SEJA BEM VINDO - NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO
NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO

domingo, 23 de março de 2014

RELATO de Contatada por Extraterrestres (4º GRAU * ABDUÇÃO)


Petrobrás divulga nota desmentindo Lula e dizendo que nunca foi autossuficiente em petróleo

Publicado por Silvag1 em 23 março, as 20 : 54 PM Print
Petrobrás divulga nota desmentindo Lula e dizendo que nunca foi autossuficiente em petróleo
Um dia após o PSDB realizar um seminário em Brasília para debater os problemas enfrentados pela Petrobras, a companhia divulgou nesta uma nota em seu blog confirmando os dados apresentados pelo partido.
A companhia reconhece que o Brasil não é autossuficiente em combustíveis, o que derruba de uma vez por todas o anúncio feito pelo ex-presidente Lula em 2006. Segundo a empresa, entre 2007 e 2012, a demanda por derivados cresceu 4,9%, contra um crescimento de 3,4% na produção de petróleo. De acordo com a empresa, o Brasil só será autossuficiente em 2014, isso se as projeções de crescimento da produção se confirmarem.
“O Brasil, no entanto, nunca foi autossuficiente em derivados. O País sempre importou e continuará importando derivados até que entrem em operação as novas refinarias previstas no Plano de Negócios e Gestão 2012-16 da Petrobras”, diz a nota.
A Petrobras também confirma a perda de valor de mercado e a queda no ranking das empresas mais valiosas do setor. De acordo com levantamento da consultoria Economatica divulgado pelo PSDB, a empresa sofreu uma desvalorização de 47,1% entre o fim de 2010 e fevereiro deste ano. A companhia, no entanto, apresentou dados de março de 2011 a março de 2013 para justificar uma queda de 41,2%, valor bem próximo ao divulgado pelo partido. Em relação ao ranking, a empresa afirma que hoje é a 7ª mais valiosa – o PSDB a colocou em 8ª. A diferença, entretanto, deve-se à variação do dólar entre as datas dos dois levantamentos.
O evento “Recuperar a Petrobras é o nosso desafio” reuniu ontem em Brasília diversas lideranças do partido e técnicos do setor petrolífero. Para Luiz Paulo Vellozo Lucas, especialista no setor e um dos palestrantes do evento, a nota da Petrobras é patética. “Eles confirmam o que foi dito ontem e não explicam porque mudaram o modelo de exploração. Eles fizeram isso em 2008 para ganhar a eleição. Mudaram o regime e os resultados desastrosos estão aí, de distribuição, de valor, de segurança jurídica, de postos de trabalho e toda economia como um tudo”, afirma Luiz Paulo.
As informações divulgadas pela companhia nesta quarta-feira enfraquecem o discurso político da presidente Graça Foster publicado ontem no site do PT. Na ocasião, Foster afirmou que a empresa não enfrenta problemas.
A assessoria da Petrobras teve livre acesso ao seminário e foi recebida sem a hostilidade comum que o PT costuma dispensar à imprensa e aos adversários.
A empresa, porém, não comentou a possibilidade de o Brasil perder as oportunidades do pré-sal. Anunciado como uma dádiva durante a eleição presidencial de 2006, o pré-sal produziu até agora a paralisação dos leilões e grande confusão na questão da distribuição dos royalties.
A Petrobras também não explicou o motivo de estar sendo investigada pelo Ministério Público em razão da compra, em 2006, da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, limitando-se a dizer que o negócio estava alinhado ao planejamento de expansão internacional da empresa na época. O negócio está sendo investigado porque a companhia pagou US$ 1,18 bilhão por refinaria negociada um ano antes por US$ 42,5 milhões.
Abreu e Lima
Outro ponto mal explicado na nota é a construção da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. A obra está atrasada e teve o orçamento inicial multiplicado por nove – passou de R$ 4,7 bilhões para cerca de R$ 41 bilhões. O negócio é alvo de investigação Tribunal de Conta de União (TCU), que constatou superfaturamento e sobrepreço. O prejuízo à União é estimado em R$ 1,38 bilhão.
Segundo a empresa, o valor da obra aumentou devido a mudanças no projeto inicial. “As projeções iniciais de custos da Refinaria Abreu e Lima (RNEST) referiam-se a um projeto em fase inicial de avaliação, cujo grau de definição permitia estimativas apenas preliminares em relação a custos de infraestrutura, demandas ambientais, integração entre unidades e extramuros”, diz a nota.
A empresa diz que a execução da obra já alcançou 70% e que o custo total previsto é de US$ 17 bilhões, cerca de R$ 34 bilhões. A diferença entre o valor divulgado pelo PSDB, R$ 41 bilhões, deve-se ao pleito, ainda não acordado, das empresas contratadas, que somam US$ 3 bilhões.  A Petrobras não se pronunciou sobre a investigação do TCU.
Fonte: Site Oficial do PSDB


Via:




Chile: Autenticidade de foto de OVNI / UFO com o tamanho de dois estádios de futebol é confirmada pela CEFAA

A foto de um OVNI no Chile, deixou várias testemunhas impressionadas, após o Comitê de Estudos de Fenômenos Aéreos Anômalos (CEFAA) confirmar sua autenticidade.

O OVNI foi visto no Reservatório El Yesso e tinha duas vezes o tamanho do Estádio Nacional do Chile.

A imagem foi obtida por um casal de venezuelanos que mora no Chile e foi investigada pela CEFFA, através de seu diretor geral, General Ricardo Bermudez (aposentado).

“Após considerável pesquisa, alcançamos uma série de conclusões que são as mesmas obtidas nos Estados Unidos, as quais são: esta foto é real e não algo forjado. Segundo, a incidência de luz nestas nuvens é a mesma no objeto. Terceiro, o objeto tem sua própria luz e assim uma série de janelas são visíveis. Isto foi de acordo com o nosso Ph.D meteorologia, e pelas nuvens existentes na ocasião durante aquela estação na Cordilheira, o objeto possui duas vezes o tamanho do Estádio Nacional do Chile.”

“Não sabemos o que é, ou de onde veio, mas o fenômeno aéreo anômalo descrito como um objeto voador não identificado é real e possuímos a prova e os relatos de testemunhas para dar apoio a isto“, diz Bermudez, que foi um piloto militar para a Força Aérea Chilena, pilotando caças F-5, entre outras aeronaves.

“Recebemos mais de mil relatos a cada ano e 95% são anomalias que podem ser completamente justificadas. Descartamos 2% do restante 5%, deixando assim 3% sem resposta científica. Isto está sendo estudado, porque é real e ocorre mundialmente.”

O CEFAA, criado em 1977, é uma agência da Escola Técnica de Aeronáutica (ETA), uma entidade que se tornou um ramo do Secretariado Geral do Escritório Geral da Aeronáutica Civil no Chile. Sua missão é a de compilar, analisar e estudar todos os relatos do Fenômeno Aéreo Não Identificado que ocorre no Chile “através de investigação séria, científica e objetiva, para determinar se a segurança das operações aéreas tem sido ameaçada, assim contribuindo para a segurança da aviação no Chile“.

Fonte: inexplicata.blogspot.com.br

ovnihoje


http://noticia-final.blogspot.com.br/2014/03/chile-autenticidade-de-foto-de-ovni-ufo.html

Confronto com Manifestantes da Marcha da Família

Publicado em 22/03/2014
Manifestantes da Marcha da Família entram em confronto com opositores à marcha em frente ao Comando Militar do Leste ao lado da Central do Brasil.

Mais Médicos contrata 41 em situação não regularizada

Brasileiros formados na Venezuela não estão aptos a exercer a medicina naquele país; até autoridade venezuelana admite que são "médicos incompletos"

 Mais Médicos contrata 41 em situação não regularizada
Matéria da Folha de S. Paulo:
Mesmo sem cumprir todos os requisitos do Ministério da Saúde, 41 médicos comunitários brasileiros recém-formados na Venezuela foram selecionados para trabalhar no programa Mais Médicos.
Eles se graduaram em novembro pela Elam (Escola Latino-Americana de Medicina) Dr. Salvador Allende, criada em 2007 pelo então presidente Hugo Chávez. A maioria é ligada a organizações de esquerda como o PT e o MST.
O grupo voltou ao Brasil sem atender todas as exigências da profissão previstas no artigo 8º da Lei de Exercício da Medicina na Venezuela.
“Depois que recebem o título, os formados têm de fazer um ano como médico rural ou dois anos de internato. Do contrário, o ministro não assina o diploma, e eles não podem fazer pós-graduação, medicina privada nem nada. São médicos incompletos“, disse à Folha Fernando Bianco, presidente do Colégio de Médicos de Caracas e simpatizante do chavismo.
O descumprimento dessa exigência contraria o edital de contratação do Mais Médicos publicado em 16 de janeiro, segundo o qual médicos brasileiros formados fora do país precisam comprovar “habilitação para exercício da medicina no exterior”.
Nesta semana, o grupo começou o treinamento de cerca de 25 dias, que inclui uma avaliação de conhecimentos em saúde na atenção básica. Mas todos já têm cidades designadas em 14 Estados, incluindo sete em São Paulo.
Na Venezuela, o programa de médicos integrais comunitários tem sido criticado por causa de irregularidades normativas, improvisos e falta de docentes qualificados.
A Elam não está inscrita no Ministério de Educação Universitária. Com isso, o diploma dos brasileiros é da Universidade Nacional Experimental Rómulo Gallegos (Unerg), em San Juan de los Morros, a 180 km de Caracas, onde fica a Elam.
Os brasileiros e outros estrangeiros receberam o diploma em cerimônia com a participação do presidente Nicolás Maduro. As festividades incluíram uma visita ao Quartel da Montanha, onde está o túmulo de Chávez –o nome da turma é “Comandante Eterno Hugo Chávez”.
“Aqui, conheci o maior líder de todos os tempos, que semeou em mim uma bandeira de luta que levarei para sempre onde quer que eu vá”, escreveu, no Facebook, a brasileira Vaubéria Macedo.
“Conheci uma medicina diferente, humanista, onde o ser humano é o mais importante, e a saúde não é a ausência de doenças. E por isso sou muito grata aos companheiros cubanos.”
http://www.implicante.org/noticias/mais-medicos-contrata-41-em-situacao-nao-regularizada/

O PT perdeu a credibilidade

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Arlindo Montenegro

As leis brasileiras dizem que “todos são inocentes até que se prove o contrário”. E que o desconhecimento da lei não garante a impunidade. Os cidadãos são obrigados a escolher seus legisladores, entre pessoas apresentadas pelos partidos políticos como honestas defensoras dos interesses da nação. Os eleitos elaboram leis para seu próprio benefício.

Todos os votantes são informados pela televisão, pelos jornais, revistas, pelo rádio e pela internet sobre a realidade corriqueira, diária, vergonhosa. Documenta-se com sons e imagens o roubo continuado, as falcatruas, as negociatas que os tais representantes, obrigatoriamente eleitos pelos votantes cometem. São poucas as exceções à regra.

Documentado está como os governantes, legisladores, juízes, agentes do Estado e seus homens de confiança, desprezam as leis com a maior cara lisa e justificam suas ações como se falassem a imbecis infantilizados. Parece brincadeira! Mas não é. Estamos diante de um jogo sujo de gente que prefere servir ao tráfico de armas e drogas, aos bancos e empresas que pagam os favores.

Como livrar o Brasil destes ditadores eleitos pelos mecanismos corrompidos, disponibilizados por isto que chamam de democracia? Como acreditar que vamos “eleger livremente”, os mesmos gestores, previamente escolhidos pelos partidos, para que continuem a “deitar e rolar” durante os próximos anos? Os eleitores sacramentam o que parece ser “menos pior”. Todos se aliam ao governo, exceto uns poucos gatos pingados.

Quem acredita que os vereadores e prefeitos vão ser austeros, honestos, quando vão atuar como peças de uma engrenagem corrompida e dependente do alimento dos governos estaduais que por sua vez dependem de Brasília? A imoralidade dos feudos partidários exige a obediência e os dízimos aéticos de seus eleitos.

Alguém acredita que eles vão votar pela redução dos “benefícios” que dobram e triplicam seus altíssimos salários? Que vão submeter-se e deixar que os familiares e dependentes sejam atendidos pelo SUS? Que vão recusar os serviços odontológicos pagos pelos contribuintes? Ou pagar pela gasolina que consomem como uísque ou água mineral? Ou que vão recusar a posse de cartões de crédito pagos pelos cofres públicos?

Falam em reduzir despesas... Que despesas vão reduzir? São gastos secretos, tão secretos como os acordos para construir um porto de primeiro mundo em Cuba e deixar às traças o porto de Santos e as estradas esburacadas por onde circulam as safras de grãos e os produtos industrializados. São gastos tão secretos como os acordos com países africanos, com a Venezuela e a Costa Rica, que têm como lobista um certo ex presidente a serviço de empreiteiras.

Alguém acredita que os mesmos reeleitos como sempre, (que escolha?), vão cumprir o Art. 26 das Disposições Transitórias da Constituição de 1988, que manda realizar a Auditoria da Dívida Pública absurda,  aquela que o ex presidente anunciou ter zerado e cresce como bolo com fermento em demasia?

No orçamento enviado ao Congresso Nacional para o ano corrente, a previsão do governo para pagar juros e amortização da dívida é de R$ 1.002.000.000.000,00... Já leu? Engasgou? 1 trilhão e 2 bilhões de Reais! Haja imposto! Haja trabalho mal remunerado! E não falam nadica da economia informal.

Nossos eleitos, representantes dos próprios interesses, nem tocam na tal “economia não contabilizada”, cujos “impostos informais” são cobrados por agentes investidos como “fiscais” de feiras livres e de pequenos comércios, ou aqueles que cobram por baixo do pano para facilitar as atividades do tráfico de drogas, armas, contrabando, etc.

Esta economia que nunca foi divulgada oficialmente, também ajuda a eleger “representantes do povo”, que normalmente se relacionam com o crime organizado, mantendo o trabalho dos informais em condição marginal e precária. Eles são uma  das “galinhas dos ovos de ouro”. A sociedade que se proteja (como?) contra a violência que as polícias mal aparelhadas, mal treinadas, mal remuneradas não têm mesmo como conter. Que o digam as “comunidades pacificadas”.

Um amigo me indicou que os informais mobilizam uma riqueza superior à economia da Argentina. E me passou a fonte: Valor Econômico, São Paulo, 28/11/2012, Editoria Brasil, página A-3, onde se lê que a economia marginal mobilizou naquele ano, R$ 748,4 bilhões, ou seja, 17 % do PIB (Produto Interno Bruto, soma de toda a riqueza produzida no país).

E nem precisamos falar das ONGs, Organizações NÃO GOVERNAMENTAIS, financiadas pelo governo, para organizar índios, sem terra, mascarados para esculhambar em manifestações públicas, doutrinadores marxistas e toda esta gente que ajuda o comunismo e seus aliados a manter o medo e dividir a população.

São todos inocentes, como os do “mensalão”, gente fina... Democratas... Humanistas... Até que se prove o contrário. Os índices da criminalidade e roubalheira não são provas suficientes para quem não quer ver. As pesquisas oficiais confirmam os eleitos antes da eleição. O povo aceita. Uma pesquisa mais extensa confirma que 96% da população aprova a redução da maioridade penal. O PT e seus aliados recusam. Votam contra. Melhor seria se denominado Partido da Traição.  Agora estão conspirando para restringir a utilização da internet com censura e cobranças limitadoras.


Arlindo Montenegro é Apicultor.

Via: http://www.alertatotal.net/2014/03/o-pt-perdeu-credibilidade.html

Conselho da Petrobras aprovou compra de refinaria no Japão um ano após adquirir a de Pasadena

Contrato continha as mesmas cláusulas que Dilma alega terem sido omitidas no caso da refinaria de Pasadena (EUA)

nansei sekiyu refinaria da petrobras no japao 1374489727273 615x300 600x292 Conselho da Petrobras aprovou compra de refinaria no Japão um ano após adquirir a de Pasadena Matéria do Jornal Nacional:
O conselho administrativo da Petrobras, presidido pela então ministra chefe da Casa Civil Dilma Rousseff, aprovou a compra de uma refinaria no Japão, um ano depois da aquisição da refinaria de Pasadena, no Texas. No contrato desse outro negócio também consta a cláusula que gerou uma disputa judicial sobre a unidade de Pasadena, e que gerou prejuízos à Petrobras.
Relatórios da Petrobras ao mercado brasileiro informam que a compra de metade da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, em 2006, custou US$ 360 milhões. Mas em 2007, em um documento encaminhado à agência que regula o mercado financeiro nos Estados Unidos, a Petrobras afirma que o preço pago foi de US$ 416 milhões.
A diferença, US$ 56 milhões, seria de impostos pagos ao governo americano, segundo um conselheiro que participou da aprovação do negócio. Em 2012, o preço da refinaria subiu mais.
Por força de uma decisão judicial, a Petrobras teve de comprar a outra metade da refinaria de Pasadena.
No contrato, havia uma cláusula, a put option, que obrigava uma das partes a comprar a outra em caso de desacordo entre os sócios. No final, somados os custos da refinaria e da disputa judicial, a Petrobras acabou gastando quase US$ 1,2 bilhão.
O diretor de gás e energia da Petrobras na época da compra da refinaria de Pasadena disse que o prejuízo teria sido menor se a estatal tivesse encerrado o caso na Câmara Internacional de Arbitragem, primeira etapa do processo. Mas, segundo Ildo Sauer, a presidente Dilma Rousseff insistiu na disputa judicial, o que levou a Petrobras a pagar um adicional de mais de US$ 170 milhões.
“O conselho de administração decidiu por indicação da presidente do conselho, senhora Rousseff, não aceitar a decisão arbitral. Mandou para a Justiça. A Petrobras foi derrotada na Justiça e, com isso, o ônus aumentou em mais US$ 171 milhões. Com isso, no final, a refinaria custou US$ 840 milhões, mais US$ 340 milhões de estoque de petróleo e derivados, que no final deu um preço total de US$ 1,190 bilhão”, revela Ildo Sauer, ex-diretor da Petrobras.
O Palácio do Planalto não quis comentar, mas fontes da Petrobras dizem que a decisão de recorrer à Justiça foi correta porque o valor pago pela refinaria de Pasadena poderia ser ainda maior se a estatal aceitasse a decisão arbitral.
Uma ata de 24 de junho de 2009, a que Jornal Nacional teve acesso, mostra que o conselho da Petrobras delegou a condução da arbitragem e as medidas seguintes à diretoria executiva.
Em outro negócio, mostrado neste sábado (22) pelo jornal O Estado de São Paulo, a presidente Dilma aprovou, em 2007, a compra de uma outra refinaria, no Japão. No caso do Japão, o resumo executivo que o conselho da Petrobras recebeu fazia menção à cláusula que, segundo a presidência, não estava no parecer que tratava da refinaria de Pasadena.
Na quarta-feira (19), a presidente Dilma Rousseff disse que só apoiou a compra de Pasadena porque recebeu um resumo que trazia “informações incompletas”. De acordo com a nota, “posteriormente, soube-se que o resumo era técnica e juridicamente falho, pois omitia qualquer referência a cláusulas” que, “se fossem conhecidas, seguramente não seriam aprovadas pelo conselho”.
O resumo sobre as duas refinarias foi elaborado por Nestor Cerveró, então diretor da área internacional da Petrobrás, exonerado nesta sexta-feira (21) da BR Distribuidora.

 http://www.implicante.org/noticias/conselho-da-petrobras-aprovou-compra-de-refinaria-no-japao-um-ano-apos-adquirir-a-de-pasadena/

[Avião da Malásia] 20 Passageiros Trabalhavam para Firma de Guerra Eletrônica e Radar Militar e a Nova Teoria da Conspiração

Express.co.uk 

Uma empresa de tecnologia dos EUA, que tinha 20 importantes funcionários a bordo do Voo MH-370 da Malásia Airlines tinha acabado de lançar um novo dispositivo de guerra eletrônica para sistemas de radar militares nos dias que antecederam o desaparecimento do Boeing 777.

Freescale Semiconductor, que produz poderosos microchips para indústrias, incluindo da defesa, divulgou os novos e poderosos produtos para o mercado americano em 3 de março.

Cinco dias mais tarde, o vôo MH370 decolou de Kuala Lumpur para Pequim, com 239 pessoas a bordo, incluindo 20 empregados da Freescale.

Doze eram da Malásia, enquanto oito eram cidadãos chineses.

O porta-voz da Freescale Mitch Haws disse: "Estas eram todas pessoas com muita experiência e formação técnica e eles eram pessoas muito importantes."


"É definitivamente uma perda para a empresa."

Os acionistas da Freescale incluem o Grupo Carlyle de investidores de private equity, cujos antigos conselheiros incluíram o ex-presidente americano George Bush pai e ex-primeiro-ministro britânico John Major.

Clientes peso-pesados ​​anteriores da Carlyle incluem a Binladin Group, a empresa de construção de propriedade da família de Osama bin Laden.

O fato de que Freescale tinha tantas pessoas altamente qualificadas a bordo do Boeing 777 já havia gerado teorias conspiratórias selvagens sobre o que poderia ter acontecido.

A companhia diz que seus empregados estavam voando para a China para melhorar suas operações de produtos de consumo, mas as ligações recentes da Freescale à tecnologia de guerra eletrônica é susceptível de desencadear mais especulação e aprofundar o mistério.

Especialistas ficaram perplexos como um grande avião de passageiros parece ter voado sem ser detectado, e possivelmente, enganado sistemas de radar militares por até seis horas.

