Siga este Blog

domingo, 24 de agosto de 2014

Enorme explosão solar com ejeção de massa coronal

Posted by  on 24/08/2014
cme-24082014-anim
Enorme Ejeção de Massa Coronal da Mancha (Sunspot) Solar 2151
Uma CME está se dirigindo para a Terra. A nuvem de tempestade relativamente lenta deixou o sol em 22 de agosto e parece que vai demorar 4 dias para cruzar o espaço entre o Sol e a Terra.Meteorologistas do clima espacial da NOAA estimam uma chance de 15% de tempestades geomageticas polares em 26 de agosto, quando a CME chegar e bater na Terra.
Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@gmail.com
Enorme Ejeção de Massa Coronal da Mancha (Sunspot) Solar 2151 no domingo, 24 de agosto
M” para Magnífico: 
No vocabulário usado no meio de estudos do clima espacial, uma chama classe “M”  é uma explosão de ejeção de massa coronal (CME-Coronal Mass Ejection) de médio porte. A Erupção classe M-5.6 de hoje, no entanto, foi magnífica.
O SDO-Solar Dynamics Observatory da NASA gravou a enorme e violenta explosão, veja abaixo:
cme-ar2151-m6
Uma forte explosão na região magnética da emergente mancha solar (Sunspot)  AR2151 arremessou uma enorme nuvem densa e retorcida de plasma para o espaço. O Observatório Solar e Heliosférico (SOHO) registrou uma ejeção de massa coronal brilhante emergindo do local da explosão, veja filme a seguir. 
Se esta emissão de  CME for dirigida à Terra, o resultado provável seria fortes tempestades geomagnéticas. No entanto, por causa da localização da mancha solar perto do horizonte leste do Sol, a Terra não estará na sua linha de fogo.
cme-24082014-anim
No entanto, o flare produziu alguns efeitos na Terra. Um pulso de radiação Ultra Violeta extremo parcialmente ionizando  a alta atmosfera do nosso planeta. Este “Disturbance Ionospheric Sudden” (SID) alterou a propagação normal de transmissões de rádio  VLF (freqüência muito baixa) sobre o lado diurno da Terra, um efeito gravado no Polarlightcenter em Lofoten, Noruega.
Esta mancha (sunspot) solar AR 2151 ficará voltada para a Terra nos próximos dias, o que significa que as explosões subsequentes poderiam ser mais geoefetivas. Fique atento para atualizações.
Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.
NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO