Agora são: horas e minutos - Agradeço sua presença e volte sempre

Pesquisa Sugere que Existem Tratamentos Naturais para o Ebola

O medo da infecção com o vírus Ebola está se tornando tão contagioso quanto o próprio vírus com os meios de comunicação tradicionais, como a CNN, reportando que “Surto de Ebola poderia ter ‘consequências catastróficas”. 

Dadas as estatísticas de mortalidade prevalecentes, talvez o medo seja, pelo menos em parte, justificado pela forma mais virulenta do vírus – o vírus Ebola Zaire – observou-se que a taxa de mortalidade de cerca de 83%, [1] e sem identificação oficial convencional ou terapia natural encontrados capazes de mitigar a morbidade e mortalidade associada à infecção a partir dele. 

Na verdade, existem cinco vírus de Ebola no gênero Ebolavirus [2], sendo quatro deles conhecidos por infectar os seres humanos causando a doença do vírus Ebola, uma forma altamente letal de febre hemorrágica. Se acredita que a infecção pelo vírus do Ebola se origina de macacos ou morcegos frugívoros, e uma vez que um ser humano é infectado, a transmissão pode ocorrer através do sangue ou fluidos corporais, relação sexual, [3] e como um recente relatório de investigação revelou, através do ar. 

Enquanto o sistema médico convencional reflexivamente coloca a sua fé e dinheiro em drogas e desenvolvimento de vacinas, como o NIH anunciou recentemente que vai começar um experimento antecipado sobre as vacinas contra o Ebola em setembro deste ano, muito pouca pesquisa tem sido realizada sobre a redução de riscos, mitigação ou danos pós-infecção, com o uso de produtos testados a tempo que aumentam a imunidade e/ou abordagens à base de plantas naturais. Dado o baixo risco de segurança e custo das intervenções de botânicos e baseados em alimentos, este é o lugar onde nós devemos procurar primeiro por soluções viáveis e imediatamente acessíveis. De fato, um recente estudo publicado em 2012 é uma grande promessa, tanto quanto a identificação de um caminho natural para atenuar a virulência – e, portanto, também o medo generalizado – associado ao vírus do Ebola. 

Publicado na revista Archives of Virology e intitulado “A inibição do vírus de Lassa e infecção pelo vírus Ebola em células hospedeiras tratadas com genisteína inibidora da quinase e tirfostina“, pesquisadores da Universidade do Texas Medical Branch, investigaram o potencial papel terapêutico dos dois chamados ‘inibidores da quinase’ em interferir com o vírus do Ebola: 1) o composto vegetal genisteína 2) e a droga farmacêutica Tyrophostin (tirfostina). 

Os autores mencionam um estudo em animais anterior mostrando que a genisteína foi capaz de reduzir os danos da infecção de um vírus que causa uma febre viral hemorrágica como o Ebola (VHF) em hamsters (o vírus Pichinde (PICV)), relatando os resultados da seguinte forma: 

“A infecção dos hamsters por PIRV produz manifestações de VHF, incluindo inflamação/lesões em vários órgãos, aumento da temperatura do núcleo, perda de peso, viremia, exantema petequial, hemorragia e mortalidade. O tratamento dos animais com a genisteína inibidora da quinase levou a um aumento significativo de sobrevida e melhoria dos sinais da doença VHF [9]. Nenhum dos animais infectados tratados apresentaram quaisquer sinais adversos da doença associados com o tratamento. Portanto, este estudo serviu como um conceito de prova para a utilização de um inibidor da quinase como um terapêutico ou profilático em um modelo animal.” 

Os pesquisadores procuraram identificar a genisteína e a capacidade da tirfostina de inibir a entrada viral de vários vírus conhecidos por causar febre hemorrágica, incluindo o Ebola, o vírus de Marburg (MARV), o vírus da estomatite vesicular (VSV) e o vírus de Lassa (LASV). As proteínas a partir destes quatro vírus foram modificadas para serem expressadas por um tipo especial de vírus, conhecido como o vírus da estomatite vesicular (VSV). 

O estudo concluiu que tanto a genisteína quanto a tirfostina individualmente inibem a entrada destes vírus nas células, tanto através da interferência por meio da endocitose (o processo pelo qual uma célula extrai um vírus) e o desencapsulamento de proteínas (o processo pelo qual um vírus altera proteínas na superfície da célula hospedeira para ganhar a entrada). Observou-se também que um efeito sinérgico ocorreu quando a genisteína e tirfostina foram adicionadas em conjunto. 

Os pesquisadores debateram as suas conclusões: 

“Ao todo, estes dados demonstram que a infecção das células hospedeiras com as filovírus MARV, EBOV e o arenavírus LASV é inibida quando as células são pré-tratadas com genisteína ou tirfostina AG1478. Em ambos os casos, a inibição verificou-se ser dependente da concentração. Embora a inibição do EBOV em células pré-tratadas com 100 IM de genisteína pareceu ser ligeiramente diferente, a adição de concentrações crescentes de tirfostina AG1478 conduziu a um efeito antiviral sinérgico. Ao todo, estes dados demonstram que uma mistura de inibidores de cinase consistindo em genisteína e tirfostina AG1478 pode agir como um amplo antiviral contra o EBOV, VMDR, e LASV in vitro“. 

De onde a genisteína vem? 

Embora encontrada principalmente em produtos de soja, alimentos de soja fermentados, especialmente onde os micróbios benéficos causam a biotransformação do fitocomposto precursor genistin na genisteína, ela também é encontrada em grãos de fava, kudzu, café e trevo vermelho, e muitas outras plantas medicinais menos conhecidas. 

Fontes:
Natural Treatments for Ebola Virus Exist, Research Suggests
CNN: Ebola outbreak could have ‘catastrophic’ consequences
Green Med Info: Ebola – What You’re Not Being Told
USA Today: NIH to launch early Ebola vaccine trial in September
Green Med Info: Inhibition Lassa virus and ebola virus infection host cells treated kinase
Notícias Naturais: Pesquisa Sugere que Existem Tratamentos Naturais para o Ebola 

http://www.nosdiasdenoe.com/2014/08/pesquisa-sugere-que-existem-tratamentos.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+NosDiasDeNoe+%28Nos+dias+de+No%C3%A9%29

Postagens mais visitadas deste blog

Porquê tomar o Cloreto de Magnésio P.A.?

Homem constrói rádio chamado ''espírito de Tesla'' adivinha o que acontece quando ele é ligado? Assustador...

ÍNDIA - Cientistas Criam Cruza de Humano com Gorila, Nascendo Bebê Híbrido!!

Escultor crê que jovem seja reencarnação de filósofo e tenha completado a obra dele

Família Rothschild e o desaparecimento do voo Malaysia MH370

Você já percebeu seu olho pulsando? Saiba o motivo disso acontecer

Vidente mostra carta que teria sido escrita em 2005 prevendo acidente de Campos

Moeda Nazista do 'Futuro' encontrada? Provocando alegações de um universo paralelo!!

Sensacional discurso de uma jornalista latina sobre a farsa do socialismo