Evitar radar através de "tecnologia de camuflagem" tem sido um dos objetivos da indústria de defesa e a Freescale tem estado ativa desenvolvendo microchips para radar militares.

Em seu site, a empresa diz que seus produtos de rádio freqüência atendem às exigências para aplicações em "aviação, radar, comunicações, de orientação de mísseis, guerra eletrônica e identificação amigo ou inimigo".

Em junho passado a empresa anunciou que estava criando uma equipe de especialistas dedicados à produção de "produtos de energia de frequência de rádio" para a indústria de defesa.

E em 3 de março, ela anunciou que estava liberando 11 desses novos dispositivos para uso em "alta freqüência, radar de VHF e UHF de banda baixa e comunicações de rádio."

A empresa não respondeu a perguntas do Express On-line, incluindo se qualquer dos seus empregados ausentes estava trabalhando em produtos de defesa.

Ela também não forneceu quaisquer respostas a mais recente bizarra teoria da conspiração sendo amplamente divulgado nas seções de comentários de sites de jornais e outros fóruns de internet.

O comentário diz:
Você já juntou o quebra-cabeça do desaparecimento do vôo 370 para Beijing? Se não, aqui estão as suas peças que faltam.
"Patentes Patentes patentes.
Quatro dias após o MH370 vôo desaparecer uma patente é aprovada pelo Escritório de Patentes, quatro dos cinco titulares de patentes são funcionários chineses da Freescale Semiconductor de Austin TX.
A patente é dividido em 20 por cento, para incrementos de cinco titulares.
Peidong Wang, Suzhou, China, ( 20 por cento ); Zhijun Chen, Suzhou, China, ( 20 por cento ); Zhihong Cheng, Suzhou, China, ( 20 por cento ); Li Ying, Suzhou, China, ( 20 por cento ); Freescale Semiconductor (20 por cento).
Se um detentor de uma patente morre, então os titulares restantes dividem igualmente os dividendos do falecido se não disputada em um testamento.
Se quatro dos cinco morrem, então o titular da patente restante fica a 100 por cento da riqueza da patente.
Este titular da patente vivo restante é a Freescale Semiconductor."
E acrescenta: "Aqui está o motivo para o desaparecimento do avião para Pequim. Pois todos os quatro membros chineses da patente eram passageiros do avião desaparecido.
Os detentores de patente podem alterar o procedimentos legalmente, passando a riqueza para seus herdeiros. No entanto, eles não podem fazê-lo até que a patente seja aprovada. Assim, quando o avião desapareceu, a patente não tinha ainda sido aprovado"
No entanto, a teoria não fecha.

Embora a patente Freescale exista sob o número US8650327, nenhum dos nomes listados realmente aparecer na lista de passageiros liberado pelas autoridades malaias.
Nota Blog Anti-NOM: na verdade a patente que se refere os inúmeros fórums é a de número US8671381.

A busca continua pelo Voo MH-370 mas a especulação em torno de seu destino cresce a cada dia.

Alguns especialistas acreditam que o avião foi sequestrado, possivelmente pelos pilotos ou que houve uma luta a bordo o que levou a uma descompressão catastrófico.

No entanto, nenhuma almofada de assento ou bagagens, que se esperaria que flutuassem, ainda foram encontrados no vasto Oceano Índico, onde a aeronave poderia ter caído.

Nota Blog Anti-NOM: estou preparando um outro post com mais informações sobre este possível Hoax.

Fontes:
Express: Malaysian plane: 20 passengers worked for ELECTRONIC WARFARE and MILITARY RADAR firm

Read more: http://www.anovaordemmundial.com/2014/03/aviao-da-malasia-20-passageiros-Trabalhavam-para-Firma-de-Guerra-Eletronica-e-Radar-Militar-e-a-Nova-Teoria-da-Conspiracao.html#ixzz2wnHVF2PU

Revoltas populares unem-se contra governos incompetentes e corruptos

Posted by  on March 23, 2014
Venezuela_Protestos
A “bolivariana” Venezuela …
Revoltas populares unem-se contra governos incompetentes, CORRUPTOS e infestados por oportunistas e sealastram pelo planeta
É difícil olhar os acontecimentos atuais naUcrânia, na Venezuela, no Egito e naTailândia sem relacioná-los, em algumas de suas raízes, aos eventos que influíram na Primavera Árabe, incluindo a Síria, depois as breves manifestações populares na Turquia, iguais às manifestações noBrasil mais ou menos no mesmo período.
Edição e imagens: Thoth3126@gmail.com
Revoltas populares unem povos inteiros contra governos incompetentes e CORRUPTOS:
Giovanni Lorenzon -  Fora que ainda podem ser repetidos nesses mesmos e em outros lugares cujo caldeirão de insatisfação popular está fervendo, como pode ser o caso da Argentina já e em outros que não perdem por esperar.
O alcance, a violência e as consequências das explosões das ruas não foram iguais, mas os fios condutores que as unem têm a ver com o excesso de calamidades causadas pelo esgotamento dos modelos econômicos, supressão das liberdades e corrupção política endêmica, além das variáveis advindas desse tripé.
Mais em uns, menos em outros, quando não tudo junto e misturado, a realidade é que há uma absoluta falta de paciência com os sucessivos desastres de governos corruptos, incompetentes compostos por salafrários.
A protester gestures in front of a fire during a protest against corruption in Kadikoy in Istanbul, on February 25, 2014. Leaked voice recordings which allegedly feature Prime Minister Recep Tayyip Erdogan instructing his son to hide vast amounts of cash amid an ongoing corruption operation has caused people to take to the streets in a number of provinces on February 25 to protest the widening corruption scandal that has implicated Erdogan's close associates and even his own family, and called on the prime minister and his Cabinet to resign. The premier's office on February 25 said the recordings are fake and Erdogan condemned them as a "vile attack" as he grappled with the latest setback in a damaging corruption scandal.   AFP PHOTO / GURCAN OZTURK
Fica a impressão, até, que muito pouco nesses países – e em mais um punhado de outros que poderiam ser adicionados aqui – convulsionados por revoltas populares há de descontentamento com o (a falta de) conteúdo político-ideológico de seus governantes.
Com as exceções de sempre Cuba, Coreia do Norte, Arábia Saudita, Irã e outras tiranias fechadas, sem o mínimo espaço interno para combatê-las (por enquanto), todos os outros estão sob alguma forma de democracia ou vivendo algumas das suas liberdades. Mesmo os países árabes que viram seus ditadores caindo a partir de dezembro de 2010, na Tunísia, se aproveitaram das brechas iluministas que os regimes se esqueceram de fechar. E as tecnológicas, como a da informação.
Naturalmente, a partir de um ponto qualquer que serviu de estopim, entre aquela grade de motivos, gradualmente a insatisfação avançou para outras políticas adotadas por esses governos. Havia um represamento, isso é certo.
turquia-protestos
Vários protestos marcaram as principais cidades da Turquia nessas últimos semanas.
Mas neste século XXI as pessoas querem ser felizes e com acesso ao que é de direito natural. Se enquanto isso é oferecido – ou pelo menos uma fração em regiões já amansadas pelo infortúnio institucionalizado – os idiotas de plantão podem mesmo desfrutar com um pouco de tranquilidade seus pendores de déspotas ou de lunáticos, até que sejam substituídos no rodízio normal das democracias. Ou não, como a China, exemplo de dar muito com uma mão e subtrair um tanto com a outra. E assim vai levando.
Nicolás Maduro teve a chance de continuar tentando mudar oficialmente a data do Natal, beijar a mão dos irmãos Castros de Cuba, ver imagens de Hugo Chávez até na porta de seu banheiro ou até roubar alguns direitos da população venezuelana, mas foi deixar faltar papel higiênico no início e depois faltar de tudo um pouco, como agora, para boa parte da população querer abreviar seu governo. Vai minando aos poucos sua ampla base de apoio, enquanto responde com mortes.
Na Ucrânia, há quase um paralelo, guardadas as devidas proporções. Se o ex-presidente Viktor Yanukovich não terminasse de empurrar a economia do país para o precipício, bem provavelmente teria sido suportado mais tempo pelos ucranianos, já acostumados a governos corruptos e a uma democracia imperfeita. Nem o Leste do país, sua base étnica e política de apoio, o ajudou decisivamente a enfrentar o Maidan, o movimento que cresceu – e o forçou a abandonar Kiev.
brasil
No Brasil se preparam novos protestos durante a Copa do mundo de futebol.
A versão ocidentalizada de que foi o seu favoritismo à integração econômica com a Rússia, e não à Europa (que até deverá ocorrer), o único motivo para a violenta rebelião popular não convence. Se a Ucrânia não tivesse precisado do socorro urgente – oferecido sem entusiasmo (e em condições draconianas) pela União Europeia e finalmente dado pelo presidente russo Vladimir Putin – a vida na Transcarpátia seguiria como estava.
Na Tailândia, foi o projeto de lei de anistia da premiê Yingluck Shinawatra para facilitar o regresso de seu irmão Thaksin, um político corrupto autoexilado no Reino Unido, que detonou o governo de Bangkok nas últimas semanas.
À beira de um ataque de nervos estão os governos da Turquia e do Brasil, entre os que já foram ameaçados pelas ruas, e não estão tendo mais vida fácil, e os que vão acabar virando vidraças mais dia, menos dia. Entre os últimos, a politizada e orgânicaArgentina, com a paralisação econômica progressiva do país pelas incompetências em escala da presidente Cristina Kirchner.
Na Turquia, o autoritarismo e a tentativa de tirar o país do secularismo fez o presidente Recep Erdogan enfrentar as barricadas, em junho passado, a partir do momento em que uma praça foi ameaçada de ser destruída em Istambul para dar lugar a um shopping center.
tailandia-bangkoc-protestos
Onda de protestos paralisa Bangkok na Tailândia
No Brasil, também a partir do meio de 2013, o “gigante acordou” depois de um simples aumento coletivo das passagens de ônibus urbanos, mas com muita gente farta do ufanismo que não sobrevivia, e sobrevive, ao mensalão, corrupção, gastos desnecessários com Copa do Mundo, compadrio político e deterioração econômica, etc.
Os protestos foram expropriados até agora pelos “sem causa” black blocs, mas não se lhes tira o incômodo a um governo prepotente. Falta ao Brasil um pouco mais de coesão e homogeneidade social para que muitos não se deixem mais levar e se distrair pelas migalhas das esmolas públicas.
ContagemRgressiva
Contudo, a porta foi aberta, e, como diz o ditado, onde passa um boi passa uma boiada.
(n.T. E com o escândalo do ASSALTO à PETROBRÁSvindo à tona, o futuro político do Brasil é incerto)
Dessa cronologia mundial toda, fica a sensação de que isso ainda vai piorar, E MUITO.
Permitida a reprodução desde que mantida na formatação original e mencione as fontes.

EUA à beira da falência

Posted by  on March 23, 2014
Os EUA à beira da falência generalizada.
Era uma vez, e não faz muito tempo, as maiores cidades dos Estados Unidos ( e o ”american way of life”) eram invejados em todo o mundo. Infelizmente, este já não é mais o caso. 
Claro, existem áreas de Nova York, Boston, Washington e Los Angeles, que ainda são absolutamente lindas, mas na maioria das vezes nossas principais cidades estão rapidamente apodrecendo e ficando decadentes. 
Tradução, edição e imagens:Thoth3126@gmail.com
O último a sair apague as luzes – As maiores cidades dos Estados Unidos estão se tornando (sendo transformadas intencionalmente) em meras fossas de imundície, decadência e misérias…
Por Michael Snyder:
Grandes cidades como Detroit, Cleveland, Baltimore, Memphis, New Orleans, St. Louis e Oakland foram locais em que uma vez os trabalhadores americanos de classe média prosperaram e cresceram junto com suas famílias.  
Hoje, todas essas cidades estão sendo rapidamente transformadas em fossas de sujeira, decadência e miséria. Milhões de bons empregos acabaram em nossas principais cidades nas últimas décadas e a pobreza absolutamente explodiu. 
Basicamente, você pode apagar as luzes porque a festa acabou. Na verdade, algumas das principais cidades dos Estados Unidos já estão, literalmente, apagando as luzes. Em Detroit, cerca de 40 por cento dos postes de iluminação pública já estão quebrados e a cidade não tem recursos para consertá-los. 
Então, o prefeito Bing surgiu com um plano para reduzir o número de postes de iluminação quase pela metade e deixar vastas partes da cidade totalmente no escuro à noite. Eu me pergunto o que vai acontecer com o índice de criminalidade na cidade. Mas não olhe muito apenas para Detroit, porque o que está acontecendo em Detroit estará acontecendo onde você mora em breve.
Um artigo recente da agência Bloomberg descreveu o plano do prefeito Bing para eliminar quase a metade dos postes de iluminação de Detroit ….
Detroit, cujas 139 milhas quadradas contêm 60 por cento menos habitantes hoje do que em 1950, vai tentar empurrá-los para um espaço menor, por eliminar quase metade dos seus postes de iluminação.
Na medida em que 40 por cento dos 88 mil postes de luz da cidade já estão quebrados, Detroit cujas finanças estão sendo supervisionadas por um conselho nomeado, não pode se dar ao luxo de consertá-los. O plano do prefeito Dave Bing criaria uma autoridade para emprestar US $ 160 milhões para modernizar e reduzir o número de postes para 46.000. A manutenção deles seria terceirizada, poupando à cidade US$ 10 milhões por ano.
O que isto significa é que vai haver um monte de bairros que terão as luzes apagadas permanentemente. E então, quais bairros vai ser?
De acordo com um alto funcionário de Detroit, as “áreas mais carentes” vão estar no extremo inferior da pirâmide ….
“É preciso identificar os bairros onde você quer concentrar a sua população”, disse Chris Brown, diretor de operações da prefeitura de Detroit. ”Nós não vamos iluminar áreas carentes assim como nós vamos iluminar outras áreas.”
Detroit, cujas 139 milhas quadradas contêm 60 por cento menos habitantes hoje do que em 1950, vai tentar empurrá-los para um espaço ainda menor, por eliminar quase metade dos seus postes de iluminação pública noturna.
As “autoridades” da cidade sabem que não podem forçar as pessoas a mudar de “áreas carentes”, de modo que eles estão para sair cortando os serviços públicos, começando pela iluminação. Mas desligar as luzes à noite não é o único modo pelo qual Detroit está tentando para poupar dinheiro.
Recentemente, funcionários em Detroit anunciaram que todas as delegacias de polícia da cidade serão fechadas ao público durante 16 horas por dia. É muito triste ver o que está acontecendo com o que antes era uma grande cidade, que já foi a “capital mundial” das fábricas de automóveis.
Lembrando de volta aos velhos tempos, Detroit tinha uma população repleta de classe média. Hoje, 53,6% de todas as crianças da cidade de Detroit estão vivendo na pobreza. De volta aos velhos tempos, Detroit era um exemplo brilhante de que a América estava fazendo certo as coisas.
Em Detroit, as ruínas da fábrica de automóveis Packard Motors Co.
Hoje, 47 por cento de todas as pessoas que vivem na cidade de Detroit são analfabetos funcionais. De volta aos velhos tempos, bairros de classe média brotaram como cogumelos por toda Detroit.
Hoje, o preço médio de uma casa na cidade é de apenas 6.000 dólaresEscusado será dizer que o crime está explodindo na cidade e muitas famílias vivem com medo constante. Muitos tomaram a justiça em suas próprias mãos. O homicídio justificável em Detroit aumentou em 79 por cento ao longo de 2011. Mas Detroit é apenas um exemplo do que esta acontecendo com as grandes cidades em uma tendência nacional nos EUA.
Por exemplo, um recente artigo de Jim Quinn, intitulado “ Mais de 30 quadras de cinza e decadência“, descrevendo a sujeira, a decadência e a miséria em West Filadélfia. Jim Quinn se refere a aparência nesta área como “as 30 Quadras de miséria” ….
A taxa de desemprego real é superior a 50%, o homicídio é a indústria número um, com tráfico de drogas em segundo lugar.
Na medida que voce passa pelos 30 Blocos de Miséria você vai encontrar o fantasma da futura miséria para West Chester Pike. A população ao longo deste corredor é ignorante, dependente, e representa a escória da nossa sociedade.
Mas esta área uma vez  foi o lar de famílias da classe média norte americana. Houve uma vez que havia muitas casas bonitas em West Philly, a maioria delas, agora se foram ou estão desmoronando e caindo aos pedaços. De acordo com Quinn, a decadência material é acrescida pela decadência social ….
As casas uma vez bonitas e orgulhosas agora estão em frangalhos. Sacos de lixo espalhados pela paisagem. A maioria das pessoas que vivem aqui são parasitas da sociedade. A responsabilidade pessoal, a ética de trabalho, a educação e o casamento são conceitos desconhecidos nesta comunidade. Apesar de mais de 50% dos alunos em West Philly abandonarem a escola e as notas médias dos estudantes do nível secundário em West Philly serem inferiores ao nível do mar ****, o falido distrito escolar gastou US $ 70 milhões para construir uma nova escola secundária/ prisão para babás e futuros presidiários. As janelas não têm barras de aço, o arquiteto foi inteligente ao colocar todas as janelas a pelo menos oito metros acima do nível da rua.
Uma das grandes coisas sobre o artigo é que Jim Quinn apontou como as lojas de varejo na área refletem as coisas que a população da comunidade valoriza verdadeiramente ….
A região de Chestnut Plaza representa verdadeiramente o que é importante para esta comunidade. Este Centro de Miséria, em oposição ao Power Center, inclui uma loja de vídeo pornô, cash dispenser, loja de tomada de empréstimos, tabacaria, loja de donuts, lavanderia e loja de bebidas. Não há necessidade de lojas que venda alianças e de confecção de currículos para obter emprego.
A região de Chestnut Plaza, foto acima, demonstra e representa verdadeiramente o que é importante para esta comunidade.
Infelizmente, há comunidades como esta em todo o país. Como escrevi sobre issorecentemente, todo o estado da Califórnia está sendo lentamente (mas intencionalmente) transformado em uma fossa gigantesca.
Sim, ainda existem algumas áreas onde acontece o jogo dos ricos que são absolutamente lindas. Se você ficar nos enclaves ricos você poderá nunca vir a saber que o resto do estado está bastante decadente.
Há muito boas razões para que milhões de pessoas estão se mudando para fora da Califórnia. Por exemplo, um leitor chamado Peter deixou o seguinte comentário em um dos meus artigos recentes ….
Eu sou um californiano nativo (com 61 anos de idade) e vivi aqui todos os meus anos de vida, menos dois. Eu posso lhe dizer absolutamente que este estado não é mais o que era há 30 anos. Cidades como San Francisco passaram de atrações turísticas de classe mundial para desgraças nacionais. Los Angeles é uma cidade de terceiro mundo. San Diego está falida. Mesmo Silicon Valley, apesar das melhorias recentes, não é mais de jeito nenhum o que foi na década de 90. O comércio varejista esta morto neste estado. Mesmo shoppings (mais fashions e chiques) como Rodeo Drive e Ocean Avenue em Carmel estão cheios de vagas para carros e vazios.
Em todo o estado da Califórnia, as boas empresas estão fechando e as famílias que trabalham duro estão vendendo as suas casas. O vazio que está sendo criado está sendo preenchido pelo crime e pelas gangues. O seguinte é um comentário de uma leitora chamada Roberta deixou no mesmo artigo ….
Sim nós vivemos em Oroville CA desde 2007 e que começou a ficar ruim depois. Montgomery Wards fechou, a loja de móveis McMahan fechou e AGORA o McDonalds também está fechando em julho deste ano, juntamente com um grand slam de empresas bem conhecidas que estão saindo de Oroville. Ela está se transformando em uma cidade fantasma com bandos de quadrilhas com o uso desenfreado e generalizado de drogas. Eu sinto muito por meus familiares e amigos que ainda estão agarrados a sua fraca esperança de que as coisas “vão” ficar melhor. Mas eu não penso assim.
Talvez as coisas ainda estejam muito boas onde você mora. Talvez você pense que você (ou o resto do planeta) esteja imune a tudo isso. Infelizmente, a verdade é que isto é apenas o começo. A economia dos EUA esta atual e realmente com desempenho muito melhor do que deveria ser, graças aos trilhões de dólares emprestados a fundo perdido que Barack Obama e o Congresso dos EUA gastaram injetando na economia (principalmente em grandes bancos).
Quando a nossa prosperidade alimentada e sufocada pelas dívidas acabar, muito mais cidades dos EUA vão acabar se parecendo com Detroit. A América não pode prosperar sem empregos para a classe média, e esses tipos de empregos estão desaparecendo muito rapidamente. Ainda esta semana a HP anunciou que vai demitir 27 mil trabalhadores.
Estamos perdendo empregos de classe média em um momento em que precisamos desesperadamente de muitos mais deles. No ano passado, 53 por cento de todos os norte americanos com um diploma de bacharel com idade inferior a 25 anos estavam desempregados ou subempregados.
No entanto, os nossos políticos continuam a perseguir as mesmas “políticas” insensatas mais e mais. Assim, as coisas vão continuar a piorar e a América vai continuar a resvalar para a miséria.
É melhor você se preparar. 
Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

Siga este Blog

Postagem em destaque

Agora é real, NIBIRU está chegando, e já é visto a olho nu.

Olá amigos, desculpem a ausência. Estou muito mais ativo no meu mural Facebook, e também no nosso grupo do Facebook também, mas vamos lá...

NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO

POSTAGENS MAIS VISITADAS

Disso Você Sabia ? no Facebook