SEJA BEM VINDO - NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO
NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO

domingo, 3 de agosto de 2014

Obama Leva o Ebola para a os EUA após Assinar a Ordem Executiva para Deter Americanos Doentes

Funcionários estão levando para os EUA o Ebola que os médicos não conseguiram conter na África. Além do fato dos médicos na África não serem capazes de impedir a disseminação do Ebola, os funcionários dos Estados Unidos levaram um paciente afetado para o país apenas alguns dias depois do presidente Barack Obama assinar uma ordem executiva determinando a detenção de americanos que mostrarem sinais de "doenças respiratórias".

O primeiro paciente de Ebola conhecido em solo americano, o Dr. Kent Brantly, foi levado para Hospital da Universidade de Emory, em Atlanta, Georgia, depois de contrair a doença na Libéria durante o último surto na África Ocidental, queceifou a vida de mais de 700 pessoas.

"O vídeo da Universidade de Emory mostrou alguém vestindo uma roupa de proteção de corpo inteiro branca ajudando uma pessoa vestida de forma semelhante sair da ambulância e ir para o hospital no início da tarde de sábado", informou a CNN.

Isso tem alimentado preocupações entre o povo americano que o Ebola poderia agora se espalhar dentro dos EUA, especialmente porque o vírus tem sido difícil de conter na África.

"Parece o roteiro perfeito para um filme de terror: Um vírus sem vacina e sem cura mata centenas de pessoas; apesar dos esforços de contenção, ele continua se espalhando, mas na verdade é tudo muito real na África Ocidental, onde os médicos disseram que o Ebola está agora 'fora de controle'", escreveu Sheila M. Eldred para a Discovery News.

Os hospitais nos EUA podem não ter destino melhor, considerando que a "bactéria pesadelo" resistente a antibióticos propagou-se de um centro médico em 2001, para 46 estados em 2013.

"Os portadores de Ebola serão alegadamente colocados em quarentena em salas especiais, mas já sabemos que os hospitais americanos não podem conter até mesmo infecções por estafilococos", escreveu o colunista Paul Craig Roberts. "O que acontece com os utensílios, pratos, copos e taças com os quais as pessoas infectadas por ebola comem e bebem e quem limpa os lençóis?"

"Um deslize por uma pessoa, uma lágrima em uma luva de borracha, e o vírus está solto."

Isso realmente destaca a natureza irresponsável da elite global e funcionários do governo para a importação para o país de um vírus que não tem tratamento específico e uma taxa de mortalidade de até 90%.

Da mesma forma, as universidades financiadas pelo Estado e outras instalações em todos os EUA estão mantendo vírus armado para a chamada "bio-defesa", sob o projeto de lei Bioshield  aprovado pelo Congresso em 2004, mas porque estas instalações são apenas moderadamente seguras em sua maior parte, há um risco real de que um vírus mortal poderia escapar para o público e afetar milhões de americanos em um surto no mesmo nível que as pandemias que mataram 80% das populações nativas americanas no século 19.

O National Research Council descobriu que um desses laboratórios no Kansas, por exemplo, tem 70% de chance de que um vírus se espalhe a partir do seu laboratório nos próximos 50 anos, mesmo que a instalação seja designada como "de segurança máxima".

E também deve-se salientar que este é apenas um laboratório de muitos na nação, uma boa porcentagem dos quais têm ainda menos segurança.

Não há dúvida de que um acidente ou uma liberação orquestrada de um vírus de um desses laboratórios pode resultar na morte de milhões de pessoas, bem como uma resposta do governo draconiano ao surto, incluindo a lei marcial, tanto através da Model State Emergency Health Powers Act elaborada em 2001 como também da mais recente ordem executiva do presidente Barack Obama, que determina a apreensão e detenção de americanos que simplesmente mostrarem sinais de "doenças respiratórias".

Simplificando, em vez de impedir que o Ebola e outros vírus se espalhem dentro dos EUA, Obama está preparando sua administração para uma tomada de poder se uma grande pandemia começar em todo o país.

Leia mais:




Se o Ebola Atingir os EUA, até Mesmo os Americanos Saudáveis Serão Colocados em Quarentena





Alerta: CDC Advertiu que o Próximo Avião aos EUA Poderia Levar a uma Pandemia de Ebola






A Doença do Apocalipse: Mais 68 Mortes por Ebola em uma Semana e Aumento de 20% de Novos Casos




Fontes:
Infowars: Obama brings ebola into america after signing executive order to detain sick americans
Infowars: Obama signs executive order to allow detention of americans with ‘respiratory illnesses’
CNN: Ebola patient walks into Atlanta hospital; wife sees him through glass
CBS: Liberian Official: Ebola Outbreak ‘Is Above The Control Of The National Government’

Siga este Blog

Postagem em destaque

Agora é real, NIBIRU está chegando, e já é visto a olho nu.

Olá amigos, desculpem a ausência. Estou muito mais ativo no meu mural Facebook, e também no nosso grupo do Facebook também, mas vamos lá...

NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO

POSTAGENS MAIS VISITADAS

Disso Você Sabia ? no Facebook