NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO

Siga este Blog

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Papa menciona perspectiva de sua morte pela 1ª vez e admite possível renúncia

O papa Francisco concede entrevista coletiva durante voo de volta de viagem a Seul, na Coreia do Sul(Vincenzo Pinto/AFP)
O papa Francisco mencionou pela primeira vez publicamente a perspectiva de sua morte ao falar de forma despreocupada em “dois ou três anos”, sem descartar uma possível renúncia antes disso. As declarações foram dadas em entrevista coletiva durante o voo de volta de Seul a Roma, nesta segunda-feira.
Francisco, de 77 anos, falou sobre sua popularidade, mais uma vez demonstrada durante a visita de cinco dias à Coreia do Sul. “Eu a encaro como uma generosidade do povo de Deus. Interiormente, tento pensar em meus pecados, em meus erros, para não me iludir, porque sei que vou durar pouco tempo. Dois ou três anos. E, depois, vou para a casa do Pai", disse, em tom de brincadeira.
Esta é a primeira vez que o sumo pontífice fala publicamente sobre a perspectiva de sua morte. Segundo uma fonte do Vaticano, ele teria confiado aos seus íntimos a sensação de que ficará à frente a Igreja Católica apenas por alguns anos.
Aos jornalistas a bordo do avião, o pontífice considerou que a possibilidade de renúncia não é mais algo excepcional. “'Alguns teólogos talvez digam que não é certo, mas eu penso assim: faria a mesma coisa que Bento XVI. Ele abriu uma porta que é institucional, não excepcional”. Bento XVI renunciou ao pontificado em fevereiro do ano passado.

(Com agência France Presse)
FONTE:
NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO