Ivano-Frankovsk), Ternopil (Ternopol) e Rivne (Rovno).
UCRANIA-1922-formação
O analista Oleg Matveichev comentou essa ideia assim:
“A prática de divisões veio de um passado muito distante. Os czares russos participavam com relutância em tais divisões, quando se perdia a soberania de algum Estado. Já quando os outros partilhavam algo, nós nos víamos obrigados a participar porque se não ficasse para nós – ficaria para os nossos inimigos. Foi assim no caso com a Polônia. Mas quando os países ocidentais ofereceram à Rússia dividir a Turquia e a China, o imperador Nicolau II recusou e disse que isso não era cristão.
O presidente russo Vladimir Putin se pronunciou repetidamente sobre a possível divisão da Ucrânia. Ele declarou que Moscou está interessada em manter um Estado da Ucrânia unido, e a adesão voluntária da Crimeia é não mais que a restauração da justiça histórica, baseada no desejo da esmagadora maioria dos seus próprios habitantes.
Mais informações em:
  1. http://thoth3126.com.br/illuminati-revelacoes-de-um-membro-no-topo-da-elite-explosivo/
  2. http://thoth3126.com.br/crise-na-ucrania-por-que-a-crimeia-virou-o-foco-da-tensao/
  3. http://thoth3126.com.br/ucrania-russia-putin-nao-confia-no-ocidente/
  4. http://thoth3126.com.br/ucrania-crise-se-agrava-com-invasao-na-crimeia/
  5. http://thoth3126.com.br/ucrania-crimeia-pede-para-fazer-parte-da-russia/
  6. http://thoth3126.com.br/a-sociedade-thule-e-adolf-hitler/
  7. http://thoth3126.com.br/nazismo-os-arquivos-secretos-da-waffen-ss/
  8. http://thoth3126.com.br/a-familia-bush-eua-e-o-nazismo/
  9. http://thoth3126.com.br/o-3o-reich-nazista-fatos-desconhecidos/
  10. http://thoth3126.com.br/ucrania-atuacao-aberta-do-neo-nazismo-com-apoio-dos-eua-ue/
  11. http://thoth3126.com.br/ucrania-mercenarios-blackwater-atuam-no-pais/
  12. http://thoth3126.com.br/ucrania-na-crimeia-95-votaram-pela-uniao-com-a-russia/
Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

IRÃ: Engenheiro desenvolveu reator de plasma

Posted by  on March 27, 2014
ufo-IRÃ
O Engenheiro nuclear iraniano,Mehran Tavakoli Keshe, que temos entrevistado e coberto aqui em nossas notícias por um par de anos, em uma declaração afirmou ser o criador da tecnologia de controle da gravidade a ser utilizada no artefato de vôo iraniano (uma espaçonave do tipo disco voador) – algo que ele já havia divulgado para nós no passado, antes do anúncio oficial da agência iraniana.  Mehran Keshe é o diretor da Fundação Keshe.  
Engenheiro do IRÃ declarou ter desenvolvido reator de PLASMA gerador de pulso eletromagnético e campo gravitacional, semelhante ao sistema utilizado em espaçonaves alienígenas.. 
Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com
Também publicado emhttp://truth11.com
O Engenheiro Nuclear, Mehran Tavakoli Keshe, se apresentou como sendo o desenvolvedor da tecnologia de reator de plasma que estaria sendo usada em um “disco voador” desenvolvido pelo IRÃ. Sua tecnologia reivindica aproveitar as leis do eletromagnetismo e da gravidade para permitir viagens ao longo do sistema solar e além. 
Por Hank Mills Pure Energy Systems News 
Ele afirma ter desenvolvido um reator especial de plasma que permite a manipulação de campos gravitacionais e eletromagnéticos para produzir movimento. Pedidos de múltiplas patentes foram depositadas para este reator, e os muitos detalhes dele são explicados no site da sua Fundação Keshe.
Imagem mostrada de Quadricóptero iraniano com  comunicado de imprensa. O disco voador teve sua imagem mostrada na imprensa mais tarde.
Em 16 de março de 2011, a agência de notícias linha-dura iraniana Fars divulgou um comunicado à imprensa  afirmando que o IRÃ desenvolveu um disco voador. O disco não tripulado chamado de “Zohal” (Saturno em língua Persa) é para ser equipado com um sistema de piloto automático, GPS, e um sistema de gravação de imagem.
Alega-se que a aeronave pode voar em espaços abertos e fechados (indoor) Inicialmente, o comunicado de imprensa inclui um estoque de fotos de um disco voador que era, obviamente, de um antigo filme de ficção. Esta imagem foi mais tarde substituída por uma do que parece ser um quadricóptero comum.
Tal imagem tenderia a indicar que não há nada muito exótico sobre o artefato voador.  No entanto agora, o Engenheiro nuclear iraniano, Mehran Tavakoli Keshe, que temos entrevistado e coberto aqui em nossas notícias por um par de anos, veio à público e afirmou ser o criador da manipulação de tecnologia da gravidade a ser utilizada no artefato de vôo iraniano – algo que ele já havia divulgado para nós no passado, antes do anúncio oficial da agência iraniana.  Mehran Keshe é o diretor da Fundação Keshe.
Ele afirma ter desenvolvido um reator especial de plasma que permite a manipulação de campos gravitacionais e eletromagnéticos para produzir movimento. Pedidos de múltiplas patentes foram depositadas para este reator, e os detalhes dele são explicados em muitos sites da sua Fundação Keshe. Importante, em uma recente entrevista com William Alec, da Vortex Network News , Keshe afirma especificamente que sua tecnologia foi incorporada no novo disco voador iraniano. Ele também afirma ter dado a tecnologia para o governo iraniano desde há muitos anos em que está trabalhando ativamente com ela. Isto contradiz a ideia de que o disco é uma espécie de helicóptero multi-turbina.

Capa do livro de Mehran Tavakoli Keshe
Propulsão poderosa e acessível
Esta tecnologia parece boa demais para ser verdade. Alega-se que ela permitiria a criação tanto de um campo gravitacional e eletromagnético produzido em torno da aeronave que o utilizasse como sistema de propulsão. Os geradores capazes de criar campos gravitacionais e eletromagnéticos são usados para propulsão. Eles trabalham a favor ou contra (atração e retração) com os campos de outros corpos no espaço, tais como planetas, estrelas, ou até mesmo galáxias. Um dispositivo que pese entre 7-10 quilos é reivindicada a capacidade de geração de capacidade de muitas toneladas de poder de levitação da aeronave em que estiver instalada.
 A força de elevação e empuxo é criada sem a necessidade de qualquer queima de combustível (motor a explosão por fissão como nos foguetes convencionais) de modo convencional. Estes dispositivos são muito baratos de se construir. Um pequeno reator tem custo de produção em torno de mil dólares em componentes. Os benefícios desta nova tecnologia são muito surpreendentes e resolveria muitos dos problemas e desafios encontrados em viagens espaciais (e na geração de energia). Para ser franco, parece reunir todas as melhores tecnologias da nave estelar ficcional Enterprise  da série televisiva Star Trek.
Por exemplo, o campo eletromagnético produzido pelo reator especial de plasma protegeria os ocupantes da radiação cósmica, pois envolveria toda a espaçonave. Aparentemente, esse campo seria tão intenso que pequenas partículas de poeira que normalmente destruiriam uma nave espacial, são simplesmente desagregadas em nível atômico. Devido ao fato de o reator produzir seu próprio campo gravitacional, os ocupantes poderiam andar normalmente e experimentariam o mesmo nível de gravidade do que na Terra no interior da espaçonave.
Isso evitaria a degradação óssea e muscular enfrentada quando ficamos (os corpos dos astronautas) expostos a longos períodos de gravidade zero. Além disso, os ocupantes não sentiriam os efeitos inerciais da aceleração e desaceleração súbita (exatamente como é testemunhado por pessoas que viram UFOs se deslocando nos céus da Terra). Se essa tecnologia realmente tiver sido desenvolvida poderia, de repente provocar um enorme salto para a frente na evolução da humanidade, se iniciaria uma nova era de exploração espacial do tipo visto na série Star Trek.
Esta tecnologia oferece não só a capacidade de se deslocar mais rápido do que viajar à velocidade da luz, mas proporcionaria viagens espaciais quase instantâneas. Teoricamente, uma nave poderia viajar para o sistema estelar mais próximo (estrela/sol Alpha Centauro, há 4,2 anos-luz de distância) em segundos! É claro que esta tecnologia também oferece benefícios no deslocamento dentro de uma atmosfera planetária. Uma embarcação utilizando esta tecnologia não iria entrar em contato (não haveria qualquer tipo de atrito) físico com a atmosfera planetária devido ao poderoso campo magnético ao redor da nave. Isso eliminaria o efeito de arrasto e evitaria os estrondos sônicos. Também se afirma que aeronaves com esse sistema de propulsão seria capaz de viajar debaixo d’água sem enfrentar qualquer resistência do meio líquido! ( fato que já foi testemunhado com UFOs sendo vistos se deslocando embaixo d’água, em diferentes pontos do planeta, em altas velocidades, entrando e saindo da água sem desaceleração). 
Tecnologia Mudaria a Teoria da Gravidade
A teoria por trás do reator especial de plasma e como ela produz essas forças gravitacional e eletromagnética é potencialmente revolucionária. O Dr. Mehran Keshe afirma que toda a matéria existente (incluindo prótons e elétrons) são compostos de anti-matéria, matéria escura e matéria normal. A gravidade é produzida pelo campo magnético desses vários tipos de matéria interagindo uns com os outros. Ao transformar a matéria em um quentíssimo plasma desses componentes diferentes podem ser desmembrados um do outro. Ao serem produzidos dessa forma, se pode permitir a criação de poderosos campos magnéticos e gravitacionais. Além disso, o mesmo processo pode ser usado para produzir uma fonte ilimitada de energia. Isto pode ser feito simplesmente adicionando bobinas especiais perto do plasma girando em altíssima temperatura e velocidade.
Seria muito fácil para os céticos não aceitar esta tecnologia como real, e apenas sendo mera fantasia, exceto pelo fato de que muitas reivindicações científicas específicas foram feitas. Aparentemente, o trabalho sobre o aspecto da tecnologia para propulsão de aeronaves está completo. Eles têm pequenas unidades (menos de 10 kg) que podem produzir efeito antigravitacional em veículos com toneladas de força de elevação. O primeiro protótipo produzido tinha tanta força de elevação que O Dr. Keshe teve que pular em cima dele para impedi-lo de voar muito alto para cima!
Esta nova tecnologia tem sido compartilhada com vários países além do IRÃ, incluindo EUA e a Rússia. A NASA e outras agências espaciais receberam todas as informações sobre essa nova tecnologia. Alega-se que a tecnologia agora estaria sendo ampliado, mas Keshe afirma que ele não pode falar sobre os detalhes.  O objetivo da Fundação Keshe é abrir uma universidade em que estudantes de países de todo o mundo iriam passar seis anos aprendendo sobre ela, a construção de sistemas, sua utilização e voltar para seu país de origem para ensinar a outros cientistas. O desejo é de se certificar que todas as nações do planeta tenham acesso à essa nova tecnologia. Em 2015 a fundação também planeja ter uma espaçonave em tamanho real que permita que turistas da Terra possam visitar a lua.
Restam apenas três opções aqui. Ou o Dr. Keshe produziu uma tecnologia com avanço que tem o potencial de mudar o nosso mundo, ele é um mentiroso absoluto ou então ele está delirando. Não existe mais nada entre essas três possibilidades. Assuas alegações são verdadeiras ou não são. Toneladas de capacidade de elevação obtida de um dispositivo com dez quilos apenas não pode ser um erro de medição.


Assista o vídeo de 6 minutos em que a tecnologia é explicada. Para acionar as legendas clique no segundo balão (da esquerda para à direita-legendas ocultas) e escolha Português.
Além da tecnologia Star Trek
Agora por favor, deixem-me ser claro sobre a minha posição sobre a realidade desta tecnologia. Eu sinceramente espero que ele esteja dizendo a verdade. Além disso, eu não tenho nenhuma razão para acreditar que ele esteja mentindo. Mas a extensão simples deste avanço potencial é quase insondável e inacreditável. Esta tecnologia poderia superar qualquer obstáculo às viagens espaciais interestelares além de fornecer uma fonte ilimitada de energia. Se ele está dizendo a verdade, a nossa civilização em breve poderá avançar para além do século 24 ….. Não há praticamente nada no mundo da ficção da série Star Trek que dispõe desta tecnologia que não seja possível produzir:
- Velocidade de Dobra (Warp Drive FTL)? VERIFIQUE!
- Warp Core? VERIFIQUE!
- Escudo defletor/protetor (Shields)? VERIFIQUE!
- Gravidade Artificial? VERIFIQUE!
- Anulação da força de inércia? VERIFIQUE!
- Matriz Defletora? VERIFIQUE!
Conecção com Disco iraniano
A questão crítica que eu vejo é fazer a verificação de que essa tecnologia está sendo usada no artefato voador iraniano. Precisamos de algum tipo de referência oficial, declaração ou documento ligando diretamente a tecnologia para com a aeronave. Eu enviei pessoalmente algumas perguntas via e-mail para o Dr. Keshe, com uma lista de perguntas sobre a sua conexão com o objeto voador. As perguntas que eu fiz foram as seguintes, juntamente com as respostas que ele próprio forneceu ( em vermelho ) em 07 de abril de 2011 12:46:
1) Eu acredito que eu ouvi você dizer em uma entrevista recente, há um vídeo de seu reator produzindo força de elevação, mas não foi tornado público. Quando você acha que poderia ser tornado público?
R: Esta é uma decisão do governo iraniano.
2) Existe alguma referência que você pode oferecer que iria ligar diretamente a sua tecnologia com a tecnologia usada no disco voador do Irã?
R: Temos publicado sobre isso por dois anos e acabo de regressar do IRÃ em janeiro para a visita de sete dias, o que tem sido documentado em meu fórum. E nós dissemos que o IRÃ irá mostrar a tecnologia espacial em seu próprio tempo, pergunte aos representantes do governo canadense que tomaram de mim (À força) todos os meus documentos em Toronto  durante um vôo seqüestrando-os, eles dizem quem e onde eu estava desenvolvendo o projeto no IRÃ. http://www. keshefoundation.com / phpbb / viewtopic.php? f = 2 & t = 249
ufocerrogordojunho2006
UFO e seu reator de fusão de plasma, fotografado em Cerro Gordo, EUA, em 2006
3) Você já viu pessoalmente o disco voador do Irã? Se sim, onde e em que circunstância?
R: Eu construí o sistema inicial de propulsão, o elevador e o testei para eles 2,5 anos atrás, no IRÃ. O país até então estava produzindo foguetes e nunca conversaram sobre o programa espacial. 
4) Você supervisionou a concepção, construção e testes do disco? Se não, quem o fez e como podemos entrar em contato com eles?
5) Você pode descrever as características físicas e o desempenho do disco voador do IRÃ? Por exemplo – Que elemento ele usa para produzir plasma? 
De elementos básicos
- Qual o seu tamanho?
- Quanto de força de elevação ele poderia produzir?
Isso não é relevante em sistemas de posicionamento Magravs 
- Qual é o limite de alcance?
Para qualquer destino, estes sistemas  antigravitacionais não têm limitações como um sistema comum de propulsão (que consuma combustível).
- Qual a sua máxima velocidade?
Pode ser de milhares de vezes a velocidade do som na condição de vôo no espaço. 
- É facilmente escalável para um tamanho maior?
A escala/tamanho é dependente da sua força de campo. 
- Pode viajar para além da órbita da Terra ?
- Com o que se parece?  
Com um disco.
6) Você tem alguma foto do Disco Voador? Você estaria disposto a compartilhar tal imagem a ser apresentado na PESN?
7) Existe mais alguma informação adicional sobre o disco do IRÃ que você possa fornecer?
 Assista a liberação do espaço aéreo iraniano. Eu reconheço como o primeiro pouso em exibição na Terra será em Jerusalém como já expliquei antes e se você entender a linguagem política (n.t. e o fanatismo religioso) do Oriente Médio… 
Por Hank Mills Pure Energy Systems News. Esta história também esta publicada em BeforeItsNews
Publicado originalmente em novembro de 2012.
Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e cite as fontes.
NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO