NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO

Siga este Blog

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Profecia de 1912 sobre fim dos EUA com Obama

Posted by  on 06/08/2014
Profecia de 1912 sobre a destruição dos Estados Unidos por um “Filho do Quênia” – Barack Hussein Obama ????
Emmanuel, através de Chico Xavier, respondendo a uma entrevista já publicada em livro nos diz que as profecias são reveladas aos homens para  não serem cumpridas.Que elas são na realidade um grande aviso espiritual para que nos melhoremos e afastemos de nós a hipótese do pior caminho profetizado, caso nada façamos.”
Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com
Profecia do Kenya & Barack Obama … 
Um sacerdote do Kenya, Johanwa Owalo, o fundador da Igreja Nomiya Luo do Quênia, e que entre o povo do Quênia da religião Luo é aceito como sendo um profeta semelhante a Jesus Cristo e Maomé, e que em 1912 fez esta profecia terrível sobre os Estados Unidos: O Kenya (Quênia) e a sua localização na África. Mombasa fica abaixo da linha do Equador, no hemisfério Sul
Tão longe eles têm [os Estados Unidos] se desviado em fraquezas naqueles [no futuro em relação a 1912, mas o NOSSO PRESENTE-HOJE]  tempos  que a sua destruição foi selada por meu pai [].
Suas grandes cidades vão queimar, as colheitas e o seu gado sofrerão da doença e da morte, os seus filhos vão morrer de doenças nunca vistas sobre a face da Terra, e eu revelo para vocês o maior mistério [] de todos, como me foi permitido ver,  pude ver que a sua [ os Estados Unidos] destruição acontecerá através das próprias mãos vingativas de um dos nossos filhos[Um Queniano, como Barack H. Obama].
A Etnia Luo (também chamada Jaluo e Joluo) é um grupo étnico do Quênia, localizada ao leste de Uganda, e no norte da Tanzânia. Eles são parte de um grupo maior dos povos Luo etnolinguisticamente relacionados  que habitam uma área incluindo o sul do Sudão, norte e o leste de Uganda, Quênia ocidental  e o norte da Tanzânia.
Ao longo do século 19 dC, o povo Luo migrou de pastagens mais baixas de savana para regiões mais altas e frias e com regime de chuvas mais confiáveis. De acordo com o último censo nacional realizado em 1989, o número de pessoas  da etnia Luo eram mais de três milhões de habitantes, ou cerca de 13 por cento do total da população do Quênia (em 2010 o total já seria de 4,6 milhões de habitantes da etnia Luo no Quênia).
Abaixo: uma Cópia de uma suposta Certidão de nascimento de Barack H. Obama emitida pelo hospital Coast Province General Hospital, em Mombasa, no Kenya.
Para uma maior precisão das palavras do Profeta queniano Johanwa Owalo devemos notar a coincidência impressionante que esta quase velha profecia de 100 anos, aparentemente ecoa em nossos tempos conturbados, o ex senador Obama, agora presidente reeleito,  parece ser o cumprimento desta profecia, pois ele é, de fato, um “filho” da religião Luo, queniano tribal (uma mistura de cristianismo e crenças tribais Africanas), assim como ele pretensamente teria nascido no dia 4 de agosto de 1961 em Honolulu, Havaí, Barack Obama, Sr. Seu pai (nascido na Província de Nyanza, do Quênia, da etnia Luo ) e Stanley Ann Dunham (sua mãe, a quem foi dada o primeiro nome do seu pai, Stanley, avô materno de Obama). 
Obama e seus parentes do Quênia.
Ainda mais interessante, talvez, é que este filho dos povos de Luo, Kenya, Sr. Barack Hussein Obama II, está tentando se tornar o líder dos Estados Unidos (e do ocidente) no momento exato em que a nação de seu pai, o Kenya está em crise devido a falhas, e como alguns dizem a eleições “fraudadas” que conduziu o povo queniano e entrar em guerras tribais que já custou mais milhares de vidas, e que muitos dos Luo acreditam que está inaugurando o tempo previsto pelo seu profeta Johanwa Owalo …
Obama cumprirá uma profecia islâmica Xiita??
próxima profecia vem de um artigo da www.Forbes.com datada de 26-10-08 por Amir Taheri, autor de 10 livros sobre o Irã, o Oriente Médio e o Islã:
Pergunta: Barak Obama é o “guerreiro prometido” que virá para ajudar o Imam oculto dos Muçulmanos Shiitas a conquistar o mundo?
Resposta: Esta pergunta tem girado pelo Irã desde o mês de outubro de 2008, quando um website pró-governo publicou uma Hadith (ou tradição) de um texto Shiita do século 17. A tradição vem do Bahar al-Anvar (que significa Oceanos de Luz) pelo Mullah Majlisi, um magnífico compêndio de 132 volumes e a base do Islã Shiita moderno.
De acordo com a tradição, o Imam Ibn Abi-Talib (primo e afilhado do profeta Maomé) profetizou que no Final dos Tempos e logo antes do retorno do Mahdi, o Salvador Definitivo da religião islâmica, um “homem negro e alto assumirá as rédeas do governo no Ocidente. “Comandando” o exército mais poderoso da terra,” o novo governante do Ocidente trará um “sinal claro” do terceiro Imam, cujo nome era Hussein Ibn Ali. A tradição conclui: “Os Shiitas não devem duvidar de que ele está conosco.”
Em uma curiosa coincidência  o primeiro e segundo nomes de Obama – Barak Hussein – significam “a bênção de Hussein” em Árabe e Persa. Seu sobrenome, Obama, escrito no alfabeto Persa, lê-se O Ba Ma, que significa “ele está conosco“, em árabe, a fórmula mágica da tradição de Majlisi.
Conforme essas fontes seculares parece que pessoas de várias origens no oriente crêem que um líder que se encaixa com a descrição do Sr. Obama poderá aparecer nos últimos dias, e que seu impacto não será bom para a América (e por consequência para o planeta). O tempo dirá, mas resta muito pouco tempo…
Para saber mais ainda:  
http://thoth3126.com.br/obama-nao-nasceu-nos-eua/
http://thoth3126.com.br/midia-dos-eua-as-6-corporacoes-que-controlam-a-informacao/
http://thoth3126.com.br/obama-seria-muculmano/
http://thoth3126.com.br/a-humanidade-esta-em-transe-induzido-pela-midia-controlada/
http://thoth3126.com.br/numero-de-leitores-de-jornais-esta-em-colapso-nos-eua/
http://thoth3126.com.br/obama-o-fantoche/
http://thoth3126.com.br/obama-nasceu-em-mombasa-no-quenia/
Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.
NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO