NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO

Siga este Blog

terça-feira, 5 de agosto de 2014

EBOLA , SERÁ UMA ARMA ??: Cientista propõe eliminar 90% da população mundial, recebe uma placa e uma ovação em pé – apresento-lhe o Dr. Destino

Posted by Liberte Sua Mente on terça-feira, 05 Agosto



Vivemos seguramente tempos interessantes. O ecologista de fama mundial, Dr. Eric Pianka, propõe–se eliminar 90% da população humana com o vírus aerotransportado de ébola. Poderá estar interessado em saber que as vítimas do ébola têm uma morte lenta e torturosa ao ser iniciada pelo vírus uma cascada de calamidades biológicas no interior da vítima que eventualmente liquidificam os órgãos internos.

Na 109º encontro da Academia de Ciências do Texas, na Universidade Lamar em Beaumont, entre 3-5 Março de 2006, o Dr. Eric R. Pianka, o ecologista evolucionista e perito em lagartos da Universidade do Texas, apresentou soluções para reduzir a população mundial na forma de um slide representando os Quatro Cavaleiros do Apocalipse. Guerra e fome não resultarão, explicou. Em vez disso, a doença oferece o meio mais eficiente e mais rápido para matar milhares de milhões que têm que morrer em breve se se quer resolver a crise populacional.

A sida não é um assassino eficiente, explicou, porque é lenta demais. O seu candidato favorito para eliminar 90% da população mundial é o ébola aerotransportado (ébola Reston), porque é altamente letal e mata em dias, em vez de anos.
“Temos 90% de mortalidade aerotransportada nos humanos. Matando seres humanos. Pensem nisso.”
“Sabem, a gripe aviária também é boa.” Eles riram de novo quando ele propôs, com uma nota de satisfação na sua voz, que “Precisamos de esterilizar todo o mundo na terra.”

Ele encontrou uma solução excelente para o problema dos combustíveis fósseis, “E os combustíveis fósseis estão se esgotando”, disse, “portanto penso que teremos que diminuir para 2 mil milhões, o que seria à volta de um terço de toda a população”. Portanto só a crise do petróleo pode exigir a eliminação de dois terços da população mundial.
Quando Pianka terminou os seus comentários, a audiência aplaudiu. Não foi apenas um pequeno aplauso cortês que as audiências diplomaticamente reservam aos pobres oradores enfadonhos. Foi um aplauso ruidoso, forte e entusiástico.
Cinco horas depois do famoso discurso os distintos dirigentes da Academia de Ciências do Texas entregaram a Pianka uma placa em reconhecimento de ter sido nomeado Distinto Cientista Texano 2006.

Fonte: Cidadão cientista Forrest M. Mims III, membro da Academia do Texas e presidente da Secção de Ciência do Ambiente
Créditos p/ Ivandelio Sanctus

NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO. OBRIGADO