Agora são: horas e minutos - Agradeço sua presença e volte sempre

NASA vai testar "disco voador" supersônico

Os havaianos serão os primeiros terráqueos a ver um disco voador descendo de pára-quedas. [Imagem: NASA/JPL]

Em junho, frequentadores das praias do Havaí poderão ver um disco voador descendo suavemente sobre a ilha de Kauai.
Mas não haverá nenhum ET a bordo, e nem mesmo o disco voador será extraterrestre - eventualmente será o mesmo disco voador terrestre a assustar outros planetas.
Trata-se do LDSD - Low Density Supersonic Decelerator, ou desacelerador supersônico em baixas densidades, em tradução livre.
Será o primeiro teste da nova tecnologia que a NASA pretende usar para descer cargas grandes sobre a superfície de Marte.

O robô Curiosity, pesando menos de uma tonelada, exigiu o desenvolvimento de um sistema batizado de guindaste celeste, que submeteu os engenheiros da missão ao que eles próprios chamaram de "sete minutos de terror".
Ocorre que, para missões tripuladas a Marte, calcula-se que as cargas que deverão chegar à superfície do planeta pesem entre 40 e 100 toneladas.
Para depositar essas cargas com suavidade no solo marciano, a NASA pretende resolver o problema usando seu "disco voador", um desacelerador inflável - o LDSD - e um pára-quedas gigantesco, com o dobro do tamanho daquele usado pelo Curiosity.
NASA vai testar
O desacelerador em formato de prato já foi testado em solo, empurrado por foguetes ao longo de trilhos. [Imagem: NASA/JPL]
Freio aerodinâmico
O desacelerador envolverá o exterior da cápsula durante a entrada na atmosfera, inflando-se quando a nave atingir uma velocidade de Mach 3,5, para aumentar a área superficial e usar a atmosfera de Marte como freio.
A maior resistência do ar deverá trazer a cápsula até Mach 2, quando o pára-quedas de 33,5 metros poderá ser aberto com segurança.
O primeiro de uma série de três testes do desacelerador será realizado no dia 2 de Junho, com o grande disco sendo erguido por um balão a uma altitude de 36.500 metros.
Depois de liberada do balão, foguetes levarão a estrutura a 55.000 metros, pouco mais da metade da fronteira do espaço, mas o suficiente para que a cápsula de teste atinja as velocidades supersônicas a que estará submetida na utilização real.
Viajando a 3,5 vezes a velocidade do som, o desacelerador em formato de disco deverá inflar, desacelerando o veículo e permitindo que o pára-quedas se abra e traga gentilmente a cápsula até a superfície do oceano, para deleite dos havaianos, que deverão ser os primeiros terráqueos a ver um disco voador descendo de pára-quedas.
FONTE: http://www.inovacaotecnologica.com.br/

http://olharparaofim.blogspot.com.br/2014/05/nasa-vai-testar-disco-voador-supersonico.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed:+Olharparaofim+(olharparaofim)

Postagens mais visitadas deste blog

Porquê tomar o Cloreto de Magnésio P.A.?

Homem constrói rádio chamado ''espírito de Tesla'' adivinha o que acontece quando ele é ligado? Assustador...

ÍNDIA - Cientistas Criam Cruza de Humano com Gorila, Nascendo Bebê Híbrido!!

Escultor crê que jovem seja reencarnação de filósofo e tenha completado a obra dele

Família Rothschild e o desaparecimento do voo Malaysia MH370

Você já percebeu seu olho pulsando? Saiba o motivo disso acontecer

Vidente mostra carta que teria sido escrita em 2005 prevendo acidente de Campos

Moeda Nazista do 'Futuro' encontrada? Provocando alegações de um universo paralelo!!

Sensacional discurso de uma jornalista latina sobre a farsa do socialismo