NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO
Seja Bem Vindo

Siga este Blog

sexta-feira, 21 de março de 2014

7 misteriosas razões para a construção de Stonehenge

Pesquisadores recentemente tiveram a rara oportunidade de bater os megálitos gigantes em Stonehenge e notaram que cada tinha uma ressonância semelhante às de sinos de metal ou de madeira.
Eles propuseram que o estranho monumento já terá sido ou um antigo sistema de comunicação de longa distância, ou um sistema de sino da igreja da Idade da Pedra.
Mas, apesar de séculos de especulação, os cientistas não estão muito mais perto de revelar o motivo da construção do monumento enigmático na planície de Salisbury, na Inglaterra, há milhares de anos.
Lendas associam o local à magia de Merlin, e os teóricos da conspiração têm associado alienígenas e OVNIs aos megálitos. Os cientistas propõem mais teorias fundamentadas sobre o local. [5 estranhas teorias sobre Stonehenge]

1. Solo sagrado de caça

A área em torno de Stonehenge era um terreno de caça ao longo de uma antiga rota de migração auroch milhares de anos antes de as primeiras pedras serem levantadas, de acordo com evidências arqueológicas. [Encontrado terreno de caça sagrado em Stonehenge (com video)]
Um local a apenas uma milha (1,6 km) de distância de Wiltshire, na Inglaterra - contém evidências de ocupação humana que abrange 3.000 anos, incluindo milhares de ossos auroch, ferramentas de pedra e evidências de queimadas.
Stonehenge tem evidência de construção. Já há entre 8500 e 10.000 anos atrás, alguns pinheiros foram levantados para criar uma estrutura antiga. Esta evidência arqueológica sugere que o local era originalmente um local caça antiga e de banquetes, e talvez os megálitos tenham sido criados para lembrar a generosidade de carne.

2. Monumento de unidade?

A construção de Stonehenge pode ter sido mais do que apenas para lembrar alimentação. Alguns acreditam que os megálitos britânicos foram erguidas para celebrar a paz e a unidade. Durante o período do monumento, entre 3000 AC e 2500 AC, a cultura da ilha britânica estava cada vez mais unificada.
Tal fato é exemplificado por estilos de cerâmica mais uniformes tomando conta de toda a região. O esforço maciço teria levado milhares de trabalhadores e empregados a transportar pedras do longínquo País de Gales. Trabalhar num projeto tão grande teria sido um exercício de unificação por si só.

3. Calendário astronómico

Muitos acreditam que os antigos comemoravam o solstício de inverno em Stonehenge. A avenida perto de Stonehenge está alinhada com o pôr do sol do solstício de inverno. [Descoberta antiga estrada que conduz a Stonehenge]
De igual forma, evidências arqueológicas nas proximidades sugere que porcos eram abatidos durante dezembro e janeiro - possivelmente para uma festa meados de inverno.
O local também enfrenta o nascer do sol durante o solstício de verão, e milhares de visitantes ainda migram para o local todos os anos para celebrar aquele momento.

4. Ilusão do som de Stonehenge

Dois gaiteiros que tocavam num campo ao redor de Stonehenge viram os sons ser cancelados em certos pontos, tal ilusão de som pode ter inspirado os construtores de Stonehenge, de acordo com uma apresentação feita na Associação Americana para o Avanço das Ciências, em 2012.
Os megálitos poderiam ter sido criados para aumentar o cancelamento de som natural da área, com as pedras bloqueando seletivamente o som. 
Mesmo aqueles que não acraditam na teoria de ilusão de som não negam que Stonehenge tem uma acústica incrível, com os ecos cavernosos tipicamente encontrados em uma sala de aula ou numa catedral.

5. Cemitério de elite

O misterioso monumento pode ter sido um cemitério para a elite, de acordo com um estudo. Milhares de fragmentos de esqueletos de pelo menos 63 pessoas foram exumados de área, com uma proporção igual de homens, mulheres e crianças.
Os enterros datam de 3000 AC, quando a construção do monumento estava a começar. Os arqueólogos também desenterraram uma possível tigela de incenso e uma cabeça de maça, um objeto geralmente associado à elite na sociedade antiga.

6. Sinos gigantes

A teoria mais recente sugere que os dolerites e sarsens em Stonehenge produziam diferentes sons únicos e subtis semelhantes a sinos de madeira ou metálicos ocos. Porque os sons teriam percorrido longas distâncias, esses sons poderiam ter sido uma forma de comunicação primitiva.
Alternativamente, eles podem ter sido usados ​​tanto como os sinos das igrejas como são hoje. A ideia de usar pedras para fazer música não é nova, muitas outras culturas têm utilizado litofónes - ou xilofones de pedra - que produzem sons únicos.

7. Local de cura

Muitos dos esqueletos enterrados perto de Stonehenge têm marcas de doença ou lesão, levando Geoffrey Wainwright e Timothy Darvill a propor que o local seria um ponto de cura antigo.
Dando crédito a essa teoria, muitas das pedras azuis de Stonehenge foram escavadas ao longo dos tempos, talvez por peregrinos há muito perdidos que procuram talismãs de proteção ou de cura a partir do local.
É também importante notar que Stonehenge pode ter sido construído por muitos, alguns ou nenhum desses motivos, e as probabilidades são que ninguém nunca vá saber com certeza o motivo da sua construção. 


http://www.ciencia-online.net/2014/03/7-misteriosas-razoes-para-construir-stonehenge.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+ciencia-online+%28Ci%C3%AAncia+Online%29

Petrobrás cai de 12ª para 120ª em ranking de maiores empresas

Entre as 100 maiores empresas do mundo, nenhuma é brasileira

dilma discurso 450x338 Petrobrás cai de 12ª para 120ª em ranking de maiores empresas
Reportagem do Estadão:
LONDRES – A página do jornal Financial Times na internet publicou reportagem na manhã desta sexta-feira, 21, sobre a perda de valor de mercado das empresas de países emergentes. O texto destaca o tombo da Petrobrás. Segundo a publicação, o valor de mercado da estatal brasileira despencou e a empresa que já foi a 12ª maior do planeta há cinco anos caiu para o 120º lugar atualmente.
“Uma das maiores quedas foi da Petrobrás, a empresa petrolífera estatal brasileira. Cinco anos atrás, era a 12ª maior empresa do mundo pelo valor de mercado. Um ano atrás, era a 48ª e hoje é a 120ª maior, com um valor de mercado de US$ 76,6 bilhões”, diz o texto. O levantamento feito pelo jornal diz que entre as 100 maiores empresas do mundo há apenas 11 emergentes e nenhuma é brasileira.
“Hoje, não há nenhuma empresa emergente no Top 10 (de valor de mercado do mundo) e apenas a Petrochina permanece no Top 20″, diz a reportagem. A estatal chinesa do petróleo é a 16ª maior companhia com valor de mercado do mundo. Entre as demais emergentes, praticamente todas são da China: ICBC (22º), China Mobile (31º); China Construction Bank (36º); Tencent (43º); Agricultural Bank of China (51º); Bank of China (62º); China Petroleum (80º) e Sabic (87º).
Além da Petrobrás que deixou de figurar entre as 100 maiores, o banco Itaú Unibanco, a colombiana Ecopetrol e a mexicana América Móvil também caíram e não estão mais entre os 100 primeiros do ranking citado pelo FT.
http://www.implicante.org/noticias/petrobras-cai-de-12a-para-120a-em-ranking-de-maiores-empresas/



Dilma tinha acesso aos dados da compra de refinaria que causou rombo nas contas da Petrobras


O líder do PSDB na Câmara dos Deputados, Antonio Imbassahy (BA), protocolou nesta quinta-feira, 20, requerimento para pedir informações ao Ministério de Minas e Energia sobre o parecer técnico que embasou o voto favorável da presidente Dilma Rousseff à compra de 50% da refinaria de Pasadena, no Texas (EUA), pela Petrobrás, em 2006. Enquanto coleta assinaturas de apoio à criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), a oposição pede no requerimento que o ministro Edison Lobão entregue cópias de todos os documentos sobre o negócio que custou R$ 1,18 bilhão à estatal.

Na solicitação, o tucano pede acesso ao resumo executivo elaborado pelo diretor da área internacional da Petrobrás que subsidiou a decisão do Conselho de Administração da estatal, então presidido por Dilma. O deputado solicita também a cópia da ata de reunião do conselho que definiu a compra da refinaria, além de pareceres e documentos que comprovam que o resumo era técnico e juridicamente falho.

O negócio de Pasadena é investigado pela Polícia Federal, Ministério Público e Tribunal de Contas da União (TCU). Conforme revelou o Estado, a presidente justificou em nota que "documentos falhos" a induziram ao erro ao dar aval à aquisição da unidade. Dirigentes da Petrobrás rebateram a afirmação e sustentam que Dilma tinha acesso a todos os documentos produzidos sobre a compra.

O requerimento da oposição diz que os fatos apontam que a compra da refinaria "foi decidida de forma imprudente, negligente ou inepta" e que há indícios de "gestão temerária". "A suspeita de gestão temerária é mais um episódio envolvendo a diretoria Internacional da companhia com possibilidade de prejuízo para acionistas", enfatiza o requerimento.

CPI. Nesta manhã, o líder da minoria na Câmara, deputado Domingos Sávio (PSDB-MG), fez um apelo na tribuna para que os colegas assinem o requerimento de criação da CPI. "Não é simplesmente um mau negócio, é um negócio que lesa a pátria", enfatizou.

Ao chegar em seu gabinete, o presidente da Casa, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), disse que ainda não recebeu o projeto de resolução que pede a criação da CPI da Petrobrás. "Ainda não chegou esse assunto a mim. O TCU está examinando. Quando chegar, examinaremos", afirmou.

Fonte: Estadão
http://relatosmundiais.blogspot.com.br/2014/03/dilma-tinha-acesso-aos-dados-da-compra.html

Um artigo de um site russo, interessante

Obama começará a terceira guerra mundial pela Crimeia

26 de dezembro de 16:58 | Arseny Palkin

Lenty.ru : "Putin pode afetar o lugar de Obama na história " ...Regnum : Yatsenuk forçado a falar em russo



Sob o novo presidente dos EUA, Barack Obama , na Criméia será implementado cenário de conflito armado. "É o cenário norte-americano, e sob Obama a probabilidade é muito maior do que com McCain ", - disse em uma mesa redonda em Kiev, o cientista político russo Andrei Okara ,  a" Nova Região" .

Especialista explica: " Tornou-se claro , quando foi anunciado que o que as pessoas vão representar a equipe de Obama e estas são as pessoas cujos profissional registro é - Wall Street essas pessoas estão engajadas em uma tecnologia chamada . . " Tecnologias de caos controlado " .

De acordo com Okara , após a área  da Geórgia " caos controlado " , em primeiro lugar , era para ser a Ucrânia , a saber - Crimeia. " Este é o ponto de um incêndio, incluindo conflitos globais que transformarão em uma guerra mundial , o que , infelizmente, é um dos cenários , a implementação do que no momento da verdade" - diz o analista .

Seu colega do Instituto Ucraniano da Rússia Andrey Blinov concorda que a Rússia não está interessada em tal conflito . " Quando as pessoas falam sobre a guerra na Crimeia ou na aldeia de St. Michael , eu acredito que este cenário é marginal . Uma pergunta é a  participação econômica mais ativa da capital russa é muito provável. Mas isso depende de quando a crise passar . Em 2010 , enquanto a Rússia estava muito mais fraca ", - disse o especialista.

Ambições dos Estados Unidos em direção a Crimeia confirmadas e recentemente assinaram a Carta ucraniano -americana sobre a Parceria Estratégica . A Carta prevê o reconhecimento incondicional da soberania da Ucrânia e da sua integração na futura na OTAN , o aumento da presença dos EUA na Crimeia e outras formas de cooperação . O embaixador dos EUA William Taylor, em Kiev , no entanto, garantiu : " A Carta não obriga qualquer um dos dois lados para ajudar meios militares. " E acrescentou: se os limites são violados, " vamos nos encontrar e discutir os próximos passos . "

Na segunda seção do jornal dedicado à defesa e segurança, disse que o interesse de ambos os países a "uma forte e independente , Ucrânia democrática " , cuja integração nas estruturas europeias " é uma prioridade mútua. " Esta seção reitera que a Ucrânia vai aderir à OTAN . Nesse meio tempo, " reconhecendo a ameaça global para a estabilidade do mundo, para evitar isso é  que a Ucrânia e os Estados Unidos vão reforçar a sua cooperação em assuntos de defesa e segurança ", - disse o embaixador . Além disso, Taylor mencionou  medidas concretas para melhorar o nível de formação e material militar para as Forças Armadas da Ucrânia .

A quinta seção é dedicada à expansão dos contatos humanos e da cooperação no domínio da cultura : Ucrânia , como resulta do texto ( como apresentado por Taylor) , " saúda a intenção dos Estados Unidos de aumentar a sua presença diplomática na Crimeia." Formato da presença na península ainda está em discussão ", mas pode ser uma estrutura com certas funções consulares ".

O documento também refere-se ao apoio de Kiev contra Moscou em retirada da Frota russa do Mar Negro da Crimeia.

O fato de que Crimeia é o terreno mais promissor para a desestabilização benéfica tanto aos americanos e para Kiev oficial , os observadores não disseram quando . Periodicamente aparecerá na mídia , vários cenários pelos quais os ucranianos " democratas" tentam explodir este " barril de pólvora " redirecionando reivindicações para a Rússia. Propensões por parte dos ativistas pró- russos na Península ( como tentativas de recuperar a Crimeia à Rússia através do tribunal ) , ao mesmo tempo severamente punida , mas para completar a vitória sobre SBU "dissidentes" , a julgar pelos inúmeros sintomas , muito longe.

Provocações sobre a "direção da Crimeia " realmente não podem ser evitadas , estamos convencidos , por sua vez , ucranianos comunistas . EUA preparam-se para se lançar para o leste ( visando isso, é claro , a Rússia) , mas primeiro eles precisam quebrar a Crimeia, ex -orador pró- russo do parlamento da Crimeia, na  Verkhovna Rada  o deputado Leonid Grach . Programado para o próximo ano abrir um escritório de representação em Simferopol para os EUA - da mesma série.

O fato de que a Ucrânia está no intervalo da atenção do novo presidente dos EUA , os analistas têm dito anteriormente . Obama irá contrabalançar a Rússia pela  Ucrânia, disse o analista político Sergei Taran : " A primeira vez que os ucranianos pode ser desprezados pelos Estados Unidos , como Obama vai estar ocupado com os problemas internos dos Estados Unidos, mas nos esforços a longo prazo dos EUA Obama vai retomar a sua autoridade na Europa, e, a longo prazo, a nova administração dos EUA vai prestar especial atenção à Ucrânia, o que poderia ser um contrapeso à Rússia na região, e no futuro - mesmo contrabalançar o exemplo de  velha Europa da Polônia moderna " .

Ucrânia vai permanecer como o  impedimento dos Estados Unidos para a Rússia , concorda o analista político ucraniano Andrei Yermolaev . De acordo com ele, a Ucrânia para a política americana foi e continua sendo objeto instrumental que é usado em uma estratégia bastante cínica .

A maioria dos " visionários " já ensaiando duro para o próximo ataque a  Crimeia : da ópera - realizado recentemente em Kiev o  comando pós-exercício em " ações voluntáriasdas  unidades no teatro da Crimeia de operações após a agressão militar russa". Organizadores da folia (Comitê de Salvação Nacional , que inclui o partido "Brotherhood" e " Nova Força " e associação " Northern Brotherhood" ) argumentam que o conflito entre a Ucrânia e a Rússia, que será realizada o mais tardar até 2011, toda a carga de resistência estará em organizações de voluntários.  Comando Geral  das Forças Armadas com cenários já foi desenvolvido , com certeza " roleplayers " .

YTPO.ru, новости дня

http://horizontenews.blogspot.com.br/2014/03/um-artigo-de-um-site-russo-interessante.html

A midia já está anunciando o fim. A teoria virou fato científico








https://www.youtube.com/watch?v=Yqg-HE-uhqQ#t=824

A Copa dos preços galácticos

Por José Guilherme
Existem lanchonetes paulistanas onde comer um sanduíche está custando o preço de uma refeição completa em Amsterdam ou Paris, com vinho e sobremesa. Apesar da formação de economista – ou talvez por isso mesmo – há coisas que não entendo.
O crescimento da economia brasileira propõe enigmas que as análises financeiras deveriam enfrentar. Será que o mercado de algumas regiões de São Paulo, por exemplo, está precificado em euros ou dólares? Hoje, caminhando por essas zonas, a quantidade de estrangeiros que encontramos é algo inimaginável há poucos anos. Nas calçadas, captamos conversas em inglês, francês, japonês e mandarim. Cidade global, "copal", preços galácticos?

No aeroporto de Cumbica, um quiosque qualquer chega ao cúmulo imoral de propor trocas assim: R$  6,00 por uma lata de alumínio pintada, lacrada, semi-fresca, cheia de um chá industrializado qualquer, com gostinho de limão flavorizado. Taxistas ao redor cobram cerca de R$ 120,00  para levar o passageiro dali até o Centro da metrópole. Em outros quiosques, pede-se R$ 5,00 por uma xícara de café expresso. "É a inflação dos serviços", dizem alguns, fingindo naturalidade. Nos últimos anos, a inflação imobiliária da capital foi simplesmente assustadora. Comprar um apartamento em Nova Iorque está apenas um pouco mais caro do que algo no Rio de Janeiro. Muitos jornais vêm tratando do assunto.Será uma bolha?

Na ciência da economia poucos modelos são capazes de determinar tetos de preço. Quem tem mais de 30 anos se lembra do nosso combate inflamado contra a inflação inercial. Não acho que estejamos de volta àqueles tempos – como alguns alardeiam por aí – mas sinto que existem certos bairros sustenidos, em nossas cidades, onde os preços praticados se baseiam numa espécie de leilão: o comerciante testa limites e ajusta-se a partir desse "termômetro".

Dentro desse tipo de lógica, "caro" é apenas aquele preço que ninguém aceita. Curiosamente, a cada três meses em média, as lojas se entopem de cartazes e rifam seus estoques com descontos de até 60%. Para muitos, as liquidações são momentos incríveis de negócio. Para mim, dão sempre a impressão meio mau-humorada de que ali, na hora da "queima", as coisas estão sendo oferecidas por um preço mais próximo do que valem. Antes que me acusem de inocente, não estou aderindo à nenhuma pregação religiosa sobre "preço justo".

A questão entretanto é que existem conhecidas equações componentes de custos que, em certas circunstâncias, parecem esquecidas por quem vende e, sobretudo, por quem compra. Um amigo que mantinha uma loja no entorno da rua Oscar Freire me disse certa vez em confidência: "Aqui, quanto mais barato o preço, menos a coisa vende". Meses depois fechou a loja, maldizendo a clientela.

Meses atrás, chegando de uma viagem, ajudei um alemão que vinha comigo no Airport Service Bus. Assim como eu, revoltara-se contra o preço dos taxis. (Não comentarei aqui o fato de São Paulo não ter um trem que ligue a cidade ao seu maior aeroporto, inaugurado há 30 anos.) Ajudei o colega viajante a localizar seu hotel, na rua da Consolação, assim que passamos em frente. Acanhado, quando estava para descer do ônibus, o homem me disse baixinho: "O que me surpreendeu até agora foram os preços elevados de São Paulo. É assim mesmo?".

Não deu para conversarmos muito, na curta parada. Mesmo que tivessemos horas, não sei se eu poderia explicar. Pois há coisas que eu mesmo não entendo, apesar da formação de economista.

(por josé guilherme pereira leite)

Fonte: Notícias Yahoo 

http://www.nosdiasdenoe.com/2014/03/a-copa-dos-precos-galacticos.html

1914 – 2014: Paralelos

Este ano marca o centenário do início da Primeira Guerra Mundial. Muitos especialistas notam a semelhança da situação atual com aquele período, e não só na economia mas também em termos políticos. Aqui estão apenas alguns dos paralelos.

A Primeira Guerra Mundial foi se formando ao longo de décadas. No Congresso de Berlim de 1878, de facto se dissolveu a união dos três imperadores – russo, alemão e austro-húngaro. Nos anos 90 do século XIX o mundo estava dividido entre as “antigas” potências europeias – Grã-Bretanha, França, Portugal, Holanda, Bélgica.
Quanto às outras grandes potências, a Rússia estava ocupada a explorar o Oriente, e os norte-americanos estavam conquistando o Oeste Selvagem. A Alemanha ficou de fora e os alemães, insatisfeitos com o estado de coisas, começaram a falar abertamente de uma nova reorganização do mundo, o que posteriormente levou à guerra.
A reorientação na década de 1890 da atividade política externa do Império Russo para o Extremo Oriente, bem como a pressão econômica e política alemã, enfraqueceram a posição da Rússia na Europa e no Oriente Médio. Em 1904, no Extremo Oriente eclodiu a guerra russo-japonesa. Por trás do Japão estavam os governos norte-americano e britânico, cujos bancos financiaram os preparativos militares de Tóquio. Após a derrota naquela guerra, a Rússia intensificou sua política externa na Europa. E a Grã-Bretanha, aspirando à hegemonia na Europa, tentava desempenhar o papel de árbitro internacional.
Hoje, são os Estados Unidos em vez da Grã-Bretanha que assumem o papel de árbitro internacional, e à Alemanha, apesar de se ter tornado um colosso econômico europeu, falta independência na política. Tal como há 100 anos, não está determinado o seu lugar no “tabuleiro de xadrez” mundial. Isto se manifestou de forma especialmente clara na declaração do primeiro-ministro polonês Donald Tusk, que repreendeu a Alemanha por seus laços com a Rússia no setor energético: “Precisamos ajustar a estratégia energética e a independência da Rússia para que Moscou não possa, através da energia, influenciar as políticas da União Europeia”.
Nenhum político polonês falaria assim com a chanceler alemã se não tivesse os Estados Unidos por trás. O Parlamento Europeu até proibiu de todo ao antigo chanceler Schroeder de fazer quaisquer declarações públicas sobre a Rússia. Mas por quanto tempo os EUA conseguirão manter a Alemanha em sua esfera de influência? Afinal ela não é uma Polônia, Romênia ou Albânia.
No século XXI surgiram novos jogadores. São os países BRICS, entre os quais está também a Rússia. Depois de 2000 Moscou voltou à arena internacional. Apostando na formação de uma nova ordem mundial, no exemplo da Síria, a Rússia mostrou que a segurança no mundo pode ser garantida somente junto com a Rússia.
No entanto, a ideia proposta pela Rússia de criar, do Atlântico ao Pacífico, um espaço econômico e humanitário unido, não agrada a todos. Segundo observou Vladimir Putin no seu discurso ao Conselho da Federação, “A notória política de contenção da Rússia continua até hoje, estão constantemente tentando encurralar-nos”.
Ora, ainda em 1898 o imperador russo Nicolau II exortou os governos a convocar uma conferência internacional para discutir os problemas do desarmamento total. E tal conferência foi convocada em 1899, em Haia, e foi adotada uma convenção sobre meios pacíficos de resolução de litígios internacionais. Mas sobre a questão principal – a de redução das forças armadas – a conferência não tomou nenhuma decisão por causa de desacordos entre os países. A ideia de desarmamento era utópica.
Direta ou indiretamente, mas também no século XXI a corrida armamentista não virou passado. Há um acordo sobre a redução de armas estratégicas ofensivas, mas há também sérias dúvidas sobre o quanto ele está sendo respeitado.
Falando de economia, antes da Primeira Guerra Mundial, em 1907, eclodiu uma crise financeira nos Estados Unidos. Caiu o mercado de ações em Nova York, o país entrou em recessão. Dos Estados Unidos e Inglaterra, a crise se espalhou para a França, Itália e outros países. A crise que o mundo está vivendo hoje também começou nos EUA em 2007. Há já sete anos que ninguém consegue estimar sua profundidade e ninguém sabe quando ela vai acabar.
É difícil avaliar o quanto podem ser justificados tais paralelos. Uma coisa é clara – no século passado as crises internacionais, complicadas por disputas territoriais, deram um impulso ao fortalecimento de alianças político-militares e à aceleração dos preparativos para a guerra. A situação na arena mundial é hoje muito semelhante àquele tempo, e os clássicos do marxismo afirmavam que a história se desenvolve em espiral.
Fonte: http://portuguese.ruvr.ru/2014_03_21/1914-2014-Paralelos-3609/

Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/2014_03_21/1914-2014-Paralelos-3609/

Acorda BRASIL!!! AI-5 na internet, o marco civil comunista

Os mesmos políticos que protestaram tanto com o AI-5, antigo sistema de censura do Brasil, hoje impõem a criação de um outro AI-5, desta vez censurando a internet, com o tal Marco Civil da Internet, uma das propostas mais vergonhosas do Brasil.

A desculpa cínica é que estão preocupados com a qualidade da internet no Brasil, mas não é nada disto, é mentira; o que estão querendo mesmo é CENSURAR a internet, com medo das manifestações do público.

O governo sabe que manifestações são combinadas pela internet e que com certeza ocorrerão por ocasião da copa e isso será a decorracada do partido, pois o MUNDO todo verá o que não estão vendo, porque será em vésperas de eleições.

NÃO PODEMOS ADMITIR ISTO NO BRASIL! 

Chega de CENSURA !!

Faça alguma coisa!!! Espalhe nas redes - antes que seja tarde!!

Não podemos admitir regime comunista ou qualquer regime ditatorial no Brasil

Assista a isso!!!

http://bloglaurabotelho.blogspot.com.br/2014/03/vamos-acordar-ai-5-na-internet-o-marco.html

UFOs Iguais em Lugares Distintos: Pirituba São Paulo Brasil e na Cidade de Gold Coast Queensland na Austrália



1° Vários moradores testemunharam um objeto voador não identificado, fotografado no céu de Pirituba, zona oeste da cidade de São Paulo, Brasil de cor azulada e muitas vezes trocando de cor.

Duas pessoas que presenciaram o evento foram ao programa de TV Balanço Geral SP da Rede Record e relataram o fato ao apresentador o objeto ficou pairando sobre a cidade durante de 3 horas, eu Ufólogo  Ricardo Roehe pesquisando na internet acabei descobrindo o mesmo objeto em outro lugar distinto, veja a declaração sobre este outro objeto pairando sobre Gold Coast Queensland na Austrália, próximo Ilha Chevron , são muito parecidos para não dizer iguais, veja os dois vídeos abaixo e se surpreenda :

 UFO pairando sobre Gold Coast Ilha Chevron  Queensland na Austrália ?
Jack Purcell capturado em vídeo do que se parece muito com uma nave alienígena voando pelo céu perto de sua casa na noite passada quinta-feira.


A Cidade de Gold Coast Localiza-se no Sudeste do Estado de Queensland, na Austrália.
E a Segunda Cidade Mais populosa da Região e a sexta na Lista de Cidades Mais populosas da Austrália.
Ele estava no quintal da frente com sua mãe e amigos, quando notaram o objeto. "Estávamos todos sentados a frente e minha mãe apontou para o céu e disse: 'olha aquele colorido avião voando sobre'", disse Purcell. "Então ele veio para uma parada súbita e estava pairando ali.
                                          Gold Coast Queensland - Austrália -

Então eu corri para dentro e peguei minha câmera de vídeo. "O filme mostrou o objeto não identificado piscando verde, vermelho, azul e amarelo, enquanto pairando acima do centro de Gold Coast.
Moradores são vistos saindo para a rua para obter um vislumbre do objeto enquanto um veículo da polícia depois pára para observar. Sr. Purcell disse que os policiais tinham de "chamá-lo" com um helicóptero da polícia voando mais tarde perto da área. "O helicóptero da polícia voaria perto dele, mas então ele se transformaria suas luzes em apagadas e desapareceu", disse ele. "Foi muito estranho. Eu estava bastante cético em relação a essas coisas, mas ele simplesmente explodiu minha mente. "Comentários do YouTube sugerir o objeto voador era um helicóptero robô de controle remoto, mas o Sr. Purcell contesta a teoria. "Tenho visto helicópteros teleguiados e eles não são tão grandes que esta coisa era enorme", disse Purcell. "Foi muito alto no céu também, eu não acho que este era alguém perder tempo. "Eu não tenho idéia do que era, mas em meu palpite eu acho que é um UFO, apesar de o quão louco que possa parecer."
 Um porta-voz da polícia disse que não, Gold Coast helicópteros da polícia estavam na área quando o objeto foi detectado pela primeira vez. Ele disse que a polícia foi notificado sobre o objeto, mas acredito que era um dispositivo de rádio controlado. "A polícia acredita que ele é um dispositivo controlado por rádio que estava voando na área e não um UFO", disse o porta-voz. "Se fosse qualquer coisa maior do que teria sido pego pelos radares de controle de ar."
Veja os vídeos e tire suas conclusões:
Fontes:
http://ufothetruthisoutthere.blogspot.pt 
https://www.youtube.com 
Mais um post by: UFOS ONLINE
http://issoeofim.blogspot.com.br/2014/03/ufos-iguais-em-lugares-distintos.html
                                        Veja os Vídeos Abaixo:


Cientistas descobrem o plasma que protege a terra de tempestades solares

Cientistas norte-americanos conseguiram identificar um rio de plasma que serve como uma capa de proteção para Terra. É sabido que a parte mais intensa do fluxo de partículas vindas do Sol é detida pela magnetosfera, um campo magnético que ajuda a estabilizar as cargas dos ventos solares.
Até então, acreditava-se que a intensidade desse processo dependia da magnitude do vento solar. Porém, os últimos estudos conseguiram demonstrar que a plasmasfera também participa desta interação.
Quando a magnetosfera sofre um forte impacto de vento solar, uma porção de plasma frio se desloca até o limite do campo magnético mais próximo do Sol. Desta forma, ocorre um aumento na massa de matéria na região que interage com o vento solar, reduzindo sensivelmente a reconexão magnética.
A equipe do Professor John Foster, do Observatório Haystack no Instituto Tecnológico de Massachusetts, analisou sinais de GPS fornecidos por satélite e distorcidos em função das tormentas magnéticas. Depois, comparando com os sinais dos satélites que estudam o comportamento das auroras boreais, puderam registrar um fluxo de plasma se movimentando durante a tempestade solar que ocorreu na Terra em janeiro de 2013.
Finalmente, os cientistas concluíram que, apesar do campo magnético da Terra ajudar a proteger a vida sobre sua superfícies, o plasma que flui no espaço e retarda o processo de reconexão é essencial para que a radiação do Sol em nosso planeta não seja tão devastadora
- See more at: http://noticias.seuhistory.com/cientistas-descobrem-o-plasma-que-protege-terra-de-tempestades-solares#sthash.qJDYGf1x.dpuf

http://noticias.seuhistory.com/cientistas-descobrem-o-plasma-que-protege-terra-de-tempestades-solares

http://issoeofim.blogspot.com.br/2014/03/cientistas-descobrem-o-plasma-que.html

Diabetes: Tipos, Sintomas e Diagnóstico

A diabetes é uma doença metabólica caracterizada por hiperglicemia, também conhecido como açúcar no sangue. [O que é a diabetes?]
Existem três tipos de diabetes: tipo 1, tipo 2 e gestacional. Nos três tipos, o pâncreas não produz insulina suficiente, uma hormona que regula o açúcar no sangue, ou as células do corpo não respondem aos sinais da insulina.
Os sintomas incluem sede e micção frequente, cansaço e visão embaçada e dormência nas mãos e nos pés. As complicações da diabetes incluem danos nos tecidos do corpo, incluindo o coração e vasos sanguíneos.
Dois terços das pessoas com diabetes morrem de doença cardíaca ou de acidente vascular cerebral. A diabetes também acarreta um risco elevado de problemas de pele que terminam com amputações. O dano no tecido provocado pela diabetes pode levar a doença arterial periférica, que reduz a circulação nas extremidades.
A má circulação, por sua vez, aumenta a probabilidade de infecção. Para agravar o problema, danos nos nervos, ou neuropatia diabética, torna difícil às pessoas com diabetes notar lesões, bolhas ou úlceras, particularmente nos pés. Assim, as pessoas com diabetes devem ter o cuidado adequado com os seus pés e prestar muita atenção a possíveis problemas.
Tipos de diabetes
Existem três tipos de diabetes: O primeiro, diabetes tipo 1, antes era conhecido como "diabetes juvenil" ou "diabetes mellitus insulino-dependente". A diabetes tipo 1 é uma doença auto-imune. O sistema imunológico do corpo ataca as células das ilhotas do pâncreas, que produzem a insulina.
Como resultado, o pâncreas para de produzir a insulina, ou não a produz em níveis suficiente para as necessidades do corpo. Cerca de 5 por cento dos casos de diabetes são de diabetes tipo 1, que geralmente é diagnosticada na infância.
A diabetes tipo 2 é o tipo mais comum de diabetes. Na diabetes tipo 2, o pâncreas produz insulina em níveis suficientes, mas as células do corpo não respondem à hormona. Esta falta de resposta é chamado de resistência à insulina. [Diabetes tipo 2: Sintomas, causas e tratamento]
Os pesquisadores ainda têm de identificar a razão pela qual algumas pessoas desenvolvem resistência à insulina e outras não. A obesidade e o sedentarismo são fatores que contribuem. Um gene passado herdado dos neandertais pode conferir um risco adicional diabetes tipo 2, de acordo com uma pesquisa. [Neandertais: Informações sobre os nossos parentes humanos extintos]
O terceiro tipo de diabetes é a diabetes gestacional. Como a diabetes tipo 2, esta forma da doença ocorre quando as células do corpo não respondem à insulina. A diabetes gestacional começa durante a gravidez. Às vezes ele desaparece após a gravidez, outras vezes, a condição é crónica. [O que é a diabetes gestacional?]
Diagnóstico e tratamento
Existem três testes para a diabetes. O primeiro é o teste de sangue A1C, que mede a glicemia média dos últimos três meses. O teste mede a glicose ligada à hemoglobina, a proteína que transporta o oxigénio no sangue.
As células vermelhas do sangue que transportam esta proteína vivem cerca de três meses, de modo que a sua medição num único ponto de tempo dá uma história da quantidade de glicose no sangue. Um teste de A1C anormal mostrará níveis acima de 5,7 por cento.
Um segundo teste, o teste de glicemia de jejum, requer que o paciente jejue durante oito horas antes de fazer um teste de glicemia. Este teste revela quão efetivamente o corpo metaboliza a glicose. Mais de 126 miligramas por decilitro de glucose (mg/dl) indicam diabetes.
O teste final, o teste de tolerância à glucose oral, é frequentemente utilizado para o rastreio de diabetes gestacional. Este teste requer que o paciente beba uma bebida extra-açúcarada. Duas horas mais tarde, a pessoa que faz um teste de sangue. Mais do que 200 mg/dl de glicose no sangue é um sinal de alerta para a diabetes.
Relativamente ao tratamento, a diabetes tipo 1 implica injeções de insulina regulares, enquanto a diabetes tipo 2 pode ser tratável com dieta, exercício e uso de fármacos como a metformina, apesar de que em alguns casos pode também necessitar de injecções de insulina.


http://www.ciencia-online.net/2014/03/diabetes-tipos-sintomas-e-diagnostico.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+ciencia-online+%28Ci%C3%AAncia+Online%29
NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO