quinta-feira, 23 de junho de 2016

Grupo INTERVENCIONISTA alcança 2.6 milhões de pessoas em uma semana. O que está acontecendo?





Por mais que não se fale deles na mídia tradicional, o grupo continua crescendo em número e participação nas redes sociais e manifestações públicas.
A cada dia o número de políticos listados como envolvidos em falcatruas e negociatas para se perpetuar no poder aumenta. Isso alavanca o crescimento do número de pessoas que não acredita mais que a classe política que existe no momento pode conduzir o Brasil de volta a normalidade.
Esse grupo está cada vez mais impaciente e nos últimos dias está mais organizado e participativo nas redes sociais. Pelos comentários nas redes tudo indica que pretendem empreender ações mais ousadas do que as de costume.
Pesquisa recente divulgada por um instituto do SUL do país mostrou que os intervencionistas somavam cerca de 32% das pessoas presentes nas últimas manifestações na Avenida Paulista
Hoje recebemos informações que diziam que o grupo Pesadelo dos Políticos, que defende a INTERVENÇÃO MILITAR, alcançou no facebook, em apenas uma semana, de 15 a 21 de junho, mais de 2.6 milhões de pessoas e obteve mais de 1.2 milhões de visualizações em seus vídeos.
O número é assustador e sem sombra de dúvida demonstra o fracasso da ideologia retrógrada e fracassada da esquerda brasileira. Enquanto páginas ícones da esquerda, como a do PT e de Dilma, decresceram (respectivamente -8% e -28% em novas curtidas), a página intervencionista acima citada recebeu 130% mais curtidas que na semana anterior e o alcance cresceu 227%.
intervencionistas O crescimento na movimentação desses militantes, chamados por muitos de militaristas é um dado extremamente importante para quem deseja entender o que se passa na mente dos brasileiros nesse momento crítico.
Independente de concordar ou não com a apologia feita por essa militância, a imprensa não pode omitir da sociedade essas informações.
Revista Sociedade Militar – http://sociedademilitar.com.br


Fonte:  http://www.sociedademilitar.com.br/wp/2016/06/grupo-intervencionista-alcanca-2-6-milhoes-de-pessoas-em-uma-semana.html