NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Acorda confuso? Saiba o que é a embriaguez do sono

Se você já acordou de um sono profundo num estado confuso e não se lembra da experiência mais tarde, você pode ter uma condição conhecida como embriaguez do sono.
De acordo com um novo estudo, 1 em cada 7 pessoas podem ter essa desordem, propriamente conhecida como excitação confusional.
Tal desordem pode levar a um comportamento confuso ou inadequado - como atender o telefone quando o alarme dispara - ou até mesmo a situações de violência.
Os episódios geralmente acontecem quando uma pessoa é acordado de repente, e às vezes as pessoas não têm memória desses incidentes, afirma o Dr. Maurice Ohayon, psiquiatra do sono na Universidade de Stanford e co-autor do estudo detalhou a 25 de agosto na revista Neurology.
"É como se eles estivessem totalmente bêbados - eles não sabem onde estão ou o que estão a fazer", disse Ohayon. O despertar confusional é distinto do terror noturno e do sonambulismo. Vê-se frequentemente em crianças, mas não tem sido bem estudado em adultos.
No estudo, os pesquisadores entrevistaram uma amostra aleatória de mais de 19.000 adultos norte-americanos sobre os seus hábitos de sono e história de despertar confusional, assim como qualquer doença mental e quaisquer medicamentos que estivessem a tomar.
Cerca de 15% dos entrevistados disseram ter experimentado pelo menos um ataque de "embriaguez do sono" no ano anterior, mais de metade dos quais disseram que sofreram pelo menos um episódio por semana.
Um pouco menos de 10% das pessoas que tiveram um episódio não conseguiam lembrar-se de parte ou de toda a experiência, e 15% também tinha episódios de sonambulismo. O despertar confusional é diferente do sono normal que a maioria das pessoas sentem quando acordam.
A maioria das pessoas com sonolência geralmente lembra-se da sua experiência, mas as pessoas com embriaguez do sono não são conscientes das suas ações, e a tentativa de acordá-las totalmente costuma falhar. A sonolência incomum tem muitas causas diferentes, dependendo do indivíduo.
Os pesquisadores descobriram que, entre aqueles que tinha tido um episódio de embriaguez do sono, 70% também tinha um distúrbio do sono, e 37% tinha uma doença mental. Apenas 31% estavam sob medicação para esses transtornos, sendo principalmente antidepressivos.
Pessoas que sofrem de depressão, transtorno bipolar, alcoolismo, pânico ou transtorno de stress pós-traumático e ansiedade parecem mais suscetíveis à doença, assim como aqueles com apnéia do sono, um distúrbio no qual uma pessoa pára de respirar durante o sono.
O despertar confusional pode também resultar de má qualidade do sono ou sono em excesso. No estudo, cerca de 20% das pessoas que relataram ter menos de 6 horas de sono por noite relataram ter um episódio, e 15% daqueles que dormiam pelo menos 9 horas disseram o mesmo.
A prevalência de embriaguez do sono pode ser motivo de preocupação. O distúrbio pode ter grandes consequências se isso afetar as pessoas com responsabilidade pela segurança de outros, tais como pilotos ou médicos, afirmam os pesquisadores. 


NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO

Disso Você Sabia ? no Facebook