NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO

Siga este Blog

terça-feira, 26 de agosto de 2014

EGITO E EMIRADOS ÁRABES ATACARAM SECRETAMENTE A LÍBIA!

Tensão na região aumenta, guerra contra os islâmicos fanáticos pode se espalhar!

Dois dos principais aliados americanos na região realizaram ataques contra milícias islâmicas que tomaram o aeroporto da capital Trípoli, segundo 'NYT'

O Egito e os Emirados Árabes realizaram secretamente ataques aéreos contra grupos extremistas que brigam pelo controle de Trípoli, na Líbia. Foram ao menos dois ataques nos últimos sete dias, segundo reportagem do jornal The New York Times, que obteve a informação com funcionários da diplomacia americana. O primeiro ataque ocorreu há uma semana, atingiu áreas controladas por milícias islâmicas em Trípoli, destruiu um pequeno depósito de armas e deixou seis mortos. O segundo foi realizado no sul da capital, na manhã do último sábado, tendo como alvo lançadores de foguetes e veículos militares de milícias.

Os Estados Unidos foram surpreendidos pela informação, uma vez que os dois aliados agiram sem consultar Washington. Para o governo americano, os ataques podem piorar a já difícil situação na Líbia, no momento em que potências ocidentais e as Nações Unidas buscam uma solução para o conflito. A avaliação dos EUA é que as operações foram contraprodutivas, uma vez que, na noite seguinte ao segundo ataque, milícias islâmicas tomaram o aeroporto de Trípoli.

A Assembleia Líbia nomeou nesta segunda-feira em Tripoli um pró-islamita para formar um "governo de salvação nacional", em um gesto de desafio ao gabinete provisório instalado no leste da Líbia e que parece incapaz de retomar o controle do país frente às milícias.

A situação no país, à beira da anarquia desde a queda de Muammar Kadhafi em 2011, pode ficar ainda mais complexa: a Líbia pode ter dois governos concorrentes.

O chefe da diplomacia argelina lembrou que o seu país está na origem da iniciativa da criação do grupo dos seis países vizinhos da Líbia (Argélia, Tunísia, Egito, Níger, Chade e Sudão) para encontrar soluções para a crise política neste país pela via do diálogo.

O ministro egípcio do Exterior, Sameh Shoukry, pediu nesta segunda-feira (25) um "cessar-fogo imediato na Líbia e o início de um diálogo nacional que represente todas as partes". Isso porque os confrontos entre milícias islâmicas e o Exército nacional aumentam a cada dia.   

Hoje, três mísseis Grad atingiram o aeroporto de Labraq, no leste do país. Segundo testemunhas, o ataque não causou danos.   

Via:  

NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO